Publicidade

Por tragédia aérea, Chapecoense será processada por famílias de jornalistas

Alan Ruschel foi um dos poucos sobreviventes da tragédia aérea. FOTO: TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O advogado João Tancredo, que defende as famílias de sete jornalistas vítimas de tragédia aérea com o voo da Chapecoense, vai processar o clube. Segundo ele, o time teria responsabilidade, apesar de não ser culpado pela queda do avião que matou 71 pessoas.

“A Chapecoense terá que ser processada. Foi o clube que fretou a aeronave e fez o contrato com a empresa aérea. O clube tem responsabilidade sobre o transportado, ela teria que deixá-lo em seu destino”, disse o advogado, que tem entre clientes as famílias do jornalista Guilherme Marques e do produtor Guilherme Van der Lars, da TV Globo.

Tancredo disse que pediu à Justiça o contrato do clube com a LaMia. “Quero saber quem ficou responsável pela indenização, em casos de acidente. Teria que ter sido feita uma apólice de seguro em nome dos passageiros. Ela é obrigatória.”

O vice-diretor jurídico da Chapecoense, Luiz Antônio Palaoro, defendeu que as famílias unam forças contra os responsáveis pelo acidente. “O advogado está no direito de fazer o que quiser. Mas não somos responsáveis; somos vítimas. O ideal é nos unirmos para brigar com seguradoras, companhia aérea e com o governo boliviano.”

Segundo Palaoro, uma reunião com a seguradora estava marcada para terça-feira na Bolívia, com a intenção de discutir as indenizações, mas o encontro deve ser adiado porque a companhia não teria tido tempo hábil para analisar os documentos enviados pela Chapecoense. “O clube ofereceu levar os jornalistas porque havia assentos vagos, mas ninguém foi obrigado a entrar no voo”, disse. “As pessoas que entrarem contra o clube terão caminho mais tortuoso”, concluiu.

R7, com Estadão

Comentários (2) enviar comentário
  1. Edu disse:

    Tem cada Advogado com cada tese, imoral, culpar a Chapecoense? Advogado processa até a mãe se ele nascer feio kkkkkk

    • Hsb disse:

      EDU:
      É isso aí.
      Não estamos no ESTADO DEMOCRATICO DE DIREITOs ?(o "s" não foi engano.) Nada mais me surpreende neste pais!

Publicidade

VÍDEO: Grave acidente entre carro e moto na Via Costeira

Um grave acidente envolvendo um carro (táxi) e uma moto na Via Costeira nas primeiras horas deste sábado, 4.

Há uma vítima fatal. Muita polícia no local.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Ana Oliveira disse:

    Muito triste….Passei ao lado e vi a vítima no asfalto…Fiquei com o coração pesado.. Que Deus conforte a família.. 😢

Publicidade

VÍDEO: Veículo derruba poste na Rota do Sol

A ouvinte do Meio-Dia RN, Clara, enviou registro de acidente nesta sexta-feira(03), na Rota do Sol. Acidente de trânsito sem detalhes resultou em colisão de veículo em poste.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Luciana Morais Gama disse:

    O motorista vai pagar o poste e as luminárias???

  2. JC disse:

    Rapaz, já era pra terem inventado poste de borracha, esses da rota do sol tão sofrido demais. Quase todo dia os Ruins de Roda derrubam hum. Pqp!!!

Publicidade
Publicidade

DHPP prende policial militar e filho suspeitos de terem matado um homem após acidente de trânsito em Natal

Uma investigação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão de um cabo da Polícia Militar e do filho do policial, nesta quarta-feira (01). Os dois foram presos por serem suspeitos de terem matado José Luiz da Silva Martins e de tentarem matar um outro homem, após o policial militar ter causado um acidente de trânsito com um dos amigos das vítimas. As prisões de pai e filho foram cumpridas mediante mandado de prisão temporária.

De acordo com a DHPP, no dia 05 de agosto de 2016 o policial militar teria colidido com uma motocicleta pilotada por um homem chamado “Rubem”, na rua Lima e Silva, no bairro Nazaré em Natal. Amigos que presenciaram o acidente decidiram prestar apoio ao acidentado e foram ameaçados pelo policial militar que apontou uma arma de fogo. As vítimas José Luiz da Silva Martins e o outro homem decidiram prestar socorro à Rubem e foram até o hospital. O policial militar, juntamente com dois filhos, também seguiu para a unidade médica.

Após a realização do atendimento médico para Rubem, José Luiz e o amigo decidiram ir embora. Porém, o policial militar e seus dois filhos seguiram as vítimas em um carro modelo Fiat Uno de cor bege. Quando as vítimas voltaram para o bairro Nazaré, os suspeitos dispararam contra José Luiz que veio a óbito e contra a outra vítima sobrevivente, que foi atingida por 18 disparos de arma de fogo calibre ponto 40.

 

Comentários (6) enviar comentário
  1. Roberto disse:

    Cadeia nessa família de bandidos assassinos, 28 anos de cadeia pra cada um e exclusão do dandido fardado, das fileiras da polícia militar..

  2. Caudilho disse:

    Vai precisar de defensor?

  3. joacy disse:

    bandido bom é bandido morto.

    • Ronaldo Carvalho disse:

      Se é que tão falando do covarde Q matou os caras Q ajudou os acidentados vcs estão erados .,não são bandidos o policial Q agiu erado esse sim é bandido matou porque ajudou os acidentados ora essa tem Q banir dá policia esse tipo de Jaguara e ser preso por homicídio

  4. A coerência perdida disse:

    cade os comentários de bandido bom é bandido morto?

Publicidade

FOTO: caminhão tomba embaixo do viaduto que da acesso ao Aeroporto Aluízio Alves

Um caminhão que possivelmente transportava lixo para o aterro de Ceará-Mirim tombou praticamente embaixo do viaduto que da acesso para o Aeroporto Aluízio Alves às 06:00h da manhã desta terça-feira.

Sem congestionamento no local.

Foto de Paulo Saldanha:

Comentários (2) enviar comentário
  1. Val Lima disse:

    Quero saber se os urubus vão " saquear" a carga…

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Quem inventou esse AEROPORTO foi o mesmo que criou ALCAÇUZ.

Publicidade

FOTOS: Acidente envolvendo ônibus e carro deixa um morto e três feridos em Canguaretama


Fotos: cedidas

É com pesar que o Blog lamenta um acidente com vítima fatal por de 12h30 desta segunda-feira(30), no município de Canguaretama, na rodovia RN-269, no litoral sul do RN. Na ocasião, um homem que dirigia uma Parati morreu, e um cobrador de um micro-ônibus e dois passageiros ficaram feridos.

A responsabilidade do crime ainda será investigada. Informações preliminares do Comando de Polícia Rodoviária Estadual, analisa a hipótese de que o micro-ônibus, que fazia o caminho Natal–Barra do Cunhaú, tenha invadido a faixa contrária e colidido de frente com o carro de passeio.

Com o impacto, o motorista do veículo Parati morreu na hora, e os três feridos que ocupavam o veículo de passageiros foram socorridos e levados para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal.

Comentários (6) enviar comentário
  1. Tereza Cristina disse:

    Sou passageira assídua dessas vans que fazem a linha que passam por Canguaretama e no último sábado dia 21 de janeiro, cheguei ao meu destino apavorada com tamanha velocidade que o motorista fez a viagem , e não só eu mas outros passageiros também . Irresponsável, é o menos que pode se dizer com esses motoristas. Só excluo os da linha de pedro velho via piquiri.

  2. sil disse:

    como sempre os motoristas de van que fazem linhas tanto dentro da capital com essas ai que fazem viagens para o interior não são fiscalizadas quanto á velocidade as vezes não tem nem tacografo nos mesmo fazendo deles mesmos essas inresponsabilidades com o uso de alta velocidade nem o DER e POLICIA ESTADUAL NÂO PARAM OS MESMO para verificar se tem o tacografo em dia como tambem a POLICIA RODOVIARIA FEDERAL nas BR

  3. Gilmar Gomes Lemos disse:

    Tem um motorista desse micro ônibus que mais parece que tá transportando gado num caminhão boiadeiro do que pessoas num micro ônibus. Combinação de velocidade incompatível com a rodovia e imprudência.

  4. Lúcio disse:

    Sou veranistas em Barra de Cunhau, e testemunha de como esses ônibus são conduzidos comentando toda sorte de imprudências e transgressões às leis de trânsito.
    Como foi dito, "uma tragédia anunciada".
    Fica a pergunta, como pessoas irresposaveis são colocadas para conduzir vidas.

  5. Ina disse:

    Verdade! Nas poucas vezes que viajei com ele vi o quanto arriscava a vida dos possageiros. Esse jovem que foi a óbito tinha apenas 20 anos, não merecia perder a vida tão jovem em função da irresponsabilidade desse motorista.

  6. Paulo Oliveira disse:

    Os motoristas que fazem a linha Natal-Barra do Cunhaú são conhecidos pela juventude e imprudência. Essa é mais uma daquelas tragédias anunciadas.

Publicidade

RAFAEL HENZEL: Sobrevivente da Chapecoense participará de transmissão amistoso da Seleção nesta quarta com Galvão Bueno

O jornalista esportivo Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes da queda do avião da Chapecoense na Colômbia, participará da transmissão do amistoso entre Brasil e Colômbia, às 21h45 desta quarta-feira, ao lado de Galvão Bueno. A informação foi divulgada por Galvão e Henzel em vídeo que circulou por suas redes sociais.

Antes do “Jogo da Amizade”, amistoso marcado para homenagear e auxiliar a Chapecoense em sua reconstrução, haverá uma homenagem aos sobreviventes no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, palco da partida. Além de Henzel, são aguardadas as presenças do zagueiro Neto, do lateral Alan Ruschel e do goleiro Jackson Follmann, que teve alta hospitalar na terça-feira.

Depois da homenagem, Henzel será convidado para participar da transmissão da partida, pela TV Globo, ao lado de Galvão Bueno, narrador das partidas da seleção brasileira pela emissora.

Henzel ainda retorna às pressas para Chapecó após a partida, já que trabalhará na quinta-feira na estreia oficial da Chapecoense nesta temporada, contra o Joinville, na Arena Condá, em jogo válido pela Primeira Liga. O jornalista fará esta transmissão pela Rádio Oeste Capital, de Santa Catarina, emissora pela qual trabalha.

A renda do amistoso entre Brasil x Colômbia será repassada à Chapecoense e a familiares das vítimas da tragédia com o voo da LaMia, ocorrida em novembro. Ainda há ingressos à venda para a partida, e os organizadores lutam para atrair mais do que as 13 mil pessoas que haviam comprado entradas até a noite de terça-feira.

O Globo

Comentários (2) enviar comentário
  1. Val Lima disse:

    Henzel, se afaste dessa ave agourenta…..

  2. Santana disse:

    Galvão Bueno?! me poupe.

Publicidade

Aeronáutica vê desorientação espacial de piloto em acidente com Teori

Por Folha de São Paulo

Análise preliminar do áudio da cabine do avião que caiu com o ministro Teori Zavascki (Supremo Tribunal Federal) indica que houve uma desorientação espacial do piloto, segundo técnicos da Aeronáutica que investigam o caso. A conclusão final dependerá ainda de uma perícia técnica do avião, um King Air C90, sobretudo em seus dois motores. Mas, diante dos indícios coletados até o momento, a desorientação do piloto Osmar Rodrigues é a única hipótese em discussão para explicar a causa do acidente na última quinta (19), de acordo com a apuração conduzida pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

A desorientação ocorre, por exemplo, quando o piloto perde a noção do espaço do avião em relação ao solo. Um relatório preliminar deve ficar pronto nos próximos dias. As investigações apontam que a aeronave voava com um teto de 150 a 200 pés (45 a 60 metros de altitude) pouco antes da queda, ou seja, estava muito próxima do mar em Paraty (RJ). Nas palavras de um técnico do Cenipa, o piloto “ciscava” em busca de uma brecha que facilitasse o pouso no aeródromo da cidade. Sem a ajuda de um copiloto e focado em buscar um caminho para aterrissar, o piloto teria perdido a noção de que estava tão perto da água. Sem essa referência visual, ao fazer uma curva, tocou com a asa da aeronave na água, capotando em seguida -além do ministro Teori Zavascki e do piloto, mais três pessoas que estavam a bordo morreram.

A Folha de S.Paulo antecipou que, na gravação da cabine, o piloto menciona a chuva na região e não relata problemas na aeronave. Segundo técnicos que ouviram o áudio, o piloto Osmar Rodrigues chega a conversar com outros dois pilotos que sobrevoavam o local naquele momento -um deles o reconhece, chamando-o inclusive pelo apelido de “Mazinho”. Antes de cair nas águas de Paraty, o avião fez uma tentativa frustrada de pouso, segundo as investigações. Num trecho da gravação, Rodrigues diz a expressão “setor Eco”, que significaria uma curva para o lado leste. Depois, utiliza a palavra “final”, quando estaria então se preparando para pousar. Um barulho forte é ouvido, de acordo com os investigadores, pouco antes de a gravação ser interrompida, uma espécie de “ruptura”. Acredita-se que, neste momento, o avião tenha se chocado com o mar. Não há registros de alertas de emergência, pânico, ou algo parecido.

De acordo com os técnicos do Cenipa, o áudio captou apenas o que foi dito na cabine -os ruídos de vozes dos passageiros são perceptíveis em alguns momentos, mas “inaudíveis’ tecnicamente. Durante os 30 minutos de gravação da cabine, é possível identificar, relatam os investigadores, diálogos do piloto com a torre do Campo de Marte, com o controle aéreo de São Paulo, além da conversa com pilotos que sobrevoavam Paraty. Como não há torre de controle na cidade, os pilotos fazem pousos e decolagens de maneira visual e conversam entre eles para orientação e coordenação. ‘SEM ANORMALIDADE’ Em nota divulgada nesta terça-feira (24), a Aeronáutica informou que “em uma análise preliminar” os dados extraídos do gravador de voz do avião “não apontam qualquer anormalidade nos sistemas da aeronave”.

A Aeronáutica informou, em texto distribuído à imprensa, que o arquivo de áudio “inclui não só informações de voz, mas outros sons que serão importantes para a investigação”. “Nós analisamos sons diferentes, em que possamos identificar, hipoteticamente falando, o ruído de um trem de pouso sendo baixado, a aplicação de algum grau de flap ou outro equipamento aerodinâmico da aeronave”, afirmou, segundo o texto divulgado pela Aeronáutica, o coronel Marcelo Moreno, da divisão de operações do Cenipa.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Parquet Político disse:

    Está tudo certo. Foi acidente, não entro no avião de Moro. Pronto! Gato preto dar sorte…

Publicidade

FOTO: Carro colide em poste e bloqueia trânsito em trecho da Rota do Sol

Foto: cedida

Colisão de veículo em poste na tarde desta terça-feira(24) deixou trânsito bloqueado na Rota do Sol- Natal -Cotovelo. Sem detalhes da ocorrência.

Comentários (6) enviar comentário
  1. Isac Geraldo de Souza disse:

    O Amigo RC desta vez tenho que descordar de você, pois moro em Pirangi e ja vi muitos acidentes com quedas de postes na rota do sol. E a colisões que tiveram em poste os mesmo foram relocados, e funcionando.

  2. JC disse:

    Natal tem muito cangueiro! Pqp

    • Fonseca disse:

      E agora tem também um novo tipo: o CANGUEIRO-QUADRÚPEDE (exemplo: o animal interpreta literalmente a proibição de transitar pelas faixas semi-exclusivas e puxa o carro de vez para entrar numa rua). Não irá demorar e ainda teremos relatos de gente que deu a volt na cidade para não pisar na faixa semi-exclusiva. É jumento e jumenta demais meu Deusssss…..kkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Luciana Morais Gama disse:

    A Secretaria de Serviços Urbanos de PARNAMIRIM tem que cobrar esse prejuizo ( poste, luminárias e instalação ) desse motorista

    • Rc disse:

      Toda a vez que um poste desses de canteiro central é derrubado,
      nunca é reposto.

Publicidade

Piloto do avião que caiu com Teori tentou pousar duas vezes antes do acidente

As gravações do aparelho de áudio encontrado no avião que caiu no mar em Paraty (RJ) na quinta-feira mostram que o piloto da aeronave fez duas tentativas de pouso no aeroporto de Paraty (RJ) antes de cair no mar, segundo informou o Jornal Hoje, da TV Globo. A gravação também demonstra que não houve pânico dentro da aeronave antes da queda.

Em outro trecho, o piloto Osmar Rodrigues diz que iria esperar a chuva passar para pousar, segundo informações do Bom Dia Brasil. Em seguida, a gravação é interrompida. Como o aeroporto de Paraty não tem torre de controle, o aparelho registrou conversas com outros pilotos que voavam pela região.

A aeronave transportava o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki e mais quatro pessoas: o empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do Hotel Emiliano, a massoterapeuta Maira Lidiane Panas Helatczuk, de 23 anos, e a mãe dela, Maria Ilda Panas, de 55 anos, além do piloto.

O aparelho, chamado de CVR, registra os últimos 30 minutos do voo. Ele foi levado para o Laboratório de Análise e Leitura de Dados de Gravadores de Voo (Labdata), do entro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Nesta segunda-feira juiz da 1ª Vara Federal de Angra dos Reis, Raffaele Felice Pirro, decretou o sigilo das investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal sobre a queda do avião. Nesta terça-feira, o MPF e a PF vão ouvir testemunhas do acidente.

Parte dos investigadores que atua no caso do acidente em Paraty trabalhou nas apurações sobre a morte do ex-governador Eduardo Campos em um acidente aéreo em Santos (SP) em plena campanha presidencial de 2014. Na equipe da Polícia Federal que foi deslocada pelo caso há integrantes que atuaram no episódio de 2014, mas a composição não é exatamente a mesma.

O Globo

Comentários (3) enviar comentário
  1. Renan Cesar disse:

    Juiz ou juíza?

    "Nesta segunda-feira juiz da 1ª Vara Federal de Angra dos Reis, Raffaele Felice Pirro, decretou o sigilo das investigações (…)"

  2. Eterno Vascaino disse:

    Uma pá de CAL nós golpista conspiradores !

  3. Hugo disse:

    Não entendo como uma aeronave que custa milhões de dólares é capaz de gravar apenas 30 minutos de voo. Um equipamento de telemetria capaz de registrar muitas informações técnicas do vôo e da aeronave, juntamente com um simples cartão de memória de alguns GB seriam capaz de armazenar anos de vôos. Tudo isso em uma caixinha blindada.

Publicidade

FOTO: Acidente provoca grande congestionamento sentido Zona Norte no início da tarde

Acidente sem detalhes no início da tarde desta terça-feira(24), nas proximidades da Ponte de Igapó. Em decorrência, congestionamento é registrado na Avenida Bernardo Vieira, antes da Urbana. Foto(cedida).

Comentários (6) enviar comentário
  1. Marcio disse:

    Gostei da nova localização do aeroporto. Ficou mais perto da minha casa e não preciso atravessar esses congestionamentos quando preciso viajar.

  2. Sandro Alves disse:

    Este aeroporto é uma vergonha para o RN, tinhamos o melhor aeroporto do Brasil em termo de localização, agora temos um TROÇO lá nos cafundós.

  3. Paulo Roberto disse:

    Concordo meu caro Brasileiro.

  4. Brasileiro disse:

    Ótimo aonde colocaram a BOSTA do aeroporto

    • Potyguar disse:

      Mais um GRANDE PRESENTE de uma das oligarquias que se acha dona do Estado.

    • André disse:

      O bom é que é só olhar o nome do aeroporto e já se sabe qual oligarquia foi a responsável pela "ótema" decisão.

Publicidade