Publicidade

Exclusivo: Buraco engole carro na Raimundo Chaves

O buraco nasceu pequeno, como milhares em Natal. Ninguém cuidou de tapá-lo. As chuvas e o trânsito de carros cuidaram de aumenta-lo, até que o mais impressionante aconteceu. De acordo com o relato das vítimas, que não sofreram ferimentos grave, o acidente aconteceu no momento em que eles chegavam em casa. Enquanto esperavam pelo portão abrir, sentiram o chão ceder e foram sugados para dentro do buraco, só conseguindo sair após quebrarem os vidros do Punto branco.

As fotos dizem tudo. Veja:

Vejam a situação. Isso é em Natal - Foto Blog do BG
Vista para o Centro Administrativo - Foto Blog do BG
Comentários (9) enviar comentário
  1. João Eudes disse:

    Nós temos sim, obrigação de reclamar dessas atuais gestões, municipal e estadual, pois somos os principais prejudicados pelo descaso dispensado pelas gestoras, gestoras essas que não citarei os nomes para não perder meu tempo, pois nem esse tempo que eu perderia citando-as vale à pena.
    Por outro lado, nós como eleitores temos uma parcela de culpa nessa história; somos nós que elegemos os vereadores, prefeitos, deputados, governadores e presidentes. Quero com isso, lembrar à todos que comecemos a ver quem são de verdade as pessoas que estamos colocando como nossos representantes. Devemos aprender a avaliar os nossos políticos não só nos períodos eleitorais e sim no dia-a-dia, acompanhando suas ações e benfeitorias(ou não) em benefício da população! DEVEMOS APRENDER A VOTAR!!!

  2. Nika Yoko disse:

    Pelo amor de Deus não tem mais jeito para esse administração, semana passada na Rua São José existe um buraco horrivel, estava passando por lá e PIOR aconteceu pasei por cima do buraco e o pneu do do carro furou na hora, quando aconteceu não acreditei!!e Pior a rua estava numa ESCURIDÂO danada por isso que não vi!!!já chega de tanto descaso…

  3. liany disse:

    absurdo, é de impressionar! minhas palmas a "bela" administração da BORBOLETA e da ROSA!

  4. Igor Santos disse:

    Isso é a rua da TV concorrente à da prefeita, sempre lembrando.

  5. Washington Ribeiro disse:

    Será que a prefeitura vai arcar com os prejuízos? O que seria justo, mas ao mesmo tempo fica aquela indignação, pois somos nós que pagamos. Isso deveria sair do bolso da irresponsável que permite a situação chegar a esse ponto! E ainda me aparece com uma pesquisa forjada prá tentar enganar o povo mais simples! Se liga aí, num tem mais nenhum trouxa que acredite em conto da carochinha não!

  6. [email protected] disse:

    que pena natal estar entregue a sorte.fora micarla!chega de tanto buraco,natal tornou-se a capital dos buracos.

  7. docarmo disse:

    essa prefeita tem não pode continuar,chega de tanta iresponsabilidade.fora mirla! obrigada deus!por salvar os ocupantes deste carro.

  8. Elisabeth Araujo disse:

    Parabéns à prefeita Micarla de Sousa, por ela estar bastante preocupada com a população da cidade que ela disse que iria cuidar como uma mãe. Tenho até dó dos filhos dela, me baseando em sua administração.
    Sorte aos ocupantes do carro, que não tenham sofrido danos mais graves, já que o próprio carro parece bem prejudicado.

  9. HAMILTON disse:

    MICARLA, PELO AMOR VC ESTÁ VENDO A SITUAÇÃO

Publicidade

Raios mataram 89 pessoas no Brasil em 2010

Carolina Spillari – estadão.com.brEm 2010, 89 pessoas morreram em todo o País, vítimas de raios. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número é inferior a média registrada entre 2000 e 2009. De acordo com dados preliminares, neste ano já foram registrados 28 mortes no Brasil.

Maioria das vítimas de raios em 2010 foram homens

Do ano passado, São Paulo é o Estado líder em vítimas, com 12 mortes. Em seguida vem o Pará, com oito, seguido de Minas Gerais e Tocantins, com sete, cada.

Das pessoas mortas por raios, 82% eram homens. A faixa etária entre 20 e 39 anos predominou em quase metade das vítimas. A maioria das mortes no ano passado ocorreu durante a primavera: 40%, quase o mesmo registrado no verão, de 36%.

A média, porém, é que a maioria das mortes aconteceram no verão: 45%, de acordo com o levantamento feito entre 2000 e 2009. É nessa estação que caem mais raios no Brasil, informa o Inpe.

O Sudeste teve 29% das ocorrências na última década. Em 61% dos casos, a morte foi registrada em alguma zona rural do País.

enviar comentário
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ruas alagadas – Parte 02

Av. Afonso Pena com Mossoró - Foto Blog do BG
Rua Potengi com Afonso Pena - Foto Blog do BG
Rua Potengi com Afonso Pena - Foto Blog do BG
Comentários (3) enviar comentário
  1. josue disse:

    É mto triste o q estamos vendo. Se a Prefeitura q já tem 3 anos, se preocupasse com o sistema de saneamento , a nossa cidade nao estaria assim. Mas o q se ver nas ruas sao os AMARELINHOS, multando todo mundo. Natal esta precisando mudar e acho q ela poderia comecar a partir de hoje , esquecer MULTAS e Sim, mostrar TRABALHO. Natal está precisando URGENTE de canteiros de estacionamentos e conservar retornos. Parece q aPrefeita fez acordo com a Petrobras para o CiDADA O gastar mais com COMBUSTIVEL,é a única justificativa. Nao tem estacionamento nos canteiros ( os canteiros todos vazios, mas os amarelinhos parece um enxame de abelhas )e os retornos acabaram ou estao longes demais. Pense fazer algo. Acho q a Prefeita vai sentir,(Acho) depois q passar a ser uma pessoa normal. Hoje , acho q só anda de helicóptero. É o q se dar para pensar. É um ABSURDO!!!!!!!

    • bruno disse:

      Caro Josue, concordo que poderia está melhor, mas esse problema de alagamento não é só da gestão Micarla. Wilma e Carlos Eduardo ficaram 12 anos no comando é nada fizeram.

  2. SERGIO PAULO disse:

    ESTA NATAL EU NAO CONHECIA.

Publicidade
Publicidade

Acidentes em tempestades ou temporais causados por quedas de árvores. A responsabilidade é do Estado:

Consultor Jurídico:

Quem teve seu carro ou casa danificada pela queda de árvores, provocadas pelo temporal e rajadas de ventos que chegaram a 68 km na última terça-feira (7/6), na capital paulista e em várias cidades do Estado, pode reclamar o ressarcimento dos prejuízos causados. Se não obtiver sucesso na negociação, a chance de vitória na Justiça é grande.

A jurisprudência do Tribunal de Justiça de São Paulo é quase pacífica no sentido da responsabilidade subjetiva do poder público (estado e municípios) e do dever deste indenizar pelos prejuízos. Este ano, mais de uma dezena de decisões da corte paulista confirmaram condenações aplicadas contra a Administração em primeira instância por conta de acidentes com a queda de árvores provocadas por chuvas e vendavais.

Só na última terça-feira, o temporal que caiu derrubou mais de 260 árvores na capital paulista. De acordo com o Corpo de Bombeiros, das 18h50 às 22h30, 225 árvores caíram por causa da chuva e das fortes ventanias. Da meia-noite até o início da manhã da quarta-feira foram registradas mais 41 quedas. Uma pessoa morreu, na esquina da alameda Glete com a avenida Rio Branco, no centro da Cidades. A morte foi provocada por uma árvore que caiu.

Outros temporais
Márcio Alexandre ganhou o direito de receber R$ 15 mil da concessionária Rodovias Integradas do Oeste. No ano passado, durante um temporal, uma árvore caiu em cima de seu carro, enquanto ele dirigia o veículo na rodovia Castelo Branco, na altura do município de Botucatu. A 3ª Câmara de Direito Público entendeu que a concessionária de serviço público foi negligente ao manter a árvore em área de risco. (mais…)

enviar comentário
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade