Publicidade
Publicidade

Rosalba corta ajuda para as quadrilhas de Natal e matém para as de Mossoró

Foto Canindé Soares

Blog reproduz texto do Presidente da Liga Independente de Quadrilhas Juninas do Rio Grande do Norte, Humberto Floriano.

A Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, excluiu a Cidade do Natal dos Festejos Juninos de 2011. Esta informação foi prestada por nossa Secretária de Cultura Professora Isaura Rosado, ao Presidente da Liga Independente de Quadrilhas Juninas do Estado do Rio Grande do Norte – LIQUAJUTERN Humberto Floriano. Na oportunidade, Professora Isaura explicou que, este ano, toda a ajuda governamental às quadrilhas juninas será concentrada apenas para as cidades de Mossoró, Açu e Currais Novos e que, infelizmente, Natal ficaria fora.
Esta é a primeira vez, desde o início dos festivais de quadrilhas juninas, na década de 80 do século passado, que o Governo do Estado não participa dos festejos Juninos na capital. É como se Natal não fizesse parte do Estado do Rio Grande do Norte. A Governadora se esqueceu muito rapidamente das nossas promessas de campanha, quando afirmou que daria a Natal a mesma atenção que fosse dada à Mossoró. A desculpa da falta de verba para atender a todas as necessidades culturais não convence, uma vez que para Mossoró não tem faltado dinheiro do cofre estadual.
Comentários (5) enviar comentário
  1. Aussângela disse:

    isso é pra todo o RIO GRANDE DO NORTE aprender
    votaram na ROSA agora aguentem…..
    a ROSA é a BORBOLETA dao certinho…
    ´fazem promessas é nao cumprem!!!!!!!!

  2. Alice disse:

    Borboleeta com Rosa Combinam
    #FATO

  3. RODRIGAO disse:

    MUITO IMPORTANTE ISSO !

  4. Faustino disse:

    Ah, tá. Pensei que fosse para outro tipo de quadrilha. Confirmando o que se falou na campanha: olhos voltado para seu umbigo, O país de Mossoró. Deveriam seguir o exemplo da Paraíba, para forró de plástico, nada!!!! valorizar a cultura popular, em todas as regiões.

  5. Fernando disse:

    A notícia reflete o que fora abertamente discutido na campanha passada. Natal não quis acreditar, agora aguente Mossoró sendo a capital política do Estado. Em que pese a força da economia de Natal, a maior população, Rosalba já demonstrou que governa para sua terra, Mossoró. Esse governo começa muito mal.

Publicidade
Publicidade

Os Ensaios Ingleses de um Potiguar

Hoje o Procurador gente boa, Marcelo Alves, lança “Ensaios Ingleses”

O lançamento do livro “Ensaios Ingleses” está marcado: será na quinta-feira, 19 de maio, a partir das 19 horas, no Solar Bela Vista. A nova produção literária do procurador regional da República Marcelo Alves Dias de Souza é resultado das crônicas semanais publicadas por ele em jornais do Rio Grande do Norte. Os textos foram escritos, em sua maioria, durante o período em que cursava o doutorado na Kings College London (Inglaterra).
Trata-se do segundo livro do procurador e pode ser classificado como a primeira incursão literária dele, de forma sistematizada. “Sempre fui um apaixonado por literatura”, confessa o procurador. A produção anterior do autor, intitulada “Do precedente judicial à súmula vinculante”, tinha caráter eminentemente jurídico, pois teve como inspiração o estudo de mestrado realizado por ele na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).
No entanto, a viagem proporcionada pelos “Ensaios Ingleses” não foge da companhia constante do Direito, sendo este o tema que permeia basicamente todos os textos selecionados para a obra. O passeio mergulha, ainda, na literatura, com escalas no cinema, na ciência política e parada final na filosofia.
A capa do livro remete a dias cinzas, o que por vezes foi vivenciado pelo procurador regional da República na temporada que passou em Londres. Sobre a experiência de escrever em terra estrangeira, Marcelo Alves revela que “a prática é, certamente, uma forma de amenizar a solidão. Por outro lado, acaba sendo mais fácil, uma vez que os temas surgem a cada esquina, porque tudo – ou quase tudo – me é diferente”, destaca o procurador.
A seleção de crônicas é uma publicação da editora Queima-Bucha, e contou com a colaboração do jornalista Franklin Jorge. A apresentação foi escrita pelo procurador da República Ronaldo Pinheiro de Queiroz.
A compilação desses textos, reunidos no Ensaios Ingleses, pode ser conferida no lançamento, dia 19, no Solar Bela Vista. Na ocasião, haverá apresentação de um grupo de chorinho e coquetel.

Serviço: Lançamento de livro Ensaios Ingleses (Autor: Marcelo Alves Dias de Souza)
Data: 19/05/2011
Hora: 19 horas
Local: Solar Bela Vista, Avenida Câmara Cascudo, 417 – Cidade Alta – Natal/RN

enviar comentário
Publicidade

Ed Motta recuou. Tudo não passou de uma brincadeira

VEJA: O cantor Ed Motta voltou a usar as mídias sociais para fazer comentários sobre o Brasil. Desta vez, para culpar a imprensa pela divulgação das frases discriminatórias da última semana, quando disse em seu perfil no Facebook que os moradores do sul – local conhecido pela presença europeia – eram bonitos, e a gente do resto do país era “feia”.

“Os tais comentários infelizes que fiz foram absolutamente todos em tom de brincadeira. Mas é mais fácil acreditar no jornal que precisa vender a todo custo. Todos brincam em bares, nas suas casas etc. Eu estava no meu perfil de Facebook que julgava ser algo pessoal”, escreveu o cantor em seu microblog.

Motta comentou ainda o fato de ser negro – portanto, diferente do esterótipo dos moradores do sul – e de ter criticado nomes da MPB, como Caetano Veloso. Mais uma vez, seria tudo brincadeira. “E, nossa, eu não sou nem de perto um exemplo padrão de beleza. Foi brincadeira e não estou recuando, com medinho, nada. Quando afirmei que detestava Oasis eu assumo e banco até o fim minha opinião. Essa patrulha ideológia em pleno 2011 é realmente um atraso.”

Do Blog: Está bom Ed Motta. Agora responde, Paula Toller é feia? Seu brucutu…

Comentário (1) enviar comentário
  1. [email protected] disse:

    ed mota é mais um daqueles cantores metidos a besta, que não teem identidade vocal e só conseguem cantar fazendo filuras para encobrir suas deficiências de afinação e outras incapacidades da voz cantada.Esse tipo de cantor só sabe cantar vomitando algumas técnicas desenvolvidas em alguma fábrica de voz artificial.ed mota, você nem é cantor de jazz e nem tem a expressão vocal de um Luís Gonzaga,Estude música brasileira que você pode chegar lar.

Publicidade

Hoje é o dia do GARI. Vejam a homenagem do BlogdoBG

Segue abaixo uma belissima poesia para os Garis:

Prazer em conhecer,
Essa gente que trabalha
No sol, na chuva sem esmorecer.
Sabe como ninguém,
Limpar a sujeira
Que o povo deixa no chão

Estão sempre a limpar
Uma cidade inteira
Que tem um povo que merece
Educação começa em casa
Não esqueça, faça tua parte.
Colabore enquanto é tempo

(mais…)

Comentários (3) enviar comentário
  1. Vania disse:

    para as garis,e sere para mim.Digite seu comentário aqui.

  2. Vaniagatinha Rodrigues disse:

    vlw muito bonito esse poema

  3. Peregrina 7 disse:

    Meus parabéns pela homenagem prestada aos nossos queridos garis, Que com seu trabalho e empenho sempre deixa a cidade mais bela! Fico feliz por ver meu poema aqui sendo um instrumento de honra para enaltecer nossos irmãos digno de nosso respeito e amor.

Publicidade

Baixaria no Jammil

Do Blog Sempre Criativos:

Enquanto todos estão pensando que a marca “Jammil” vai ficar com Manno Góes e Paulo Borges, e que eles vão colocar Levi Lima para substituir Tuca Fernandes, a conversa que rola nos bastidores é bem diferente!

Estão dizendo que Levi seria a nova cara do Jammil, chamando diretamente Tuca de velho. Mas, na negociação, Paulo Borges ofereceu para Tuca o bloco Balada, em troca da marca Jammil. Enquanto estão articulando o marketing com a imprensa local para o “novo” Jammil, inclusive já com data marcada para a gravação de um DVD (com a presença de Levi), Tuca prepara uma grande jogada: não vai abrir mão da marca e não quer o Balada.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Projeto Seis e Meia de Volta

A Presidenta da Fundação José Augusto anunciou hoje a volta do Projeto Seis e Meia.

Será uma apresentação por mês, tanto em Natal quanto em Mossoró.

“Não temos orçamento para abrigar mais de um, até porque estamos pagando os débitos da gestão passada com o Seis & Meia.” Disse Isaura Rosado.

Nesse novo formato, Isaura ainda disse que quer privilegiar a qualidade com grandes nomes da MPB e, de revelações novas ao invés de ter quantidade com nomes comuns.

enviar comentário
Publicidade
Publicidade

Fábio Jr em Natal

O cantor Fábio Jr. Chega com a turnê 2011, intitulada “Íntimo”, dia 08 de julho no Teatro Riachuelo. Os shows deste ano estão repletos de novidades no cenário, iluminação e, repertório, porém, os grandes sucessos da carreira do cantor continuam e, dão todo o toque de romantismo ao show.

Prometendo inovação na produção, o cantor fez questão de acompanhar de perto a escolha da banda, a mudança de cenário, iluminação e principalmente o repertório.

O cenário e iluminação são criações da Show Design, que pensando em um clima mais “intimista” preparou tudo para que ficasse com a “cara” do cantor. “O público vai se sentir mais próximo do Fábio, é como se as pessoas estivessem sentadas na sala da casa dele”, completa Rogério Fernanadez, um dos sócios da empresa.

O repertório do novo show é composto por sucessos que fazem parte da carreira do cantor como, Caça e Caçador, Felicidade, Senta Aqui, entre outros, porém, com nova roupagem. As músicas do CD Minhas Canções, que teve a produção de Guto Graça Melo, também estão no repertório, assim como as músicas do CD Íntimo, que teve a produção de César Lemos e, lançamento previsto para Março.

No resto e só esperar o dia do show e no final o cantor gritar BRIGADUUU!!!

Comentários (4) enviar comentário
  1. cinthya Kalynne disse:

    Onde estão vendendo ingressos?

  2. Edvane disse:

    sou de caicó e gostaria de saber sobre as vendas dos ingressos quero comprar o meu logo!!!

  3. adna disse:

    gostaria de saber se o show de fabiojr é aqui em natal no teatro da riachuelo dia 08 de julho pois estarei la

Publicidade