Publicidade

FOTOS E VÍDEO: Terreno vira depósito de lixo próximo do abrigo de idosos Juvino Barreto, em Natal

Fotos e vídeo: cedidos

Uma leitora do Blog enviou registro nesta segunda-feira(20) de situação de abandono em terreno na Avenida Alexandrino de Alencar, próximo ao abrigo de idosos Juvino Barreto. Segundo a denunciante, além do “depósito de lixo”, local tem registro de ratos, escorpiões, baratas e insetos em geral.

Comentários (3) enviar comentário
  1. Val disse:

    Netto.
    Os canteiros, praças, iluminação, feiras livres e outros tantos serviços que a prefeitura presta a população, através das SEMSUR estão parados. Isso é falta de gestão e comprometimento com serviço público. Prova disso, são inúmeros processos, ofícios e outros documentos que necessitam apenas da assinatura do secretário Jerônimo Melo para dar andamento aos serviços. É que ficam dias ou semanas em cima da mesa.
    Ademais, a SEMSUR não conta com veículos em números suficientes para atender as demandas, e quando tem algum veículo, falta o combustível. Enquanto Isso, a população sofre com o descaso ou ingerência dá prefeitura. Com a palavra, o prefeito Carlos Eduardo.

    • observador politico disse:

      Como o(a) amigo(a) bem disse: a falta de comprometimento com a gestão pública a frente da semsur é gritante. e essa postura não é de agora, basta fazer uma pesquisa no site do TJRN e veremos o nível de comprometimento do Sr. Jerônimo Melo com o serviço público.

  2. Netto disse:

    Incrível como o serviço de limpeza de canteiros e terrenos deu uma melhorada
    às vésperas das eleições e despencou depois delas.

Publicidade

Delação da Odebrecht cita R$ 7 milhões a ministro do PRB

Marcos Pereira

Marcos Pereira é titular da pasta da Indústria

ESTADÃO

BRASÍLIA – O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, negociou um repasse de R$ 7 milhões do caixa 2 da Odebrecht para o PRB na campanha de 2014, segundo depoimento que integra a delação da empreiteira na Lava Jato. Os recursos, entregues em dinheiro vivo, compraram apoio do partido então presidido por Pereira à campanha de reeleição de Dilma Rousseff, que tinha Michel Temer como vice.

O dinheiro dado ao PRB fazia parte de um pacote maior, que envolvia também o apoio de PROS, PCdoB, PP e PDT à chapa governista. Ao todo, a Odebrecht colocou cerca de R$ 30 milhões na operação, como o Estado revelou em dezembro. O acordo é descrito, com diferentes pedaços da história, nas delações de Marcelo Odebrecht, ex-presidente e dono da empreiteira, e dos executivos Alexandrino Alencar e Fernando Cunha.

Sexto ministro de Temer citado na Lava Jato, na época Pereira tratou pessoalmente do assunto com Alexandrino, um dos 77 executivos da Odebrecht que fizeram acordo de delação já homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com as delações, Pereira esteve mais de uma vez na sede da Odebrecht em São Paulo para combinar como e a quem o dinheiro, entregue em parcelas, deveria ser repassado.

O ministro rebate as afirmações dos delatores. “Eu desconheço essa operação. Comigo não foi tratado nada disso”, disse. “Delação não é prova.”

Presidente licenciado do PRB, Marcos Pereira é homem forte no partido fundado por integrantes da Igreja Universal do Reino de Deus após o escândalo do mensalão. Ao Estado, ele contou que ajudava a arrecadar recursos para campanhas do seu partido, que tem 23 deputados, um senador e comanda a prefeitura do Rio, com Marcelo Crivella. A pasta da Indústria, embora tenha perdido poderes com Temer, continua sendo uma das mais relevantes do governo.

TV. O apoio do PRB e dos outros quatro partidos garantiu à chapa Dilma-Temer 2 minutos e 39 segundos a mais na propaganda eleitoral de televisão – totalizando mais de 11 minutos, ante apenas 6 minutos de Aécio Neves, o candidato do PSDB. O PRB recebeu R$ 7 milhões em troca de 20 segundos por dia de campanha.

Segundo os relatos dos executivos da Odebrecht, a empreiteira agiu a pedido de Edinho Silva, então tesoureiro da campanha de Dilma e hoje prefeito de Araraquara (SP), realizado num encontro com Marcelo e Alexandrino em São Paulo.

Feito o acerto, de acordo com os depoimentos, Alexandrino ficou encarregado de fazer com que PCdoB, PROS e PRB recebessem R$ 7 milhões cada um do departamento de propinas da Odebrecht. Fernando Cunha mandou R$ 4 milhões para o PDT. O Estado não conseguiu confirmar como foi a negociação com o PP.

Edinho Silva nega o acerto com a Odebrecht. “Não participei de tratativas com os partidos na época das composições. Eu ainda não era coordenador financeiro”, afirmou. Procurada, a Odebrecht informou que não iria se manifestar.

Os relatos de que houve compra de apoio partidário para a campanha Dilma-Temer poderão ser analisados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no processo que investiga abuso de poder político e econômico na campanha. O Estado apurou que o relator, ministro Herman Benjamin, decide nesta semana se vai requisitar os depoimentos, que estão na Procuradoria-Geral da República.

Comentário (1) enviar comentário
  1. paulo martins disse:

    O ministério do governo Temer é todo ele imundo, assim como os de Lula e Dilmão.

Publicidade

Odebrecht bancou treinamento empresarial para filho caçula de Lula

Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula

Por FOLHAPRESS

Um dos favores feitos pela Odebrecht para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi pagar um orientador de carreira para ajudar seu filho Luís Cláudio a colocar de pé a empresa Touchdown Promoções e Eventos Esportivos, que organizava um campeonato de futebol americano.

A informação consta da delação premiada da empresa, que ainda está sob sigilo.

Segundo a Folha apurou, foi o próprio Lula quem pediu para que a empresa bancasse o “coaching”, cujo objetivo era ensinar a Luís Cláudio, 31, técnicas de gestão.

Procurado, o Instituto Lula disse que não comentaria.

Caçula de Lula e Marisa, ele promoveu entre 2012 e 2015 o Torneio Touchdown, que reunia cerca de 20 equipes de futebol americano.

A informação sobre a contratação do orientador foi dada pelo ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Alexandrino Alencar, pessoa na empresa que era a principal responsável por atender demandas ligadas ao petista.

A empreiteira contratou um profissional de fora de seus quadros e o pagou.

Alexandrino relata o caso como um dos diversos serviços que a Odebrecht prestou ao ex-presidente. No pacote elencado pelo ex-executivo também estão detalhes da reforma da sítio de Atibaia frequentado pela família Lula.

Além disso, outros favores da empresa ao petista são a construção do estádio do Corinthians –descrita como um “presente” para o ex-presidente– e a compra de um terreno para ser a nova sede do Instituto Lula.

A informação referente à contratação do orientador de carreiras para Luís Cláudio foi decisiva para que Alexandrino conseguisse fechar seu acordo com os procuradores da Lava Jato.

Na primeira entrevista que teve com representantes da PGR (Procuradoria-Geral da República) e da força-tarefa de Curitiba, a sua colaboração havia sido recusada.

A avaliação dos investigadores no primeiro encontro era de que Alexandrino estava poupando o petista e escondendo informações para protegê-lo. Pressionado, ele trouxe novos relatos.

O depoimento do ex-executivo foi realizado em novembro em Campinas (SP) e durou mais de dez horas.

CARREIRA

Formado em educação física, Luís Cláudio trabalhou como auxiliar de treinamento nos grandes clubes paulistas: Palmeiras, São Paulo, Santos e Corinthians.

Entre as funções que exercia estava colocar nos gramados pequenos cones que balizam os exercícios dos jogadores. Foi ajudante do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Em 2011, abandonou os gramados e fundou a LFT Marketing Esportivo, tendo como primeiro cliente o Corinthians, na época presidido por Andrés Sanchez, hoje deputado federal pelo PT.

O filho do ex-presidente Lula recebeu cerca de R$ 500 mil entre 2011 e 2013 sem ter desempenhado função no clube, segundo relatos de funcionários do time, entre eles o então o diretor de marketing, Luis Paulo Rosenberg.

Apesar de amadores, os torneios de futebol americano da empresa do filho do ex-presidente tinham grandes empresas como patrocinadoras, entre elas TNT, Budweiser, Tigre, Sustenta Energia (grupo JHSF), Qualicorp, GOL e Caoa Hyundai.

ZELOTES

O nome de Luís Cláudio já havia sido citado na Operação Zelotes. A Caoa é investigada por ter contratado o escritório de lobby Marcondes & Mautoni para obter extensão da desoneração fiscal por meio de medida provisória. A Caoa nega a acusação.

Na época, o escritório contratou a LFT, de Luís Cláudio, por R$ 2,5 milhões para uma consultoria na área de marketing esportivo. O estudo feito pela LFT era um compêndio de informações tiradas de sites, o que levou à suspeita de que o pagamento ao filho de Lula seria uma forma de comprar influência junto ao governo. Luís Cláudio nega e diz que a consultoria foi realizada.

Em 2016, o campeonato Touchdown deixou de ser realizado. Depois que Luís Cláudio foi alvo da Zelotes, em outubro de 2015, o torneio perdeu patrocinadores e os times decidiram atuar em outra liga.

OUTRO LADO

Questionado sobre se houve a contratação de um orientador profissional pago pela Odebrecht para dar assistência a Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, o Instituto Lula disse, em nota, que a reportagem da Folha se baseia “em suposta delação para obtenção de benefícios judiciais que deveria estar sob sigilo, sem apresentar transcrição, documento, contexto, época do ocorrido ou qualquer informação básica que permita até compreender o que está sendo perguntado pela reportagem”.

Disse ainda que não comentará “supostas informações incompletas baseadas em supostos documentos fora de contexto que estariam sob sigilo judicial”.

O advogado de Luís Cláudio não respondeu os questionamentos da reportagem.

A Odebrecht afirmou que não se manifesta sobre depoimentos das pessoas físicas. “A empresa reafirma que segue cooperando com as autoridades e tem avançado na adoção de medidas para aprimorar seu sistema de conformidade.” Diz que todos os integrantes devem “combater e não tolerar a corrupção em quaisquer de suas formas”.

Comentários (7) enviar comentário
  1. Comedor de Coxinhas disse:

    Outro prato requentando….É só o homem subir nas pesquisas q começam os ataques.
    É o papagaio do vizinho da prima do irmão da tia da prima de Lula q recebeu um pão na padaria e deveria ter pago. Claro q a culpa é de Lula.
    Patético.

    • Helio Motta disse:

      Igual a marido traído que coloca culpa do chifre em quem o alertou… dá é pena.

  2. Verdade Nua e Crua disse:

    Quando sai uma pesquisa favorável ao Lula, brota todo tipo de matéria atacando.
    Será que todo mundo aqui é ingênuo ou vive em outro planeta pra não saber que empresas são dirigidas por pessoas que podem estabelecer relações e trocar favores dentro da legalidade e moralidade, sem atentar ou ser necessariamente ato de corrupção?
    Se fossemos investigar aquela história da mulher(jornalista da Globo, que ajudava a ocultar) que FHC mantinha em um apartamento de luxo em Paris, na França, escondendo um filho que ele dizia que não era dele, sendo paga por meio de uma irmã dela com verba do governo federal enquanto ele ainda estava na presidência e casado com Dona Rute Cardoso, o que poderíamos acha?
    Ou a filha de Serra, que da noite pro dia se envolveu com o homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann, dono da AMBEV (Mega empresário que bancou palestra de Juiz Moro nos EUA há poucos dias) e principal investidor nas campanhas dos Tucanos?
    Vamos investigar todos ou apenas aqueles de sempre?
    Vamos se indignar com todos ou apenas com os filhos dos Nordestinos, Pobres, Pretos ou qualquer outra origem que não seja a de Playboys de Ipanema, filhos de uma elite hipócrita, seletiva e pobre de espirito?

  3. Maurício Giovani disse:

    Cadê a opinião de Osvaldo?

  4. paulo martins disse:

    A Odebrecht foi tudo na vida desse 'menino'.
    Imaginar diferente será causar-lhe trauma infantil.

  5. Cleber LIMA disse:

    Outra bobagem.

  6. JOAO MARIA disse:

    É O ENGANADOR DE BURROS DEITOU E ROLOU, E AINDA SE FAZ DE VITIMA, REALMENETE É UM GRANDE ENGANADOR

Publicidade

FOTOS: Leitor denuncia acúmulo de lixo e ainda registra acampamento em pleno canteiro central na Alexandrino de Alencar

Fotos: cedidas

Canteiro da Alexandrino de Alencar, na altura da Jaguarari. Lixo por cima de lixo. Estado de abandono . Registro enviado na manhã desta sexta-feira(10) pelo ZAP BG.

Ainda na Alexandrino, em outro trecho, um leitor enviou ao Blog a foto, o registro de um acampamento do MST no canteiro central.

Comentários (11) enviar comentário
  1. Indignada disse:

    Em baixo do viaduto do quarto centenário tem vários moradores, eles tocam o terror aos moradores de Potilandia, nos semáforos crianças, adolescentes e nada da assistência social do município trabalhar, é um total descaso.

  2. Helio Motta disse:

    Impressionante a ligação do lixo com o PT e o MST.
    Quase siameses.

  3. Bosco leitão disse:

    A cidade inteira está nessa situação, muito lixo, canteiros quebrados e sem nenhuma manutenção, iluminação péssima, de cidade do interior mesmo, as praias nem se fala, enfim, não entendo essa aprovação que levou a população e reeleger esse prefeito em primeiro turno, uma administração sem inovação, modernização, só politicagem barata, e assim ele e o PMDB vão dando aas cartas rumo ao governo do estado, temos os políticos que merecemos? e quanto a bancada federal, na próxima é a vez de uma renovação completa, afinal temos o pior congresso de toda a história desse pais.

  4. otavio disse:

    O maior problema está no cruzamento com a Prudente de Morais.Na pracinha dos bombeiros 1 sra.acampou lá com filhos,amigas,etc.As crianças,ficam mendigando,correndo entre os veículos.Nao sei por que a promotoria da Infancia e Juventude ainda não tomou providências.A poucos dias assisti às 18:00hs com transito intenso estas crianças atravessando os canteiros,por pouco 1 não foi atropelada.

  5. joao disse:

    Pela propaganda, esse pessoal do PT nao gosta de limpeza, lava jato etc.. dai o lixo acumulado. Fico imaginando a ideologia e os ensinamentos: afrontar os burgueses com o lixo.. mesmo que deles dependam. E ainda vao dizer que nao tem nada haver e nao sabia de nada.

    • Eurico disse:

      Vide o partido que eles tomaram na guerra de Dória conta a pichação.

  6. Eurico disse:

    Querem outra beleza de acampamento (daqui a pouco dá até para cobrar IPTU)?
    Vide aquele vão que fica sob o viaduto da BR-101 que faz a curva indo pro SEBRAE, na BR mesmo. Tem o gradil que é violado e o pessoal fez morada mesmo.
    Cadê a ação social?

  7. Netto disse:

    Faz meses que não e vê aquelas equipes tirando entulho, mato e lixo
    das vias. Foi só passar as eleições. Praça aqui, o que mais tem é terreno baldio
    com uma calçada (arrebentada) em volta.

  8. ALEX DUBEUX disse:

    LITERALMENTE UM LIXO MESMO KKKKK

  9. Gustavo Henrique disse:

    Cidade imunda. Faz vergonha. Não tem uma praça bonita e bem cuidada. Nenhuma alameda em bom estado, Nenhum canteiro limpo e desmatado.

  10. Igor disse:

    Haja lixo nos canteiros de natal! Kkkkkkk

Publicidade

PF diz que Rodrigo Maia recebeu dinheiro para defender interesses da OAS no Congresso

Rodrigo Maia (Foto: Givaldo Barbosa)

O Globo

A Polícia Federal enviou ao Supremo Tribunal Federal relatório com as conclusões do inquérito que investigou relações do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com a empreiteira OAS. No caso que está vinculado à Operação Lava-Jato, a PF sustenta haver indícios de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A informação foi divulgada pelo Jornal Nacional e confirmada pelo GLOBO.

Rodrigo Maia não chegou a ser formalmente indiciado pela PF. No Supremo, os inquéritos costumam ficar sob controle do Ministério Público Federal e os atos todos precisam ser submetidos ao relator, no caso o ministro Edson Fachin. No caso da senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) a PF chegou a propor seu indiciamento. A defesa questionou a legalidade da medida proposta pelo delegado do caso, mas o STF não chegou a examinar o recurso porque logo em seguida o MPF pediu abertura de ação penal e a dúvida sobre a legalidade do indiciamento perdeu sentido.

Apesar de não proporem o indiciamento de Maia, os investigadores apontaram os elementos que acreditam ser suficientes para instauração de processo contra o deputado. A decisão, no entanto, de mover ou não ação criminal contra Maia depende do Ministério Público Federal. Caberá ao procurador-geral Rodrigo Janot analisar o relatório do inquérito e decidir se já há elementos para oferecer denúncia, ou se é necessário pedir que a apuração continue.

Comentários (10) enviar comentário
  1. sergio dias disse:

    Juntando os políticos do PT(comandados por Lula) e PMDB ( comandados por Temer,Renan e outros) nada pode ser honesto. Esse Maia é da mesma laia. Na verdade estamos ferrados e sem sinal de melhoras.

  2. Giba disse:

    Uéééééééééééé… Reportagem do Globo??? Oxi, eles não só falam do PT???
    Sou defensor de ninguém, mas também não uso a viseira de jumento que muitos usam. Somos um país só… briguemos juntos contra estes escárnios.

    • IB disse:

      É a manchete do jornal? Vão dedicar 20 minutos do JN pra falar sobre isso? Vão dedicar a semana pra falar sobre o assunto? Já percebeu que eles já falam que a Lava Jato está afetando a economia? Pois é.

    • Leonardo Carneiro disse:

      Ontem 08/02/17 o Jornal Nacional falou bastante sobre esse assunto, a Globo mostra o que tá acontecendo no país, agora, os caras são ladrões, tem pessoas apaixonadas por eles mesmo assim, ai acham e querem que os outros achem, que a Globo é culpada de tudo! E as outas emissoras não são culpadas também não? Ela só é culpada por ser maior e mais vista? Brasileiro precisa sempre de um culpado pra tapar os erros dele e de quem eles gostam!

  3. Curioso disse:

    Isso é uma mentira deslavada…
    Esse cara não é do PT…
    Ele nunca faria uma sacanagem dessas… nuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuunca…!!!

  4. silva disse:

    Apurando bem , retariam poucos elegíveis no País!!!

    "Fortes indícios de corrupção…" kkk

  5. Potyguar disse:

    Este é o VERDADEIRO CRIME ORGANIZADO deste País. Relembrem a última cena do filme Tropa de Elite II.
    Quem assistiu sabe do que estou falando.

  6. mily disse:

    Que tanto ladrão é esse, nam!

  7. paulo disse:

    BG
    Este congresso está PODRE e NECROSADO, Fora todos.

Publicidade

FOTOS: População continua reclamando das Centrais do Cidadão

Fotos: ZAP BG

Diversas reclamações estão sendo enviadas ao Blog sobre a demora e restrição dos serviços nas Centrais do Cidadão em Natal, como emissão de documentos. Um caso dos mais chocantes se encontra no Shopping Via Direta, conforme fotos acima. Registro de filas intermináveis, e um descaso. Uma leitora descreveu a situação em tom de indignação. E ainda denuncia pessoas que vendem seus lugares ou “fichas”.

“Somos tratados como bichos. Precisei ver com meus olhos para acreditar que as 18h do dia anterior tem gente dormindo debaixo de uma passarela pra conseguir no dia seguinte ver a cara do segurança se desculpando, dizendo que serão entregues apenas 15 fichas e mandando todo mundo ir embora depois de mais de 12h ao relento”, desabafou, ainda denunciando que pessoas se deslocam ao local para guardar u

Segundo a denunciante, um dos casos mais chocantes são de pessoas nessa fila tentando tirar carteira de trabalho, esperando a sorte de conseguir chegar no balcão antes que sua vaga no emprego seja preenchida.  E ainda tendo que enfrentar os guardadores de lugares, que estão no local apenas para negociar o espaço ou posição.

Comentários (6) enviar comentário
  1. Rejane disse:

    Será q a Secretaria de Segurança não quer ver que estas pessoas estão inseguras nestas filas? Que já houve muitos arrastões? Q eles deveriam modernizar o sistema de uma maneira q todos pudessem ser atendidos?
    Vou dar uma ideia.
    Existe um sistema q pode ser instalado no computador q se chama AGENDAMENTO. Pois é. Através deste sistema, "moderníssimo", as pessoas não precisariam dormir em filas.
    Dormir em filas para ter um serviço público básico, reflete a POBREZA do estado.
    Vamos agilizar e desburocratizar os serviços.

  2. pronto falei disse:

    Estive na central do Via Direta há algum tempo e fiquei horrorizada. Existe uma fila gigante desde cedo, onde encontram-se grávidas, idosos e deficientes esperando de pé na fila, como todas as outras pessoas. Nesta fila, não existe prioridade. As fichas só começam a serem distribuídas ás 9:00 hs da manhã, e as pessoas só sabem que não podem ser atendidas quando chega a sua vez, As atendentes são despreparadas, mal humoradas e acham que estão fazendo favor. Mandam os que não são atendidos no dia, voltar de madrugada em outro dia, mesmo sabendo que provavelmente não serão atendidos novamente. O ambiente físico da unidade do Via Direta, está péssimo, calor, cadeiras quebradas, e outras coisinhas. Tenho que ser honesta, quando finalmente somos atendidos, o serviço é ágil e eficaz. Mas, para ser considerado bom tem que melhorar em muita coisa.

  3. Maisa disse:

    O nome disso é DESCASO.Descaso com a população que necessita de um serviço prestado pelo governo,direito nosso ,diga-se de passagem, e para tentar uma ficha precisa dormir na porta do shopping Via Direta,sem a certeza que vai conseguir.Quando os Governantes de nosso estado vão criar vergonha na cara e tratar os cidadãos com o minimo de respeito???Como pode em todo o estado do RN só a central do cidadão do via direta esta fazendo carteira de Trabalho?e com um agravante;as atendentes são mal educadas,mal humoradas,parece que estão fazendo um favor…Resumindo…estamos abandonados pelo poder publico.Não temos direito a mais nada,nem dignidade de um atendimento mais ou menos….

  4. Euzinha disse:

    Isso se chama Voltar ao Passado, falam se tanto em tecnologia, melhorias, mas parece que o público alvo desses benefícios são os ricos, pq o pobre continua no tempo das cavernas. Tirar uma ficha seja nas centrais do cidadão ou nos postos de saúde é lamentável, as pessoas terem que dormir pra isso é um absurdo.

  5. Raimundo Nonato disse:

    Concordo com as pessoas que fizeram as reclamações:
    Vi e vivenciei o verdadeiro fato: Fui com o meu filho às 04:00 da manhã, e fiquei na fila até o dia amanhecer, as 06:30, o vigilante do shopping Via Direta, chegou e nos permitiu que entrássemos, onde por mais uma hora e meia, esperando, foram distribuídas as fichas, para a Carteira de Trabalho, sendo 15 para o horário da manhã, e as outras 15, para o horário da tarde. Graças a Deus o meu filho pegou a ficha de nº 25, e deu certo.
    No meu tempo, em qualquer prefeitura de cidades do interior, tirávamos, este documento sem problemas.
    O que eles dizem que se pode agendar pela internet. À partir das 05:00 hs. da manhã, em poucos minutos se esgotam as senhas lá para o ALECRIM. quem não tem acesso a internet, não consegue, pois quando as Lan House abrem às 08:00, não dá mais tempo.
    PRECISA MELHORAR MUITO, e evitar a exposição de cidadãos, ao perigo, e ao relento durante a madrugada.

  6. paulo disse:

    BG
    Entra governador sai governador e essas centrais não atende como deveria ser o CIDADÃO pagador da maior carga tributaria do mundo e serviços ZERO. Isto é uma vergonha, agora propaganda enganosa todos eles fazem.

Publicidade

Anistia Internacional denuncia “abatedouro humano” em prisão na Síria

Em relatório publicado nesta terça-feira (7), a organização não governamental (ONG) Anistia Internacional acusa o governo da Síria de ter enforcado 13 mil pessoas entre 2011 e 2015, em uma prisão perto de Damasco. O documento denuncia uma “política de extermínio” do regime de Bashar Al Assad. A informação é da Radio France Internationale (RFI).

Chamado Abatedouro humano: enforcamentos e extermínio em massa na prisão de Saydnaya, o relatório se baseia em entrevistas com 84 testemunhas dos violentos incidentes no local, entre guardas, ex-detentos e juízes. A ONG de direitos humanos não foi autorizada pelo governo sírio a entrar no país para investigar as denúncias.

Segundo o documento, pelo menos uma vez por semana, entre 2011 e 2015, grupos de até 50 pessoas eram retirados de suas celas para processos arbitrários, “em plena noite, em segredo absoluto”. Depois de espancados, eram enforcados. O texto relata que ao longo de todo o processo, os detentos “têm os olhos vendados, não sabem nem quando, nem como vão morrer, até que amarram uma corda no pescoço deles”.

Um antigo juiz, que assistiu às execuções, conta que as pessoas ficavam enforcadas “de 10 a 15 minutos”. A maioria das vítimas era de civis, opositores ao regime do presidente Bashar Al Assad, ressalta a Anistia Internacional. Os corpos teriam sido jogados em valas comuns, em terrenos militares, perto de Damasco.

Crimes contra a humanidade

No relatório, a organização faz um apelo para que a Organização das Nações Unidas (ONU) faça uma investigação para punir o que classifica como “crimes de guerra e contra a humanidade”. A Anistia Internacional considera que esses abusos ocorrem até os dias de hoje.

Milhares de prisioneiros continuam detidos no presídio militar de Saydnaya, um dos centros de detenção mais importantes do país, que fica a 30 quilômetros ao norte de Damasco. Além de uma “política de extermínio”, a ONG acusa o governo sírio de torturar os presos regularmente, privando-os de água, de alimentos e de cuidados médicos

Entrevistada pela RFI, Nina Walsh, responsável pelo setor de conflitos armados da Anistia Internacional na França, informou que as sessões de tortura e as execuções ocorrem “às segundas e quartas-feiras, duas vezes por semana, em celas do subsolo de Saydnaya”.

Desde o início da guerra na Síria em 2011, mais de 310 mil pessoas morreram e milhões tiveram de deixar suas casas.

Agência Brasil

 

enviar comentário
Publicidade

FOTOS: Esgoto “a céu aberto” na Avenida das Fronteiras

Fotos: ZAP BG

Denúncia de água de esgoto a céu aberto na Avenida das Fronteiras, e frente ao Centro de Zoonose, na Zona Norte de Natal. Registro nesta semana e a indignação de moradores e quem passa pelo local, conforme imagens, também precisando de reparos consideráveis na pista.

Comentários (7) enviar comentário
  1. Luciana Morais Gama disse:

    Cadê os ÓRGÃOS AMBIENTAIS????

  2. Nobre disse:

    Este é um dos muitos problemas da av das Fronteiras, abandono, obras inacabadas, esgoto a céu aberto, falta de sinalização, trânsito intenso, um total falta de respeito com a população.

  3. Jean Carlos disse:

    Se fosse na Zona sul teria sido resolvido no mesmo dia, ou estou mentindo!!

  4. Aparecida disse:

    O esgoto na Av. das Fronteiras não é notícia, notícia são as atrações para o carnaval. Temos os governantes que merecemos.

  5. Jaci disse:

    Já faz exatamente três anos e meio que está assim, insuportável o mal cheiro. A Av. Só tem buraco. CADÊ o Governador e o Prefeito? São obras de ambos. RN se tivessegiverno o povo não estaria assim. O Prefeito só esta pensando em se eleger governador. Ambos só fazem policagem. Administrar só teve Vilma que fazia e visitava as comunidades o resto é FARINHA DO MESMO SACO

  6. Val Lima disse:

    Esse esgoto tem a idade da Av. das Fronteiras…

  7. Jefferson disse:

    Isso já faz no minimo 5 anos que vem prejudicando a população que moram e trafega pela região .

Publicidade

Conselho de Medicina investiga vazamento de exames de mulher de Lula

O Estado de S.Paulo

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) instaurou uma sindicância para apurar o vazamento de imagens dos exames da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, internada desde terça-feira por causa de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O hospital Assunção, em São Bernardo do Campo, também instaurou sindicância e afastou profissionais envolvidos no atendimento a Marisa Letícia.

Fotos e imagens em vídeo dos exames da ex-primeira-dama circulam desde o dia da internação nas redes sociais. Segundo fontes médicas, as imagens correspondem às da tomografia à qual Marisa foi submetida no hospital Assunção, em São Bernardo do Campo, onde recebeu o primeiro atendimento antes de ser transferida para o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde continua internada.

O Sírio divulgou uma nota no início da noite de ontem na qual afirma que as imagens não saíram do hospital.

Hipólito Pereira (Foto: Agência O Globo)

enviar comentário
Publicidade

Filho de Teori alerta para mensagens falsas atribuídas a ele nas redes e vários perfis falsos

O advogado Francisco Zavascki, filho do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, morto na queda de um avião bimotor no mar em Paraty (RJ), alertou neste domingo para a criação de perfis falsos em nome dele na internet. Ele pediu cuidado ao que outras pessoas estão escrevendo como se fosse ele e pediu ajuda aos amigos para denunciar os perfis falsos. (Verdades e mentiras nas redes sociais)

Desde a morte de Teori, um personagem central no momento político nacional, no auge da operação mais emblemática já vista no país, notícias falsas estão sendo divulgadas pelas redes sociais. São várias especulações sobre as causas do acidente, ainda sem evidências concretas. A desconfiança “virtual” é de que o ministro do Supremo não foi vítima de um acidente, mas sim de uma atentado.
Em um dos perfis falsos do filho de Teori no Facebook, que alerta ser não oficial, o autor diz que uma fonte anônima da aeronáutica comunicou que investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) identificaram que a gravação entre o piloto da aeronave e a torre de controle tinha sido apagada.A notícia, que também se espelha em outras redes sociais, é falsa.

Esse mesmo perfil também informa erroneamente que técnicos da Aeronáutica suspeitam que um sargento chamado Marcondes, filiado a um partido político, teria orientado o piloto a descer a uma altitude não recomendável para as condições climáticas, causando desorientação visual ao piloto.

Em outro perfil falso com o nome de Francisco Prehn Zavascki, o autor, não identificado, compartilha uma imagem que mostra uma foto de Teori e um texto que diz que a probabilidade de um avião cair seria de 1 e 1,2 milhão, e pergunta: Qual a chence de isso acontecer com o único responsável pela Lava-Jato no STF prestes a homologar uma delação bomba? O dono do perfil ressalta que não está acusando, “Apenas sou a favor que a justiça seja feita”.

As investigações estão sob responsabilidade da Aeronáutica e da Polícia Federal, que ainda não revelaram, por exemplo, o conteúdo da caixa de voz, fundamental para elucidar o acidente. A aeronave ainda será retirada do mar pelo Grupo Emiliano, dono do aparelho que caiu em Paraty, por determinação da Aeronáutica, amparada em legislação descrita em nota oficial. Não há prazo para o término dos trabalhos, mas os julgamentos já proliferam na rede.

Francisco Zavascki ficou conhecido nas redes sociais ao usar seu perfil no Facebook para dar informações sobre o acidente com o pai dele. Além de ser o primeiro a confirmar que o ministro Teori Zavascki estava no avião que caiu em Paraty, ele também comunicou a conformação da morte do pai pela rede social.

O GLOBO

Comentários (2) enviar comentário
  1. Boss Caos disse:

    Tem gente que não lê as notícias. Ou talvez seja um caso de analfabetismo funcional.

  2. Flávio farias disse:

    Investiguem , se foi
    Atentado , prendam esses assassinos.

Publicidade

A viagem do Governador de Minas paga por empreiteiros

Época

Era abril de 2014 quando um homem chegou ao hangar de uma empresa de táxi-aéreo em Brasília. Carregava uma mochila nas costas e, sem delongas, mostrou ao funcionário um bolo de dinheiro vivo. Sacou a seguir uma máquina para contar as cédulas. Somavam R$ 105 mil. O dinheiro se destinava a pagar pelo uso de um jatinho, dias antes, para uma viagem a Punta del Este, Uruguai. Quem pagou foi Pedro Medeiros, que fazia o papel de homem da mala para seu primo influente, o empresário Benedito de Oliveira Neto, o Bené, delator na Operação Acrônimo (da Polícia Federal, para investigar lavagem de dinheiro para campanhas eleitorais). O principal convidado do voo era Fernando Pimentel, então pré-candidato ao governo de Minas Gerais e amigo de Bené.

A viagem a Punta del Este é um símbolo da próspera relação entre o petista, Bené e o grupo imobiliário JHSF, de São Paulo. De um lado, Pimentel ganhou a viagem, doações eleitorais e R$ 1 milhão em caixa dois, segundo admitiu à Polícia Federal um executivo da JHSF e revelou ÉPOCA em seu site na quinta-feira, dia 19. Em troca, a empresa tinha em Pimentel um lobista dentro do governo Dilma – ele era ministro do Desenvolvimento e tinha poder sobre o BNDES.

As revelações foram feitas por Humberto Polati, então diretor da JHSF. Após ÉPOCA divulgar o conteúdo de seu depoimento, a JHSF, que tem ações na Bolsa, comunicou à Comissão de Valores Mobiliários (órgão regulador do mercado de ações) sobre um acordo feito pelo herdeiro do grupo, José Auriemo Neto, com o Ministério Público Federal. No acordo, Auriemo Neto admitiu o pagamento de caixa dois a Pimentel e eximiu a JHSF de responsabilidade. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) homologou o acordo. “Assumi a exclusiva responsabilidade por contribuição ilegal de campanha, em que nem a JHSF Participações S.A., nem suas controladas, tiveram envolvimento, e que consubstanciou ilícito de menor potencial ofensivo, sem qualquer conotação de corrupção. Nos termos do Acordo, farei doação de um milhão de reais ao Hospital do Câncer de Barretos e, uma vez cumpridas as demais condições legais, deverá ser extinta a punibilidade”, escreveu Auriemo.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Muito enrolado esse ex-ministro e agora governador.

Publicidade

GESTÃO GEDDEL: Empresas investigadas por suspeitas na Caixa receberam R$ 4,3 bi

Alexa Salomão e Josette Goulart, O Estado de S.Paulo

No período em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima ocupou o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, área responsável por financiamentos empresariais, foram liberados ao menos R$ 4,3 bilhões às principais empresas investigadas por suspeita de pagamento de propina na Operação Cui Bono, deflagrada nesta sexta-feira, 13, pela Polícia Federal. Geddel ficou no posto de 2011 a 2013.

Os valores estão registrados publicamente em diferentes documentos, como demonstrações contábeis e atas de reuniões de diretoria, das quatro maiores empresas investigadas pela PF: JBS e sua holding J&F, Bertin e Marfrig. Elas fazem parte do que o mercado chama de “campeões nacionais”, grupo beneficiado, nos governos do PT, com financiamento de bancos públicos para fazer fusões e aquisições e se tornarem líderes em seus setores.

Os procuradores entendem que havia um esquema organizado de crime na Caixa que atingia duas áreas: a de pessoas jurídicas, sob o comando de Geddel, e a do FI-FGTS, fundo com recursos do trabalhador que é gerido pela Caixa.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Jean disse:

    No Reino da Hipocrisia Corrupção é só pretexto. Pois a única Corrupção que incomoda é a que acusa nossos inimigos;adversários.
    Ou seja: "Amigo meu não tem defeito, mas inimigo, se não tiver eu boto!"
    Esses R$ 4,3 bilhões dá pra comprar quantos apartamentos triplex (Não é cobertura) em São Bernardo (que se compara a um bairro periférico de Natal – Não é Ipanema, Nova York ou Paris), e quantos Sítios em Atibaia?
    Mas vejam quanta indignação e revolta temos aqui manifestado…
    Por que?
    No melhor estilo: "FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE FAÇO NÃO!"

  2. #ficaadica disse:

    Pronto agora chegou na caixa… outro rombo sem fim… mas um grupo pra dizer q a Impresa golpista está perseguindo os.injustiçados…

Publicidade