Publicidade

GESTÃO GEDDEL: Empresas investigadas por suspeitas na Caixa receberam R$ 4,3 bi

Alexa Salomão e Josette Goulart, O Estado de S.Paulo

No período em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima ocupou o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, área responsável por financiamentos empresariais, foram liberados ao menos R$ 4,3 bilhões às principais empresas investigadas por suspeita de pagamento de propina na Operação Cui Bono, deflagrada nesta sexta-feira, 13, pela Polícia Federal. Geddel ficou no posto de 2011 a 2013.

Os valores estão registrados publicamente em diferentes documentos, como demonstrações contábeis e atas de reuniões de diretoria, das quatro maiores empresas investigadas pela PF: JBS e sua holding J&F, Bertin e Marfrig. Elas fazem parte do que o mercado chama de “campeões nacionais”, grupo beneficiado, nos governos do PT, com financiamento de bancos públicos para fazer fusões e aquisições e se tornarem líderes em seus setores.

Os procuradores entendem que havia um esquema organizado de crime na Caixa que atingia duas áreas: a de pessoas jurídicas, sob o comando de Geddel, e a do FI-FGTS, fundo com recursos do trabalhador que é gerido pela Caixa.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Jean disse:

    No Reino da Hipocrisia Corrupção é só pretexto. Pois a única Corrupção que incomoda é a que acusa nossos inimigos;adversários.
    Ou seja: "Amigo meu não tem defeito, mas inimigo, se não tiver eu boto!"
    Esses R$ 4,3 bilhões dá pra comprar quantos apartamentos triplex (Não é cobertura) em São Bernardo (que se compara a um bairro periférico de Natal – Não é Ipanema, Nova York ou Paris), e quantos Sítios em Atibaia?
    Mas vejam quanta indignação e revolta temos aqui manifestado…
    Por que?
    No melhor estilo: "FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE FAÇO NÃO!"

  2. #ficaadica disse:

    Pronto agora chegou na caixa… outro rombo sem fim… mas um grupo pra dizer q a Impresa golpista está perseguindo os.injustiçados…

Publicidade

Relatório da PF diz que Cunha e Geddel discutiram repasse ao PSC a pedido de Pastor Everaldo

Renan Ramalho, G1

O relatório da Polícia Federal (PF) que embasou a Operação Cui Bono – deflagrada nesta sexta-feira (13) em três estados e no Distrito Federal –, registra trocas de mensagens entre o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) nas quais eles discutem “repasses” para o Partido Social Cristão (PSC) a pedido do presidente da legenda, Pastor Everaldo. Segundo a PF, as mensagens foram trocadas entre os peemedebistas em 2012.

A ação da PF nesta sexta buscou provas de um esquema de fraudes na liberação de créditos junto à Caixa Econômica entre 2011 e 2013. Geddel foi vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa no período investigado pela PF. À época, Eduardo Cunha era líder do PMDB na Câmara.

Em nota, o PSC afirmou que todas as doações feitas ao partido “obedecem à legislação eleitoral vigente e são devidamente informadas à Justiça Eleitoral por meio das prestações de contas”

Comentários (2) enviar comentário
  1. Jean disse:

    Ninguém se manifesta INDIGNADO ON LINE?
    Onde andam os JUSTICEIROS "REVOLTADOS POR UM BRASIL SEM CORRUPÇÃO?"
    Cd os comentários raivosos pedindo justiça e condenação desses "Falsos Pastores e Corruptos?"
    KKKKKKKKKKKKKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Esse SILÊNCIO é tão ENSURDECEDOR!

  2. JOAO MARIA disse:

    e este tal pástor ainda tem ovelhas

Publicidade

FOTO: Clientes reclamam de fila para entrada no Itaú na Zona Sul de Natal

Foto: cedida

Clientes fizeram várias reclamações na manhã desta terça-feira(10), durante a espera para entrada na agência do Banco Itaú, na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul de Natal. Ao questionarem a quantidade de pessoas no lado externo do estabelecimento, os clientes disseram que tiveram como resposta um procedimento de segurança do banco privado, que naquele momento estava apenas com um profissional de segurança para administrar a movimentação.

Comentários (4) enviar comentário
  1. Anderson disse:

    Essa agência tem total desrespeito com seus próprios clientes. Sempre lotada e com péssimo atendimento. Deficiência no atendimento com poucos profissionais no local.

  2. Ana disse:

    Os bancos tem lucros absurdos todos os anos, mas os serviços e atendimento sempre piorando, sem contar nos caixas eletrônicos sucateados. Não existe nenhum órgão que fiscalize?

  3. joao maria disse:

    Muito facil, é so mudar de banco

Publicidade

Sinsenat em guerra? Troca de acusações e denúncias em redes sociais

Correm em grupos de redes sociais em Natal denúncias sobre irregularidades dentro do Sindicato dos Servidores Públicos de Natal(Sinsenat), com troca de acusações pesadas entre diretores, em especial, sobre  supostas irregularidades classificadas como “crimes” da ordem financeira, e ainda questionamento de decisões judiciais, que teriam esquivado punições aos supostos diretores.

Entre diversas correntes compartilhadas pelas redes sociais , questionamentos como “nova Lava Jato no Sinsenat”,  troca de farpas das mais pesadas, entre situação e oposição, em cima de supostas corrupções, entre elas, cheques que teriam sido solicitados e usados para benefícios pessoais.

Comentários (7) enviar comentário
  1. Tiago disse:

    Sindicalistas que estão há mais de 20 anos dispensados de suas atividades originarias devem retornar as suas funções principais. O sindicato é propriedade dos Servidores. Infelizmente a corrupção é acusada no sindicato, o Prefeito atrasa os salários, não concede reajustes. Quem perde sempre é o Servidor. Dificilmente se vê algum Presidente de sindicato que não possua um grande patrimônio, incompatível com os seus vencimentos. No sinsenat isso não é diferente, infelizmente. Mais cedo ou mais tarde isso irá mudar. Num momento tão delicado, tantas denúncias de corrupção e desmandos dentro próprio sindicato é algo revoltante.

  2. sil disse:

    homem dentro destes sindicatos existe muitas coisas escondidas principalmente quando não tem prestação de contas mesmo tendo ainda existe tramoias

  3. Erasmo Barreto da Silva disse:

    Estamos em um momento delicado, em que o trabalhador está em greve por justiça social. A folha de pagamentos da Prefeitura está atrasada, sem contar com a insegurança que existe no ano em curso e por isso, nesse momento, precisamos de unidade. O inimigo é outro e os sindicatos e sindicalistas devem centrar fogo nesse inimigo, não ficar lavando roupa suja pra todo mundo ver!

    • Erasmo Barreto da Silva disse:

      Só posso acrescentar que a atual gestora do Sinsenat deveria sair de cena por um tempo e deixar que alguma mente nova traga uma nova luz para essas categorias tão sofridas.

  4. Messias disse:

    Sinto muito pelos servidores municipais de Natal,
    Porém não vou permitir que meu nome seja alvo de calúnia e difamação. Estou diretor do Sinsenat, e este é meu primeiro mandato como diretor liberado, e vou ser bem sinsero, nunca imaginei que dentro de uma entidade sindical houvesse esse tipo de absurdo, a mim não interessa património e nem tampouco o dinheiro desta entidade, sou agente patrimonial concursado, portanto o que ganho é pago pela prefeitura de Natal, pensei em ficar a disposição do SINSENAT para participar mais da luta do trabalhador, no entanto percebi logo que aqui só permanece os lagartixas, quem pensa, tem ideias e opinião própria é trucidado. Esse mesmo tipo de prática aconteceu em gestões anteriores, e não suportando a pressão muita gente boa e que poderiam contribuir com a luta sindical pediram renúncia, entretanto com esse grupo não rola! Pode mandar pressão, quanto mais melhor. #Etempo Oposição

  5. Wilson disse:

    Isso é normal nesse sindicato, tem gente lá que não larga o osso de jeito nenhum. São muitos anos a frente do sindicato. Por que será???

  6. Júnior disse:

    Não tem santo nessa estória , esse povo viviam juntinho agarradinhos deve ter acontecido uma divisão mal feita e começou essa confusão .Briga de poder e dinheiro só gerando transtornos para o funcionalismo e sem contar que estão patrocinando a discórdia ou povinho burro.

Publicidade

O Iate de R$ 5 milhões é de Cabral, sim, diz novo delator da Lava-Jato

Por Lauro Jardim

Paulo Fernando Magalhães Pinto, ex-assessor de Sérgio Cabral que a Lava-Jato descobriu ser laranja do ex-governador, está fazendo uma delação premiada. Seu processo está em vias de ser homologado pelo Justiça.

Magalhães Pinto, ou Paulinho, como é conhecido, está delatando um conjunto de malfeitos de Cabral. Alguns desconhecidos e outros que já estavam no horizonte dos procuradores.

Admitiu, por exemplo, que Cabral era, sim, dono de metade da lancha Manhattan Rio, que foi apreendida em novembro, em Angra dos Reis. No papel, a lancha de R$ 5 milhões estava registrada no nome da empresa MPG Participações, controlada por Paulinho.

A admissão é um tremendo recuo. A versão inicial — repetida diversas vezes pelo seu próprio advogado — era que a lancha era emprestada em “raras ocasiões e de forma absolutamente esporádica” para Cabral.

Esqueceram só de combinar com o barqueiro, que afirmou à PF que o atual hóspede de Bangu 8 era o único usuário desde 2014.

enviar comentário
Publicidade

Nova tentativa de melar a Lava-Jato

Um novo argumento vem sendo pensado nas cucas maravilhosas que trabalham para melar a Lava-Jato: atacar uma suposta inconstitucionalidade de se ter uma força-tarefa.

A argumentação da turma é que, ao se colocar Polícia Federal e Ministério Público trabalhando juntos, a supervisão do MP sobre a PF, prevista na Constituição, não ocorreria adequadamente.

LAURO JARDIM

Comentários (10) enviar comentário
  1. Roberto disse:

    Já disse, tem que fachar a câmara o senado e o supremo.

  2. Marcus Paulo disse:

    Dilson Melo se vc diz que tem oito a favor do PT porque Dilma caiu. Deixa de conversar besteira, foram colocados pelo pt e se venderam para psdb, pmdb e sem….

  3. paulo disse:

    BG
    Esses FACÍNORAS e BANDIDOS querem continuar soltos e zombando do cidadão Brasileiro que paga uma carga TRIBUTARIA altíssima para esses VAGABUNDOS roubarem e tentarem ficar IMPUNES. Lava jato neles com todo o rigor da Lai.

    • Dilson Mello disse:

      A política do rabo preso, que antes era símbolo de impunidade, começou a fazer água, afinal os delitos saiu do julgamento político, então o pânico é geral, segundo se pode s]ler na mídia, revistas e jornais, cerca de 80% do congresso e senado tem contas a acertar, principalmente as velhas raposas que ao longo dos anos foram se elegendo indefinidamente

  4. dimitri disse:

    Quem trabalha para melar esta operação que visa dar moralidade a este País desmoralizado pela corrupção e ladroagem tem no mínimo rabo preso e dívidas a pagar para a sociedade… estão tentando esconder a poeira para baixo do tapete…. meeeeedoooo de serem descobertos…

    • Dilson Mello disse:

      Acho que você acaba de descobrir o Brasil…. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Mércio Torres disse:

    NÃO TEM MAIS VOLTA, SÓ SE O STF FOR CONIVENTE COM OS CORRUPTOS.

    • Dilson Mello disse:

      Não faça NENHUMA aposta com o STF, lembre-se que lá estão 07 ministros selecionados e colocados pelo PT, além de Marco Aurélio que teve a filha presenteada por Dilma como Desembargadora do TRT, ou seja, a favor do PT são 08

    • Jean disse:

      Dilso, vc calado é um poeta. Pois seus argumentos não se sustentam nem diante de um sopro, quanto mais de uma ventania. Estude e leia. Pois a condenação de quem não ler é acreditar em tudo que lhe dizem. Seu caso inclusive!

  6. Nice disse:

    Bom dia, verdade é isso mesmo.

Publicidade

Professora reclama de salário atrasado no município de Parnamirim; veja depoimento

Veja depoimento na íntegra abaixo:

“Sou a professora Juliana . Trabalho no Município de Parnamirim e gostaria de deixar exposto aqui para uma possível divulgação no Blog do BG, o descaso e a pilantrangem da Prefeitura de Parnamirim que até agora não pagou o salário dos efetivos.
Se ligarmos para o financeiro a informação é de que está sem previsão. Um absurdo isso, pois as prefeituras recebem dinheiro do FUNDEB e deveriam priorizar o pagamento dos trabalhadores.
Mais revoltante ainda saber q há mais ou menos dois meses atrás, esse mesmo Prefeito q abre a boca pra dizer q ñ tem dinheiro autorizou aumentou de mais de 50% para o secretariado! E os trabalhadores que estão no “front” sem previsão de pagamento para pagar as dívidas de final de ano.”

Comentários (7) enviar comentário
  1. JOSE ALVES DA SILVA disse:

    O MINISTERIO PUBLICO PRECISA INV ESTIGAR ESTE PREFEITO, COMENTA-SE EM RODAS DE AMIGOS QUE SEU PATRIMONIO PESSOAL JÁ ULTRAPASSA OS QUINZE MILHOES DE REAIS.

  2. Auri disse:

    NÃO SE ESQUEÇAM, QUE FEZ O SUCESSOR. ACORDA BRASIL!

  3. Paulo disse:

    Absurdo!!!!

  4. Julio disse:

    Infelizmente Parnamirim vivi este descaso com o magistério, um governo de faixada, na mídia recebe o selo da UNICEF, mas não dá a mínima e bem se justifica ou previsão aos trabalhadores em educação e aos demais. Lamentável.

  5. Blue disse:

    Greve. Parar tudo. Todo apoio a servidora da educação.

  6. Roberto disse:

    Entre com um mandado de segurança contra esse…e a Municipalidade, haja vista que os municípios recebem recursos do FUNDEB com vistas ao pagamento dos salários dos professores. Isso é apropriação indébita descarada. Como tenho NOJO de político, não vou dizer o que acho desse infeliz.

  7. Rodrigo Medeiros disse:

    É sacanagem tb na saúde

Publicidade

Empresa de “Lulinha” recebeu R$ 103 milhões, aponta laudo da PF

Por FOLHAPRESS

Os principais financiadores da empresa Gamecorp, que pertence a um dos filhos do ex-presidente Lula, injetaram na firma ao menos R$ 103 milhões, de acordo com laudo elaborado na Operação Lava Jato. A cervejaria Petrópolis e empresas ligadas à Oi são os principais remetentes desses recursos.

Companhias como a Oi Móvel e a Telemar Internet, ligadas à empresa de telefonia, colocaram um total de R$ 82 milhões na empresa, em valores não corrigidos.

A Oi, que neste ano fez o maior pedido de recuperação judicial do país, já havia investido R$ 5,2 milhões na Gamecorp em 2005, ainda com o nome Telemar. A empresa, responsável pelo canal Play TV, está em nome de Fábio Luís Lula da Silva e dos sócios Kalil Bittar, Fernando Bittar e Leonardo Badra Eid.

A defesa de Lula afirma que a companhia de telefonia é acionista da Gamecorp.

O laudo foi elaborado pela Polícia Federal e não traz conclusões a respeito desses repasses. Está anexado a um dos inquéritos sobre o ex-presidente na Lava Jato.

A análise não especifica as datas de pagamentos. Entre os financiadores, também está o iG, Internet Group do Brasil, que pertenceu à Oi até 2012. A empresa de Fábio Luís foi constituída em 2004.

O aporte de 2005 foi objeto de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, mas o caso acabou arquivado em 2012.

A Oi tinha como uma das controladoras até 2014 a holding da empreiteira Andrade Gutierrez e aparece em outros episódios da Lava Jato.

Uma outra investigação relacionada a Lula, por exemplo, apura a instalação de uma antena da companhia telefônica próxima ao sítio em Atibaia (SP), que tem Fernando Bittar como um dos proprietários.

SHOPPING E CERVEJARIA

O grupo Petrópolis, dono da Itaipava, pagou R$ 6 milhões à firma do filho do petista. A cervejaria passou a entrar no foco da Lava Jato após aparecerem elos dela com a Odebrecht, como pagamentos suspeitos fora do Brasil.

Além dos R$ 103 milhões pagos por outras empresas, há nas contas bancárias da empresa repasses da própria Gamecorp que somam R$ 64,3 milhões.

Os laudos da PF também abordam outras duas empresas de filhos do ex-presidente. A G4 Entretenimento, de propriedade de Fábio Luís e de Kalil e Fernando Bittar, tem como um dos principais financiadores a Iguatemi Shopping Centers, que pagou R$ 1,9 milhão em 2014 e 2015.

EMPRESAS

A defesa de Lula diz que a Oi/Telemar é acionista da Gamecorp e participa de sua administração. Também afirma que sigilos bancários, mesmo quando quebrados, devem ser usados exclusivamente para investigação, não para “divulgação pública”.

“Serão tomadas todas as providências cabíveis para que as autoridades federais responsáveis por essa divulgação sejam punidas na esfera funcional, além de serem responsabilizadas por todos os danos causados à Gamecorp e a G4.”

A Oi diz que contrata a Gamecorp para serviços de produção do canal que exibe a programação da Oi TV e os direitos de transmissão do canal Play TV.

O grupo Petrópolis diz que os pagamentos se referem a “serviços prestados para implantação de TV corporativa” da empresa e também veiculação de publicidade.

Comentários (5) enviar comentário
  1. Blue disse:

    O presidente do Brasil mais corrupto da história. E se elegeu falando em ética.

  2. Roberto disse:

    Eu quero saber, porquê a justiça sabe de todas falcatruas do filho do lula e não prende esse Bandido.essa família lula tem que ser presa,e tomado tudo que foi roubado do povo brasileiro.

  3. Marcelo disse:

    Que coisa triste ver um Presidente oriundo do Partido dos Trabalhadores se envolver cada vez mais no lamaçal da corrupção e não poupar sequer os seus familiares desses atos ilícitos. Um homem como Lula poderia ter entrado para a história como um exemplo de que a pessoa humilde e simples também é capaz de vencer na vida com o seu trabalho e esforço. Só que o ex Presidente escolheu o caminho que parece mais simples e curto que é o de levar vantagens ilícitas e se envolver no jogo sujo da bandidagem de colarinho branco. Vai terminar os seus dias na cadeia e a história o punirá para sempre.

  4. JOAO MARIA disse:

    O que eu acho incrível é ainda ter algum ser humano que acredita neste tal de Lula, não defendendo os outros que são iguais , mas este camarada colocou no poder uma equipe especializada em fraude ., desviu. roubo, mentiras, um instituto que parece mais uma lavanderia, e ainda vem algum advogado tentando colocar sonhos nas cabeças das pessoas, ha profissão dificil esta de advogar o camarada tem que ser um verdadeiro ator.

  5. Rodrigues disse:

    Esse rapaz lavava bunda de elefante no zoológico de São Paulo, virou milionário as custas do contribuinte brasileiro, merece agora em 2017 ser preso, e mofar na cadeia, ele e a alma mais honesta do Brasil.

Publicidade

VÍDEO: Médicos são acordados por ratos em dormitório do Walfredo Gurgel, denuncia Sinmed-RN

Assessoria Sinmed-RN

O maior hospital do Rio Grande do Norte, o Walfredo Gurgel, está infestado por ratos. Médicos divulgaram hoje um vídeo com uma perseguição a um rato-preto (conhecido no Nordeste por Gabiru) que andava sobre as camas no dormitório médico do hospital. De acordo com informações dos plantonistas do Walfredo Gurgel, as imagens foram registradas na última sexta-feira, dia 23. Assista:

Comentários (20) enviar comentário
  1. Anonymous disse:

    Caoscó, está com pena do rato? Leva para tua casa. Com certeza lá ele terá mais conforto do que os médicos do Walfredo. Repare que nem lençol havia nas camas…

  2. Juliana disse:

    Se alguns dos senhores ou senhoras ficaram com pena do roedor, podem se dirigir ao Hospital Walfredo Gurgel e caçar uma ratazana desta, levá- la para suas casas e dormir com o novo animal de estimação. Garanto que nenhum servidor do Walfredo Gurgel vão reclamar.

    • Rafael disse:

      👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  3. Tânia disse:

    Só pessoas de visão restrita e sem qualquer resquícios de massa encefálica pode vomitar essas idiotices e enviar esses comentários como os médicos e educadores são corporativistas. Não sabem se quer fazer comentários pelo menos razoáveis. Se tem médicos ou professores trabalhando mais de 60h , são porque não recebem salários dignos e trabalham nas condições sucateadas dos hospitais e UPAs . Levantem a mão aqueles que não precisam de profissionais da saúde ou da educação.

  4. Antagonista disse:

    Como os ratos dāo ibope hoje…moda do verāo 2017 dor por vir da extrema direita. Onde estará a esquerda?

    • Rafael disse:

      A esquerda faliu. Abandonou o barco. Sobraram somente seus animais de carga.

  5. Observador disse:

    Os médicos recebe do Estado, União e Municípios. Só podem dois cargos. No máximo 60h, mas a maioria com 90 horas e trê vínculos públicos, fora os famigerados PSFs. Drs. , sem falar nas diversas rendas particulares. Tudo numa boa. TCE-RN e MPRN sāo cegos mesmos….

    • Rafael disse:

      Amigo, na hora que levarem a saúde e educação a sério, como levam o judiciário, o tribunal eleitoral e a fazenda. Pode ter certeza, muitos convênios vão falir, pois vai ficar show. Agora culpar o profissional por trabalhar, ainda que em má condição, soa um tanto estranho.

  6. Caoscó disse:

    Rapaz, coitado do rato, foi dormir com as ratazanas da saúde que só perde para educação. Os maiores sumidores de dinheiro público. Pense em duas classes corporativista. Se nāo aderir ao sistema, peça reconduçāo ou cessāo pra outra secretaria. O rato năo tinha pistolāo. Foi pro pau…

  7. Maracujina disse:

    Pelo biotipo do rato , estava bem nutrido .

  8. Igor disse:

    Esse Santana deve votar no PT pelo nível de fezes que saíram dos seus dedos

  9. Eduardo Cosme. disse:

    Santana vc não entende nada do ser humano!!!!

  10. Aline Bezerra disse:

    Realidade da saúde em nosso estado. Entregue aos ratos!#Absurdo

  11. Natal disse:

    Governador vá passar uma diária ai no Walfredo no dormitorio dos médicos para presenciar a calamidade dos Hospitais Públicos!!!!
    Cuidado com os ratos!!

  12. SANTANA disse:

    Nossa..mas os médicos vão para o Hospital para dormir..?

    • Potyguar disse:

      Qual é o ser-humano que aguenta um plantão inteiro sem descanso, cara-pálida ???

    • FABIANO disse:

      Senhor ou Senhora Santana, para você que não sabe todo e qualquer hospital aqui em Natal ou em qualquer outra parte do mundo, existe um QUARTO destinado a esses profissionais, para que os mesmos possam repousar no momento em que um outro profissional da área o substitui.

    • Jenner Azevedo disse:

      Todo trabalhador que faz turno noturno é obrigado por lei a fazer um repouso. Ou você gostaria de chegar no Walfredo e ser operado por um cirurgião que está há 24h sem dormir? E você acha que o juiz no plantão judiciário fica acordado de madrugada? Até o vigia noturno vai dormir… pensa um pouco antes de falar besteira. Fica em paz ✌🏼

    • Helio disse:

      Sra Santana, o descanso durante o serviço é previsto em lei. Direito do trabalhador.
      Já os ratos…

    • Rafael disse:

      Caro Santana. Lhe ofende o fato de médicos, enfermeiros, etc, dormirem no plantão? Mas não lhe preocupa que ratos possam ter contaminado a comida, os remédios dos pacientes? Precisa mudar seus conceitos! Espero que quando precise, tenha um hospital limpo com uma equipe descansada a seu dispor. Passar bem. #bolsonaro2018

Publicidade

O QUE FALTA? No Ceará, pais colocam bebê à venda no site OLX na noite de Natal

Por EXAME

Um bebê de 5 meses foi colocado à venda na internet na noite de Natal, denunciou o Conselho Tutelar de Fortaleza. O anuncio foi retirado do ar logo após a Polícia do Ceará iniciar o processo de investigação nesta segunda-feira, 26.

O anúncio foi publicado no site de compra e venda OLX. Por meio de nota, a empresa lamentou o fato e repudiou a ação dos pais do bebê.

Além do texto – “Vende-se bebê. 5 meses não tenho condições de cuidar” -, o anúncio trazia duas fotos da criança. O anunciante se identificou como morador do bairro Cocó, na zona norte de Fortaleza.

“Entregar filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa” é crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A pena para quem cometer tal crime – e também para quem “comprar” a criança – é de quatro anos de prisão e multa.

O boletim de ocorrência foi registrado por um conselheiro tutelar de Fortaleza na Delegacia de Defesa da Mulher, unidade de plantão para onde o caso foi encaminhado.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Ceará destaca que “as investigações prosseguem no sentido de identificar e capturar o responsável pela publicação”.

A OLX informou que baniu o usuário permanentemente do site. “A OLX repudia a atitude e lamenta profundamente o ocorrido, pois isso viola completamente os Termos e Condições de Uso do site”, diz nota da empresa.

Segundo a OLX, o anúncio permaneceu por menos de uma hora no site e foi removido pelo próprio usuário. Em março deste ano, um pai foi preso de Belo Horizonte ao tentar vender seu bebê de 28 dias.

 

Comentário (1) enviar comentário
  1. Tania disse:

    Isso não são pais. São trastes, pulhas, monstros travestidos de gente. São demônios e não valem nada. Nem bicho faz isso!!!!
    Coitada dessa criança. Vir ao mundo gerada por esses vermes!!!!

Publicidade

Odebrecht pagou imóvel para Instituto Lula, dizem delatores

Por FOLHA SP

Três delatores da Odebrecht prestaram depoimentos na semana passada que confirmam que a empresa comprou, em 2010, um imóvel em São Paulo que seria destinado à construção de uma nova sede do Instituto Lula.

As declarações foram feitas por Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo; Alexandrino Alencar, ex-diretor de relações institucionais; e Paulo Melo, ex-diretor-superintendente da Odebrecht Realizações Imobiliárias.

A compra do imóvel na Rua Dr. Haberbeck Brandão, nº 178, em São Paulo, é ponto central na denúncia em que o ex-presidente Lula é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na última segunda-feira (19) o juiz Sergio Moro aceitou a denúncia do Ministério Público Federal e Lula virou réu no processo.

Com essa ação, Lula tornou-se réu em cinco ações penais –três na Operação Lava Jato, uma na Zelotes e outra na Operação Janus.

Segundo os procuradores, parte das propinas pagas pela Odebrecht em contratos da Petrobras foi destinada para a aquisição de um terreno onde seria construída a sede do Instituto Lula.

As delações de Marcelo, Alencar e Melo confirmam que o imóvel, que no papel foi adquirido pela DAG Construtora, foi na verdade pago pela Odebrecht e seria destinado à construção de uma nova sede do instituto.

A ideia, segundo os delatores, era que após a Odebrecht comprar o imóvel outras grandes empresas ajudassem a construir o prédio do Instituto Lula.

Os delatores também disseram que Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia foram conhecer o terreno, mas não gostaram do local. Marcelo Odebrecht determinou então a Paulo Melo que procurasse outros imóveis. O projeto, no entanto, não foi para frente.

O fato de a nova sede não ter saído do papel não impediu que Moro aceitasse a denúncia contra Lula. De acordo com o juiz, a falta de transferência na compra do imóvel onde seria construído o instituto não prejudica a acusação de corrupção, caracterizada pela oferta e pela solicitação da propina.

Com base nas quebras de sigilos fiscais e bancários dos investigados, os procuradores apontaram que a Odebrecht pagou, em 2010, R$ 7,6 milhões para a empresa DAG Construtora, que adquiriu o imóvel investigado.

A ação ainda diz que, em buscas no sítio em Atibaia (SP) frequentado pelo ex-presidente, foram achados papéis com um projeto de uma construção no endereço do terreno investigado. Numa planilha de pagamentos da empreiteira consta o item “Prédio IL”.

A denúncia também diz que foi adquirido um apartamento vizinho à cobertura onde mora o ex-presidente, em São Bernardo do Campo (SP).

O imóvel está no nome de Glaucos da Costamarques, que, segundo a acusação, atuou como testa de ferro de Lula, em transação concebida por Roberto Teixeira, advogado e compadre do ex-presidente.

O imóvel teria sido alugado por Marisa, mas a denúncia aponta que não houve pagamento do aluguel.

Moro determinou o sequestro do apartamento de São Bernardo do Campo.

Com a medida, o bem ainda pode ser usado, mas sua propriedade fica “congelada”. Caso haja condenação, o imóvel será leiloado e o dinheiro, revertido à vítima do crime.

A Folha não conseguiu confirmar se o apartamento consta da delação dos ex-executivos da Odebrecht.

Além de Lula, viraram réus na última segunda (19) Marisa, Marcelo Odebrecht e mais seis pessoas.

OUTRO LADO

O Instituto Lula disse, via sua assessoria de imprensa, que não comenta “supostas delações”. Afirmou que “delações não são prova, quanto mais supostas delações”.

A nota diz ainda que o ex-presidente não solicitou nenhuma vantagem indevida e sempre agiu dentro da lei. “O terreno nunca foi do Instituto Lula e tampouco foi colocado à sua disposição. O imóvel pertence a empresa particular que lá constrói uma revenda de automóveis. Tem dono e uso conhecido. Ou seja, a Lava Jato acusa como se fosse vantagem particular de Lula um terreno que ele nunca recebeu, nem o instituto – que não é propriedade de Lula, nem pode ser tratado como tal, porque o Instituto Lula tem uma personalidade jurídica própria.”

A assessoria do instituto finalizou afirmando que as doações feitas ao Instituto Lula estão devidamente registradas e foram feitas dentro da lei.

Comentários (7) enviar comentário
  1. ALERTA disse:

    Precisa de prova não. Pode prender que é culpado.

  2. comedor de coxinha disse:

    Provas?

  3. Lucy disse:

    TUDO SHOW DE PIROTECNIA.

    • #ficaadica disse:

      Estava lendo esse mesmo comentário de uma defensora do presidenta da Venezuela… será q São só show mesmo?

  4. Blue disse:

    Haja corrupção de quem pregava a ética na política. Blefou o tempo todo.

  5. hudson disse:

    O que é que está faltando para esse bandido ser preso? Ou brasil injusto.

    • Eterno Vascaino disse:

      Hudson,falta o papelzinho assinado por Lula se não tiver esqueça !

Publicidade

Esquema para aprovar 14 MPs custou R$ 17 milhões, afirma delator

Além de expor nomes chave do governo e do próprio presidente Michel Temer, a primeira das 77 delações feitas por ex-executivos da Odebrecht a vir a público revela que a empreiteira pagou caro para incluir no Congresso emendas em Medidas Provisórias e projetos. O ex-diretor da empreiteira, Cláudio Filho, disse, em delação feita à Operação Lava-Jato, que foram pagos mais de R$ 17 milhões a parlamentares em troca de apoio na aprovação de matérias e inclusão de emendas que favoreciam a Odebrecht. Cláudio Filho cita 14 MPs e projetos que teriam sido modificados ao gosto da empresa. Os pagamentos foram feitos entre 2006 e 2014 para sete parlamentares. Os políticos citados na delação negam recebimento de propina.

O governo e a cúpula peemedebista evitaram comentários públicos, apesar de reconhecerem a gravidade da denúncia, que será tema de reunião emergencial dos aliados neste domingo.

O principal interlocutor do ex-diretor no Legislativo era o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Congresso, mas ele relata ter realizado pagamentos também ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) e o ex-senador Delcídio do Amaral.

Segundo a delação, narrada por Filho em 82 páginas, a primeira negociação de que fez parte foi em relação à MP 252, conhecida como MP do Bem e que criava incentivos fiscais para incrementar exportações. O ex-diretor pediu ao então deputado (hoje ex-ministro do governo Temer) Geddel Vieira Lima para que apresentasse uma emenda que atendesse ao pleito da Odebrecht. A empresa queria incluir no projeto um artigo que alterava a forma de incidência de PIS/Cofins. Relator da medida, Jucá conseguiu aprovar a emenda e recebeu, em troca, pagamento “a pretexto de campanha” eleitoral em 2006.

Uma das maiores articulações, no entanto, foi em relação ao projeto de resolução do Senado Federal (PRS) nº 72/2010, que reduzia e uniformizava a alíquota de importação do ICMS de operações interestaduais para acabar com a chamada “guerra dos portos”. O próprio Marcelo Odebrecht levou a questão da guerra dos portos ao então ministro da Fazenda, Guido Mantega, que teria dito que a equipe econômica estava mobilizada para resolver o problema.

Coube a Jucá apresentar um projeto de lei que zerava as alíquotas de ICMS para esse tipo de operação. O projeto só foi votado dois anos depois, em 2012. À época, o senador teria solicitado “apoio financeiro” e recebeu cerca de R$ 4 milhões. Segundo Filho, Jucá teria dito que os recursos não seriam apenas para ele, “mas também, como já havia ocorrido em outras oportunidades, para Renan Calheiros”, segundo trecho da delação. A empresa também pagou R$ 500 mil a Delcídio do Amaral por seus esforços na aprovação do PRS 72/2010.

A empresa ainda pagou mais de R$ 7 milhões pela aprovação, “sem percalços” da MP 613/2013, que tratava de incentivos fiscais à produção de etanol e à indústria química. “Ficou claro na oportunidade que esses pagamentos seriam contrapartidas solicitadas pelo parlamentar para que, mediante a sua atuação e a dos parlamentares já referidos, a aprovação da MP 613 efetivamente ocorresse sem percalços”, diz a delação.

Segundo o relato, o senador Eunício Oliveira teria recebido R$ 2,1 milhões; outros R$ 4 milhões foram pagos para Romero Jucá e Renan Calheiros; entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão para Lúcio Vieira Filho; e R$ 100 mil para Rodrigo Maia.

O GLOBO

Comentários (19) enviar comentário
  1. Eduardo Cosme. disse:

    Hoje é domingo um dia bom, para aqueles falso moralistas da sociedade Brasileira ir para Ruas. Bater panelas aproveitar levar os patos amarelos!!!!!!
    BANDO DE OTÁRIOS. …..

  2. Jean disse:

    Quer dizer que o PMDB é o partido mais corrupto do BRASIL e não o PT?
    E quando a CAIXA PRETA do PSDB vai ser aberta?
    Alguém sabe se Tucano pode ser atingido por Moro amigo?

  3. Santos disse:

    Infelizmente as panelas de alumínio já estão todas furadas.
    O high Society não vai estragar as suas de aço inox em passeatas.
    Até porque já descobriram a folha da assembleia legislativa.

  4. maria disse:

    E o comandante desse esquema fraudulento nao era Lula?? To entendendo mais nada…

  5. Vera Lúcia de m. V. Silva disse:

    Quanto menino bom,Todos preocupados com o PAÍS!!! Ou o povo brasileiro se junta para botar esses RATOS de volta para seus ESGOTOS ,de onde nunca deveriam ter saído , ou é fim do TÚNEL

  6. Inara disse:

    Militares, estão esperando o quê. acabem com esta safadeza no Brasil o povo apóia vocês, ou vocês são todos iguais?

  7. lino disse:

    São todos excremento do mesmo vaso sanitário.

  8. Maracujina disse:

    Agora eu quero ver p patriotismo dos batedores de panelas ! Bora cambada ! Vamos derrubar esse corrupto e sua quadrilha amestrada . Doutores e doutoras ,
    Vamos faze um TEMMERxuleco !

  9. Luciana Morais Gama disse:

    Os políticos brasileiros são todos ODEBRECHIANOS. Não escapa ninguém!

  10. comedor de coxinha disse:

    Pq será q o P$DB e DEMO teimam em continuar querendo financiamento privado de campanha?
    Algum coxinha hipócrita saberia dizer?

  11. Verdafeiro disse:

    TV câmara da 10% ao presidente da câmara de vereadores por isso nunca houve licitação

  12. Jean Carlos disse:

    Cadê as panelas? Amanhã mesmo temos que ir as ruas e exigir o impeachment do presidente golpista!

  13. Marcelo disse:

    Desde ontem, quando começou a se confirmar o conteúdo da delação, não se vê mais o morador e ex deputado em sua residência…. Aliás já estavam acordando antes das 06:00 para ver se os carros da Polícia Federal estavam por perto….
    Parece que desta vez o Ex está assustado….

  14. Paulo Cardoso disse:

    São esses mesmos fdps citados que afirmam trabalhar pelos interesses da nação…

  15. Verdade Nua e Crua disse:

    AÉCIO, O MINEIRINHO, ESTÁ LÁ TAMBÉM: R$ 15 MILHÕES
    Foram esses homens honestos que caçaram a Presidente sem nenhuma acusação concreta?

    • Vera Lúcia de m. V. Silva disse:

      Ou meu filho , pare de ser bobão, viu!! Vc acha q tem inocente nesse mundo da politica no nosso país? Essa anomalia q ao ser expelida recebeu o nome de Dilma está tão envolvida quanto todos….acorda para JESUS inocente

    • BarbyBarby disse:

      Honesta uma pinoia.

    • EdSouza disse:

      Pois é, essa Corja toda se passava por honestos e a Presidente Dilma era a desonesta, corrupta. Agora a casa caiu seus abestados. Eles podem não ir para a cadeia, mas ficam desmoralizados, com vergonha. Se é que conhecem isso. CARÁTER, COMPROMISSO COM OS SEUS ELEITORES.

  16. Curioso disse:

    17 milhões custa meia MP…

Publicidade