Publicidade

Confira as datas do Sisu, ProUni e Fies, processos seletivos que usam o Enem

O Ministério da Educação (MEC) anunciou hoje (18) o calendário dos processos seletivos que utilizam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para acesso ao ensino superior. Os processos são todos online e podem ser acessados a partir do site do MEC. Para participar de todos eles, o estudante precisa pelo menos não ter zerado a redação.

O primeiro processo seletivo a ser aberto é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cujas inscrições serão de 24 a 27 de janeiro. O Sisu oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Nesta edição serão ofertadas 238 mil vagas em 131 universidades federais e estaduais e institutos federais e instituições estaduais. A partir de amanhã (19), as vagas estarão disponíveis na internet para consulta.

O Programa Universidade para Todos (ProUni) abre o processo seletivo no dia 30 de janeiro e encerra no dia 2 de fevereiro. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino. É exigida também a nota mínima de 450 pontos na média das provas do Enem.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terá as inscrições abertas entre 6 e 9 de fevereiro. O Fies oferece financiamento em instituições particulares a estudantes que obtiveram pelo menos 450 pontos na média do Enem e não zeraram a redação.

Nota do Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou hoje o resultado do Enem 2016. Os cerca de 6 milhões de candidatos que fizeram as provas já podem conferir as notas na página do participante do Enem. Para acessar, é necessário informar o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição. Segundo balanço do MEC, até o final da manhã, 1,3 milhão já haviam consultado a nota.

Os estudantes têm acesso a uma tabela com a nota obtida em cada uma das provas: linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e redação. Eles ainda não têm, no entanto, acesso ao espelho da redação, com a correção mais detalhada do texto, que será divulgado posteriormente.

Agência Brasil

 

enviar comentário
Publicidade

Sisu abre inscrições no dia 24; mais de 238 mil vagas serão oferecidas

A partir da próxima terça-feira (24) as notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão ser usadas para concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição serão oferecidas 238.397 vagas. Para participar, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

O número de vagas é 4,5% maior que no ano passado, quando foram ofertadas 228.071 vagas no primeiro processo seletivo de 2016. O Sisu vai oferecer vagas em 131 instituições públicas, entre universidades, institutos federais e instituições estaduais. As inscrições ficarão abertas até o dia 27 de janeiro, pela internet, na página do Sisu. Cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

Nota do Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira (18) o resultado do Enem 2016. Os cerca de 6 milhões de candidatos que fizeram as provas já podem conferir as notas na página do participante do Enem. Para acessar, é necessário informar o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição.

Os estudantes têm acesso a uma tabela com a nota obtida em cada uma das provas: linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e redação. Eles ainda não têm, no entanto, acesso ao espelho da redação, com a correção mais detalhada do texto, que será divulgado posteriormente.

Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

Inep divulga notas do Enem 2016; confira

O Ministério da Educação divulgou nesta quarta-feira (18) as notas do Exame Nacional do Ensino Médio 2016. As consultas são individuais e restritas aos candidatos.

Os candidatos terão acesso às notas de cada uma das quatro provas – ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática – e da redação, que teve como tema a intolerância religiosa no Brasil. Para consultá-las, o candidato deve fazer login no site do Enem com dados pessoais e senha. Quem perdeu a senha, pode resgatá-la no botão ‘esqueci minha senha.’

As notas do Enem podem ser usadas para disputar vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu). As datas de inscrições para a edição do primeiro semestre de 2017 devem ser divulgadas nesta quarta. Estudantes que fizeram qualquer uma das três edições do Enem realizadas em 2016 poderão concorrer a vagas pelo sistema.

Em seguida ao Sisu, o MEC abre inscrições para o processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo na rede privada, a partir do desempenho no Enem e da situação socioeconômica do candidato.

Com a nota do Enem, também é possível participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ainda não há datas para abertura de inscrições em ambos os programas.

Candidatos com mais de 18 anos podem ainda usar o Enem para receber a certificação do ensino médio. A consulta dos resultados individuais estão disponíveis no site http://enem.inep.gov.br/participante/#/inicial

enviar comentário
Publicidade

Matrícula de alunos regulares da UFRN vai até sexta-feira

Termina nesta sexta-feira, 20, o prazo de matrícula dos alunos regulares da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para o primeiro semestre letivo de 2017. O processo é feito via Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), com possibilidade de rematrícula nos dias 13 e 14 de fevereiro e matrícula extraordinária de 20 de fevereiro a 11 de março.

O período letivo começa no dia 13 de fevereiro, conforme o Calendário Acadêmico estabelecido através da Resolução do Conselho de Administração (Consad) 059/2016.

Com informações da UFRN

enviar comentário
Publicidade

Prefeitura de Natal convoca 130 professores e 118 educadores infantis temporários

A Prefeitura Municipal de Natal convocou no Diário Oficial desta segunda-feira (16), 130 professores para lecionarem nos “Anos Iniciais” do Ensino Fundamental e 118 educadores infantis, aprovados em processos seletivos temporários realizados em janeiro de 2014.

Os candidatos convocados deverão, no prazo máximo de 30 dias corridos, a partir da data de publicação no Diário Oficial do Município, comparecer à Secretaria Municipal de Educação (SME), na Comissão Permanente de Concurso (COMPEC), localizada na Rua Fabrício Pedrosa, 915 – Novo Hotel Ladeira do Sol – Areia Preta – 4º piso – sala 410, das 8h às 16 horas, exceto às sextas-feiras, quando o atendimento será das 8h às 13, a fim de receber as instruções sobre a documentação necessária para a contratação sob pena de não assim o fazendo perderem o direito à convocação.

enviar comentário
Publicidade

Robinson reafirma defesa da UERN em encontro com professores

Foto: Rayane Mainara

O governador Robinson Faria recebeu na manhã desta sexta, no gabinete de trabalho em Mossoró, uma comissão da Associação de Docentes da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Aduern).

Na ocasião, reforçou sua posição, já declarada, em defesa da UERN como universidade estadual. “Sou um governador preocupado com as causas sociais e a educação. A UERN tem uma importância crucial para a formação dos jovens potiguares. Não vamos mexer com a instituição”, declarou, em referencia a sugestões de alguns setores da sociedade em favor da privatização da universidade estadual.

Robinson lembrou que seu governo escolheu a UERN, em Mossoró, para receber o primeiro restaurante popular inaugurado na cidade em sua gestão. Falou ainda sobre a prioridade do governo na retomada das obras no prédio do campus Natal, entre outros benefícios.

Os professores apresentaram algumas reivindicações, entre elas a reposição salarial com base na inflação, para docentes e servidores, em torno de 7%. Robinson explicou que a crise financeira tem limitado o governo na concessão de reajustes, mas que encaminhará o pleito para a análise legal e financeira.

“Enfrentamos um momento de extrema dificuldade, mas o governo tem feitos todos os esforços em função da importância da UERN tanto na formação das novas gerações quanto na produção de conhecimento acadêmico para o RN”, disse o governador.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Junior Pinheiro disse:

    PARA DE CONVERSA E PAGUE O POVO!!! PIOR DA REPUBLICA!!!

Publicidade

UERN abre inscrições ao processo seletivo para alunos especiais em Pós-Graduação

A Coordenação do Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Bioquímica e Biologia Molecular (PMBqBM), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), informa que está com inscrições abertas ao processo seletivo para candidatos a alunos especiais para o semestre letivo 2017.1. As inscrições acontecerão no período de 16 a 21 deste mês.

Poderão se inscrever portadores de diplomas de graduação da área de Ciências da Saúde e Ciências Biológicas, obtido em instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura – MEC. O

Os candidatos poderão se inscrever na secretária do Programa Multicêntrico que funciona na Faculdade de Ciências da Saúde (FACS/UERN).

Veja o Edital.

Com informações da UERN

enviar comentário
Publicidade

Piso dos professores tem reajuste de 7,64% e vai para R$ 2.298

Ministro Mendonça Filho disse que o reajuste é acima da inflação, “cumprindo a legislação. É algo importante porque significa a valorização do professor” José Cruz/Agência Brasil

O piso salarial dos professores em 2017 terá um reajuste de 7,64%. Com isso, o menor salário a ser pago a professores da educação básica da rede pública deve passar dos atuais R$ 2.135,64 para 2.298,80. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (12) pelo Ministério da Educação (MEC).

O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo as regras da Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais.

O ajuste deste ano é menor que o do ano passado, que foi de 11,36%. O valor representa um aumento real, acima da inflação de 2016, que fechou em 6,29%. O novo valor começa a valer a partir deste mês.

“Significa um reajuste acima da inflação, cumprindo a legislação”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho. “É algo importante porque significa, na prática, a valorização do papel do professor, que é central na garantia de uma boa qualidade da educação. Não se pode ter uma educação de qualidade se não tivermos professores bem remunerados e motivados”, acrescenta.

A lei vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Pela lei, os demais níveis da carreira não recebem necessariamente o mesmo aumento, o que é negociado em cada unidade federativa.

Aumento de R$ 5,083 bilhões nos gastos municipais

Em um cenário de crise, o reajuste preocupa estados e municípios. Estudo divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que o reajuste do piso salarial dos professores vai gerar um aumento de R$ 5,083 bilhões nos gastos municipais.

De acordo com a CNM, de 2009 a 2016 os gastos com a folha de magistério tiveram uma expansão de R$ 41,829 bilhões. O valor já cresceu 241,9%, muito acima da inflação relativa ao período e maior do que o próprio aumento das receitas do Fundeb.

O Fundeb é formado, na quase totalidade, por recursos provenientes dos impostos e transferências dos estados, Distrito Federal e municípios, vinculados à educação. Além desses recursos, ainda compõe o Fundeb, a título de complementação, uma parcela de recursos federais. Pelo menos 60% desses recursos devem ser destinados a pagamento de pessoal.

Segundo a CNM, atualmente, os municípios comprometem, em média, 78,4% dos recursos do Fundeb apenas com a folha de pagamento desses profissionais, de acordo com dados do Sistema de Informação sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope).
Em 2015, mais de 70 Municípios já comprometiam 100% desses recursos.

O ministro da Educação ressaltou que, ao final do ano passado, o governo antecipou o repasse de R$ 1,25 bilhão do Fundeb. “O pagamento foi honrado ainda dentro do exercício de 2016, o que não ocorria. O prazo para que o repasse fosse feito é até abril do ano subsequente”, disse.

Ele acrescenta que, em 2017, os repasses aos estados e municípios serão mensais, “o que vai totalizar R$ 1,3 bilhão e ajudará o fôlego dos estados e municípios e suas respectivas folhas”, finalizou.

Agência Brasil

 

enviar comentário
Publicidade

Escola Agrícola de Jundiaí, da UFRN, define datas de matrícula para candidatos aprovados

A Comissão Permanente de Concursos (Comperve), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), divulgou o edital de matrícula para os candidatos selecionados para os cursos técnicos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) no primeiro semestre letivo de 2017. Os cursos são Técnico em Agropecuária (subsequente e integrado), Técnico em Agroindústria (subsequente e integrado), Técnico em Aquicultura (subsequente e integrado) e Técnico em Informática (integrado).

As matrículas acontecem de 17 a 20 de janeiro, sendo um dia específico para cada curso, pela manhã das 07h30 às 11h30, ou a tarde das 13h às 16h, na secretaria escolar da EAJ, situada em Macaíba. Clique no edital para saber o dia de matrícula correspondente ao curso e a documentação exigida.

Caso surjam vagas não ocupadas, a diretoria da EAJ deve convocar os demais candidatos que foram aprovados e classificados fora do número de vagas, para realização de cadastro em vagas remanescentes. O edital de cadastramento será divulgado no site da Comperve.

Com informações da UFRN

enviar comentário
Publicidade

Quase 10 mil vagas serão abertas neste ano para tempo integral na rede estadual de ensino

A Tribuna do Norte destaca em reportagem nesta terça-feira(10) a confirmação que a rede estadual de ensino vai abrir 9,4 mil vagas para tempo integral, das 7 às 17h30, a partir deste ano. O número de vagas representa 3,93% do total de estudantes atendidos pelo Estado, e, de acordo com a secretária Cláudia Santa Rosa, a meta da Secretaria de Educação e da Cultura é alcançar 50% das unidades ao longo da próxima década. A reportagem e todos os seus detalhes podem ser conferidas aqui

enviar comentário
Publicidade

Matrícula para o primeiro semestre da UFRN começa nesta terça

Começa nesta terça-feira, 9, e segue até o próximo dia 20, a matrícula para alunos regulares da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), referente ao primeiro semestre letivo de 2017. O processo é feito via o Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) e quem não o fizer nesse prazo tem a chance de realizá-lo nos dias 13 e 14 de fevereiro.

Conforme o Calendário Universitário de 2017, o início do período letivo começa no dia 13 de fevereiro. O calendário também informa os eventos acadêmicos e as datas relativas ao Sistema de Seleção Unificada do Ministério da Educação (Sisu) 2017, cujos procedimentos serão realizados em janeiro e fevereiro. Clique aqui para ter acesso ao calendário.

enviar comentário
Publicidade

Livro de Geografia recomendado pelo MEC faz defesa do bloco bolivariano

Por Lauro Jardim

O livro recomendado pelo MEC para o 8º ano da coleção “Geografia Cidadã” faz uma defesa explícita da Alba — a notória Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América.

Foi, claro, um livro aprovado pelo MEC sob Dilma Rousseff, mas está valendo sob Michel Temer.

Após um texto de explicação sobre o bloco sediado em Caracas (onde mais?), o aluno deve escrever como resposta correta que a “A Alba é um bloco econômico criado na América Latina com o objetivo de reduzir a exclusão social e a pobreza por meio da cooperação entre os países-membros. Além disso, a Alba faz parte de um intenso movimento anti-imperialista que luta pela quebra da hegemonia estadunidense na América e no mundo”.


A mesma edição faz também uma defesa do Mais Médicos, programa lançado no governo da “presidenta” Dilma Rousseff, como diz o texto.

Ali, os alunos lerão, por exemplo, um texto retirado do site do Ministério da Saúde. Eis um trecho:

“O governo federal garantirá mais médicos para o Brasil e mais saúde para você.”

Na “proposta pedagógica”, incluída na edição do professor, há a sugestão para que os alunos debatam a questão da saúde no Brasil, nos seguintes termos:

“A questão do ‘Programa Mais Médicos’ deve permitir aos alunos desvendar os principais problemas enfrentados pela política pública atualmente na garantia desse direito. Além disso, é necessário que eles reflitam sobre os preconceitos arraigados na sociedade e a questão ética implícita nos discursos que deslegitimam as ações do programa, e principalmente, condenam os médicos cubanos e os rotulam como ‘escravos’, ‘malformados’, ‘comunistas’, entre outros”.

Comentários (15) enviar comentário
  1. Comedor de Coxinhas disse:

    Bom tá agora com corruptos de carteirinha no poder , retiradas dos direitos dos trabalhadores, trouxinhas continuando hipócritas, menos investimentos em saúde e educação……
    e gente idiota se preocupando com "bloco bolivariano"

  2. Ojuara disse:

    Cadeia nos PTralhas e pau na militância!

  3. Auri disse:

    ESSES COMUNISTAS TERRORISTAS DEVERIAM ESTÁ ESTAR NA CADEIA TODOS. ACORDA BRASIL!

  4. Neco disse:

    Puro molestamento de crianças, de Mussolini a Fidel, tá cheio de adoradores desse tipo de propaganda ideológica autoritária.
    Quando você lê palavras como 'imperialismo', e 'estadunidense', pode
    apostar que vem mistificação da mais picareta.

  5. Impertinente disse:

    E qual é o problema disso?
    Esse bloco não existe e foi criado por um governo eleito democraticamente?
    Bando de inocentes. Ficam indignados com besteiras e deixam passar coisas graves como o fato um Senador ser citado inúmeras vezes e não ser sequer incomodado, ou um helicóptero ser encontrado cheio de cocaína e ninguém até hoje foi punido e ninguém sabe de quem é…
    Deixem de ser hipócritas!!!

    • Neco disse:

      Pois é, o senador não foi punido porque o helicóptero não é dele.
      Agora esquecer que um helicóptero, de alto valor a hora de vôo, usado pelo governo de MG para pegar o filho que enfiou o pé na jaca não é hipocrisia.
      Doutrinação comunista é muito pior do que corrupção.

    • Neco disse:

      Hitler também foi eleito democraticamente.

    • Ojuara disse:

      Neco, viver sem ler é perigoso. Te obriga a crer em tudo que te dizem.
      Vc nasceu nesse Planeta mesmo?
      Deixe fanatismo e alienação. Nem todo mundo que critica o sistema é petista. Pois o sistema é podre e durante séculos foi dominado pelos Paulistas e Mineiros.
      Acorde!!!
      O Helicóptero é de Zezé Perrella, Senador amigo intimo de Aécio.
      Vc não sabia?
      Vc já ouviu falar em Furnas?

  6. Chico disse:

    Coisa de PTralhas

  7. Patrícia disse:

    Certíssimo o livro. Preconceito nojento arraigado deve ser combatido.

    • Valdomiro disse:

      Patrícia, sei que por sua colocação não sabe a diferença entre preconceito, diferença, verdade e mentira, muito menos do significado de doutrinação. Então nem cabe falar de irresponsabilidade.
      Então formular livros e distribuir nas escolas falando e provando do desmonte moral, legal e econômico feito pelo PT nesses 13 anos de atraso nacional, deve ser adotado, certo? Afinal não pode haver preconceito.

  8. osvaldo disse:

    Bom é do jeito que está né.me poupe.

  9. Vyre disse:

    Que que tem?

Publicidade