Publicidade

Revolta da Maconha na USP completa 10 dias

Josias de Souza

Nascida de uma abordagem de policiais militares a três alunos que degustavam seus baseados no campus da USP, a revolta da maconha completou dez dias.

No penúltimo lance, os estudantes converteram o prédio da reitoria em cidadela da revolução da fumaça.

Acionada, a Justiça determinara, na sexta (4), a desocupação das instalações até as 17h deste sábado (5).

Porém, convidada para uma audiência de conciliação, a universidade concordou em dilatar o prazo para as 23h de segunda-feira (7).

Por quê? A rapaziada alegou que não seria possível convocar uma assembléia em pleno fim de semana.

Os revoltosos exigem a revogação de um convênio que levou a PM ao campus depois que um aluno foi assassinado ao deixar a escola de economia, em maio.

Superintendente institucional da USP, o professor Wanderley Messias da Costa diz que o convênio não será revogado.

Mas declarou: “O que a universidade quer discutir com eles é o detalhamento desse convênio.”

Justo, muito justo, justíssimo. Quem sabe injeta-se no documento um artigo proibindo a polícia de importunar os adeptos da cannabis sativa.

Distraído com questões menores –os efeitos da crise européia, os soluços da inflação, os surtos de corrupção— o país faz pouco do que se passa na USP.

O desfecho da rebelião dos estudantes vai revelar que diabo de universidade a USP vai ser. Com maconha ou sem maconha?, eis a questão.

Desde o movimento dos ‘caras pintadas’ contra Fernando Collor não se via os estudantes envolvidos em causa tão nobre.

Nem todos os alunos da USP foram tocados pelo espírito da neorevolução. A maioria, insensível, prefere estudar!?!

Gente como o rapaz da foto aí de baixo, personagem de um protesto contrarevolucionário.

Comentários (5) enviar comentário
  1. mandy disse:

    tem que descer o cacete nesse bando de mimadinhos sem causa!

  2. Gabi disse:

    acho que o Gagaga Eh uma besta quadrada.  Eh logico que eles passaram no vestiba, estudaram em colegio particular a vida toda,  tenta estudar num colegio estadual sem enfrentar cursinho depois… quero ver se vc passa… No brasil tem trafico pq tem no mundo inteiro.. eu acabei de voltar ao brasil (morava na belgica) e acredite na europa tem tanto trafico quanto o brasil  😉  isso eh obvio : trafico pq eh proibido se nao fosse proibido existiriam lojas para isso!!! e nao seria trafico seria comercio comum!!! … va ler … por favor!

  3. Gagagagag disse:

    é mesquita mas esses maconheiros tiveram a capacidade de passa no vestiba da usp, capacidade que muitos nao tem, o Brasil é um atraso nessa questao só existe trafico pq é proibido, sera que ninguem enxerga isso.

  4. Mesquitaamorim disse:

    acho que teria que mandar embora professores que encobrem alunos maconheiros,e expulsar esses maconheiros de lá, pois, tem muita gente pobre querendo fazer um curso superior e acaba perdendo a vaga,para esse bando de maconheiros!

  5. Pati disse:

    Que marco pra USP, o sonho de milhares de estudantes da rede pública era de ser aprovado nesta faculdade, inclusive o meu ….mas agora ….minha família  não aprova…
    motivo?! LA SÓ TEM DROGADO E VAGABUNDO!!!
    Que inversão de valores…

Publicidade

Justiça Federal do Ceará anula 13 questões do ENEM em todo Brasil

Folha.com

A Justiça Federal do Ceará decidiu nesta segunda-feira anular para todo o país as 13 questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que vazaram para alunos do colégio Christus antes da prova. O MEC (Ministério da Educação) disse que vai analisar a decisão. Cabe recurso.

As questões anuladas são as seguintes:33, 32, 34, 46, 50, 57, 74 e 87 da prova amarela do 1º dia e questões 113, 141, 154, 173 e 180 da prova amarela do 2º dia.

O Ministério Público Federal queria a suspensão do exame nacional em todo o país ou a anulação das 13 questões. Já o MEC (Ministério da Educação) queria nova prova apenas para os 639 concluintes do ensino médio do colégio Christus, de Fortaleza.

Os estudantes tiveram acesso antecipado a questões do Enem em um simulado no colégio. Para o colégio, as questões podem ter entrado em um banco de perguntas da própria instituição por sugestão de alunos que fizeram pré-testes, “sem o conhecimento da escola no que diz respeito à origem desses dados”.

A presidente do Inep (órgão do MEC responsável pelo Enem), Malvina Tuttman, esteve nesta segunda-feira em Fortaleza para se reunir com o juiz federal Luiz Praxedes Vieira da Silva e defender que o exame fosse anulado em todo o país.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, voltou a dizer ontem, em evento político em São Paulo, que “basta aplicar uma nova prova aos alunos que foram, inadvertidamente, beneficiados”.

Um inquérito da Polícia Federal foi aberto para esclarecer como as questões do Enem vazaram.

PRÉ-TESTE

O problema veio a público após alunos escreverem em redes sociais, após a realização do Enem, que colégio havia conseguido antecipar questões.

Inicialmente, o MEC identificou oito questões iguais. Na quinta passada (27), concluiu que o simulado continha 14 questões do Enem.

Elas haviam sido aplicadas no pré-teste realizado por duas turmas da escola em outubro de 2010 –os colégios que fazem o pré-teste são escolhidos por sorteio.

Segundo o MEC, todos os cadernos da pré-testagem foram devolvidos, mas o conteúdo pode ter sido copiado eletronicamente. “O material [o simulado] é o conteúdo de dois cadernos, na íntegra. Está absolutamente comprovado”, disse Haddad à Folha.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Murilo Bernardi disse:

    Acham mesmo que anulando algumas questões resolverá o problema decadente e constante na educação do nosso país?? Quanta hipocrisia. 

Publicidade

O descaso e o atentado contra o Atheneu

A Escola Estadual Atheneu Norte-Riograndense, um patrimônio histórico e arquitetônico de Natal, está – aos poucos – caindo aos pedaços. Com graves problemas estruturais, a escola, que já foi berço para inúmeros políticos e intelectuais do Rio Grande do Norte, sofre com infiltrações e problemas elétricos. O descaso compromete, inclusive, com a proteção da própria história da instituição. Segundo funcionários, em razão dos problemas estruturais, o arquivo está sendo consumido pelo mofo e a alta umidade do local.  Com isso, toda a documentação escolar da década de 1960 está ameaçada; incluindo o histórico escolar de alunos ilustres, como o Ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e da ex-governadora Wilma de Faria.

O prédio, que, atualmente, está em processo de tombamento pela Fundação Capitania das Artes (Funcarte), não passa por uma reforma na sua estrutura há décadas. Desde setembro de 2009, a direção da escola pede providências da Secretaria Estadual de Educação (SEEC). No entanto, desde então, o Atheneu espera por uma licitação para um projeto de reforma e ampliação.

Histórico

O Colégio Ateneu Norte-Riograndense foi fundado em Natal, no dia 03 de fevereiro de 1834, num local onde hoje existe um estacionamento na Rua Junqueira Ayres, Cidade Alta. É considerada, inclusive, uma das mais antigas instituições públicas de ensino em atividade no Brasil. Após estudos e projetos aprovados pelo Ministério da Educação, no início da década de 1950, foi iniciada a construção do prédio em formato de “X”, na Rua Campos Sales, em Petrópolis, bairro de classe média alta da cidade do Natal. A escola foi inaugurada em 11 de março de 1954 e conta hoje com 1.600 alunos, divididos em três turnos.

enviar comentário
Publicidade

Contemporâneo ganha na Justiça e passa a ser a escola particular que mais aprovou no Vestibular 2011

Viram-se as folhas do calendário de janeiro, e uma profusão de anúncios de escolas particulares em Natal dá conta de que cada uma é a primeira colocada no vestibular da UFRN.

Um dos casos foi parar na Justiça, que pôs um ponto final: O CEI Mirassol deve parar de exibir propaganda na qual diz que “somente” o CEI Mirassol é o primeiro lugar, entre as particulares, em aprovação no vestibular da UFRN.

A decisão interlocutória do juiz Cleanto Fortunato, da 6ª Vara Cível da Comarca de Natal, antecipou parcialmente tutela e deu à unidade IV do Conteporâneo ganho de causa: o CEi deve parar de emitir as propagandas dizendo que “só” ele é o primeiro lugar.

Instada a se manifestar, a Comperve remeteu documentos à Justiça nos quais era informado que, proporcionalmente, a Unidade IV do Contemporâneo foi o segundo lugar geral em aprovação no vestibular da UFRN, sendo a primeira entre as escolas particulares de Natal.

“Diante do exposto, DEFIRO o pedido de antecipação dos efeitos da tutela para fins de determinar a demandada que no prazo máximo de 2 (dois) dias promova a alteração dos anúncios veiculados por meio de tv, rádio, outdoor e etc, para fins de retirar deles a expressão “só” ou “somente”, ou ainda quaisquer outras que indiquem a exclusividade do 1º lugar no vestibular como atribuído ao CEI Mirassol”, diz trecho da decisão.

O CEI deverá pagar R$ 500,00 de multa diária por dia descumprido da decisão, sendo de R$ 10 mil o teto da penalidade.

A decisão é do dia 09 deste mês, e não é definitiva.

Processo nº. : 0120302-43.2011.8.20.0001 – TJ/RN

enviar comentário
Publicidade

Briga entre duas alunas em frente a escola vira o assunto mais comentado no TT de Natal. Vejam o vídeo

Baixaria.

Duas alunas foram filmadas e postas na rede protagonizando uma briga em frente à Escola Edgar Barbosa, em Lagoa Nova.

Postado há quase quatro horas no Youtube, o vídeo já tem mais mais de 300 visualizações.

A briga só foi interrompida por duas mulheres que separaram as garotas.

Imagens lamentáveis.

É a banalização do UFC.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Erickson_alves2008 disse:

    como isso pode a comtece entre elas

  2. leandro melo ribeiro disse:

    isso  nao pode acontecer com essa meninas lindas e grandes amigas

Publicidade

Sem comida, casa do Estudante de Caicó está na iminência de ser fechada

São 110 alunos que moram na casa, entre jovens, homens e mulheres, todos sem condições financeiras de arcar com as despesas de hospedagem, alimentação, para poder estudar em Caicó, mas que provavelmente devem voltar para as suas cidades de origem, ou arrumar uma nova maneira para sobreviver na principal cidade do Seridó.

Segundo o Presidente da Casa do Estudante, Rivaldo Dantas, a maioria dos moradores da casa não tem condição nem de se alimentar no Restaurante Popular, de tão carentes. E agora, estão na iminência de serem despejados, já que o Governo Estadual cortou todos os fornecimentos de alimentos, como pão, leite, carne e demais cereais, através da SETHAS, que não tem pagado os fornecedores.

caso a situação não seja resolvida, não teremos nenhum constrangimento em fechar nossas portas. Já hoje de manhã tomamos café com cuscuz seco. Reduziram pela metade o fornecimento de alimentos. E a tendência é de que hoje ninguém já consiga jantar”, lamentou. Rivaldo

Para se ter uma idéia, antes do corte, o Governo já vinha maltratando os estudantes, que para uma casa com 110 seres humanos, repassava 10 litros de leite mensais.

 

Imagine o rendimento escolar de um jovem que passa fome…

enviar comentário
Publicidade

Mulher presenteia prefeito com dois sacos cheios de lixo

No começo desse ano, uma natalense contratou carroceiro para recolher todo o lixo da sua rua e despejou na calçada da prefeitura. Os argumentos da senhora foram mais de duas semanas que o lixo se acumulava nas calçadas e ninguém da prefeitura adotava as providencias. Na ocasião, a cidadã foi encaminhada à delegacia.

Algo parecido ocorreu com Janice Shanks, moradora da cidade de Portsmouth, no Estado de Ohio (EUA). Frustrada com a lentidão do serviço de recolhimento de lixo em seu bairro, ela tomou o problema em suas próprias mãos e também resolveu levar o drama ao prefeito da sua cidade.

Na última sexta-feira (9), a mulher levou ao gabinete do prefeito David Malone dois sacos cheios de lixo. Diferente da nossa cidade, o prefeito americano recebeu a mulher, aceitou o “mimo” e admitiu o problema.

Segundo ele, durante o feriado do Dia do Trabalho (celebrado por lá na primeira segunda-feira deste mês), houve uma redução no serviço de recolhimento de lixo para evitar pagamento de hora extra.

Já por aqui…

enviar comentário
Publicidade

Periguete, blogar e tuitar entram no Aurélio

Agora digam que as Periguetes não estão podendo. Segue reportagem do jornal O Globo:

O que era apenas gíria, agora ganhou espaço no dicionário. Lançado na 15ª edição da Bienal do Livro, o novo  “Aurélio Júnior”, da Editora Positivo, traz, em suas 992 páginas, o significado para o termo periguete, por exemplo. Na obra, a palavra está definida como “moça ou mulher que, não tendo namorado, demonstra interesse por qualquer um”.

– A função deste manual é definir estes conceitos para os estudantes dos ensinos fundamental e médio. Sempre tem aqueles que têm vergonha de perguntar o significado de alguma palavra e, por isso, acabam procurando no dicionário. Quando o livro esclarece que periguete é uma gíria, o aluno aprende que não é uma palavra muito adequada para se usar em uma redação, por exemplo. Ele vai saber que, em uma linguagem mais formal, vai ter que procurar um termo substituto – explicou a editora dos dicionários da Editora Positivo, Valéria Zelik.

Aluna do terceiro ano do ensino médio do Colégio Estadual Professor Daltro Santos, em Bangu, Fernanda Gomes, de 17 anos, se surpreendeu ao folhear o livro.

– Nunca imaginei que tivesse gíria no dicionário. É interessante, porque muitos jovens falam uma palavra e não sabem o significado certo – contou.

A amiga Kerollyn Lopes, também de 17 anos, aprovou o novo livro.

– Ele fala a língua do adolescente. Isto acaba incentivando a gente a ler mais o dicionário – disse ela.

Com a onda tecnológica, palavras e expressões do mundo virtual também foram acrescentadas ao dicionário. Baixar, por exemplo, significa “fazer download de arquivos, dados”. Blogar e tuitar ganharam uma versão em português para o ato de postar algo em blog ou no Twitter, respectivamente. Pen drive, ecobag, ecojoia, bullying e blu-ray disc são outros termos que fazem parte do manual, que traz ainda rubricas que indicam a área do conhecimento em que a palavra é usada, além de orientações para produção de textos, resumo gramatical, símbolos e unidades de medidas, formas de tratamento, entre outras.

O “Aurélio Júnior” custa R$ 38,50 e, por enquanto, só está à venda na feira de livros. A previsão é de que a obra chegue às livrarias no fim do mês.

enviar comentário
Publicidade

OAB divulga gabarito preliminar da segunda fase

Prova incluiu quatro questões dissertativas e uma peça jurídica

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou nesta sexta-feira o gabarito preliminar da segunda fase do Exame da Ordem, aplicado no último dia 21. O resultado preliminar final será divulgado no dia 13. A partir de então, os candidatos terão dois dias para entrar com recursos. O resultado final será divulgado no dia 4 de outubro.

Confira as respostas:
Direito Administrativo
Direito Civil
Direito Constitucional
Direito Empresarial
Direito Penal
Direito do Trabalho
Direito Tributário

A segunda fase do Exame de Ordem foi realizada no último domingo. Os candidatos fizeram uma prova prático-profissional com quatro questões dissertativas e uma peça jurídica sobre a área do direito que escolheram: administrativo, civil, constitucional, do trabalho, empresarial, penal ou tributário. 

Na última edição da prova da OAB, nove em cada dez participantes foram reprovados, índice recorde. Além disso, 90 das 610 faculdades inscritas não aprovaram nem um aluno no exame. A prova qualifica os bacharéis aptos a exercer a profissão de advogado e acabou se tornando uma barreira para estudantes de cursos fracos, nascidos em meio a uma explosão de faculdades de direito pelo Brasil.

Mesmo diante dessa situação assustadora, há quem defenda o fim do exame. Na Justiça e no Congresso Nacional, tramitam propostas para liberar o exercício da profissão para todos os que conseguiram um diploma. Para o subprocurador da República Ricardo Janot, a avaliação aplicada pela OAB é inconstitucional.

Informações Veja

enviar comentário
Publicidade

A Grave crise nas Escolas técnicas e nos Cefets

Editorial do Estado de S.Paulo

Há duas semanas, a presidente Dilma Rousseff anunciou a criação de mais 208 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) – 88 com término de construção previsto para o segundo semestre do próximo ano e as unidades restantes com a promessa de serem inauguradas até o final de seu mandato, em 2014. Somando os novos estabelecimentos aos 354 já inaugurados, a rede federal de ensino técnico deverá atender cerca de 600 mil alunos, quando todas as unidades estiverem entregues.

Ao fazer esse anúncio, Dilma reafirmou a promessa feita na campanha eleitoral de 2010, de expandir o ensino técnico federal, por meio do lançamento de novas escolas e pela ampliação do número de estudantes nos cursos técnicos a distância. As metas são ambiciosas, mas nada garante que o governo conseguirá cumpri-las, principalmente se levados em conta os problemas que os IFs e os Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) vêm enfrentando ao longo deste ano.

Como esses estabelecimentos não dispõem de docentes em número suficiente, cerca de 20 mil alunos ficaram sem aula durante mais de dois meses, no primeiro semestre. A falta de professores concursados de matemática, física, química e eletricidade comprometeu o cronograma do ano letivo e vem afetando a qualidade do ensino.

E, desde o término das férias de julho, mais da metade dos IFs e dos Cefets não retomou, total ou parcialmente, as atividades didáticas previstas para o segundo semestre, por causa de uma greve de professores e servidores deflagrada por razões salariais e melhoria das condições de trabalho. Em alguns Estados, como a Paraíba, todos os IFs e Cefets estão parados. Pelo balanço do comando nacional de greve, em São Paulo, Goiás e Alagoas, 90% das atividades estariam suspensas.

(mais…)

Comentários (4) enviar comentário
  1. darcy gomes disse:

    A Presidente é um desastre

  2. Daniel Macedo disse:

    Sou aluno do IF-ba Santo Amaro e estou indignado com essa situação de greve, que ocorre e tenho certeza que é uma imensa vergonha o que esta acontecendo com os IFs do Brasil a fora. A presidenta Dilma dizia na sua campanha, que iria priorizar a EDUCAÇÃO, mas o que adianta extender sem ter qualidade. Não consigo perceber qual será o meu prossímo passo, sair do IF e ir pra uma escola qualquer e concluir o ensino médio ou paro de estudar e começar a trabalhar sem ensino médio como um trabalhador que só faz apertar o parafuso, para ganhar um subsalário ,com uma visão de que meu PAÍS em vez de crescer está a degringolar , nem eu e muitos outros não queremos vivenciar essa situação que poderá se desencader, se nada fo resolvido . Apoio a greve dos professores, técnico e servidores mas sei quem serão realmente prejudicados, "seremos nós, os alunos". Temos que ajudar a mudar esse quadro de indiferença que o Governo virgente trata "o nosso IF ", juntos lutaremos, alunos e corpo docente para garantir o futuro de uma melhoris na qualidade de ensino, pois , nós somos o futuro da nação e queremos garantir o nosso, também!

  3. Josival Souza disse:

    Sou aluno do IFS Sergipe Campus Lagarto, e já estou terminando meu curso. Porém, no início do semestre letivo, foi deflagarada a greve e nós alunos não temos se quer informações se e quando esta terminará. Entendo que os professores mereçam aumento, mas não podem castigar os alunos que estão sendo os únicos prejudicados; temos que saber, pelo menos se as negociações estão em andamento ou se temos que procuarar outros meios de teminar, precisamos do diploma, afinal.

  4. Cecilia medeiros disse:

    O grande problema da expansão dos Centos de educação tecnológica é a carência de professores em todo Brasil, a qualidade do ensino ponto forte dos Cefet's ficará comprometida.

Publicidade

Acredite se quiser. Professores não vão mais poder comer merenda nas escolas. Se comer, poderá ser preso…

Se já não bastassem as péssimas condições de trabalho, baixos salários, alunos desmotivados, falta de estrutura e recursos para serem usados em salas de aulas, agora os professores da rede estadual de ensino têm outra preocupação: a alimentação. Os educadores estão sendo orientados a não comer a merenda escolar que é destinada aos alunos.

A Recomendação Conjunta Nº 001/2011 é do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MP/RN), por meio da 78ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal, e o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN).

Os órgãos recomendam aos gestores das escolas estaduais do RN que, atendendo aos Princípios da Legalidade e da Eficiência do Serviço Público (Constituição Federal, art. 37, caput), apliquem estritamente os recursos oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para a aquisição de gêneros alimentícios destinados à alimentação escolar dos alunos da educação básica pública, em atendimento aos ditames da Lei nº 11.947/2009, devendo-se tomar todas as medidas de gestão necessárias para evitar o indesejado desperdício de alimentos, proibindo-se, em qualquer caso, o uso destes em prol de terceiros não abrangidos pelo PNAE.

Quem descumprir a recomendação está sujeito a pena de responsabilização criminal e administrativa.

(mais…)

Comentários (8) enviar comentário
  1. Marcelo disse:

    existem tantas profissoes maravilhosas e respeitadas como engenheiro, arquiteto e medico 
    porque alguem se tornaria um professor??????????
    hoje esta tao facil cursar direito e engenharia por ex
    existem financiamentos e prouni e etc
    so nao estuda quem nao quer
    quem nao quer estudar vai ser professor mesmo porque é um curso facil
    um curso de engenharia civil por ex exige muito estudo, muitas noites em claro, bem diferente de um cursinho de professor

  2. mariluce disse:

    só queria saber o seguinte qual direito o professor tem sobre os impostos q ele paga?pq com certeza este impostos também são aplicados na merenda. Se o professor come o q sobra da merenda não tá comendo de graça. È bom refletir

  3. consuelo disse:

    Que descaso com os educadores!
    Isso é mais um estimulo para os educadores,
    senhores governantes?

  4. dulce silva disse:

    que lei é essa meu deus ! não pelo cuscuz alegado.mas pelo a humilhação e constrangimento que esta nos causando.os estudantes não estão aprovando isso . é bom que o nosso sindicato veja isso pq acho que se apurar direitinhho talvez tenhamos direito de questionar perante a justiça ,não pela comida mas pelo grande DESCONFORTO E VERGONHA QUE ESTAMOS PASSANDO.QUE JUSTIÇA E QUE GOVERNO É ESSE!!!.

  5. Claudio disse:

    Sou Promotor e não concordo com essa recomendação. No entanto, é necessário lembrar que a promotoria somente está cumprindo a lei que disciplina a distribuição da merenda escolar. Em síntese, é um absurdo esta norma não contemplar com merenda todas as pessoas que convivem nas escolas, sejam professores, funcionários, vigias etc. Esse equívoco é da lavra do Governo Federal e do nosso "querido" Congresso Nacional.

  6. Toni Rocha disse:

    Literalmente, agora professor do RN vale menos que lixo, ehe.

  7. [email protected] disse:

    Qualquer dona de casa ,cozinheira ou nutricionista elabora seu cardapio baseado no número de pessoas que iram comer. É comum nas escolas alunos faltarem,numa escola que pela manhã atende 600 alunos podem,podem faltar 10! Esse lanche destinaado a eles deve ir p o lixo? Que exemplo é este de desperdício de comida e dinheiro público?Ou a solução é contar primeiro o número de alunos p depois fazer o lanche? Coisa inviavél visto a questão tempo para o preparo dos alimentos.
    Ficou parecendo uma retaliação pela greve, apesar de compreender que existe uma lei que rege a questão da merenda escolar. Não digo que seja fácil o trabalho da promotoria junto aos diretores das escolas mas não deveriam ter começado pela instância maior a SEEC/RN que afinal é a gestora dos professores e para tanto deveriam ser exemplo?

  8. edinaldo disse:

    Era só o que faltava,não é pela merenda em sí ,mas sim pela falta de respeito para com os mestres . O que realmente deveriam fazer é fiscalizar a aplicação dos recursos destinados à merenda que são muitas vezes desviados e não isso que estão fazendo. Coisa de gente que pensa pequeno mesmo,mas,como este país está ando pra trás mesmo,pois a cada dia aparecem decisões idiotas como essa, deixa estar.

Publicidade

Irregularidades faz Justiça suspender eleição do DCE da UNP

A eleição do Diretório Central Estudantil (DCE) da Universidade Potiguar (UnP) foi sem nunca ter sido. Por decisão do juiz de Direito André Luis de Medeiros Pereira, da 16ª Vara Cível de Natal, a composição da nova direção foi suspensa em razão do pleito, alegou o magistrado acatando argumentos da chapa oposicionista, do cometimento de irregularidades.

O advogado Daniel Pessoa, o mesmo que defendeu o movimento #foramicarla, convenceu a Justiça de que a eleição estava em desconformidade com o estatuto que rege a entidade estudantil. O documento preceitua que as eleições ocorram em outubro.

Também foi argumentado sobre a inviabilidade na divulgação das chapas em apenas três dias. A UnP possui quatro unidades em Natal e uma em Mossoró. O tempo considerado não abarcaria todos os campos.
Também foi solicitado que as eleições ocorressem com urnas eletrônicas e não manuais, como estava acontecendo. Em todo o caso, a OAB e o MP seriam observadores do processo, para manterem a lisura da eleição.
Todos esses argumentos foram acatados em decisão proferida na tarde de ontem, e descumprida pelo DCE, que manteve o pleito hoje. O juiz enviou oficial de justiça com apoio policial. As urnas foram apreendidas e lacradas.

Vejam o mandado judicial:

(mais…)

Comentários (5) enviar comentário
  1. Thalita disse:

    Eu só sei de uma coisa, em outubro ou não, quem ganha essas eleições é a chapa 2;

  2. Faster disse:

    é né senhor paulo felipe, eu nao sei dizer se ele é da chapa 1, mas é claro que a chapa 1 (oposição apesar do numero ter sido dado pelo atual dce para parecer o contrário) não iria gastar contratando um advogado para fazer isso, visto que se já existe algum aluno formado com essa habilidade entre eles… Provavelmente se nao fosse ele seria um pai de aluno de alguem da chapa nao concorda? E senhora thais me diga aonde foi que vc ouviu ele dizer que queria pra proxima semana se ele mesmo utilizou-se do estatuto para mudar para outubro?? estranho né?

  3. Vanessa de Paula disse:

    Engraçado mesmo é o fato do edital ter saído na véspera de um feriado e dar as chapas apenas 1 dia útil para serem formadas e inscritas. Se isso não é uma forma de dificultar a existência de uma chapa de oposição e uma tentativa de preservar a chapa que continua a anos no poder, então não sei o que é. Não é esse o DCE que quero para a instituição que estudo. Desejo um DCE sério, íntegro, honesto e que REALIZA algo por nós.
    Não sabia nem que existia um DCE até as eleições.
    Depois dessa última frase preciso dizer mais?

  4. Paulo Felipe disse:

    Engraçado o fato do Advogado que entrou com a representação fazer parte de uma das chapas, precisamente a Chapa 1.

  5. Thaís Azevedo disse:

    É interessante o fato do advogado que entrou com a representação alegar que o edital de eleição está viciado, por ser determinado no mesmo que as eleições só ocorrão na primeira semana do mês de outubro, e esse mesmo sugerir que as eleições sejam adiadas em uma semana. Vai entender, né?

Publicidade