Publicidade

ABC goleia o Potiguar

Por Marcos Lopes

Um primeiro tempo que começou equilibrado, mas com o ABC sendo sempre mais incisivo, mais agressivo e que soube aproveitar uma jogada que tem sido importante para o alvinegro, que é a bola parada. E foi na bola parada que Nando foi competente e marcou o gol do alvinegro.Vi um primeiro tempo de um ABC procurando mais o jogo, agredindo mais contra um Potiguar que teve dificuldade ofensiva, chegando pouco ao gol de Edson, o time mossoroense chegava bem até a intermediária mas sem penetrar e levar real perigo.

Segundo tempo, o ABC continuou sendo superior, apesar do Potiguar ter começado tocando melhor, com mais posse, mas a diferença técnica é visível e com facilidade o time de Geninho construiu a goleada de 4 a 0 sobre o Potiguar com gols de Nando, Erivelton, Gegê e Joseph contra.

Erivelton e Gegê muito bem no jogo, e fizeram a diferença junto com Adriano Pardal na frente. Os dois termômetros do time de Geninho que foi diferente neste primeiro jogo da decisão. Jogou sério, equilibrado entre os setores e fez valer a melhor qualidade técnica.

A goleada de 4 a 0, colocou o ABC na decisão do Estadual contra o Globo. Pode até perder para o Potiguar o segundo jogo, pode, mas não perde o título e nem a vaga na final.

Comentários (5) enviar comentário
  1. Jorge disse:

    Quem perde tempo em assistir uns times fuleiros desses ?? Com jogadores pernas de pau em fim de carreira e ganhando 60/70 mil por mês !!!!
    Vou dizer ,se forem nas vilas conseguem jogadores melhores que estão no ABC e AMÉRICA por uma cesta básica..

  2. Frasqueirino disse:

    Agora é perder para o Potiguar de Mossoró na próxima quarta feira e enterrar o MEQUINHA para 2018, deixando-o sem série. O ABC vai fazer jus ao nome FUNERÁRIA. Esse ano já enterrados o Alecrim.

Publicidade

Massa alerta Max: “Cuidado, você ainda correrá no Brasil”

Massa alerta Max: "Cuidado, você ainda correrá no Brasil"

Max Verstappen se irritou com Felipe Massa em sua última tentativa de volta rápida durante o Q3 no treino classificatório para o GP do Bahrein, neste sábado. Questionado se procuraria o brasileiro para conversar sobre o incidente, o piloto da Red Bull disse: “Bom, ele é brasileiro, então não há muito o que dizer”.

Neste domingo, Massa deu a resposta, revelando que chegou a ter uma conversa pessoal com ele, abordando o assunto.

“Eu falei para ele hoje: ‘Tome cuidado com o que você fala porque você vai ter que ir para o Brasil correr lá. Cuidado com o que você fala’” avisou Massa ao UOL Esporte

“Sem dúvida, não foi certo falar dos brasileiros sem nem saber do que estava falando.”

Além da frase polêmica, o brasileiro também fez questão de esclarecer o ocorrido no Q3.

“E em segundo lugar, ele nem sabia do que estava falando porque eu nem o atrapalhei. Talvez eu fosse o ‘gato’ por ele não ter conseguido largar à frente do companheiro dele. Alguém tinha que ser o culpado da situação.”

“Falei para ele: ‘Aconteceu a mesma coisa entre Hulkenberg e eu, vê se tem um reclamando do outro?’. Antes de abrir a volta, você tem de estar na melhor posição possível. Se não conseguir, a culpa é sua.”

Sexta posição é vitória

Após largar em oitavo e chegar a estar na quarta posição, Massa comemorou a sexta posição como uma vitória.

“Larguei em oitavo, na verdade a sexta posição foi um grande resultado no final”, disse à Sky Sports após a prova. “Passamos Hulkenberg e Kimi na primeira volta. Também passamos Ricciardo depois do Safety Car e estávamos brigando por grandes coisas hoje.”

“Depois de algumas voltas, eles conseguiram administrar melhor os pneus e foi difícil manter as posições no fim.”

“Para ser honesto, minha posição é como uma vitória. Tivemos a melhor colocação possível e estou feliz e orgulhoso com o time.”

Massa também fez questão de lembrar do aniversário de Frank Williams, que completa 75 anos neste domingo.

“Tenho certeza de que Frank está feliz hoje.”

enviar comentário
Publicidade

Nike pode romper contrato com a CBF

CBF divulga novo uniforme da seleção

A Nike, que veste a seleção brasileira, está sendo pressionada por autoridades americanas a romper o contrato com a CBF. Como se sabe, o presidente da entidade Marco Polo Del Nero não sai do Brasil para evitar o FBI.

 

Radar On-Line

Comentários (5) enviar comentário
  1. zé-é-é-é disse:

    Se romper, já vai tarde. Agora, duvido muito.

  2. Kaio TG disse:

    Novo patrocinador
    RAPADURA DE JAPECANGA é doce mas não é mole!!!!

Publicidade

Johnson finaliza Wilson e iguala Spider como recordista de defesas de título

Demetrious Johnson x Wilson Reis UFC Kansas City (Foto: Getty Images)

O jeito discreto contrasta com os números dominantes de Demetrious Johnson. Único campeão do peso-mosca na história do Ultimate, o americano igualou, na noite deste sábado, na luta principal do “UFC: Johnson x Reis”, em Kansas City (EUA), o recorde de Anderson Silva de defesas de cinturão. O triunfo sobre Wilson Reis por finalização com uma bela chave de braço aos 4m49s do terceiro round foi o 10º colocando seu título em jogo, mesmo número que apenas Spider ostentava na organização até este dia.

Johnson já era o campeão mais dominante do UFC na atualidade e agora pode se orgulhar também de ser o mais dominante da história da organização, ao lado de Anderson. No cartel, são 26 vitórias, duas derrotas e um empate. São 12 resultados positivos consecutivos. A divisão até 57kg parece não ter adversários para ele.

– É muito especial. Foi uma ótima noite. No treinamento, me disseram para eu ser eu mesmo, e foi o que fiz. Nunca me senti tão bem quanto nesse camp. Anderson Silva e GSP são grandes campeões, mas eu sou o melhor campeão que já pisou no octógono – disparou o Mighty Mouse.

Wilson Reis teve interrompida uma sequência de três triunfos e perdeu pela sétima vez na carreira, além de ter 22 vitórias.

 

Globo Esporte

enviar comentário
Publicidade

ABC solta nota de repúdio contra maldade de comentarista esportivo

Comentários (10) enviar comentário
  1. Batista Costa disse:

    Parabéns Pedro Neto! Quem não deve não Temer, ou desculpas não teme.

  2. Paulo disse:

    Frescura do abcezinho.

  3. Alyson disse:

    Mas quem é Pedro Neto?

  4. Arlindo disse:

    O ABC é mais importante que o Brasil. Povo Jeca

  5. Bezerra disse:

    Pisou na bola, esse rapaz! (PN)

  6. OSWALDO disse:

    Vixe!!! Será alguma alusão?!?
    Segundo a PF: Sem partido= Sem série= abc 😂😂😂😂😂😂

  7. Carlos Magno dá Silva disse:

    Pra esse estardalhaço todo , não nada de mas no comentário de Pedro neto,o abc tem ficar na decisão de logo mas,Pedro neto só relatou um fato que toda população está ciente .

  8. Flavio disse:

    Parabéns para o abc. esse. Comentarista sempre falando mau do abc. Sempre que vai comenta. nao averdade que acontece. acho que a raiva dele do abc ou de algumas dirigente e que esse dirigente. Nao abre as torneira para ele. as torneiras do america guando era beto santo deveria ser aberta. Pq o america perdendo tudo e ele falando que beto nao tava errando por omissao kkkk quem erra porque quer para ele os dirigentes do abc faiz isso. e muito franco esse comentarista

  9. john disse:

    Nao vi crime nenhum cometido por pedro neto. O abc é muito grande pra se preocupar com uma coisa q não faz parte. Nao é o "mais querido", um clube de massa? Apenas foi dado um codinome
    imaginem "dunga, tio patinhas, mickey, zangado", ora, walt Disney iria se levantar do túmulo, sigamos em frente, sempre em frente, como diz Ricardo Silva.

Publicidade

Revista afirma que CR7 pagou quase R$ 1 milhão para mulher não revelar estupro

O craque do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, virou alvo de polêmica após uma publicação da revista alemã ‘Der Spiegel’, nesta sexta-feira. Segundo informações do veículo, CR7 teria pagado 258 mil euros (R$ 862 mil) para que uma jovem não revelasse suposto estupro ocorrido em janeiro de 2010.

Segundo a revista alemã, a mulher assinou um contrato em que se comprometia a permanecer em silêncio sobre o caso. Cristiano Ronaldo teria tido relação sexual sem o consentimento da jovem após uma festa em Las Vegas.

A jovem teria procurado pela polícia logo após o ocorrido, como indicam registros telefônicos do departamento da Polícia Metropolitana de Las Vegas. Porém, o acordo estabelecido entre as partes exigia que a mulher retirasse a queixa. Nas ligações feitas pela vítima após o episódio, ela dizia apenas que se tratava de ‘uma figura pública’, um ‘atleta’, sem mencionar o nome de CR7.

O contrato teria sido firmado sete meses após o estupro, e o advogado de Cristiano Ronaldo, Carlos Osório de Castro, teria assinado em nome do jogador.

Comentários (4) enviar comentário
  1. VICTOR disse:

    E alguém acredita que CR precisava de violar uma mulher? era só ligar para a recepção e teria o serviço completo em minutos. A imprensa está muito em baixo…

  2. O cara disse:

    E ele gosta dessa fruta ? 😅😅😅😅😅😅

  3. ALDRIM BATISTA disse:

    Oxe eu eu quer pensava quer o craque era boiola.

  4. Edu disse:

    CR7 queima queima humm

Publicidade

VÍDEO: Presidente de clube na Tunísia é banido do futebol por beijar e morder orelha de juiz

Moncef Khemakhem, presidente do Club Sfaxien, beija um bandeirinha após o jogo

Moncef Khemakhem, presidente do Club Sfaxien, da Tunísia, foi banido para sempre do esporte pela Federação Tunisiana de Futebol (FTF) por beijar e morder a orelha de um árbitro assistente logo após uma partida. O próprio cartola afirmou também ter dado duas “palmadinhas” nas nádegas do bandeirinha. As informações são do diário espanhol “Marca”.

O fato aconteceu depois de um clássico contra o Etoile du Sahel, no início de março, vencido pelo Sfaxien por 3 a 2. O duelo foi decidido graças à marcação de um pênalti no mínimo duvidoso, segundo a imprensa local, quando o jogo ainda estava empatado em 2 a 2. “Tivemos o nosso presente”, chegou a afirmar Moncef Khemakhem em alusão ao ocorrido. Os gestos após o apito final teriam sido uma forma de agradecer a marcação da penalidade.

De acordo com a FTF, o dirigente tunisiano também foi multado em 30 mil dinares, o equivalente a cerca de R$ 38 mil. Na avaliação da entidade, o comportamento de Moncef Khemakhem configurou “comportamento perigoso e antidesportivo”, “atentado ao pudor” e “falta de boas maneiras”.

O comunicado da Federação Tunisiana de Futebol acrescenta ainda que o cartola reconheceu ter protagonizado “gestos obscenos contra um árbitro assistente” com o objetivo de “pressionar a arbitragem”. Em seguida, ainda segundo a entidade, Moncef Khemakhem também teria se gabado de “haver alcançado seus objetivos”. A decisão da FTF veta a participação do dirigente em qualquer atividade relativa ao futebol daqui em diante.

Veja, abaixo, a cena que gerou toda a polêmica:

Comentários (3) enviar comentário
  1. A coerência perdida disse:

    Ei paneleiro…

    Já viu as novas delações? Já viu seus minitros, os 8, denunciados?
    Viu o seu presidentezinho na lista tbm?

    Já viu o video dizendo q tinha começado a 30 ANOS ATRÁS, quem era mesmo que estava na presidencia msm? Ou a memoria é curta e seletiva

    • Ceará Mundão disse:

      Cara, corrupção sempre existiu e sempre existirá. Mas só com o PT ela se tornou sistêmica, generalizada e foi alçada à condição de instrumento de manutenção dessa ORCRIM no poder. A sujeira eventualmente cometida pelos outros não irá passar atestado de honestidade aos petistas. Por outra, essa turma do PMDB era sócia do PT na roubalheira. Os presidentes eram petistas, não esqueça.

  2. paulo martins disse:

    Se fosse num governo petralha, este "presidento" seria condecorado e receberia de mãos beijadas (e porteira fechada) o cargo de ministro de estado do Esporte.

Publicidade

Vettel coloca Ferrari no topo no 1º dia de treinos para o GP do Bahrein

Vettel coloca Ferrari no topo no 1º dia de treinos para o GP do Bahrein

Sebastian Vettel foi o grande nome do dia no Bahrein. O alemão colocou a Ferrari no topo das duas sessões de treinos livres disputados nesta sexta-feira em Sakhir. Na primeira sessão, o tetracampeão foi seguido da dupla da RBR, com Ricciardo em segundo e Verstappen em terceiro.

Já no segundo treino, Vettel teve a Mercedes de Valtteri Bottas na sua cola, com Ricciardo fechando os três primeiros. Felipe Massa deixou o final de semana ruim na China para trás, e marcou o quinto tempo pela manhã e o sétimo à tarde.

Globo Esporte

enviar comentário
Publicidade

Abraços pela cidade, ruptura com o clube: a rotina paradoxal das viúvas de Chapecó

O cenário segue ali, decorado e arrumado como se tudo estivesse igual. Não está. Os personagens principais não vão mais entrar em ação, e os roteiros das vidas de Rosângela e Suzi agora têm capítulos indefinidos. Em nome dos filhos, as duas são as únicas viúvas de jogadores que seguem em Chapecó após o acidente de 29 de novembro. Sacrifício para estancar as feridas dos herdeiros, mas que castiga na rotina agora sem Cléber Santana e Thiego. Mistura de emoções como a que as divide entre o amparo dos chapecoenses e uma ruptura iminente com a Chapecoense.

Rosangela e Suzi falam de mágoa com a Chapecoense e da decisão de permanecer em Chapecó após tragédia (Foto: Cahê Mota / GloboEsporte.com)

Rosangela, viúva do meia, e Suzi, do zagueiro, se emocionam ao relatar cada abraço repentino que recebem nas ruas da cidade, cada palavra de carinho. O tom muda, porém, quando é para falar do clube. Com a frase “a Chape família que existia não existe mais”, as duas apontam falta de atenção e zelo com os familiares das vítimas, tratam o distanciamento como praticamente incontornável, e isentam apenas uma pessoa: Maninho. Por respeito ao presidente, elas não fazem parte do grupo que busca na Justiça o que julga ser de direito quanto a seguro e indenizações. Por enquanto…

– Se não fosse ele, que é uma pessoa muito honesta, já teria colocado até na Justiça, o que com certeza vou fazer no futuro, atrás dos direitos dos meus filhos. É o que meu marido deixou. Ficamos em Chapecó, não com a Chapecoense. Se fosse a outra diretoria, se tivessem sobrevividos dois pelos menos… A Chape que existia morreu. Não é mais a mesma. E a nova, para mim, já está formada. Se perder amanhã ou depois, é pelo futebol, não por estar passando por nada. Quem está passando somos nós, sem maridos, ouvindo os filhos chorarem – desabafou Rosângela Loureiro, mãe de Clebinho, de 15 anos, e Haroldo, de 12.

Apesar de mais discreta, Suzi segue a mesma linha de raciocínio da amiga e vizinha. Decidida a ficar em Chapecó desde o acidente, a viúva de Thiego chegou a receber promessas de emprego na Chapecoense, mas confessa que este não seria o melhor caminho para recolocar a vida no lugar. Sua ocupação em 2017 será dedicar-se a pequena Nina, que completou cinco anos no último dia 27, motivo do número da camisa do pai.

– Quando aconteceu isso, a Chape falou em oferecer emprego, mas não tem condições. Eu não consigo entrar lá (na Arena). Teve uma reunião recente, eu fui lá, tive uma crise de choro e fui embora. E também não quero misturar as coisas. Meu dia agora é para cuidar da Nina, não vou fazer nada. Fiquei também pelas questões burocráticas que têm que ser resolvidas. O Seu Maninho, quando vim para cá, me ajudou muito. Foi a única pessoa.

Imune ao fogo cruzado entre Chapecoense e viúva, Maninho foi procurado pelo GloboEsporte.com, mas preferiu não se manifestar sobre o caso.

 Filha Nina, em festa de cinco anos, é a razão da permanência da viúva de William Thiego em Chapecó (Foto: Arquivo Pessoal)

O distanciamento de Rosângela e Suzi da Chapecoense reflete a postura coletiva das viúvas dos atletas, que seguem unidas e em contato diário através um grupo de WhatsApp. Nas redes sociais, elas costumam se manifestar com postagens em conjunto, como as que cobravam maior agilidade na entrega dos pertences encontrados na Colômbia e as que questionaram os eventos realizados no dia da decisão da Recopa, contra o Atlético Nacional, na Arena Condá.

A rotina das remanescentes em solo chapecoense, entretanto, tem prazo de validade. A medida que os filhos passem a tratar de forma mais natural a nova realidade, Rosângela projeta retornar para o Recife, e Suzi para Porto Alegre. Enquanto isso se dividem entre o vazio de um cenário intocado, mas bastante alterado, e a necessidade de levar a vida adiante, conforme se abriram em bate-papo com o site GloboEsporte.com:

VEJA AQUI
Comentário (1) enviar comentário
  1. paulo martins disse:

    Nem gostava de futebol, mas agora fiquei salivando. Acho que vou torcer pelo Clube das Viúvas.

Publicidade

Metade dos estádios da Copa tem suspeitas de irregularidades, segundo delações da Odebrecht

Estádios da Copa do Mundo com suspeita de irregularidades (Foto: Secom/Pernambuco Press/GloboEsporte)

Pelo menos metade dos 12 estádios utilizados na Copa do Mundo de 2014 está envolvida em suspeitas de irregularidades, segundo os delatores da construtora Odebrecht.

A Procuradoria Geral da República pediu ao relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, Luiz Fachin, que encaminhe as petições envolvendo as praças de Rio de Janeiro (Maracanã), Brasília (Mané Garrincha), Recife (Arena Pernambuco), Fortaleza (Arena Castelão) e Manaus (Arena da Amazônia) a outras instâncias. Um inquérito relacionado à Arena Corinthians segue em sigilo no STF.

Em 4 estádios, há relatos de que construtoras combinaram os valores para a licitação, cada uma levando vantagem em pelo menos uma ocasião.

Veja as suspeitas de cada um dos estádios AQUI

G1

Comentário (1) enviar comentário
  1. junior disse:

    Os 50% restante, devem ter certeza.

Publicidade

Em planilha da Odebrecht, PTB é retratado como Vasco, PT como Flamengo e PSDB o Corinthians; político sem partido era identificado como ABC

No jogo da Odebrecht, Fla Flu é PT contra DEM e Corinthians e São Paulo é PSDB contra PR. A escolha de times de futebol para substituir o nome de partidos foram adotadas em algumas das planilhas do Departamento de Operações Estruturadas, o conhecido “departamento da propina”. Algumas das planilhas entregues aos investigadores usaram os termos e para designar qual cargo ocupava o político beneficiado as posições de jogadores eram usadas, com os pagamentos indo de goleiro (sem cargo) a centroavante (presidente).

Uma tabela entregue por Luiz Eduardo Soares, um ex-diretor da empresa que atuava no setor, faz a relação dos times com os partidos. Ele entregou ainda outras planilhas em que os códigos eram usados, mas nem todos os partidos que constam na tabela dos apelidos aparecem entre os que receberam recursos com esses codinomes.

A lista conta com 18 partidos. Além dos citados, constam na lista PMDB (Internacional), PSB (Sport), PP (Cruzeiro), PTB (Vasco), PPS (Palmeiras), PSOL (Atlético Mineiro), PCdoB (Bahia), PSC (Náutico), PSD (Botafogo), PRB (Santos), PDT (Grêmio), PROS (Santa Cruz), PV (Coritiba) e Rede (Remo). Político que não tinha partido era identificado como ABC. Nessa tabela, explica-se ainda que presidente era centroavante, governador era descrito como meia, senador chamado de ponta, deputado federal era apelidado de volante e deputado estadual era zagueiro. Quem não tinha cargo e pertencia a base de partidos, recebia o apelido de goleiro.

Por isso que nessa lista o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tinha em outros documentos o apelido de “Botafogo”, time para o qual torce, foi chamado de “volante” do “Fluminense”. As planilhas apresentadas trazem dezenas de políticos e nem todos viraram alvo de inquérito porque os documentos, segundo o depoimento de Soares, misturam caixa um e caixa dois.

O ex-executivo relatou em um deus seus depoimento que a empresa preferia o caixa dois para ocultar apoios.

— Nós não gostávamos de fazer muitos pagamentos lícitos porque chamava muito a atenção. Se fosse pagar tudo de forma lícita daria US$ 100 milhões da Odebrecht. Em 2010 acho que foi R$ 60 milhões em (doação) lícita. É pouco. Se pega em relação a Camargo Corrêa, Andrade é pouco — afirmou Soares.

Fonte: Extra Online

http://extra.globo.com/noticias/brasil/em-planilha-da-odebrecht-pt-flamengo-psdb-corinthians-21206054.html

 

Comentários (12) enviar comentário
  1. Gumercindo disse:

    Isso deve ter sido sujestão de uma certa Paquita Ladra que está envolvida até a cabeça nesta lama!!!

  2. Eterno Vascaino disse:

    Meu o PT era para ser o meu VASCÃO kkkkkkkk…..

  3. Hebert disse:

    Essa foi boa ABC….KKKKKKKKKKKKKK

  4. Eduardo disse:

    Sem partido o abc…..Boa ..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Nei disse:

    No caso os políticos sem votos ou sem expressão, com certeza são conhecidos por "mekinha"

  6. VENTURA disse:

    Um partido que sempre perde dinheiro seria chamado de america, mais como nessa lista todos ganham esse apelido caberia para o povo talvez.

  7. Joao disse:

    kkkkk, que engraçado, ai agora tão atualizando o nome, qual sera? começa com M.
    huhu haha huhu haha

  8. Carlos Bastos disse:

    Kkkkkkkk, ABC

  9. Tadeu disse:

    Sem partido = ABC kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk lembra mesmo o time até 2010, sem série, sem partido, sem campeonato. Mas logo volta a realidade, esse ano volta para C e começa a descer a ladeira.

    • Henrique disse:

      Vai cuidar do teu timeco, agora nas mãos do mais querido, portanto fiquem pianinhos.

  10. Luciano disse:

    Então os politicos sem mandato deveriam ter o codinome amErika.
    Sem mandato=sem série.

Publicidade

Com passagem marcante no ABC, Leandro Campos é confirmado como novo treinador do América

O grupo de futebol do América comandado por Eduardo Rocha, acertou a contratação de Leandro Campos, para o Brasileiro da Série D.

Em 2010 teve seu grande momento na carreira, comandando o ABC na conquista do Campeonato Brasileiro da Série C. Ainda conquistou no alvinegro, os estaduais no mesmo ano e também em 2011.

Comentários (7) enviar comentário
  1. Fernando Antonio disse:

    Acredito que o América foi ingrato com Flávio Araújo, o comandante da subida do time da série C para B em 2011 . Não vejo Campos mais treinador que o cidadão do Ceará.

  2. Inquisidor disse:

    Um excelente nome,dentro da situação financeira do América e pela experiencia que o Leandro possui.
    Deu ao AB6 o maior título da sua (mentirosa) história e vai ter um enorme respeito em vestir a camisa do Mecão.
    Além disso,Leandro Campos realizou bons trabalhos pelos últimos clubes onde passou como o Itabaiana-SE,aquele mesmo que fechou o caixão do AB6 na última edição da copa do Nordeste.
    Seja bem vindo Leandro Campos ao maior clube de futebol do RN!

    • Frasqueirino disse:

      Pakitas desesperadas. Vamos enterrar o seu mequinha para 2018 perdendo um dos jogos das finais do segundo turno para o Potiguar de Mossoró. Aguarde.

  3. Marcelo disse:

    Só tinha esse jeito desse time tentar subir….era contratar um ABCedista para treiná-lo…..

  4. Sandro Alves disse:

    Agora sim! Mecão vi voltar para o devido lugar, a séire "A". E a MUNDIÇA DO abcezinho vai se LASCAR! KKKKKKKKKKKKKK….

  5. VENTURA disse:

    El bigodon da Frasqueira vai fechar o caixão com chave de ouro. Boa sorte Leandro Campos na punhalada final no japecanga city.

Publicidade