Publicidade

FOTOS: Sombra e Água Fresca, um paraíso de charme na praia da Pipa

Informe Publicitário

Sombra

Passou o tempo em que só argentinos, italianos, chilenos, americanos e o mercado do sul e sudeste do Brasil eram o principal cliente de um paraíso chamado Sombra e Água Fresca, na praia da Pipa, a 100 metros da praia do Amor, litoral sul potiguar. Há duas décadas, empreendimento recebe cada vez mais visitantes do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Ceará , Alagoas, enfim o crescimento do turista regional para um lugar que oferece charme, segurança, tranquilidade, conforto, um dos mais procurados do segundo maior destino do Estado, também impactado pelo bom momento do turismo de eventos.

O complexo integra hotel, resort e spa, cada lugar com padrão para ser conhecido como o hotel das estrelas, por ter hospedado, por exemplo, a modelo Gisele Bundchen, os globais da novela Flor do Caribe e tantos outros que fazem do Sombra o hotel preferido da Pipa. Oferece gastronomia sempre com novidades na cozinha.

No hotel, no ponto mais alto da Pipa, uma Vista panorâmica de tirar o folego. São 27 amplas e luxuosas acomodações, duas piscinas panorâmicas, bar molhado, área de relaxamento, lounge, estacionamento privativo e um sofisticado e acolhedor restaurante.

No SPA, qualquer similaridade com o Jardim do Édem é mera coincidência, pois o local tem fauna e flora preservadas. São 22 casas distribuídas em 20.000 m² de cenário contemplativo composto por belíssimo paisagismo e exuberante decoração no estilo oriental. No total, dispõe de 46 suítes, cinco piscinas, bar molhado, saunas, academia de ginástica completa, restaurante, salas de massagem seca e molhada e estacionamento privativo.

Sombra2

No resort, são 10 casas luxuosamente mobiliadas que oferecem o aconchego de uma casa de praia e o conforto de serviço de hotel. Cada detalhe da decoração do Resort foi planejado afim de seus hospedes se sintam em sua própria casa em seus períodos de lazer e descanso. São cinco categorias, Luxo, Super Luxo, Premium e Máster Vista Mar, contendo piscina, sauna e jacuzzi privativa além das opções com vista mar.

Serviço:

Hotel Sombra e Água Fresca

Rua Praia do Amor, 1000, Praia de Pipa

Tibau do Sul/RN

Fone: (84) 3246-2258/ 3246-2376

www.sombraeaguafresca.com.br

Instagram: @sombraeagua

enviar comentário
Publicidade

Google cria tatuagem que destrava tela inicial ao se aproximar de celular

tatuagem-g1

A necessidade de digitar uma sequência de números ou ligar pontos para destravar o celular estão com os dias contatos. Isso se o Google conseguir popularizar sua nova tecnologia. Em parceria com a chinesa Vivalnk, a companhia apresentou nesta quarta-feira (23) uma tatuagem eletrônica que desbloqueia os smartphones da linha Moto X ao entrar em contato com o aparelho.

A tatuagem eletrônica foi criada pela área do Google destinada a inovações de tecnologias móveis. Reunindo os projetos de pesquisa e desenvolvimento remanescentes da Motorola Mobility, vendida pela empresa à chinesa Lenovo no começo deste ano, a Projetos e Tecnologia Avançada (ATAP) também é a responsável pelo celular desmontável e pelo tablet que faz mapeamentos tridimensionais instantâneos.

Em novembro de 2013, enquanto ainda era uma companhia pertencente ao Google, a Motorola o registro da patente de uma tatuagem eletrônica que, fixada no pescoço dos usuários, poderia funcionar como microfone de smartphones.

Segundo Deepak Chandra, líder de projetos da ATAP, as pessoas demoram muito para destravar o celular. Um tempo que, embora o executivo estime em 2,3 segundos, faz com que mais da metade dos donos de celulares deixe os aparelhos sem uma sequência de bloqueio específica. Para ele, isso é uma porta aberta para que esses indivíduos tenham seus dados pessoais roubados.

Até agora, o avanço que o Google havia feito nessa área foi a criação de uma broche que destrava o aparelho ao entrar em contato com ele. “O seu celular é pessoal para você. Então o modo que você o acessa deveria ser pessoal também”, afirma.

Segundo o vice-presidente de tecnologia da Vivalnk, Junfeng Mei, a tatuagem eletrônica combina materiais flexíveis em um dispositivo com sensor de RFID, para se comunicar com o Moto X. O dispositivo dura até cinco dias e não sai na água. O pacote com 10 unidades custa US$ 10.

Fonte: G1

Comentários (3) enviar comentário
  1. Lulu disse:

    Mais uma armadilha para arrancar dinheiro do usuario, cruzar números ou digitar não paga nada.

  2. O roteirista disse:

    Não é mais fácil destravar com a digital como no iPhone 5s?

  3. Eugênio disse:

    nossa a profecia ta se cumprindo mesmo, coisa do capeta isso !!!

Publicidade

RECORDE: BlogdoBG passa dos 700 mil acessos em Junho e 974 mil visualizações de páginas

Junho foi um mês especial para esse blog, apesar de muitos feriados causados pela Copa e época de férias, o BG conseguiu uma marca impressionante.

Batemos todos os nossos recordes no mês de São João e São Pedro, foram mais de 700 mil acessos, impressionantes 974 mil visualizações de páginas e mais de 240 mil IPs diferentes acessando o Blog.

Só para o nosso leitor ter noção, são mais de 23 mil acessos média dia nesse sitio virtual, números que coloca o BG entre os 760 endereços virtuais mais acessados no BRASIL independente de seguimento.

E nossa comemoração não para por ai, graças a Deus e a vocês que nos acessam todos os dias.

VALEU….

 

Relatorio Junho BG

Comentários (6) enviar comentário
  1. Eduardo disse:

    Parabéns amigo! Sucesso

  2. natã disse:

    Parabéns Bruno!!!!

  3. nemesis disse:

    E no site alexia? Que mede o ranking quais são os números?

    • bruno disse:

      Estamos em 2 lugar geral no RN no seguimento jornalismo, e o primeiro em BLOG. O BG hoje é o 758 endereço virtual mais acessado do Brasil

  4. Borges Neto disse:

    Parabéns, Brunão. Sucesso sempre!

  5. Pacheco disse:

    Parabéns

Publicidade
Publicidade

MPF tenta suspender propaganda do Governo sobre a Copa

O Ministério Público Federal protocolou na 3ª Vara Federal de Goiás uma ação civil pública contra a campanha publicitária do governo sobre a Copa. Sob o argumento de que os comerciais são mentirosos, o procurador da República Ailton Benedito de Souza, signatário da ação, pede que seja suspensa a veiculação em todos os meios de comunicação.

O procurador cita duas peças. Numa, de 33 segundos, o lucotor recita: “Os brasileiros conquistaram o direito de sediar a Copa, que só com turismo e serviços, movimenta R$ 142 bilhões de reais. Os investimentos em infraestrutura trazem melhorias que ficam para sempre, sem falar nas oportunidades que se abriram para os empreendedores. Tudo isso gera mais emprego, renda e qualificação profissional. Vamos torcer pelo hexa dentro de campo, porque fora do gramado já estamos todos ganhando. Essa é a Copa das Copas.”

Noutra propaganda, de 63 segundos, ouve-se: “Com o esforço e o talento do brasileiro, conquistamos o direito de sediar a Copa de 2014. É campeão! Só com turismo e serviços, a realização da Copa movimenta R$ 142 bilhões na economia. Bicampeão! Os investimentos na modernização de aeroportos, construção de novos hotéis e melhoria do sistema de transporte urbano já trazem benefícios que ficam para sempre nas cidades. Tricampeão! Sem falar das oportunidades que se abriram para os empreendedores e pequenas empresas. Tetra! Tudo isso gera milhares de novos empregos, qualificação profissional e mais renda para os brasileiros. Penta! Agora vamos torcer para sermos hexa dentro de campo, porque fora do gramado os 200 milhões de brasileiros já estão ganhando. Essa é a nossa Copa. Essa é a Copa das Copas.”

“Essa não é a realidade que se verifica”, anotou o procurador Ailton de Souza em sua petição. Ele acrescentou que o objetivo da ação é o de “proteger a cidadania e da dignidade dos brasileiros, como também os seus direitos fundamentais à informação e à verdade estatal…”

Entre as evidências de que a campanha publicitária “não condiz com a verdade”, o doutor mencionou dados divulgados pela Folha. Por esse levantamento do jornal, ficou-se sabendo que, dos 167 projetos que o governo prometera tirar do papel, apenas 68 —ou 41%— ficaram prontos. Permanecem incompletas ou foram adiadas para depois da Copa 88 obras (58%). Outras 11 foram abandonadas ou nem começaram.

O princípio da publicidade, esclareceu o procurador, é o “dever de informar a verdade”. No caso do Estado, “esse dever consubstancia-se na divulgação oficial, que deve propiciar educação, orientação e informação”. Fora disso, acrescentou o autor da ação, “descaracteriza-se a publicidade institucional lícita resquardada pelo texto constitucional e torna-se publicidade vedada pelo ordenamento jurídico pátrio.”

Considerando-se as “inúmeras mazelas” que caracterizam a organização da Copa no Brasil, anotou o procurador, a campanha publicitária “se presta, a bem da verdade, a inibir, de forma subliminar, a percepção da sociedade sobre a verdade da Copa.”

Na ação, que inclui um pedido de liminar, o Ministério Público Federal requer: 1) que seja determinada a “imediata suspensão” da campanha. 2) que o governo federal seja proibido de fazer outas campanhas publicitárias sobre a Copa que não tenham caráter educativo e informativo. 3) que seja aplicada multa diária de R$ 5 milhões à União e de R$ 1 milhão aos agentes públicos em caso de descumprimento da ordem judicial.

Comentários (3) enviar comentário
  1. Observador disse:

    Essa guerra propagandística mentirosa dos petralhas deve ser combatida por todos: cidadãos, MP, Justiça, servidores públicos, políticos e partidos da oposição, imprensa livre etc. #forapt #foralula #foradilma #foramensaleiros #ptnuncamais

  2. Marcos disse:

    Já não é propaganda,é uma lavagem cerebral comandada pela rede globo(agh)

  3. Carvalho disse:

    A única verdade sobre o PT é que ele é uma grande mentira.

Publicidade
Publicidade

COMODIDADE. Supermercado Online chega ao RN e vira sucesso

VIP

O Rio Grande do Norte ganhou o seu primeiro grande supermercado virtual. No foco dos empreendimentos que aliam comodidade, negócios e mídias digitais, foi instalado no Estado o Supermercado Vip RN, que já atua com destaque em toda Grande Natal.

Semelhante ao que já ocorre nas regiões do Sul e Sudeste, o novo supermercado tem como principal proposta a entrega de compras com o prazo de 24 horas, oferecendo diversidade semelhante a dos grandes empreendimentos físicos e ainda agregando a vantagem do cliente não precisar perder tempo com o trânsito e as filas de supermercado.

Para conhecer um pouco mais esse empreendimento, o Blog do BG entrevistou a empresária Iva Freitas, diretora do Vip RN. Confira:

BLOG DO BG – O que é exatamente o supermercado Vip RN?

Esse é um modelo de empreendimento já muito usado nas regiões Sul e Sudeste e hoje implantado no Rio Grande do Norte pela nossa empresa. O supermercado virtual oferece todo mix de produtos dos grandes supermercados em um site da internet, onde as pessoas fazem as suas compras, pagam no cartão de crédito pelo site ou na entrega, cartão alimentação e/ou dinheiro e recebem os produtos em até 24 horas agendada com o cliente. E o mais importante, o cliente pode pagar na entrega, inclusive passando o cartão.

Compras na internet sempre geram desconfiança pelo aspecto da segurança.

Mas isso não ocorre com o supermercado Vip RN. O nosso sistema foi desenvolvido por técnicos que atuaram nos sistemas dos grandes supermercados virtuais do país e de empresas que já operam com negócios virtuais há muito tempo. Nosso sistema tem o certificado de segurança e, portanto, o cliente, ao nos procurar, tem a garantia que está fazendo um negócio seguro, além de sermos uma empresa local.

Qual o prazo de entrega das compras e qual a média de entregas por dia?

Em até 24 horas o cliente recebe o produto na sua casa. E ainda há outro diferencial. Ele pode fazer as compras a qualquer hora do dia ou da noite e esse prazo será rigorosamente cumprido. Na verdade, hoje estamos entregando muito antes desse prazo de 24 horas. Já estamos entregando 6 compras em media por dia.

O que a empresa da senhora oferece de diferencial além de ter o negócio todo virtual?

Nós estamos oferecendo um grande mix de produtos que vão desde frutas, verduras até bebidas e chocolates importados, passando por material de limpeza, higiene, mercearia. Na verdade, o que o Rio Grande do Norte está recebendo com o Supermercado Vip RN é um grande empreendimento que oferta preço competitivo, comodidade e segurança. Além disso, não apenas entregamos as compras em até 24 horas, mas estamos ofertando o serviço de organizar todas as compras na despensa do cliente pelo nosso entregador.

Organizar compras nos armários. Como assim?

O nosso funcionário ele não apenas entrega os produtos na casa do cliente, mas também organiza todos os produtos nos armários e geladeira do cliente. Obviamente, se assim o cliente desejar. Esse é um serviço gratuito que ofertamos.

O Vip RN está atendendo só em Natal?

Não. Atendemos toda a grande Natal, inclusive os Condomínios de casas como Alphaville, Cidade dos Bosques, Green Clubes dentre outros. Nosso centro de distribuição é em Parnamirim e, nesses primeiros meses de funcionamento, estamos atendendo em toda região da Grande Natal. Mas em breve chegaremos a todo Rio Grande do Norte.

Se quiser conhecer mais o VIP supermercado, acesse esse link: http://www.supermercadoviprn.com.br/

Comentários (4) enviar comentário
  1. Lilian disse:

    Gostaria de saber se o SupermercadoVip ainda atua em Natal? Pois o site indicado acima parece não está funcionando.

  2. Renata disse:

    O site não é encontrado, não abre. Ainda existe esta empresa em Natal?

  3. Junior silva disse:

    Já testei o serviço e esta aprovadissimo!!!

Publicidade

PUBLICIDADE: Mercado repudia MP que está dizimando a atividade no RN

Está na Tribuna do Norte de hoje, comento em baixo da notícia:

O Sindicato das Empresas de Comunicação do Rio Grande do Norte promoveu ontem uma reunião para discutir as ações judiciais impetradas pelo Ministério Público que tentam suspender os contratos de publicidade do Governo estadual. Na reunião, os integrantes do Sindicato avaliaram que as petições do MP estão em contradição com a legalidade e a legitimidade da propaganda institucional e afrontam o papel dos veículos de comunicação que garantem a publicização e contribuem para a transparência dos atos praticados pelo Poder Público.

“As questões abordadas pelo Ministério Público nas ações, como saúde e segurança, são legítimas, mas retirar a verba de publicidade não é a solução para o problema”, destacou o superintendente da InterTV Cabugi, Dirceu Simabucuru. Ele destacou o importante papel desempenhado pela propaganda institucional, inclusive para questões de saúde, como as campanhas educativas de combate à dengue e os alertas para o trânsito e as ações preventivas.

“A publicidade contribui para o exercício da cidadania. É através dos veículos de comunicação que as pessoas ficam sabendo do que está ocorrendo. Acabar com a publicidade pública prejudica de forma significativa a cadeia produtiva de comunicação no Estado”, disse o representante da InterTV Cabugi.

“É um equívoco o que está acontecendo. O orçamento do Governo é de R$ 12 bilhões, a publicidade tem um orçamento de R$ 25 milhões. O auxílio paletó (recebido pelo Ministério Público) é mais do que duas vezes essa verba de propaganda. Não são soluções paliativas que resolverão os problemas do Estado”, destacou Cassiano Arruda, diretor do Novo Jornal. Ele chamou atenção ainda que a verba de publicidade (R$ 25 milhões) representa apenas 0,19% de todo orçamento do Estado para 2014. “O problema não é uma questão de Governo, mas de Estado. A discussão que se faz agora é se a atividade de propaganda é legal ou não é legal. O Rio Grande do Norte é o único Estado do Brasil onde se discute isso”, analisou Cassiano Arruda, ressaltando que em nenhum outro Estado há movimento do Ministério Público para acabar com a verba de publicidade governamental.

Diretor da TV Tropical, o jornalista Jânio Vidal analisou que há questões muito mais relevantes a serem tratadas pelo Ministério Público do que ficar questionando a verba de publicidade do Governo do Estado. “Esse contrato (de publicidade) é legal, ético e moral. As peças do Ministério Público não representam o pensamento legal”, disse Jânio Vidal, lembrando que o assunto já foi levado ao Tribunal de Justiça quando um magistrado de Currais Novos tentou suspender a aplicação da verba de propaganda do Governo. “Naquela ocasião, o desembargador Cláudio Santos, por duas vezes, derrubou a decisão (do juiz de primeira instância, que era favorável a suspensão da verba de publicidade)”, completou.

Na reunião do Sindicato das Empresas de Comunicação do Rio Grande do Norte estavam presentes representantes das rádios Mix, Jovem Pan, 95FM, 104 FM, 96 FM, 98 FM, Rádio Globo Natal, dos jornais TRIBUNA DO NORTE e Novo Jornal, e das emissoras de televisão InterTV Cabugi, TV Tropical, TV Ponta Negra, Band Natal e SimTV.

Do BLOG:

O Ministério Público mais uma vez “atira com a pólvora alheia”, cortar na própria carne que é bom o MP não faz.

Esse blog pode falar com propriedade porque nesses quase três anos nunca recebeu publicidade intistucional que seja de qualquer órgão público.

Se o governo não anda bem na saúde, educação ou segurança, a culpa não é da verba de publicidade, mas da administração. Se procurarmos no Google vamos ver que o só o MP do RN está com esse tipo de ação, o governo federal tem gasto bilhões, bilhões em publicidade de toda ordem e não se ver nenhuma atitude do MP para coibir esse desmantelo, agora o MP do RN está dizimando a atividade da propaganda no RN. Essa é a pura verdade. DIZIMANDO…

Não custa lembrar que esse governo está sem anunciar há quase um ano por impedimentos provocados pelo MP e pela justiça, é justo com uma atividade tão importante mais um ano, ou talvez até mais?

Como fica a população nas campanhas educativas, de prevenção e sociais? Campanhas que dão resultados comprovadamente como na saúde, educação, segurança, transito, mobilidade? Como fica?

A crise no mercado é tão grande, que mais de 100 profissionais já foram demitidos das agencias e veículos, empresas estão a porta de fechar, existe um exercito de publicitários na rua sem trabalho e se continuar dessa forma vai ser a “pá de cal”.

Acho que precisa ter sensibilidade, não é justo uma única atividade pagar um preço tão caro, e principalmente, sem ter culpa por má administração ou por má vontade ou até por perseguição.

Comentários (12) enviar comentário
  1. lepo lepo disse:

    O MP devia abrir mão do auxilio paleto que passa dos 200 milhões kkkkkkkkkkkkk todo mundo defende o SEU, educação, saúde, policia, pergunto pq o o Mercado publicitário do RN que ta falido tb nao pode se defender, pimenta no c. dos outros eh refresco.

  2. Zé Ninguém disse:

    Parabéns ao MP do RN por ter percebido que entre os interesses coletivos/públiocos, a Educação, a Saúde a Educação e o consequente pagamento das remunerações dos diversos trabalhadores do Estado: Efetivos, Contratados, Terceirizados, estagiários, etc.; e a Propaganda Oficial de um Governo que só faz mentir, enganar e descumprir promessas e compromissos, além de provocar desastres após desastres, inclusive atingindo outros poderes com mentiras sobre Orçamento e Limites Fiscais.
    Quando estamos diante de escolhas, temos que priorizar o essencial. Publicidade é um luxo, excetuando-se apenas as necessárias para informação e proteção da população. Um Estadista sabe disso e para de ficar chorando o leite derramado. No mais as empresas não podem viver em função apenas dos contratos com o Estado, pois essa não é uma atividade fim da administração pública. Antes, agora podemos entender as relações imbióticas do poder do governante controlando empresas de comunicação de massas por meio de contratos polpudos…

  3. Eduardo disse:

    Pra continuar mamando nas tetas gordas do estado todo mundo chora, mas não pode ir a um debate que defende a livre iniciativa e culpa o Estado por ser intervencionista demais.

  4. Francisco Dias disse:

    Causa espanto que membros qualificados, líderes de empresas privadas, que defendem a concorrência do mercado, fiquem lambendo feridas ao assumir a dependência do Poder Público. Se não há investimento do Governo procurem nas demais empresas.
    De tempos em tempos aparece notícia que agências do RN ganharam prêmios nacionais de publicidade, contas em outros estados, etc. Para onde lançam essas conquistas?
    As tetas públicas, ou sua falta, desmascaram os arautos liberais. Mostram de forma nua e crua suas incapacidades. Se as Agências são daqueles que só tem um cliente, é melhor procurar um Highlander para vender, porque, fora ele, todos morrem um dia.

  5. paulo kasinsk disse:

    De há muito a publicidade tornou-se a prima-dona de qualquer acontecimento, até para casos de traições. Quando corre o boato de que alguém está sendo traído, vem sempre a expressão "isso é propaganda enganosa". É ela, a propaganda , uma atividade legal e de direito do cidadão à informação; a primeira a ser sacada, como se fosse um cartão crédito que se usa ao bel prazer. Ao enfraquecer a publicidade, o MP fragiliza os veículos de comunicação. É bom lembrar que, indiretamente, o Ministério Público é um dos maiores beneficiários de toda e qualquer verba de publicidade, pois, é através dela, a verba, que as empresas de comunicação se mantêm na ativa e podem, também, dar visibilidades às ações do Ministério, dando ciência de suas atividades e entrevistando seus representantes. Se corta a verba, corta o verbo, que é a palavra que deveria chegar ao cidadão. Foi graças à grita e pressão dos meios de comunicação, que a PEC 37 não foi aprovada. Em sendo aprovada, o Ministério Público perderia seu poder de investigação. Está na hora de o MP rever seus conceitos.

  6. Jonas disse:

    O problema com a verba da publicidade todos sabem mais não falam. É uma verba que nao tem como fiscalizar, vc nao tem como medir, diferente da compra de veiculos,computadores, uma reforma, se
    Comprou, tem que esta la, tem que tombar, diferente da verba de publicidade, quem vai contar propagandas, panfletos, outdoors, enfim fica muito mais facil pra desviar. Acredito que publicidade tem que existir, mais tem que criar uma maneira de controlar isso.

    • bruno disse:

      Isso não é verdade Jonas. Qualquer Governo nessa País só paga publicada com a fatura comprovada de veiculação, seja na TV, radio, impresso e até na blogsfera.

    • bruno disse:

      Não é verdade Jonas, toda publicidade governamental nesse País só é paga com a fatura comprovando a veiculação, seja na TV, Rádio, Impressos ou Net.

  7. Plácido disse:

    Propaganda que nada. São verbas públicas destinadas a manter, em boa parte, muitos veículos de comunicação falidos. Para se ter uma ideia, só no âmbito da União, é destinado mais de um bilhão por ano para muitas emissoras de TV. Dinheiro esse que daria para ser investido em outros sociais setores prioritários e mais urgentes das políticas públicas: educação, saúde, segurança etc. Sem falar que tal verba serve, em muitos casos, para que não se fale mal dos governantes. E se falar mal, que seja de forma amena. Afinal, verba públicas para manter emissoras, boa parte dessas, em crise financeira.

  8. Caico disse:

    Greve na saúde: a população sofre; Greve na educação: a população sofre; Greve na segurança: a população sofre, Greve nos setor de transporte: a população sofre.
    Como seria a greve dos Publicitários?

  9. fean disse:

    Campanhas de saude, a exemplo da dengue, era pra ser contrapartida das concessoes…

  10. Vinicius disse:

    Acredito que as pessoas concordam com o MP, transparência não é conseguida com essas campanhas de "musiquinhas, gente trabalhANDO, melhorANDO, mudANDO, ando, ando, ando…". A verba com publicidade deve ser a menor possível, deve ser TRANSPARENTE e ser direcionada realmente a campanhas educativas.

Publicidade

Nissan vai romper contrato de patrocínio com o Vasco por causa da confusão no jogo com o Atlético/PR

briga

Bolso ainda mais vazio na Série B

vergonhoso espetáculo proporcionado pelas torcidas do Vasco e do Atlético Paranaense doerá no bolso do clube carioca. A Nissan, que patrocina o Vasco desde julho, vai romper o contrato de 7 milhões de reais por ano, que vigoraria por mais três temporadas. A decisão foi da matriz da montadora, horrorizada com as imagens que ganharam o mundo.

Por Lauro Jardim

Comentários (2) enviar comentário
  1. Pablo disse:

    Fonte? Ouviu de quem? Mostre o contrato com cláusula que permite o rompimento de contrato!
    Estou no aguardo

  2. Gustavo disse:

    Excelente exemplo da NISSAN. Tem que ser assim mesmo, pois o brasileiro só aprende quando dói no bolso. Parabéns a NISSAN pela atitude.

Publicidade

Itaú, Bradesco, BB e Skol são as marcas mais valiosas do Brasil. Confiram as maiores

Por Meio & Mensagem

R$ 19,3 bilhões é o número que colocou o Itaú novamente no topo do ranking da Interbrand como marca mais valiosa do Brasil. E a instituição é acompanhada no pódio por dois colegas de setor: o Bradesco, em segundo lugar, e o Banco do Brasil, em terceiro. Apesar de o trio repetir as posições da lista de 2012, todas as três instituições tiveram queda no valor de suas marcas em relação ao ano anterior (confira a variação na tabela abaixo).

Completando o quinteto com maior valor de marca entre as empresas brasileiras estão a cervejaria Skol, quarta colocada, seguida pela Petrobras. O valor acumulado das 25 maiores marcas, R$ 95 bilhões, não é muito diferente do registrado na edição anterior da análise, segundo a Interbrand, mas a posição das cinco mais valiosas representou queda de R$ 5,5 bilhões. A Interbrand justifica o fato pela entrada de novas empresas no ranking e performance das marcas de maior crescimento, que teria diminuído a concentração entre as “top 5”.

As marcas, no geral, registraram crescimento. A 25ª colocada, em 2012 havia entrado no ranking com valor de R$ 250 milhões, ao passo que este ano a Arezzo, estreia no ranking ocupando essa posição com valor de marca de R$ 294 milhões.

Afora o “top 5”, a diversidade é uma característica da lista, apontada pela Interbrand, com a presença de representantes dos setores de moda, tecnologia e seguros. A Porto Seguro, por exemplo, é uma das novatas no ranking, com valor de R$ 475 milhões, na 20ª posição. Já a Hering, 18ª colocada, foi a marca que mais cresceu em valor de marca: 58% sobre o ranking de 2012, batendo os R$ 616 milhões.

A Interbrand desenvolve sua análise com base em três critérios: Resultados Financeiros (geração de valor financeiro dos produtos e serviços vinculados à marca), Papel da Marca (influência no processo de escolha do cliente) e Força da Marca (capacidade de superar a concorrência e garantir a demanda e os ganhos ao longo do tempo).

Leia Mais: http://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/noticias/2013/11/26/Itau-e-a-marca-mais-valiosa-do-Brasil-?utm_campaign=itau_interbrand&utm_source=twitter&utm_medium=twitter#ixzz2lvUPUZgO
Follow us: @meioemensagem on Twitter | Meioemensagem on Facebook

As 25 marcas brasileiras mais valiosas juntas equivalem a R$ 95 bilhões

enviar comentário
Publicidade

Art&C vai conquistando o Nordeste

Mais uma grande conquista para o mercado publicitário potiguar. A agência Art&C, do publicitário Arturo Arruda Câmara, venceu a licitação da Prefeitura Municipal de Aracaju, capital do Sergipe, e será responsável pela publicidade oficial do Município.

Participaram da concorrência agências de São Paulo, Salvador, Recife, Maceió, Natal e da própria Aracaju. A Art&C ficou em primeiro lugar, chegando a 91 pontos. Em segundo, ficou a Base Propaganda, de Aracaju, com 81,4 pontos.

Com a conquista, Aracaju é a terceira capital do Nordeste a fazer parte da carteira de clientes da Art&C. Há 20 dias, a empresa havia conquistado a licitação para gerenciar a publicidade da cidade de João Pessoa, capital da Paraíba.

enviar comentário
Publicidade

BlogdoBG: sempre em frente!!!

O Blog do BG alcançou em outubro 447 mil acessos.

Em junho, uma pesquisa da Consult apontou o blog como o mais acessado de Natal.

Uma pesquisa recente realizada semana passada pelo Shopping Cidade Jardim, com seus clientes,  aplicada pela Perfil Pesquisas, apontou o BG como blog mais lido de Natal e o segundo mais acessado da internet, atrás apenas do site da Tribuna do Norte.

Tivemos, em outubro deste ano, uma media de quase 15 mil acessos diários. Quase o dobro da média diária registrada em outubro do ano passado, na casa dos 8 mil acessos. Foram mais de 600 mil paginas visualizadas e quase 184 mil pessoas nesse sítio virtual.

Para vocês, amigos leitores, terem ideia do alcance do blog hoje,  diariamente atingimos 900 acessos, em média, na cidade de Mossoró.

Em Caicó e Touros são mais de 250 acessos diários, em média. Assu e Pau dos Ferros beiram os 200 acessos dia.

O Blog do BG é lido em mais de 90 municípios do Rio Grande do Norte.

Por tudo isso, podemos afirmar que o Blog do BG é um projeto consolidado.

O que aumenta, e muito, a nossa responsabilidade.

Cometemos erros, sim. Cometemos, assumimos e procuramos corrigí-los com humildade, buscando melhorar sempre.

E atribuímos o aumento constante da nossa audiência à manutenção da linha editorial que anunciamos quando chegamos em 01 de abril de 2011.

Somos um blog ácido e rápido. Não aceitamos anúncios e patrocínio de órgãos públicos. Não prestamos serviços a políticos. E embora tenhamos muitos amigos nessa área, nunca deixamos de publicar qualquer post que não fosse positivo para os mesmos.

Passados 2 anos e 6 meses, continuamos fiel à nossa filosofia de trabalho.

E somos gratos a todos que nos lêem, que nos criticam, que sugerem, que reclamam. Eles nos fazem crescer no dia a dia.

E somos gratos aos parceiros comerciais, que garantem uma ocupação publicitária média de 90 por cento e a Ratts Ratis por todo empenho e dedicação ao BG.

Como fazemos desde o inicio, vamos continuar publicando trimestralmente os números do volume de acessos ao blog. E seguir nosso caminho.

Confiram nossos números de outubro. Um abraço e Valeu a todos!!!

 

Relatório Outubro

Comentários (3) enviar comentário
  1. soraiva disse:

    Não saiu de casa sem antes dar uma passadinha aqui, por ex: são 5:57 da manha.
    adoro esse blog

  2. Professor disse:

    Após intervenção da SME e na Promotoria quanto a carga horária de professores a Escola Municipal Francisca Ferreira teve o Ensino de Artes e de Educação Física cancelado na Educação Infantil no turno vespertino fazendo com as Professoras perdessem seu direito ao Planejamento.
    Também há arbitrariedade na escolha do Professor que foi obrigado a completar carga horária noutra escola, poderia publicar com maior destaque!
    Professor

    • Leonardo Freire disse:

      Infelizmente ainda prevalece no nosso País o pensamento de que o Professor é visto como algo descartável. Enquanto a Educação for vista como algo secundário, teremos que conviver com a ideia de que o Professor terá sempre uma importância menor. Sou Professor de Educação Física e sinto na pele todos esses problemas.

Publicidade