Publicidade

O Inferno Astral de Micarla

A Prefeita de Natal não tem tido sossego, nem muito menos paz. O Inferno astral da Prefeita parece não ter fim. Quando se imaginava que o foco ia sair da sua administração, como foi o caso das greves do Governo Rosalba, volta tudo de novo. Só nos últimos dias, o problema da administração na esfera judicial talvez marque a política Micarla legalmente para o resto da sua carreira.

Não tenho medo de afirmar que os últimos 30 dias da Borboleta na PMN foram, sem dúvida, os piores. Chuvas em demasia para o período, contrato com ITCI, merenda no Fantástico, CEI dos aluguéis, epidemia de dengue, a anulação pela justiça do contrato da empresa que gerencia as UPAs e as Amis, a intervenção na URBANA, para não citar outros, comprovam que realmente não tem sido nada fácil. Se tudo isso já não bastasse ainda tem que enfrentar, pela primeira vez na vida de um gestor da capital, uma movimentação popular nas ruas pedindo a sua saída.

Até a salvação da lavoura que, seriam as obras de mobilidade na cidade por causa da Copa do Mundo, corre grande risco de não sair pelas mãos da Prefeitura. Já existem entendimentos que a Prefeitura legalmente e estruturalmente não tem condições de receber os recursos e tocar as obras.

Nem o bom trabalho de alguns secretários tem sido suficiente para melhorar o desempenho do governo municipal. Na minha concepção, tem muitos secretários fazendo bom trabalho, como são os casos de Tertuliano Pinheiro, Cláudio Propino, André Macedo, Carlos Von Sohsten, Elizabeth Thé e Walter Fonseca, este que tem sido incansável na recuperação da educação municipal.

Alguns me põem dúvida se realmente gostam dela, porém, soube que já estão conversando sobre uma possível candidatura a reeleição. Isso é um desserviço total e, mostra que só estão de olho no poder que está virando impotente na gestão verde.

Conhecendo Micarla, fico imaginando… Como não deve está a mulher Micarla, o ser humano Micarla num turbilhão desses? Quantos realmente estão ao seu lado para ajudá-la sair dessa situação? Não deve ser fácil, mas a Prefeita não tem alternativa, resta a ela buscar força, não sei onde e, tentar concluir seu trabalho de uma maneira eficaz e valente.

 

Comentários (3) enviar comentário
  1. [email protected] disse:

    O desgaste está grande, más o pior é que a humildade da mesma em reconhecer o caos e tentar sair desta passa longe dos seu planos. Micarla a cada dia se supera com decisões erradas e com o nariz impinado.

  2. Romeiro disse:

    Não há quem possa acreditar que ela saia dessa. Natal não merecia chegar a esse ponto. Será que Micarla vai superar o desastre que foi a administração Aldo Tinoco?

  3. Natalino Souza disse:

    Uma administracao marcada pela absoluta falta de gestão, tanto no campo administrativo quanto no campo político, fez da Prefeita Micarla refém do seu próprio estilo e hoje ela está só. Pior, aliada de quem tentou derrota-la. Conclusão: traído pela sua Prefeita o povo lhe deu as costas.

Publicidade

Desaprovação ao Governo Rosalba em Natal chega próximo aos 50%

Na pesquisa Consult, divulgada ontem sobre a aprovação do Governo Rosalba, um dado chamou a atenção, a desaprovação da Rosa em Natal chega quase aos 50%.

A pergunta era: De uma maneira geral, o(a) sr.(a) (você) aprova ou desaprova a administração da Governadora Rosalba, nesses 5 meses de Governo no RN?

Somente Natal                  Total        Norte       Sul       Leste     Oeste

 

APROVA                           25.0%       20.5       28.6       29.1       23.5

 

DESAPROVA               48.0%      54.7     40.8      49.4     45.9

 

NÃO SABE DIZER         27.0 %       24.8      30.6       21.5        30.6

enviar comentário
Publicidade

Dilma: A Presidenta "ultrapassada"

Editorial do Estadao:

Nos primeiros tempos do novo governo, a presidente Dilma Rousseff era aplaudida por duas características que representavam um bem-vindo contraste com o estilo de seu mentor Lula. Para os ouvidos fartos da verborragia do então presidente e para as vistas cansadas das suas incessantes aparições, a economia de palavras e a concentração da sucessora nos seus afazeres foram recebidas com um misto de alívio e otimismo. Assim também os relatos do exame minucioso que dedicava aos assuntos de sua alçada e do rigor com que cobrava da equipe a correção das lacunas ou imperfeições identificadas nos documentos que pousavam na sua mesa de trabalho – a antítese da aversão de Lula pelos textos levados à sua leitura que excedessem um par de páginas.

Mas a política é impiedosa. Bastaram os primeiros sintomas de incerteza nas decisões do Planalto (sobre o reconhecimento de que a inflação começara a voltar e a escolha dos instrumentos para contê-la, por exemplo) e as primeiras rusgas com a balofa base parlamentar governista (sobre cargos e verbas, como sempre) para que as avaliações da conduta presidencial passassem a produzir conclusões diferentes. As suas aparentes virtudes seriam, na realidade, limitações. Se ela fala pouco, é porque, além da inaptidão para se expressar em público, pouco tem a dizer. Se ela dedica tempo e energia a perscrutar com lupa os calhamaços da administração, é porque padece do vício do detalhismo e do gosto tecnocrático pela microgestão, em detrimento do diálogo com as suas forças no Congresso. Foi em meio a essa mudança de louvores para reparos que Dilma sofreu dois golpes.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

Desaprovação a gestão Micarla diminuiu

Em março a pesquisa realizada pelo instituto Consult investigou a administração municipal, identificando que 84.5% dos eleitores natalenses desaprovavam a administração municipal da prefeita Micarla de Souza. Em pesquisa veiculada, hoje, no blog fatorrrh, mostra um novo cenário, desta vez investigado pelo instituto Start, onde a desaprovação da Prefeita foi identificado com um percentual de 72.1%. Com esses números conclui-se que  a desaprovação da prefeita diminuiu 12,4%.

enviar comentário
Publicidade

Nelter do PMDB defende reeleição na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) defende a volta da reeleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. O debate, até a semana passada mantido nos bastidores, passou a ser discutido abertamente nos últimos dias. O deputado peemedebista disse ser simpático ao projeto de recondução. Nélter afirmou que votou a favor do fim da reeleição no ano passado, como uma espécie de freio de arrumação, mas com a perspectiva de que o assunto voltasse a ser discutido este ano, com o início de uma legislatura.
Na minha visão, nós acabamos a reeleição no ano passado para dar um freio de arrumação para, na nova legislatura, rediscutir, disse. De acordo com o deputado do PMDB, os oito parlamentares novatos e Gilson Moura (PV), que não participaram dos debates em torno da reeleição da Mesa Diretora em dezembro do ano passado, não tiveram o direito de discutir o processo.
Depois de seis meses, a gente vê a maioria dos novatos levantando internamente essa questão, mostrando que de 27 casas legislativas, só tem cinco estados da federação que não têm reeleição. Os outros 22 estados têm reeleição, o Ministério Público, que é um órgão fiscalizador da Lei, tem direito a reeleição. Eu sou simpático a esse projeto, argumentou o deputado Nélter Queiroz.
(mais…)

enviar comentário
Publicidade

Contratos das UPAs estão ilegais

O Tribunal de Justiça julgou procedende a ação direta de inconstitucionalidade (ADI) da lei municipal que permitiu as contratações do ITCI, IPAS e da Associação Marca, que prestam serviços na área de saúde para o município de Natal. A ADI movida pelo Ministério Público comprovou várias falhas técnicas na lei aprovada pela Câmara de Vereadores da capital.

Com a decisão do TJ, o contrato da Prefeitura de Natal com a Associação Marca que administra as UPAs e as Amis se torna ilegal. Os contratos com ITCI ( Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social) e IPAS (Instituto Pernambucano de Assistência Social) já não estavam mais em vigor.
(mais…)

enviar comentário
Publicidade

Governo Rosalba não vai ajudar nenhum quadrilha Junina esse ano no RN

O Blog publicou um post passando uma informação do Presidente Liga Independente de Quadrilhas Juninas do Rio Grande do Norte, Humberto Floriano, que as quadrilhas de Mossoró receberiam ajuda para o São João e as de Natal não.

Isaura Rosado, secretária Extraordinária de Cultura do RN, ligou ontem para o Blog do BG para  informar que nunca passou a informação nem por telefone, muito menos pessoalmente ao presidente da Liga Independente de Quadrilhas Juninas do Rio Grande do Norte, Humberto Floriano explicando que as quadrilhas de Mossoró teriam ajuda governamental e as de Natal não.
Segundo a secretária, esta informação não procede. Isaura Rosado afirmou que em razão dos cortes de custos efetuados pelo Governo do Estado nenhuma quadrilha junina contará com a ajuda governamental neste ano.
“A Governadora Rosalba Ciarlini tem toda a disposição e vontade de apoiar a cultura e as manifestações artísticas de todo o Estado. Mas, agora, infelizmente estamos sem poder ajudar”, lamentou Isaura Rosado

Fica registrado a ligação da Professora Isaura. Gente da melhor qualidade.

enviar comentário
Publicidade

Palocci derrubou Kit Gay

Palocci é forte ou não é??????

Portal UOL

A Frente Parlamentar em Defesa da Família ganhou a queda de braço com o governo sobre o kit Escola sem Homofobia, também chamado de kit gay e kit anti-homofobia. A informação foi dada pelo deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) no meio da manhã desta quarta-feira (25).

A suspensão do kit foi confirmada pelo ministro da Secretaria-Gerla da República, Gilberto Carvalho no começo da tarde.

A pressão dos parlamentares dos grupos de evangélicos e católicos foi feita com promessas de convocar o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci para esclarecer a multiplicação do seu patrimônio e de pedir uma CPI (Comissão Parlamentarde Inquérito) da Educação por causa do projeto do material que seria distribuído às escolas para promover a diversidade. No entanto, Carvalho discorda da versão de um acordo: “Não tem toma lá, dá cá”, disse.

Segundo Carvalho, o governo “achou que seria prudente não editar esse material que estava sendo preparado no MEC e a presidente decidiu a supensão desse material, assim como o vídeo que estava sendo preparado por uma ONG”. Ele afirmou também que, a partir de agora, todo material sobre costumes “será feito a partir de uma consulta mais ampla à sociedade”.

Sem convocação nem CPI

Ao conseguir a suspensão do kit antihomofobia, as bancadas evangélica e católica deixaram de pedir a convocação de Palocci e recuaram na abertura de uma CPI da educação.

(mais…)

Comentários (2) enviar comentário
  1. Leleka disse:

    Eu ainda estou sem entender o porquê desta "derrubada" deste kit. Eu acho um absurdo, pois não tem nada demais! O material é sobre COMO ENFRENTAR o preconceito! Porque acabar com o preconceito: NUNCA!!! O BRASIL É UM PAÍS ALTAMENTE PRECONCEITUOSO!

  2. Gaby disse:

    Eu acho que esta reação toda é exagerada. Eu vi alguns dos vídeos e não tem nada demais. O objetivo é fazer com que os adolescentes não sofram preconceito e discriminação, um direito que eles têm.
    O público-alvo são adolescentes de EM, não "crianças" como foi divulgado em diversas mídias. Eles não seram convencidos a ser gays porque, acredite, com 15/16 anos vc já sabe qual a sua opção.
    http://caixasdepandoras.blogspot.com/2011/06/kit-gay-realidade-e-manipulacao_4139.html

Publicidade

Reeleição na Assembleia Legislativa bem encaminhada

Deverá está entrando em pauta nos próximos dias na Assembléia Legislativa a PEC para implantar novamente a reeleição na casa por um mandato na mesma legislatura.

Para a PEC tramitar, ela precisa de oito assinaturas e para ser aprovada precisa de 17 assinaturas, passa fácil. Informações que colhemos é que o Deputado Ricardo Motta tem ampla maioria para aprovar a PEC, ainda não colocou no plenário porque tenta apagar um foco de resistência que está tendo no Deputado Walter Alves, que tinha a esperança de vir assumir no próximo mandato a Presidência, já que existia um compromisso com ele nesse sentido.

enviar comentário
Publicidade

Câmara aprova anistia a desmatador com emenda apresentada por Henrique Alves

Ontem, o governo Dilma sofreu sua primeira derrota no congresso, e de goleada. Para que isso acontecesse foi fundamental o trabalho do Deputado Henrique Alves que usou sua força e seu prestigio de líder do PMDB e colocou toda sua bancada na Câmara para votar contra o projeto da Presidenta Dilma e a favor do projeto do relator Aldo Rabelo. Dilma começou a ver ontem com quantos paus se faz um canoa. No congresso a luz amarela deve ter sido acesa. Ela vai ter que dar o céu e a terra ao PMDB para que o caso Palocci não passe da onde chegou. Podem anotar.

Mesmo o projeto aprovado sendo considerado ruim pelos ambiemtalistas, e inconteste a força e o poder de articulação que o Norte Riograndense Henrique Alves tem no congresso. O deputado deu um verdadeiro show ontem na Câmara costurando e apresentando a emenda que derrotou o Governo. Só para lembrar, esse projeto ainda vai para o senado e caso seja aprovado a Presidente ainda tem o poder de veto. Mas que o recado foi dado isso foi. Segue abaixo reportagem do Estadão:

A Câmara dos Deputados aprovou na noite ontem, por 410 votos a favor, 63 contrários e 1 abstenção, o texto do relator Aldo Rebelo (PC do B-SP) que reforma o Código Florestal. Depois, o governo Dilma Rousseff sofreu sua primeira derrota na Câmara. Por 273 votos a favor, 182 contra e 2 abstenções, os aliados aprovaram a inclusão no Código de concessão de anistia aos produtores que desmataram Áreas de Preservação Permanente (APPs) às margens dos rios e encostas até 2008.

Segundo o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), a emenda apresentada pelo PMDB e apoiada pela maioria dos partidos da base e de oposição foi considerada uma “vergonha” pela presidente Dilma Rousseff.

(mais…)

Comentário (1) enviar comentário
  1. [email protected] disse:

    Henrique deu um show? ja vi que voce é do mesmo time

Publicidade

Governo só tem dinheiro para pagar salários do funcionalismo até setembro

Tribuna do Norte:

Com dificuldades financeiras e um deficit de R$ 180 milhões, o Governo do Estado prevê que só terá orçamento para pagar pessoal até o mês de setembro desse ano. Segundo o chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, as medidas de corte de gastos e diminuição de investimentos servirão para reverter esse deficit. As despesas com folha de pessoal no Orçamento do Estado para 2011 estavam subestimadas e por isso será necessário remanejar e suplementar orçamento.

Essas duas medidas dependem justamente do corte de despesas determinado pela governadora Rosalba Ciarlini. Paulo de Tarso informa que, a partir dos gastos realizados pelo Governo com pessoal até o mês de maio, foi possível determinar o tamanho do déficit anunciado. Trata-se de uma previsão, embasada pelo ritmo de gastos do governo até então. No intuito de conseguir orçamento – e dinheiro – para pagar os servidores no restante do ano, o chefe do gabinete diz ser preciso buscar orçamento em outras secretarias. “O que temos é uma previsão, que pode se tornar real. E caso nada seja feito, essa previsão se torna real no mês de setembro”, diz.

Com a inclusão de diversos pagamentos referentes a 2010 para o ano de 2011, a previsão feita no fim do ano passado dentro do orçamento do Estado se tornou ultrapassada. Paulo de Tarso alega que a comparação entre o mês de janeiro de 2011 e o seu correspondente em 2010 mostra um aumento de despesas com pessoal de R$ 64 milhões. Isso faz com que as despesas de pouco mais de R$ 8 bilhões previstas no fim do ano passado sejam menores do que acontece na prática. “Em orçamento público, a diferença entre receita e despesa necessariamente é zero. Se aumentou a despesa, é preciso aumentar a receita ou teremos de tomar medidas alternativas”, explica.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

PDT instala diretório de Natal no dia 4 de junho

O presidente estadual do PDT, Carlos Eduardo, vai fortalecer sua base partidária na capital. No próximo dia 4 de junho, a legenda promove convenção para instalar o novo diretório de Natal, onde o partido vem sendo representado por uma comissão provisória.

Carlos Eduardo afirma que, além de Natal, serão reestruturados outros diretórios do PDT no interior do Estado. “Todo partido tem projetos políticos e seu crescimento como metas. Com o PDT, não é diferente. Vamos nos empenhar nessa direção”, afirma.

O processo de renovação do diretório em Natal é necessário, pois o corpo dirigente anterior já havia expirado seu prazo estatutário. A comissão provisória foi constituída em março passado, sendo presidida pelo advogado Ricardo Pinto. Além dele, a comissão é composta pela vereadora Sargento Regina, pelo médico e ex-secretário estadual de Saúde, Adelmaro Cavalcanti, pelo empresário Kleber Fernandes e pelo jornalista Fernando Cardoso.

 


enviar comentário
Publicidade