Publicidade

PSDB acusa Dilma e isenta Temer por ilegalidades na eleição-2014

Autor da ação que investiga no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) possível abuso de poder político e econômico da chapa Dilma-Temer de 2014, o PSDB, nas alegações finais entregues à Corte, cita episódios investigados na Operação Lava Jato para tentar incriminar a petista, mas considera o peemedebista isento de “qualquer prática ilícita”.

A ação, que foi apresentada logo após as eleições de 2014, quando o partido era oposição, pode levar à cassação do mandato do atual presidente Michel Temer (PMDB). Hoje, com o impeachment de Dilma Rousseff (PT), o PSDB passou a ser um dos principais partidos da base do governo.

No documento de 22 páginas, os advogados do PSDB citam depoimentos feitos por Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras e um dos principais delatores da Lava Jato, e de Alexandrino Alencar, ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, para mostrar que a campanha de Dilma foi abastecida com propina paga por empreiteiras contratadas pela estatal petrolífera. “Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, afirma que, dessa média de 3% (de propina nos contratos), o que fosse da diretoria de abastecimento, 1% seria repassado para o PP e os 2% restantes ficariam para o PT”.

“A obtenção de recursos nessas circunstâncias caracteriza o abuso do poder político, porquanto as aludidas doações foram feitas em decorrência de promessas de benesses ou de abstenção de criar entraves por parte dos agentes do governo”, dizem os autores da ação.

Em outro trecho, os advogados citam que, durante os depoimentos realizados ao TSE, foi demonstrado que houve destinação de propinas aos partidos que fizeram parte da coligação da chapa presidencial com o PT. Um dos depoimentos que apontaram tal prática foi prestado por Alencar. Segundo ele, a empreiteira pagou um total de R$ 21 milhões em dinheiro vivo a três partidos políticos (Pros, PCdoB e PRB) para comprar tempo de TV para a chapa. O dinheiro, proveniente de caixa 2, foi entregue em hotéis e flats. Os partidos negam irregularidades.

Ao longo do documento, o PSDB também cita outros 22 episódios que, no entendimento deles, confirmariam abuso de poder econômico e político por parte da campanha de Dilma – entre eles, a falta de comprovantes idôneos de parte das despesas da campanha. “A quebra de sigilos bancários e a oitiva delas decorrentes corroboraram a conclusão da perícia realizada no sentido de que parte significativa dos valores oficialmente apresentados como destinados ao pagamento de serviços gráficos em prol de campanha de candidato à presidência da República em 2014 não foi, de fato, direcionado a essa atividade”.

Os tucanos consideram que Temer não deve ser punido porque não cometeu “qualquer prática ilícita” mesmo integrando a chapa de Dilma. Já em relação à petista, o documento diz que “há comprovação cabal de sua responsabilidade pelos abusos ocorridos”.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários (10) enviar comentário
  1. Cleber LIMA disse:

    À hora está chegando 2018.

  2. Ceará Mundão disse:

    Nenhum partido conseguirá superar o PT no mal que fez ao nosso Brasil. Todas as desgraças que estamos vivendo e ainda tem gente tentando defender essa corja. Defendendo suas "boquinhas" perdidas ou em vias de perder. Mas, trabalhar que é bom, não querem.

  3. IB disse:

    Mas foi é golpe não; imagina!

  4. Carlos Bastos disse:

    Que partido é esse, entrou com um pedido de cassação dá chapa Dilma e Temer e agora está no poder mudar tudo esse é o partido do nosso Deputado Rogério Maria que vá acabar de enterrar os trabalhadores do Brasil.

  5. cabral disse:

    Os únicos inocentes, Lula e Dilma foram os únicos punidos.

  6. Marcos Patriota disse:

    Cadê os movimentos que cantavam o Fora Dilma?
    Calaram-se? Se acovardaram?
    E o esquente do Governo Temer está só começando:
    -reforma indevida do Prouni, Ensino Medio, Fies, etc.
    – Reforma da previdencia;
    -Aprovação da Lei de terceirizações;
    – Reforma trabalhista;
    -etc, etc, etc.
    E agora José,para onde?

  7. reno carlos de sousa disse:

    Esse partidozinho psdb se esquece que nesse pais existe uma constituição. …ou partido borreia..2018 tá bem air aguarde!

  8. Eduardo Cosme. disse:

    O Psdb é sem duvidas junto com o pmdb o que nós temos de pior na política podre Brasieira !!!! A final de contas os tucanos foi a sobra do pmdb !!!! Resumindo psdb uma borréia !!!

  9. Ricardo disse:

    Esse PSDB é uma piada. Estão enrolados também e acham que o povo é burro. kkkkkkkkkkk

  10. Marcelo disse:

    Como sempre o PSDB querendo usar sua influência pra manipular as coisas, fazer denúncias seletivas e atacar cirurgicamente nos pontos que são do interesse deles, poder pelo poder, não tem como dissociar essa chapa, se tem erro ai tem que cassar tudo.

Publicidade

Relator pede para TSE marcar julgamento da ação sobre chapa Dilma-Temer

O relator da ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, ministro Herman Benjamin, pediu nesta segunda-feira (27) para a Corte marcar o julgamento do processo.

O TSE apura desde 2015, a pedido do PSDB, se chapa formada por Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014 cometeu abuso de poder político e econômico, recebeu propina e se beneficiou do esquema de corrupção que atuou na Petrobras.

No pedido feito ao tribunal nesta segunda, Herman Benjamin também deu 48 horas para o Ministério Público se manifestar na ação. Na última sexta (24), a Procuradoria-Geral Eleitoral chegou a enviar um documento à Corte eleitoral no qual informou que estava abrindo mão de se manifestar.

Na petição, o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolau Dino, informou que iria aguardar os partidos entregarem as alegações finais para, então, se manifestar.
O prazo para a última manifestação das defesas se encerrou à meia-noite de sexta. Os advogados de PT, PMDB e PSDB apresentaram as alegações dentro do prazo-limite.

 

G1

Comentários (4) enviar comentário
  1. Júnior disse:

    Tem que julgar e tirar, bem como punir com a extinção todos os partidos envolvidos, sejam grandes ou pequenos !!! A começar pelo PMDB e PT sem esquecer quê o PSDB também fez campanha milionária!!!! Devendo também ser investigado para ser extinto também!!!!!!

  2. Carlos Bastos disse:

    Esse PSDB é uma piada pediu a cassação de Dilma e Temer e agora que está mamando nas tetas do Governo pediu nas alegações final para condenar Dilma e absolver o Temer. Kkkkkkkkkkk

  3. Blue disse:

    Com Gilmar, o processo tende a parar.

  4. escritor disse:

    Ma minino. Advinha quem vai pedir.vistas ao processo?. E devolver daqui a 2 anos. Ganha um bombom quem descobrir.

Publicidade

Força Sindical quer regulamentação de contribuição de empregados não filiados

A Força Sindical pretende que a contribuição assistencial, paga aos sindicatos também por trabalhadores não associados, seja incluída na Reforma Trabalhista. Segundo o secretário-geral da Força, João Carlos Gonçalves, o Juruna, outras centrais também estão juntas na reivindicação.

“A contribuição assistencial que os sindicatos têm cobrado está sofrendo um ataque do Ministério Público. Agora, a situação piorou mais ainda com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que impede os sindicatos de receberem a contribuição sindical dos trabalhadores não associados”, disse, em referência a uma decisão tomada pelo STF em fevereiro.

O Supremo manteve o entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de que não é possível cobrar a taxa de empregados não associados. Além da contribuição, que tem o valor acertado em acordo coletivo das categorias, as entidades representativas dos trabalhadores recebem uma contribuição anual, equivalente a um dia de trabalho, de cada assalariado.

Para Juruna, sem os recursos os sindicatos ficarão enfraquecidos. “Isso enfraquece demais os sindicatos nas negociações. Prejudica até os não associados, porque os acordos e convenções coletivas no Brasil são estendidos para sindicalizados e não sindicalizados”, enfatizou.

Na opinião do sindicalista, é necessário que as entidades representativas tenham força, especialmente a partir do momento que o governo quer aumentar o valor das negociações coletivas. “O governo está propondo as negociações coletivas entre sindicatos, trabalhadores e empresários, através do negociado sobre o legislado. Ao cortar a contribuição assistencial como fez o Supremo, isso acaba privilegiando um lado, que é o do patronato”, acrescentou.

Negociação

Juruna, negou, no entanto, que a Força Sindical, junto com outras centrais, negocie a regulamentação da contribuição assistencial com a disposição de amenizar as posições em relação às reformas Previdenciária e trabalhista. Hoje (27), a central divulgou uma carta aberta negando as informações de uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo. Na matéria, é dito que os sindicalistas teriam oferecido uma barganha ao governo: diminuir a pressão contra as reformas em troca de uma medida provisória ou apoio a um projeto de lei que normatizasse a contribuição.

“A matéria da capa da Folha, “Por mais verba, centrais podem apoiar Temer em reformas”, de sábado (25), distorce fatos e induz o leitor a julgar que as centrais sindicais envolvidas nas negociações das reformas da Previdência e trabalhista estão dispostas a aliviar a forte pressão exercida sobre o governo em troca de mais verba sindical. Isso não é verdade”, enfatiza comunicado assinado por Juruna.

O texto recebeu ainda apoio do presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT,) Ricardo Patah. A central também foi citada na reportagem como parte das negociações. “Tal questão nunca foi discutida em nossos fóruns. A UGT não negocia apoio ao governo Temer por mais verbas. Nossa central respeita os trabalhadores e defende seus interesses”, ressaltou Patah.

Hoje à tarde, haverá uma reunião da sede da UGT, no centro de São Pauloa, para discutir uma agenda conjunta de mobilizações contra as reformas Trabalhista e previdenciária. Amanhã (28), os sindicalistas devem ser recebidos pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá, para discutir possíveis vetos ao projeto que regulamenta a terceirização aprovado na semana passada.

Agência Brasil

 

Comentários (6) enviar comentário
  1. Ceará Mundão disse:

    Esse "imposto sindical" é mais uma excrescência brasileira. Se o trabalhador não quer se sindicalizar, ele está dizendo, de forma explícita, q não concorda com tal sindicato e que não aceita financiá-lo.

  2. Blue disse:

    Em relação às reformas

  3. Blue disse:

    Estamos de olho nas Centrais, principalmente quanto às suas posições el rekacao asvrefornas propostas por esse governo sem qualquer popularidade.

  4. Ricardo disse:

    Também seria ético que os não sindicalizados não recebem as conquistas daqueles que pagam, ou seja, o não sindicalizado quer é que os outros lutem por eles e no final covardemente querem auferir as mesmas conquistas. É a famosa "Lei de Gerson". (mania do brasileiro que adora levar vantagem em tudo).

  5. OSWALDO disse:

    Num país que tem mais de 17 mil sindicatos, pode cobrar contribuição até de quem morreu do ano de 1500 para cá, que não dinheiro que sustente essa turma de desocupados!!!

  6. Val Lima disse:

    A decisão do STF foi acertadíssima… Trabalhador não sindicalizado fica desobrigado de recolher a contribuição sindical anual…

Publicidade

VÍDEO: Doria chama Lula de ‘mentiroso’ e ‘o maior cara de pau do Brasil’

Cada vez mais apontado como pré-candidato à eleição presidencial de 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), chamou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “o maior cara de pau do Brasil” em vídeo publicado neste domingo (26) no Facebook.

Lula é cotado para ser o candidato do PT à presidência da República na eleição do ano que vem.

No vídeo de pouco mais de um minuto, Doria afirma que, “como brasileiro, tem o direito de me manifestar, e como brasileiro eu me manifesto contra os mentirosos, contra os falsos e contra os populistas, que agora, depois de terem destruído o Brasil, têm a cara de pau de dizer que vão voltar para resgatar o Brasil.”

O prefeito prossegue: “Resgatar o quê? O Brasil da corrupção, da miséria, da mentira, de 13 milhões de desempregados? Vai continuar essa mentira no seu terreiro, não aqui, o povo não vai aceitar.”

Segurando uma enxada, Doria diz ainda que “esse pau-brasil é dedicado a esse mentiroso, Luiz Inácio Lula da Silva, o maior cara de pau do Brasil”.

As declarações foram feitas durante a participação do prefeito em ação do Programa Calçada Nova – Mutirão Mário Covas, na Lapa, zona oeste da cidade.

Folha de São Paulo e Vídeo via O Antagonista

 

Comentários (18) enviar comentário
  1. Ceará Mundão disse:

    Até agora, está demonstrando zelo com a coisa pública e vontade de trabalhar por sua cidade. Os brasileiros do bem (petistas estão fora, é claro) precisam de alternativas viáveis prá votar. O Dória massacrou o candidato petista em 2016, talvez o pior prefeito que São Paulo já teve, o tal Haddad. Espero que continue a boa atuação que tem demonstrado até agora. Quanto aos petistas, esses não têm jeito: vão continuar adorando seus "bandidos de estimação".

  2. João disse:

    Ei Dória vai toma no c

  3. . ESSES BNDIDOS ERAM PSEUDOS ILUSTRES disse:

    Não se duvida nada de POLÍTICO BRASILEIRO QUANDO ENVOLVEM CORRUPÇÃO , INCLUSIVE DELE (DÓRIA).

  4. Botelho Pinto disse:

    Não defendo ninguém. Quem errou tem que pagar. Quero o que for melhor para o Brasil. Mas… condenar com base em convicção?
    Para mim, quem condena só com convicção é que não merece confiança.

  5. Eterno Vascaino disse:

    Lula não tem ADVERSÁRIO ………

  6. Rafael disse:

    Uma coisa é fazer propaganda populista. A outra são medidas populistas. Doria tem se mostrado uma opção para Presidente. O que dispomos: Lula, Marina, Bolsonaro, Alckmin? Um, como Doria mesmo disse, representa um grupo corrupto, populismo burro, com total desordem fiscal, que apesar de ter trazido alguns avanços, como por exemplo o fortalecimento dos IFRNs, Federais e Ciências sem Fronteiras, manteve o que há de mais espúrio na Política. A outra, Marina, sem pulso. Devera ser uma Dilma piorada. Bolsonaro, representa uma extrema direita em que estamos totalmente despreparados. De positivo, tem incomodado os que se acham de direita, como os Tucanos. Imaginem só, a tucanada se acha de direita. Bando de caciques conservadores que representam tão quanto o atraso dos anos da Petezada. Alckmin nem se fala, representante dessa classe espúria em que o desenvolvimento não é prioridade.

  7. Val Lima disse:

    Dos até aqui lembrados para Presidente… Esse Doria me parece o melhor…

  8. Guilherme Cruz disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, legal é o pessoal defendendo o Luladrão !

  9. marcio disse:

    Lula presidente 2018??? Existe uma parcela muito grande de alienado e gente sem informacao e que se contenta com pouco no nosso Brasil… O dinheiro do bolsa o gato comeu….duvido lulinha paz e amor voltar a ocupar algum cargo nesse pais , muito menos para presidente, quem sabe se ele for pra cuba!!!!

  10. EDER disse:

    ATÉ A PRESENTE DATA JOÃO BOSTA SÓ SERVIU PARA VARRER RUA E LAVAR CALÇADA

    • Flávio disse:

      E TAMBÉM LIMPAR A FILA DE ESPERA POR EXAMES DE IMAGEM COMO TOMOGRAFIAS COMPUTADORIZADA, RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E ULTRASSONOGRAFIAS QUE JA PERDURAVAM FILA COM MAIS DE 1ANO. SE ISSO É SÓ VARRER A RUA ESTOU COM DÚVIDAS.
      AGORA UMA VARREDURA VOCE FEZ, MAS MENTAL, TIROU TODA E QUALQUER TIPO DE INTELIGÊNCIA EM MANTER UMA OPINIÃO RADICAL DE BENFEITORIAS DESSE GOVERNO LADRÃO QUE FOI O DO PT.
      NÃO TENHO VINCULAÇÃO POLÍTICA, TAMPOUCO PREFERÊNCIA PARTIDÁRIA, PORÉM NÃO SOU CEGO DIANTE DOS FATOS E NÃO FICO CEGO SÓ REPETINDO AS PALAVRAS DE GOLPE.
      ACORDA BRASIL, JÁ CHEGA DE SERMOS ENGANADOS. VAMOS ABRIR OS OLHOS PARA QUEM QUER FAZER ALGUMA COISA DE BOA PARA O BRASIL. TAMBÉM SE FIZER MERDA TEM QUE SER FALADO, MAS SE ESTA COM BOA VONTADE E MOSTRANDO QUE PODE SER FEITO VAMOS DAR UM VOTO DE CONFIANÇA E NÃO FICAR FALANDO MERDA.

  11. Paulo disse:

    Parabéns Dória vc vai levar longe, principalmente se ficar longe dessa Corga de ladrões que quebraram o Brasil.

  12. Rômulo disse:

    Lula presidente! Lula 2018!

  13. Eduardo Cosme. disse:

    Quem é o falastrão Doria ???? Falar em populismo !!!! Grande cara de pau, não tem 6 meses de prefeito, Ja , vestiu de Gari, palhaço etc, tudo para enganar o povo inteligente de Sp. Vá trabalhar sem futuro !!!!

  14. greg disse:

    Ciro ataca Moro = descontrolado
    Dória ataca Lula = ninguém fala nada.
    Lula não ataca nenhum dos dois = é o que tem melhor juízo entre os três.

Publicidade

Trancamento da pauta de votações é derrubado pela Comissão de Justiça

Foto: Marcelo Barroso

A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal aprovou nesta manhã (27) recurso de autoria do vereador Kleber Fernandes (PDT) para anular o trancamento Da pauta de votações na Casa. Na sessão ordinária do último dia 23, por solicitação da vereadora Natália Bonavides (PT), o plenário aprovou a votação urgente de 44 vetos pendentes do Executivo, com alguns que remontam a 2013, travando a votação de outras matérias, entre elas o pedido de empréstimo de R$ 204 milhões do instituto NatalPrev, encaminhado pela Prefeitura com pedido de urgência.

Kleber argumentou que o projeto de empréstimo do prefeito foi protocolado primeiro e, por se tratar de um pedido de urgência, já teria trancado a pauta. “Se o pedido de urgência foi acatado pela Mesa Diretora, a pauta já estava trancada e o pedido para apreciação dos vetos que trancou a pauta ocorreu a posteriori. Meu pedido é para que o Regimento Interno seja cumprido”, disse. O recurso recebeu parecer favorável do relator e presidente da comissão, Aldo Clemente (PMB). “O nosso parecer é que, no momento que o presidente da sessão acolheu o requerimento de urgência do prefeito já trancou a pauta. Como se vê, qualquer outra apreciação só poderia ocorrer após a votação da matéria que trancou. Diante disso, opino pelo recebimento do recurso do vereador Kleber, a fim de anular a decisão da Mesa, que acolheu a segunda matéria quando a pauta já estava trancada”, argumentou.

Da oposição, o vereador Sandro Pimentel (PSOL), disse que o recurso é intempestivo. “A apresentação dos vetos foi feita antes da discussão dessa matéria do empréstimo, ou seja, esta não estava sendo discutida ainda. O plenário já até discutiu o veto. O processo já iniciou, a urgência do projeto de lei do empréstimo não foi aprovada, foi solicitada, mas não foi submetida ao plenário, por isso esse recurso perde a essência”, criticou Pimentel.

Outro recurso, este impetrado pela vereadora Nina Souza (PEN), tenta encontrar a solução para a solução dos 44 vetos que já deveriam ter sido votados levando para o plenário resolver como fazer. “O Regimento e a Lei Orgânica dizem que, esgotando o prazo sem deliberação, deve ser incluído na ordem do dia seguinte imediatamente. Se não o fizer, já há jurisprudência para que a referida casa legislativa se reorganize para resolver. O que fazer com os vetos passados que não foram votados? Inserir deliberadamente não é a solução. Casos não previstos serão decididos pelo presidente e submetidos ao plenário para definição”, sugeriu a parlamentar. O relator do recurso de Nina e líder do governo na Casa, vereador Ney Lopes Júnior (PSD) deu parecer favorável. “Regimentalmente estamos amparados porque deveria ter sido votado a urgência do projeto de empréstimo e só e depois partirmos para os vetos”, reforçou.

Ao final, a comissão encartou os dois recursos ao projeto do pedido de empréstimo e determinou que seja levado a Plenário na sessão ordinária desta terça-feira (28). Como até então já estava definido que os vetos seriam votados em sessões extraordinárias nesta terça, quarta e quinta-feira, o presidente da comissão, Aldo Clemente, encaminhou ofício à Presidência da Casa, solicitando que a sessão extraordinária de amanhã (28) seja suspensa, já que os dois recursos aprovados pela comissão ainda irão a plenário e podem comprometer a discussão dos vetos.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Potiguara disse:

    O prefeito manda e desmanda em tudo. Incrível

Publicidade

Pezão dará à Odebrecht duas opções: ou vende o Maracanã ou reassume o estádio

A francesa Lagardére está com a mão na taça para ficar com o Maracanã. Por dois motivos simples:

1) A GL Events desistiu do jogo.

2) Luiz Fernando Pezão tem dito privadamente que o governo do Rio de Janeiro não quer fazer nova licitação para o estádio. E que dará à Odebrecht, que hoje tem apenas cinco funcionários no Maracanã, duas opções: ou conclui a venda ou reassume o estádio.

Assim, sobra somente a Lagardére.

Lauro Jardim – O Globo

enviar comentário
Publicidade

‘Não tenho vontade de ser candidato se o Lula for’, diz Ciro Gomes

Foto: Diego Padgurschi/Folhapress

Ex-ministro de Lula, Ciro Gomes (PDT-CE) torce para que o petista não concorra à Presidência. Pelo país (“seria um desserviço”) e por ele, que se vende como o nome progressista para 2018. “Não tenho a menor vontade de ser candidato se o Lula for”, diz.

Ele já tentou chegar ao Planalto em 1998 (11% dos votos) e 2002 (12%). Diz o anedotário político que, na última tentativa, morreu pela boca, ao chamar um eleitor de “burro” e dizer que Patricia Pillar, então sua esposa, tinha o crucial papel de “dormir comigo”.

A língua continua afiada. Em uma hora de conversa, critica o “farsante” João Doria, o “exibicionista” Sergio Moro e o “golpista” Michel Temer.

*

Folha – Em outubro, o sr. disse que Lula brincou de Deus e se queimou. Ele seria seu maior rival?
Ciro Gomes – Temos longa história de parcerias e diferenças. Votei nele em 1989 [no segundo turno], 2002 e 2006. Na Dilma em 2010 e 2014. Entretanto, acho que nesse momento a candidatura do Lula desserve a ele e ao país. Na melhor das hipóteses, ganha e projeta essa confrontação odienta que está rachando o país. Mas a probabilidade de polarizar e perder é muito alta.

É hora do PT apoiá-lo?
A natureza do PT, e é legítimo isso, é ter candidato próprio. Talvez o ideal fosse apresentar uma nova liderança.

Em 2008, a Folha o questionou se aceitaria ser vice de Lula. O sr. respondeu: “Admito ser qualquer coisa. Não fui ministro com a maior honra?”
Serei bastante categórico: não serei vice de ninguém.

Em vídeo, o sr. aparece dizendo que ele é “um merda” que não é “inocente de nada”.
As pessoas editam. Falaram: “Você é um aliado do Lula, o Lula é um merda”. Eu disse: “O Lula é um merda, mas tem direito a presunção de inocência”. É totalmente o oposto do que pareceu [no vídeo, um manifestante questiona: “Onde é que na história está escrito que o Lula é inocente, doutor?” Ciro: “Inocente nada, o Lula é um merda”].

Marina Silva é a única, em Datafolha de dezembro, que venceria Lula no segundo turno.
Veja, Marina é uma boa pessoa. Mas não tem visão administrativa. Hostiliza, no simbólico, o agronegócio, a mineração. Evidentemente nada autoriza nenhum deles a nenhum tipo de abuso. Mas o descuido da Marina com a vida real faz com que ela apresente, como sua única proposta que conheço concreta, uma aberração, que é a independência do Banco Central.

Bolsonaro tem 9% das intenções de voto, quase o dobro do que o sr. registra [5%].
Há um pensamento que se representa no que Bolsonaro diz, e que tem direito de se expressar. E taticamente ele presta ao país um serviço, pois esse eleitorado do antipetismo se concentrava todo no PSDB.

O que representa o avanço de um candidato tão extremista?
Esse pensamento sempre existiu. O que fez foi sair do armário, pela debacle do PT. Nós do mundo progressista deixamos parte da população imaginar que nosso apreço aos direitos humanos parece contemporizar com a impunidade. Há pessoas que imaginam soluções toscas, que veem muita verdade em “bandido bom é bandido morto”.

Temer, a quem você chama de golpista salafrário, disse que será o presidente mais nordestino que o país já teve.
Bote aí que dei uma risada. Ele, para além de ser essa coisa constrangedora de chefe de quadrilha, sendo um velho e notório malversador de dinheiros públicos, virou chefe de um governo de patetas.

O sr. disse que o “dr. da Lava Jato [Sergio Moro] errou”.
O exibicionismo midiático, ir ao Facebook agradecer o apoio de todos, as gravatinhas borboletas em todo tipo de solenidade, a confraternização descuidada com possíveis réus, a fraude com a gravação da presidente [divulgação do grampo de ligação entre Dilma e Lula] –o que nos EUA é considerado traição e gera até pena de morte, só para ter a relativização dessa leviandade. Isso tudo semeia a semente de matar essa coisa importante que seria a Lava Jato, que ainda pode ser o momento de virada na impunidade. Mandar prender um blogueiro, tem uma coisa patológica nisso. Não falo com prazer, falo com dor. Operação Satiagraha? Anulada inteira. Daniel Dantas, culpado de tudo? Tá com atestado de inocente.

Em entrevista, o sr. criticou a condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães, desafiou Moro a prendê-lo e disse que receberia “a turma dele na bala”. O que quis dizer?
Desta vez foi um blogueiro, mas amanhã pode ser um repórter da Folha. Não está certo. No momento que o país passa por um golpe de Estado, não podemos nos acovardar diante do autoritarismo.

O sr. disse que prefere mil vezes Bolsonaro ao prefeito de SP, João Doria. Por quê?
Antes eu perguntei se, entre os dois, vale morrer. Dito isso, prefiro um cara tosco e franco a um farsante. Conheço [Doria] de longuíssima data. O antipolítico, o empresário… Tem dois probleminhas básicos [nessa imagem]. Doria foi chefe da Embratur no governo Sarney. Saiu debaixo de muitas irregularidades no Tribunal de Contas da União e foi violentamente criticado por uma propaganda do turismo brasileiro com bundas de mulher na praia, estimulando claramente o turismo sexual. A segunda coisa: Doria reforçou muito a grande fortuna dele, do liberal, com dinheiro público dos governos do PSDB de Minas e SP, por exemplo.

Doria afirmou que o sr. é emocionalmente instável. Não é o primeiro. Você tem um problema de temperamento?
Não me parece. Quem deve dizer isso é o meu psiquiatra.

O sr. tem um psiquiatra?
Não [risos]. Mas repare uma coisa: tenho 37 anos de vida pública. Não tenho rádio, TV, empresa, nunca aceitei receber as pensões imorais que a Legislação me deu direito. Isso tudo me faz um cara meio estranho mesmo. E o que dizem de mim é que eu sou o cara que fala muito, que fala as coisas por destempero. Não é. Arroubos, se algum ser humano não tiver, me ensine.

Muitos políticos fazem “media training” para contê-los.
Já fiz com os melhores do mundo.

Carrega alguma lição?
[Uma especialista] sempre me estimulou a manter minha linguagem, meu sotaque, meu jeito de ser. Só tenho como ferramenta minha língua. Fui governador, prefeito, comandei a economia como ministro da Fazenda, fui ministro da Integração Nacional. Eu que fiz este projeto do rio São Francisco que tá cheio de pai, e vai ver se não entreguei serenamente essas tarefas?

Donald Trump, outro acusado de destempero, virou presidente dos EUA. O estilo “direto ao ponto” virou um ativo?
Em tempos bicudos, as pessoas procuram franqueza. Estão percebendo que um dos elementos fracos da política é o moralismo de goela pra depois roubar. Nunca tive tanta audiência nessa vida.

Já ser de esquerda hoje parece um passivo no mundo todo.
Não vejo esse pensamento de direita florescer, não. Por que o Trump é de direita? Populista, sim, ok. Mas a vitória dele foi importante. Ele representa a negação da perversão neoliberal. E, no Brasil, o problema não é de direita e esquerda. A política econômica do Lula é igual à do FHC.

O sr. já passou por sete partidos. Começou no PDS, sucessor do militar Arena. Por que tanto troca-troca?
Meu problema é que eu tento ser correto. Ajudo a fundar o PSDB, por exemplo. Elegemos o FHC, que escolhe o PFL [atual DEM] para vice, diz para o povo esquecer o que ele escreveu, faz o PMDB entrar no governo com Eliseu Padilha, Romero Jucá, essa mesma turma. Para ser coerente, fico ali calado ou criando caso?

Acha que eleição deve ter financiamento público?
Em 1995, escrevi um livro com Mangabeira Unger [“Uma Alternativa Prática ao Neoliberalismo”]. Está lá que devíamos ter voto distrital misto, lista fechada e financiamento público de campanhas. Evidentemente que hoje não posso aceitar que essas ideias sejam feitas pelo expediente golpista dos canalhocratas querendo escapar da severidade do voto popular.

Aceitaria para sua campanha dinheiro de empreiteiras envolvidas na Lava Jato?
Se a lei permitir, sem dúvida. O que é corrupto é ter toma lá dá cá, superfaturar obras, exigir propina. No Brasil estamos confundindo corrupto com empresa. Isso é sandice.

O sr. é próximo de algum político envolvido na Lava Jato?
Sempre fui muito amigo do Aécio [Neves]. É constrangedor. Do Ciro Nogueira [presidente do PP]. Quem mais? O Léo Pinheiro [ex-presidente da OAS]. O que pega é catapora.

O sr. é acusado de truculência no trato com manifestantes, como rasgar cartazes.
Vou ali conversar sem segurança, a pessoa esfrega papel no seu rosto, o que você faz? Me liga a cunhada à 1h30 dizendo que ameaçam de morte meu irmão. Vou deixar bater nele? Sou pessoa física, não tenho cargo de majestade.

Qual sua estratégia para 2018?
Tenho que manter minha intransigência sem parecer um cara incapaz de dialogar e tenho que olhar para o futuro, se Lula é candidato ou não.

Recuaria com Lula no páreo?
Não tenho a menor vontade de ser candidato se o Lula for. Menos em homenagem a ele e mais porque a tendência é ele polarizar o processo. E eu ficar falando de modelo econômico… Vou ter um papel nobre, vou lá para meus 12%, 15% no mínimo, mas daí dizer para o povo que acredito que vou ser presidente… Não consigo mentir desse jeito.

Folha de São Paulo

Comentários (10) enviar comentário
  1. Ceará Mundão disse:

    Já mudou mais de partido do que eu de camisa. Já foi da direita (ARENA e PDS) e agora quer se passar por esquerdista pois já viu que é a única turma que ainda poderá apoiá-lo. É um maluco perigosíssimo, pois é mais inteligente e preparado que o Collor, que também tinha "aquilo roxo". É um enorme engodo político. Embora o eleitor brasileiro demonstre gostar de ser enganado, não creio que a candidatura desse sujeito prospere. Mais parece ser outro lacaio do Lula, louco prá mamar mais um pouco nas tetas governamentais. É como peixe, morre pela própria boca.

  2. joacy disse:

    vou pra posse de lula em 2019.

  3. DUBODE disse:

    Esse todos os dias muda de partido,oportunista,so tem voto no Ceará,onde manda no governo do estado e na prefeitura!!!!!!

  4. cabral disse:

    #Bolsonaro2018 via colocar vocês 2 no bolso.

  5. Fran disse:

    Porcarias como Ciro Gomes têm voz porque a imprensa brasileira, que também é um lixo, o concede espaço. Nunca deixou de ser bravateiro e metido a coronel do sertão. O Nordeste brasileiro adora produzir merdas como ele.

  6. Eleitor disse:

    amarelando…

  7. JUNIOR disse:

    Acho que ele foi até coerente, menos é óbvio, quando acha que Lula é gente e que Dilma foi vítima de "Goipe" ai é demais né?

  8. guilherme disse:

    conversa de bandido e a mesma de lula

  9. cabral disse:

    Este merece respeito. Reconhece a lenda que é lula2018.

    • Gaudêncio Gomes disse:

      Cada um tem o herói que merece. Uns gostam de justiceiros, outros de bem feitores, outros de humanitários. Mas escolher o maior farsante que a política brasileira já fabricou é demais. Esse Cabral precisa ir a um psiquiatra, umas doses gigantes de remédio controlado fará muito bem as distrofias mentais. Tadinho!!

Publicidade

Congressistas avaliam que fim do foro privilegiado vai deixar País ingovernável

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Congressistas contrários ao fim da prerrogativa de foro avaliam que o País ficará ingovernável com a medida. Como a regra cairá para todos, do presidente da República, a ministros do STF, todos ficarão a mercê de juízes de primeira instância.

Coluna do Estadão – Andreza Matais e Marcelo de Moraes

Comentários (17) enviar comentário
  1. Ceará Mundão disse:

    O grande problema no Brasil é o eterno casuísmo em que se enfrenta os problemas no país. Há que se pensar em soluções independentes do momento atual pelo qual atravessa o Brasil. O fato dessa enorme roubalheira descoberta nos governos petistas chega a atrapalhar a busca de soluções imparciais, que sirvam para qualquer situação que o país atravesse. É inadmissível, por exemplo, que os parlamentares federais fiquem à mercê de qualquer juízo no território nacional. Imagine-se a bagunça que isso geraria.

  2. Ceará Mundão disse:

    Essa discussão precisa mudar de nível. Parece inadmissível que as autoridades brasileiras (todas) fiquem à mercê de qualquer juízo, em qualquer local do país. Isso instituiria o caos, com certeza. Mas poderia-se diminuir o rol de autoridades sujeitas ao foro especial e, talvez, pudesse ser criada uma alternativa à atual realidade em que todos vão parar nos tribunais superiores, já sufocados por outras ações. Um meio termo à atual situação.

  3. Cabral disse:

    vai sobrar algum político limpo quando retirarem o foro privilegiado???? e olha o quanto eles falaram mal dos militares… e acabaram fazendo muuuuiiiito pior….

  4. Albafares disse:

    Será que eles estão com medo do Moro, aí fala em juízes de 1ª instância

  5. Albafares disse:

    Roubar pode ir para a cadeia não era só o que me faltava.

  6. Jofran disse:

    A verdade é que o problema não está na existência do "Foro Privilegiado". Mas sim na inoperância e lentidão do STF, QUE TEM SIDO INCAPAZ DE FUNCIONAR ALÉM DO TRADICIONAL PROTEGER E ATACAR.
    O STF precisa mudar!

  7. Paulo Cardoso disse:

    O brasil ainda não está ingovernável mas está desgovernado e quem se sente necessitado de foro privilegiado é quem está predisposto a cometer crime

  8. Jv disse:

    Ingovernável está, por conta da inlindade que existe

  9. cabral disse:

    Não existe maior declaração de corrupção do que esta.

  10. Fran disse:

    É a primeira vez que ouço falar que com a prisão ou interdição de políticos corruptos, um país ficaria ingovernável.

  11. INDIGNADO! disse:

    Quem não deve, não teme! Agora já os ladrões corruptos…

  12. Curioso disse:

    Nem todo mundo é corrupto. Com certeza existe político integro também.

  13. Foraptzadacorruptos disse:

    É se não tivesse tantos bandidos e ladrões não precisaria se incomodar com isso.
    Quem sabe tirando toda a quadrilha,assim não consertaria esse país.

  14. paulor disse:

    É por essa proteção que existe tento roubo nesse pais sem lei…vcs não são melhores do que ninguém , isso é bom porque vcs pensaram duas vezes antes de fazer besteira…

Publicidade

Desvios no Idema/RN: Senador e deputados são citados em delações

O portal G1-RN teve acesso a um documento em que constam homologações pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux em 3 de março. Ainda em sigilo, elas se referem as delações premiadas celebradas entre o Ministério Público Federal, o Ministério Público potiguar, o ex-diretor administrativo do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) e uma professora universitária.

Segundo a reportagem, um senador da República e dois deputados federais do Rio Grande do Norte foram citados em delações premiadas celebradas. As citações são relativas ao esquema de desvios dentro do Idema que resultou na deflagração da operação Candeeiro, em setembro de 2015.

Ainda segundo a reportagem, Luiz Fux lembra, no documento, que a Operação Candeeiro investigou “esquema de corrupção desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no âmbito do Idema”. Ainda não se sabe quem são os políticos citados por Gutson Reinaldo e Vilma Rejane nas delações, mas o ministro esclarece que “em face da menção dos colaboradores ao envolvimento de parlamentares federais, especificamente dois deputados federais e um senador, nos fatos delituosos, configura-se a competência do Supremo Tribunal Federal para a homologação dos acordos”.

Veja mais detalhes aqui

Comentários (16) enviar comentário
  1. Ceará Mundão disse:

    Claro que chegará o momento em que o povo ficará sabendo de quem se trata. Quanto a alguns comentários sem noção por aqui, já tivemos MUITOS vazamentos de delações envolvendo políticos de todas as cores partidárias. Inclusive, vazamentos citando políticos do PSDB, sempre lembrados pelos petistas (amor eterno rola entre eles). Portanto, não procede essa conversa de vazamentos seletivos. Isso é papo de petista tentando "se limpar".

  2. Nilda de Araújo Lima disse:

    Por que não colocam os nomes do Senador e demais envolvidos ?

  3. Balanar disse:

    Impressionante o tamanho das costas desses políticoa, resultado: não vai dá em nada!!!

  4. Maria Lúcia Ferreira disse:

    Qdo vão citar os nomes dos políticos envolvidos? Vamos o povo quer saber quem são os ladrões. FAMOSOS.

  5. Helio disse:

    FaFaFatalmente iremos saber…

  6. Marcos Bilro Júnior disse:

    Dizem que JáJá saberemos, mas fico tb preocupado que esse processo demore uns 9.090 anos, daí ficarei GáGá e não saberei nunca quem danado tava misturado e escondido nesse saco preto de danadices do Idema.,…né?

  7. Juca disse:

    Já Já saberemos . . .

  8. Luiz Gomes disse:

    Todos leitores já deduzem quem são só parlamentares Candeeeiros. Certamente, se vc ligado à esquerda já estaria na manchete.

  9. Maria Lúcia Ferreira disse:

    Tem que um político, é o cabeça da quadrilha.

  10. Impertinente disse:

    E por que não revelam os nomes?
    Porque não são do PT?
    Ah, esqueci esse detalhe.

    • Ceará Mundão disse:

      Comentário tendencioso, "cumpanhero". Já foram divulgados muitos vazamentos de delações envolvendo políticos de TODAS as cores partidárias, inclusive de alguns que são sempre lembrados por vocês, petistas. Não é verdade?

  11. vida de brasileiro é dura. disse:

    Todo dinheiro e tempo investidos nessa operação não prendera qualquer politico do RN. Pode prender sim, qualquer outras pessoas. BRASIL!!!!!!

  12. Val Lima disse:

    Quem serão??!!Rsrsrsrs

  13. escritor disse:

    Deve ser um senador de outro Estado. Não acredito que seja daqui do RN. Acaba vazando. Jajá a gente sabe.

  14. Zé lizin disse:

    Vamos ver no que dar!!!

Publicidade
Publicidade

Lista fechada para proteger investigados é ‘tiro no pé’, dizem especialistas

Parlamentares de diferentes partidos e juristas vêm defendendo uma mudança no sistema eleitoral para que, nas eleições de 2018, os eleitores votem nas chamadas listas fechadas das legendas.

Os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o relator da reforma política, deputado Vicente Cândido (PT-SP), têm discursado a favor do sistema nos últimos dias. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso também defendeu a medida.

Por esse sistema, os partidos relacionam os candidatos em uma lista pré-ordenada e os eleitores votam na legenda e não diretamente no candidato. São eleitos os primeiros nomes da lista, de acordo com o número de cadeiras a que o partido tiver direito.

Críticos da medida dizem que, com a proposta, dirigentes partidários que defendem esse modelo querem proteger parlamentares investigados na Operação Lava Jato e viabilizar suas reeleições, para que mantenham o foro privilegiado.
“Não tem espaço neste momento para o Congresso aprovar a lista fechada já que, no entendimento da sociedade brasileira, isso viria no intuito de amanhã poder acobertar parlamentares que não teriam a condição de poder enfrentar a sociedade, os seus eleitores e pedir o voto”, argumentou o líder do DEM, Ronaldo Caiado.

O presidente Michel Temer diz não ter simpatia pela lista fechada. “Há muita resistência a isso. Se eu pudesse dizer, falaria que a melhor forma é do voto majoritário”, disse.
‘Tiro no pé’

Especialistas ouvidos afirmam que, se proteger parlamentares for o objetivo por trás da defesa da lista fechada, os partidos podem acabar dando “um tiro no pé”. Na visão deles, ter candidatos investigados na lista pode tirar votos da legenda.

“Pode ser um tiro no pé porque se um partido tentar proteger algum político, colocando esse político que tem enrosco com a Justiça dentro de uma lista partidária, de modo a garantir que ele seja eleito mesmo com os seus problemas, esse cara vai contaminar a lista inteira”, opinou o cientista político da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) Cláudio Couto.

“Ou seja, o partido pode estar, na realidade, produzindo uma derrota coletiva por causa de um único nome”, completou.
O professor de Ciência Política da Universidade de Brasília (UnB) David Fleischer reconhece que a defesa de lista fechada pode ser uma tentativa para blindar parlamentares investigados, mas diz que a inclusão de alvos da Lava Jato em uma lista pode ser explorada por adversários contra o partido.
“Se eu fosse um adversário de um partido que colocou esses ‘lava jatos’ no topo da lista, eu ia até a televisão defender o meu partido e mostrar as listas. Iria dizer: ‘esse partido aí escondeu esses caras na lista’, daria nome aos bois. As campanhas podem explorar isso. É um risco que os partidos correm”, expôs.

“Se você faz uma lista só de investigados na Lava Jato, o eleitor não vota nessa lista. O eleitor não é burro”, complementou o professor de Ciência Política da UnB João Paulo Peixoto.

 

G1

 

Comentários (4) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Vergonha!

  2. Amon Carlos de Oliveira disse:

    digo fechada

  3. Amon Carlos de Oliveira disse:

    Caso prospere o projeto de lista fecha o nosso pais dará um passo importante para ser uma republica constituida de bandidos, não devemos aceitar o que poderá acontecer será o fim do que ainda resta.

  4. Fora temer disse:

    há país desmoralizado esse Brasil de guerra.

Publicidade

Lula e Temer estão com o discurso afinado

Em uma conversa com um petista estrelado, Michel Temer disse que Lula pode, sim, substitui-lo em 2018. Os dois estão afinados. Lula tem dito que seria importante para o país a permanência de Temer até o fim do mandato.

 

Veja

Comentários (25) enviar comentário
  1. maria disse:

    Mais um factoide!!! quá, quá,quá…

  2. Ana Maria disse:

    Povo brasileiro pedir Intervenção Militar ê nossa única salvação Acabar com os 3 poderes que só tem bandidos

  3. jacil disse:

    FORA TEMER , AÉCIO, BOLSOCHEIO, CUNHA, ROBINSON E SEUS SEGUIDORES GOLPISTAS.

  4. jacil disse:

    FORA TEMER

  5. Comedor de Coxinhas disse:

    Eita povo gado.
    A veja diz e o gado faz " Mooommmm"
    Quem sustenta esse corrupto do temer é o PSDB/DEM, GADO!

    • Netto disse:

      Aí o PT convida o PMDB para anos de suruba e quando é obrigado a vestir a roupa e ir embora, sai posando de santa.
      Eita povo gado. A Carta Capital e o gado fazem "muuuuuuuuu".
      Quem ajudou a sustentar Temer também foi o PT. Que partido entregou nacos da administração de "porteira fechada" ao PMDB?

    • Ceará Mundão disse:

      O PT só chegou ao poder após aliar-se ao PMDB. O Temer foi vice duas vezes e foi votado por vocês, petistas. Petistas e peemedebistas formaram uma grande ORCRIM, com a participação do PP e de outros políticos de outros partidos, saquearam o nosso Brasil e dividiram o butim. Agora, vêm os fanáticos militantes do PT desconhecer seus antigos aliados, como se não tivessem nada com isso. É demais.

  6. Jean disse:

    Qualquer notícia tipo "fake" é facilmente assimilada e reproduzida sem se pensar um pouco sobre ela. Basta nos agradar ou favorecer nosso ponto de vista, que saímos divulgando sem sequer checar a veracidade da informação.
    Esta mais do que claro que diante do contexto essa é mais uma tentativa vil de se tentar queimar a imagem de Lula, que desponta em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de votos para voltar a presidência em 2018.
    Colar em Temer hoje é tão desnecessário como mortal, tal seu grau de degradação e desgaste. Coisa que o PSDB de Aécio e Serra já sentem e se movimentam para deixá-lo no momento oportuno.
    Deixem de ser inocentes e entendam que nossa mídia é amestrada e escreve por encomenda ´paga adiantada.
    Acordem!

  7. Claudomiro Jr disse:

    Com a palavra os membros da Seita dos Mistérios Gososos do Lulopetismo.

  8. Getro lucas disse:

    São farinhas do mesmo cunho….já dizia Leonel Brizola.

  9. Blue disse:

    Uma vergonha!

  10. Albafares disse:

    Em que mundo esses políticos vivem eles acham que vão se perpetuar no poder, que eu saiba ainda existe opinião pública nesse país. Não é porque eles mandaram prender empresários jogaram milhares de trabalhadores a própria sorte e sairam impunes com seus patrimônios gigantescamente maiores, que a população do Brasil vai avalisar tamanha bestialidade

  11. Fran disse:

    Dois vagabundo maldidos! Cadeia ou cemitério!

  12. carlos disse:

    Algemar os dois e mais algumas centenas de políticos corruptos. Jogar em alto mar. Quem escapar está vre.O BS: Não avisar nem o dia nem o local. Se divulgar os colegas vão salvar. Ou corja de safados.

  13. Fora temer disse:

    Meu povo vamos dar um troco bem dado esses políticos sábados bandidos covardes, vamos tirar de cena o pmdb PT psdb dem, vamos de bolsonaro pra botar esses bandidos pra fora do país. É só nós querer um simples toque na hora de votar.

  14. Fora temer disse:

    dois bandidos e enganadores do povo.

  15. Netto disse:

    -Tirou-se que Dilma que estava afundando a economia;
    -Temer faz o "bad cop", tocando as reformas impopulares.
    -Lula faz o "good cop" satanizando-as e ganhando capital político (ou quem ele apoie);
    -Aí volta em 19 e nada faz para desmanchá-las (é bem besta de fazer).
    -Então, o país fica no ciclo de poupar em anos ímpares e gastar nos pares (de eleição).

    Novamente se joga para platéia, por exemplo, se recebe dinheiro de companhia área para fazer as suas vontades, mas joga para os compartilhadores de besteria de Facebook o papo de 'elite que não quer pobre em aeroporto". Condenados eternamente a vôos de galinha.

  16. Eduardo Cosme. disse:

    A imprensa suja do Brasil, está doida!!!!!

  17. Roberto disse:

    Aguardem corruptos, em 2018 o povo vai mostrar quem manda nesse cabaré chamado BRASIL.

  18. Maria Lúcia Ferreira disse:

    A coisa ridícula!

  19. Cobre disse:

    Kkk essa foi boa um babando o outro sem pra o outro ter retorno vagabundos os dois

  20. Paulo Cardoso disse:

    O jogo político é muito mais sujo do que muitos de nós consegui imaginar. Toda encenação, o impedimento de Dilma, as acusações à lula, a transferência do poder ao pmdb e quem deles tem perdido mais que o povo. Quanta podridão

  21. Lorena disse:

    Dois marginal junto, o povo vai da o troco bandidos

Publicidade