Publicidade

Promater suspende atendimento de emergência de usuários da UNIMED

O hospital Promater suspendeu os atendimentos de urgência dos usuários da Unimed de Pediatria e Ginecologia/Obstetrícia, devido à superlotação. Veja comunicado abaixo:

Comentários (5) enviar comentário
  1. Cobre disse:

    e particular da Amil exclui a Unimed descriminação grande

  2. Frasqueirino disse:

    Que descriminação é Essa? É para priorizar o atendimento dos clientes AMIL?

  3. Edu disse:

    A nossa saúde está um caos, quem tem plano passa umas 5 horas para fazer e receber exames, se precisar de internação, fica numa fila enorme; e quem não tem plano de saúde?

  4. Blue disse:

    Absurdo!

  5. Lair solano vale disse:

    Boa noite. As dificuldades de atendimento na rede privada também é uma realidade que precisamos enfrentar, principalmente depois do fechamento do PAPI aí em Natal . Como pediatria e obstetricia não tem OPME ou outros "atrativos" ninguém quer investir para criar mais atendimento e leitos . Quero lembrar que temos uma unidade de atendimento em Pediatria que faz um ótimo trabalho , situada próximo a Rua Roberto Freire, seu nome PRONTOCLINICA.
    Só para lembrar aos que não sabem , ao governo federal interessa atender no SUS os clientes com planos de saúde, sabem porque ? As prefeituras gastam com esses pacientes , nada recebem , em compensação o GOVERNO FEDERAL Recebe com uma tabela de valores altissimos dos respectivos planos de saúde, isso écobque se chama de RESARCIMENTO AO SUS. Inté bfs a todos

Publicidade

Pagamentos de propinas continuaram após Lava Jato, diz Emílio Odebrecht

Por FOLHAPRESS

Odebrecht informou na sua delação premiada que só pôs fim aos pagamentos de propina e caixa dois feitos pela empresa mais de um ano após o início da Operação Lava Jato. O patriarca da empreiteira, Emílio Odebrecht, contou ao Ministério Público Federal que deu ordens para acabar com repasses ilícitos somente após a prisão do filho Marcelo, então presidente do grupo, em junho de 2015.

Com a detenção do filho, Emílio voltou ao comando do grupo. A determinação, segundo ele, foi de paralisar inclusive pagamentos atrasados.

Ele mencionou um episódio envolvendo o marqueteiro Duda Mendonça como exemplo a funcionários sobre as novas diretrizes a serem seguidas na empreiteira. “Os compromissos que existiam estavam mortos”, disse.

Quando Marcelo foi preso, a Lava Jato estava em curso havia um ano e três meses –a primeira fase foi deflagrada em março de 2014.

“Quando eu, logo uma semana depois [da prisão de Marcelo Odebrecht], oficializava a entrada no Newton [de Souza] como presidente substituindo o Marcelo e ao mesmo tempo definia uma série de regras dentro da organização foi que daí para frente terminou o caixa dois, zerava, os compromissos que existiam morreram, [a ordem era] desfazer tudo, não existe mais”, afirmou Emílio.

Até então, estava acertado que a Odebrecht pagaria uma dívida de três campanhas a Duda, entre elas a da campanha de Paulo Skaf (PMDB) ao governo de SP em 2014.

Após semanas de cobranças e tentativas frustradas de acordo, chegou-se a ao entendimento de que a empreiteira compraria de Duda um terreno no sul da Bahia por um preço maior do que o real, de forma a quitar as dívidas. “Seria uma superfaturamento do terreno”, afirmou Emílio.

A Odebrecht chegou a pagar algumas parcelas por meio de uma operação simulada em que usou uma antiga parceira, a DAG Engenheira, a mesma que foi chamada a fazer repasses ao Instituto Lula.

Com a decisão de pôr fim ao pagamento de propinas, Emílio pediu, então, para desfazer o combinado, mas o terreno ainda estava em nome de Duda -ou seja, na versão do empresário, o marqueteiro ficou com parte dos recursos e a propriedade do terreno.

“Mandei desmanchar o negócio, preferi que [Duda] ficasse nos devendo do que a gente pra ele. Ele que ficou me devendo. Tenho um crédito com Duda, que não está registrado”, disse. “O meu papel foi o de ser cobrado por Duda. Podia ser R$ 1 ou ser R$ 100. Eu não tinha mais dinheiro de caixa dois”, ressaltou.

O patriarca disse ainda que ficou “tranquilo” do “ponto de vista moral”, pois havia feito algum pagamento ao publicitário e ainda devolveu o terreno, mostrando que havia “honrado o compromisso”.

Duda procurou o Ministério Público para fazer delação, mas sua proposta foi rejeitada, e ele acabou firmando acordo com a Polícia Federal.

Na gravação em que relata o episódio, Emílio dá a entender que foi provocado a detalhar o fato posteriormente à tentativa de colaboração do marqueteiro. Isso irritou os advogados de Duda, que creem que os procuradores usaram na delação da Odebrecht informações cedidas por eles na tentativa de acordo.

CONTINUIDADE

Mesmo após a prisão de Marcelo Odebrecht e das novas determinações de Emílio, alguns pagamentos continuaram, conforme delação de Fernando Reis, ex-presidente da Odebrecht Ambiental.

Ele contou que acertou, com Marcelo, repasses de propina a Ademir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras. As negociações foram feitas em maio de 2015: R$ 3 milhões em três parcelas. O acerto aconteceu um mês antes de Marcelo ser preso no escopo da operação.

“Esses pagamentos foram realizados, um deles inclusive dois dias antes da prisão de Marcelo, e como a gente já tinha instruído o departamento e também os operadores financeiros, esses pagamentos foram feitos depois da prisão, porque uma vez que estavam instruídos a fazer, não teve como reverter”, declarou.

OUTRO LADO

A defesa de Duda Mendonça não se manifestou. Aldemir Bendine tem declarado que nunca pediu ou recebeu propina nem autorizou que qualquer pessoa negociasse pagamentos ilegais em seu nome.

Disse ainda que, durante suas gestões no Banco do Brasil e na Petrobras, jamais atuou ou prometeu atuar, para favorecer interesses da Odebrecht ou de qualquer outra empresa.

Comentários (2) enviar comentário
  1. O herói do Sertão disse:

    Confisco total, Devolvam o que é nosso!

  2. MR disse:

    FORCA EM PRAÇA PÚBLICA PARA ESSES EMPRESÁRIOS E POLÍTICOS LADRÕES DO DINHEIRO PÚBLICO!!!

Publicidade

AMPERN emite Nota sobre os fatos ocorridos na sede da Procuradoria-Geral de Justiça nesta sexta

Veja Nota abaixo:

 

A ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE – AMPERN, ainda consternada com os atos de extrema violência praticados no dia de hoje (24/03) na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, vem a público manifestar o seu repúdio ante a agressão praticada contra seus associados e contra a Instituição do Ministério Público e, ao mesmo tempo, se solidarizar com os Promotores de Justiça Jovino Pereira da Costa Sobrinho e Wendell Beetoven Ribeiro Agra, atingidos pelos disparos, e com o Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis, provavelmente o alvo principal do ataque, que por uma providência divina não foi atingido.

​Por outro lado, agradecemos todo o apoio recebido da sociedade em geral e, particularmente, dos operadores do SAMU e do Hospital Walfredo Gurgel, cujo zelo e qualificação de seus profissionais, foram essenciais para se evitar uma tragédia de dimensões ainda maiores, além do Secretário Municipal de Saúde, Dr. Luiz Roberto Fonseca, que participava de um evento na PGJ e prontamente prestou os primeiros socorros às vítimas.

Ressaltamos que à luz da dignidade da pessoa humana não há qualquer justificativa aceitável para as agressões perpetradas hoje, notadamente se decorrentes de mera divergência de ideias ou da discordância quanto a diretrizes administrativas.

Por outro lado, espera que o autor dos crimes seja preso o quanto antes, e punido com a seriedade devida, na forma da Lei, ao mesmo tempo em que pede o apoio da sociedade em geral para denunciar à Secretaria de Defesa Social e Segurança Pública (ligue 181) repassando qualquer dado que possa auxiliar na captura do autor de tais atos e, consequentemente, na aplicação da lei.

Orando a Deus pelo pronto restabelecimento dos associados Jovino Pereira da Costa Sobrinho e Wendell Beetoven Ribeiro Agra, além de igual restabelecimento do trauma psicológico quanto a outros membros e servidores, especialmente aqueles que presenciaram o triste acontecimento, desde já conclamamos a todos que fazem o Ministério Público para retomarmos as atividades da Instituição com a mesma garra, empenho e disposição de sempre, enfrentando com coragem a vida com todas as suas dimensões, lutando sempre por Justiça, paz e realização, com a maior eficiência possível, dos direitos da sociedade potiguar.

​Natal/RN, em 24 de março de 2017.

FERNANDO BATISTA DE VASCONCELOS
Presidente da AMPERN

Comentários (4) enviar comentário
  1. Hoje disse:

    Agora vão usar todo o seu poder pra trucidar o rapaz, que também foi vítima do se próprio surto.

  2. Sérgio disse:

    O povo potyguar está é muito consternado e pelo funcionário que infelizmente é a grande vítima desse o corrido!!!

  3. Servidor disse:

    O MP adoeceu.

    Servidores doentes, membros indiferentes. Os ex-colegas que encontro do breve período que ali passei ocupando cargo comissionado me dão um panorama de entristecer e de estarrecer. Ainda me comunico com vários deles, pois o MP/RN é daqueles locais pitorescos para quem quer estudar a alma humana e suas mazelas, ainda que só como observador. Mantenho vários ex-colegas nas redes sociais. Há poucos dias acompanhei uma discussão no facebook de um deles a respeito de reclamação do sindicato (a que nunca me filiei, diga-se de passagem) sobre recente determinação do PGJ de fazer obrigar os servidores a entrarem com seus carros unicamente pelo "portão dos fundos" do prédio, ainda que estivessem apenas sendo deixados no trabalho por seus cônjuges. Veja bem, esses servidores sequer estacionariam seus carros, estavam de carona tentando entrar no trabalho pelo portão que fica mais próximo da porta de entrada do prédio, como deve parecer óbvio…Pare aqui, caro membro, caso ainda esteja lendo. Tente se imaginar nessa situação embaraçosa, pra dizer o mínimo. Pense no lugar daquele servidor que trabalha com você todos os dias, tem família pra sustentar, filhos, contas a pagar etc. Imagine você tentando entrar no seu local de trabalho, de carona com seu cônjuge, com seu filho no carro, e sendo "barrado" no portão mais próximo da entrada por ter havido determinação no sentido de que por ali só entra promotor e procurador e que você – servidor, ou seja, um "zé ninguém" – tem de dar a volta em todo o quarteirão e entrar pela "porta de trás" do órgão. Humilhante – e ainda por cima esse constrangimento se deu na frente da sua família. Não, a mim não me pareceu mero "ato falho" da Administração. Deve ter sido algo muito bem pensado por essa gestão. E não é algo isolado. Já vi ali de um tudo. É servidor obrigado a servir cafezinho, a dirigir carro oficial tendo feito concurso pra outra função, servidor ordenado a "arrumar gavetas" quando falta energia, ordenado a retornar do hospital onde acompanha filho doente para que a chefe "não perca prazo de trabalho" a apresentar para postular o "innovare", a dar plantão sem direito à folga, viajar à trabalho sem direito à diária, servidor convidado à provar que se ausentou porque realmente perdeu um pai/mãe apesar de ter apresentado atestado comprovando tal condição, servidor que não tem o ponto abonado (e o dia de salário descontado) por ter ido ao enterro do pai em outro estado, servidor sendo exonerado por telefone, membro mandando servidora "pegar seus troços e sair da sala", por ter conseguido "removê-la" pra outro lugar, servidora exonerada porque pagou viagem nas férias já programadas e não quis cancelá-las, servidor sendo dispensado no meio de uma licença médica por depressão, servidor vivendo sob contínua ameaça de exoneração, como me pareceu ser o caso do rapaz que, num verdadeiro ato de loucura, atirou contra dois promotores na sexta-feira. Sim, precisamos falar sobre Guilherme. Li a carta que escreveu e fiquei abismado, pois se percebe, claramente, que esse cara surtou. Não o conheço, mas de todas as pessoas com quem falei ouvi que se tratava de um servidor pacato, boa gente e gentil até. Estavam todos, portanto, chocados não só com os fatos, mas em saber do autor dos fatos, tido por todos como alguém "incapaz de fazer mal a uma mosca". Por isso entendo que é chegada a hora de falar sobre o tipo de ambiente de trabalho que transforma servidores pacatos em atiradores. Foi uma tragédia, isso é inegável. E não é isso que está em discussão. O dia 24/03/17 marcará a vida de todos ali, negativamente, para sempre. Foi surreal. Deixará sequelas, para membros e servidores. Mas demanda uma profunda reflexão de todos ali, pois está evidente que o MP/RN "adoeceu", por assim dizer. Também é preciso dizer que essa gestão será inesquecível, não só por esse acontecimento trágico, mas também pelas inúmeras brigas institucionais que não raro paravam nos jornais. Era uma escalada de ódio que não parava mais. Era feio demais! E acabava resvalando nos servidores que nada tinham a ver com isso. A gestão de Rinaldo Reis será lembrada como a gestão que levou o MP a adoecer e ir parar na UTI em matéria de relações humanas e institucionais. E, por algum motivo, virou um ambiente hostil para os servidores, que deveriam ser tratados como colaboradores, não humilhados e reduzidos. Senhores membros, tenham a nobreza de fazer essa reflexão, pois ela é fundamental para que se restaure o equilíbrio ali, se é que é possível, num ambiente que produz servidores depressivos e revoltados. Sabemos que há assédio moral em vários órgãos públicos. Mas ali no MP/RN há uma situação que precisa ser urgentemente revertida. Chegou-se aos extremos. E é preciso admitir que em ambiente de trabalho onde se cultiva o ódio e a beligerância, o inesperado um dia acaba por acontecer. Não continuem indiferentes a tudo isso! Pessoalmente, sei que há muitos membros que são gente boa. É nesses que deposito a esperança de que o MP um dia volte a ser o que era antes: um bom ambiente de trabalho também para o servidor e não um ambiente onde reina a hostilidade e a indiferença para com este e para com sua saúde mental e bem-estar. É preciso cultivar a paz e o respeito no trabalho. Mais humanidade! Mais amor, por favor!

    Reflitam sobre isso.

  4. Roberto disse:

    Esses promotores pensam quê estão acima de Deus, antes de humilhar de desmoralizar, um ser humano, se lembrem do dia 24 bando de hipócritas.

Publicidade

Governo do Estado confirma construção de Parque Urbano na Via Costeira, no antigo Vale das Cascatas

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), construirá um Parque Urbano onde atualmente estão localizados os pinheiros da Via Costeira, local que abrigou durante muitos anos o Camping Club Vale das Cascatas.

A área que pertencia à Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Norte (Datanorte), foi cedida ao IDEMA, por determinação do Governador Robinson Faria, no último mês de fevereiro e o órgão ambiental com o apoio de arquitetos da Secretaria Estadual de Turismo e Secretaria de Infraestrutura trabalham no projeto e viabilização da construção do Parque.

O terreno conta com aproximadamente 30.000m² de área. A sociedade civil também foi ouvida em relação à construção do novo parque. Serão utilizados os recursos previstos no orçamento do próprio Instituto para a criação e manutenção de Parques e Unidades de Conservação. “O projeto principal foi desenvolvido pela arquiteta e ex-aluna da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Érica Mendes, durante o seu trabalho de conclusão de curso em 2014. A nossa equipe, cuja a autora do projeto também faz parte, está trabalhando na elaboração dos projetos complementares de acessibilidade, elétrico, estrutural e de drenagem. Após essa conclusão, será aberto o processo de licitação”, afirmou o Diretor-Geral do IDEMA, Rondinelle Oliveira.

O Parque Urbano que será construído na Via Costeira será mais uma opção de lazer para a população de Natal e também para turistas e contará com quatro quadras de areia, sendo três delas de menor área, destinadas a esportes com rede, como voleibol, futevôlei, e uma com maior área, para esportes como futebol, handebol, entre outros. Haverá espaço para pic nic, pista para prática de skate e patins, academia pública para idosos, área com equipamentos esportivos (barras verticais, horizontais, paralelas), além de uma pista de cooper por todo o terreno e um espaçoso estacionamento.

“Seguindo as diretrizes do projeto, preservaremos as áreas arborizadas que inclusive são utilizadas para confraternizações, programação de família e até para a prática de esportes”, ressaltou Rondinelle.

A Avenida Senador Dinarte Mariz, conhecida como Via Costeira, é uma via expressa e litorânea com aproximadamente 10km de extensão, muito utilizada para caminhadas e prática de esportes. O local também é ponto de grande visitação turística uma vez que abriga os maiores hotéis da cidade. Por ser considerada “Área Especial de Interesse Turístico”, a via é monitorada 24 horas por dia por algumas das câmeras instaladas ao longo do litoral potiguar.

Comentários (15) enviar comentário
  1. Tiago Galego disse:

    Souza, realmente a forma de gerenciar esse projeto é o ponto a ser questionado. Todas as outras capitais tem infra estrutura. Natal e o RN parecem parar no tempo. Tudo aqui é complicado, travado. Parece que as pessoas querem morar numa eterna provincia. Hotel Reis Magos tá um lixo. Querem demolir e fazer algo de uso da populacao e tem orgaos e gente contra. Querem da outra cara a Roberto Freire e ja vetaram. Há quem diga q o entorno do arena foi desnecessario. Natal vai crescer como?? Sempre haverá perdas e ganhos em varios segmentos.

  2. Tiago Galego disse:

    Realmente o grande problema do nosso povo é a ignorancia. A via costeira é a nossa orla, já está pronta. Precisamos de infra instrutura e projetos como este para usufruto da população. Lazer e entretenimento fazem parte de todo cidadão que se preza. O recurso é para este fim e ponto final. Saude, educação, segurança..etc são outras áreas e com os recursos que lhe cabem. Bola dentro.

    • Souza disse:

      Concordo com você, Tiago. O problema é o modelo adotado.
      Poderia ser feito um amplo estacionamento (que já está quase pronto) com quiosques arrendados e mirantes e sob a fiscalização do estado. Seria um área de lazer da população e um ponto turístico e que geraria, inclusive, renda ao Estado.
      Uma área com segurança que pudesse ser usada pra quem quer ir à praia ou simplesmente parar e apreciar a vista.
      Esses equipamentos que estão querendo colocar, como quadras e academias serão mantidos por quem? Tudo isso demanda recursos, um bom planejamento e vontade de fazer a coisa certa, que o Estado não tem.
      O interesse é só fazer uma obra e inaugurar. E só!

  3. Souza disse:

    Não vai dar certo. Vai ser mais uma área sem manutenção. Quadras de esportes precisam de manutenção constante e, como sabemos, os nossos pseudo administradores não administram nada. Só querem saber de inaugurar. Vai ficar pronto e depois vai ser deixado de lado até se acabar e precisar fazer outro projeto, gastando muito mais dinheiro.
    E durante o período de degradação, como acontece com qualquer praça da capital potiguar, vai ser o paraíso dos drogados e criminosos.

  4. Rubinho barros. disse:

    Showww

  5. Carla disse:

    Deveria fazer um parque da pegacao onde todos iriam afim de se pegarem é algo mais

  6. joacy disse:

    Melhor deixar como está, assim a beira mar fica mais limpa.

  7. Luciana Morais Gama disse:

    Pq não faz um leilão desse terreno, garanto que uma grande rede hoteleira vai querer participar e empreender. O dinheiro vai reforçar o caixa. Há ia esquecendo, tem pessoas contra, para não prejudicar o seu negócio, ou melhor o seu hotel.

    • Almeida disse:

      Olá BG , esse terreno já se encontrar em Leilão, desde 2009. O mesmo está penhorado judicialmente, Não se pode construir nada até que seja resolvida a questão da penhora.

  8. Jacyra disse:

    Deveria colocar o pagamento dos salários do funcionalismo em dia, pra depois fazer parque. INVESTIR NA SEGURANÇA PÚBLICA. POIS ESTAMOS SENDO RENDIDOS POR BANDIDOS EM TODAS AS PARTES DA CIDADE. CADÊ O GOVERNADOR DA SEGURANÇA???????????

  9. Edu disse:

    Excelente idéia, vai ser um dos parques mais bonitos do País, servindo não só a turistas, com também, para nossa população.

  10. paulo disse:

    BG
    O governo Garibaldi desapropriou uma coisa que funcionava plenamente para lazer dos sócios e não fez NADA, estava servindo ultimamente para criminosos e drogados. São os "políticos" Brasileiros que de 04 em 04 ou de 08 em 08-anos aparecem com a maior cara de pau para pedir votos, começam e não terminam suas promessas. Vamos ver se em 2018 o povo vai mandar para aposentadorias esses "políticos".

  11. EDER disse:

    PENSAMENTA DE JUMENTO ; VAI SER TRANSFORMADO EM PARQUE DE FAROFEIROS!!!
    É MELHOR DESTINAR PARA OUTRO HOTEL 6 ESTRELAS.
    ALÉM DE REDER DINHEIRO NO PREGÃO TRARÁ RENDA AO ESTADO

  12. M. D. R. disse:

    Tanto recursos para investimento e ñ tem recursos para o pagamento do funcionalismo.
    Dinheiro para esse Governo é buraco sem FUNDO.

Publicidade

Procon estadual flagra itens vencidos do setor frigorífico em supermercado em Mossoró

Cerca de 100 produtos do setor frigorífico de uma rede de supermecados que atua em Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte, foram apreendidos e descartados em uma fiscalização de rotina do Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-RN) em parceria com o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-RN). O flagra aconteceu no último sábado, na loja do Alto de São Manoel do Supermercado Rebouças, na Capital do Oeste.

Após a verificação das irregularidades, em uma fiscalização de rotina, o Procon-RN lançou a “Operação De Olho na Validade”. Até o final desta semana, novas ações devem ser feitas em outros estabelecimentos mossoroenses. Confira detalhes da apreensão e medidas do Procon-RN em texto na íntegra do Novo Jornal aqui

enviar comentário
Publicidade

Confira programação do Carnaval em Natal nesta segunda-feira

Por interino

Comentários (2) enviar comentário
  1. Vassilios disse:

    Horário das 17 horas em Petrópolis está errado, cheguei lá e não tinha começado ainda.

  2. Edi disse:

    O carnaval de Natal, em alguns pólos está tomando ares elitizada. A exemplo do Largo do Atheneu e praça dos gringos, em ponta negra. Nestes locais há uma fiscalização intensiva e coercitiva por parte da Prefeitura.
    Já em outros locais, tudo corre frouxo. Há de se imaginar um protengionismo em favor dos comerciantes local acima narrado em desfavor dos ambulantes.

Publicidade

Prefeita de Mossoró anuncia pagamento de dezembro de mais de 62% do funcionalismo e assegura salários de março e abril

Por Interino

 

Os servidores municipais vão receber os salários de dezembro deixados em atraso pela gestão anterior a partir do dia 13 de março. O anúncio foi feito pela prefeita Rosalba Ciarlini em reunião realizada no final da tarde desta quarta (22) com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum).

Ficou definido que o servidor que ganha até R$ 1.200 (1.626 funcionários) receberá o salário integral no dia 13 de março. Já quem ganha a partir de 1.200 a 2.200 (1.747 servidores) receberá no dia 10 de abril. Com isso, funcionários que se enquadram na primeira faixa receberão três meses (fevereiro – dia 24; dezembro- dia 13 de março e março – dia 30).

Com os pagamentos definidos até abril, 3.373 servidores receberão os salários atrasados de dezembro, representando 62,5% do funcionalismo com os débitos quitados. “Estamos fazendo um grande esforço e priorizando a folha de pagamento do servidor”, exaltou a prefeita, que citou ainda que diante das dificuldades financeiras está pagando inicialmente os servidores com menor salário e que representam a maioria no quadro efetivo do Município.

A prefeita também assegurou ao Sindiserpum os salários de março e abril em dia. Uma nova reunião ficou definida para o dia 03 de maio, quando serão discutidos os pagamentos que restam do funcionalismo. “Vamos avaliar, de acordo com o comportamento da receita, para liquidar o restante”, conclui a prefeita.

Confira o calendário de pagamento definido em audiência:

13/03 – salários até R$ 1.200 ( atrasados de dezembro)

30/03 – salários de março

10/04 – salários de R$ 1.200 a R$ 2.200 ( atrasados de dezembro)

28/04 – salários de abril

Comentários (2) enviar comentário
  1. Guilhermina Alecrim disse:

    Salario é obrigatório. Não é favor ou ato merecedor de elogio.

    • Ceará Mundão disse:

      Em terra de cego, quem tem um olho é rei. Embora obrigação, poucos estão pagando em dias.

Publicidade

CUMPADRE: Natal ganha excelente opção gastronômica para as madrugadas

Jurandir, Bezerra, Manoel e João agora fazem parte da equipe do Cumpadre.

 

A noite de Natal ganha uma excelente opção para aqueles que gostam de uma boa culinária combinada um ambiente confortável, climatizado e com boa música.

A tradicional Peixada do Cumpadre, no bairro de Candelária, em frente a Delegacia do bairro, passa funcionar nas terças e quartas até as 2h, quinta a sábado até as 5h, e no domingo até às 0h, com um cardápio internacional, massas e caldos.

A casa reforçou a equipes com os garçons João, Bezerra e Jurandir, que durante muitos anos atenderam uma vasta clientela no tradicional Bella Napoli. O estabelecimento também passa a contar com o Piano de Manoelzinho, com seu repertório que agrada a quem gosta de uma boa música e uma boemia.

Peixada do Cumpadre – Av. Prudente de Morais, 6767, Candelária.
FONE: 2010-9222

Comentários (14) enviar comentário
  1. inamar disse:

    Valeu, Seu Manoel, arroche o colorau!

  2. Evandro de Oliveira Borges disse:

    Beleza. Já frequento o local. E agora melhor ainda.

  3. Blue disse:

    Excelente!!!

  4. Thazia Maia disse:

    Parabéns pela excelente aquisição.
    Jurandir e CIA.
    Não conheço o CUMPADRE, mas juntarei umas amigas e iremos aí conhecer e curtir o piano comandado por Manoelito e rever essas pessoas tão especiais Jurandir, Bezerra e João.

  5. Soriedem disse:

    João de Passa e Fica? O melhor Garção de Natal!!!

  6. FRASQUEIRINO disse:

    Boa pedida.

  7. Guilhermina Alecrim disse:

    Que bom, ter Manoel, com seu piano maravilhoso!!

  8. Alexandre Magno disse:

    Maravilha . Isso é muito bom pra Natal. Espero que tenh sucesso . A noite de Natal está muito ficando muito pobre com essa onda de violência.

  9. Alexandre Magno disse:

    Maravilha . Isso é muito bom pra Natal. Espero que tenh sucesso

  10. Ricardo Pinto disse:

    Excelente!
    Resta saber se os clientes estarão seguros na madrugada?!
    Gostarei muito de me sentir assim, pois o ambiente e a comida são excelentes. Além claro, da cerveja sempre geladíssima!

  11. Danniel disse:

    Muito bom para a cidade

  12. Observador (o verdadeiro) disse:

    Me agrada, irei almoçar em breve.

  13. magnolia disse:

    Ótimo.Maravilhoso.Parabéns!

Publicidade

PM e PRF prendem fugitivos de Alcaçuz e do sistema prisional cearense

Em operações distintas, as polícias Militar e Rodoviária Federal, prenderam na noite dessa segunda-feira(07), três fugitivos do sistema prisional potiguar e cearense. As prisões ocorreram na capital e no município de São Gonçalo do Amarante.

A primeira prisão ocorreu decorrente de denúncia ao 181. Na ocasião, PMs do Bope, Rocam e Força Tática se dirigiram a “Favela do Japão”, na Zona Oeste de Natal, e prenderam em uma casa abandonada um fugitivo da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. Ele confessou ter fugido do presídio durante o perídio de rebelião e motim iniciado em 14 de janeiro. Um outro fugitivo da unidade prisional de Nísia Floresta também foi preso na rua.

Também na noite, a PRF prendeu um suspeito durante uma abordagem a uma motocicleta, na BR-406, em São Gonçalo do Amarante. Na ocasião, sua documentação foi verificada, suspeitas levantadas, e a constatação: mais um fugitivo de Alcaçuz. Ainda na mesma rodovia, um suspeito que caminhava na via foi abordado, e também constatado que se trata de mais um foragido: dessa vez, do sistema prisional do estado do Ceará.

enviar comentário
Publicidade

Temer autoriza emprego de Forças Armadas no Espírito Santo

Foto: Alan Marques/Folhapress

Atendendo a pedido do governador em exercício do Espírito Santo, César Colnago, o presidente Michel Temer autorizou o emprego das Forças Armadas para ajudar no policiamento das ruas do Estado, cuja população enfrenta graves problemas de segurança desde a última sexta-feira (3) com o início da paralisação dos trabalhos pela Polícia Militar local.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, conversou com o governador Colnago na noite de domingo e nesta segunda-feira (6) falou com Temer, que aceitou o pedido para emprego dos militares na garantia da Lei e da Ordem (GLO) e os preparativos estão sendo realizados, conforme informou o jornal “O Estado de S. Paulo”.

No final da tarde desta segunda, Jungmann irá ao Espírito Santo para acompanhar a situação. Os policiais militares estão reivindicando reajuste salarial e pagamento de benefícios. A greve acabou desencadeando uma onda de violência no Estado e insegurança na população.

A Justiça estadual já decretou a ilegalidade da greve e determinou que os manifestantes saiam das portas dos quartéis, liberando para que os militares possam sair para trabalhar nas ruas.

UOL

Comentários (2) enviar comentário
  1. Potyguar disse:

    O Brasil em guerra civil. Reforma do Código Penal já ou coisas piores poderão acontecer.

Publicidade

Médico de Marisa Letícia pede punição de colegas zombeteiros

O doutor Roberto Kalil Filho dá entrevista em frente do Hospital Sírio Libanês em São PauloO cardiologista Roberto Kalil Filho, médico do ex-presidente Lula e de Marisa Letícia, criticou o comportamento dos colegas que vazaram e comentaram, com escárnio, informações sigilosas sobre o estado de saúde da ex-primeira-dama durante o período em que ficou internada no Hospital Sírio-Libanês.

O caso revelado pelo jornal carioca O Globo, foi tema de artigo publicado pelo médico no jornal Folha de S. Paulo deste domingo. No texto, Kalil afirmou que a atitude dos profissionais foi uma afronta à dignidade humana e pede a punição dos envolvidos.

Comentários (10) enviar comentário
  1. Dedé disse:

    Sem sombra de dúvidas, faltaram com respeito a vida, a dignidade humana, mas o que devemos dizer do velório, da fala enlameada nos discursos, das afirmações declaratórias de responsabilidade pela morte da velada? Isso é tudo normal? Então isso pode e outras coisas não?

  2. Steve Junior disse:

    Zombeteiros nada, são sim fascistas, sem ética, deformidade humana, isso sim!

  3. Roberto disse:

    Se fosse um pobre um pobre doutor, o senhor estaria fazendo essa palhaçada que o senhor está fazendo, tava não safado porquê o pobre não chega nem na porta desse hospital, deixe de ser covarde querendo prejudicar um profissional dá sua área médica pra agradar um bandido.

  4. Flauberto Wagner disse:

    As posições políticas partidárias nunca e em tempo deve instrumento para a quebra da ética e do decoro profissional, no caso em tela por mais que as figuras envolvidas tenham contas ajustar com o povo e justiça brasileira, os médicos com suas atitudes comportamentais e desrespeitosas ultrajaram não só o juramento de Hipocrates mas acima de tudo o respeito pelo próximo em um momento de dor e de luto. Tenho muitas e muitas aversões a Lula e sua turma acho e espero que sejam punidos em conformidade com a lei, agora jamais e em tempo nenhum eu usaria de um expediente menor por meros posicionamentos políticos. Acabei de ler na integra o texto de Dr. Kalil Filho e concordo plenamente no que tange ao comportamento humano e seus bestiais momentos de falta de lucidez e de afrontamente a dignidade humana. É chegado o momento de fazermos a separação da familia e da política partidária.

  5. Alexandre disse:

    Eu concordo com o médico tem que ter a ética profissional a médica tem que sofre punições ninguém pode passar uma situação clínica para um grupo de wats dos amigos de faculdade.

  6. Osmir monte disse:

    Uma vergonha e falta de ética. Tem que ser devidamente apurado na forma da lei. Uma falta de respeito com a família dá paciente.

  7. carlos augusto disse:

    Zombateiros? É essa a classificação que o blog define esses médicos sem ética e fascistas?

Publicidade

CASO REGISTRADO EM NOVA PARNAMIRIM: Taxista é morto com tiros na cabeça dentro do próprio carro

A Polícia Militar registrou a morte a tiros de um taxista de 56 anos nesta sexta-feira (3), na Grande Natal. O caso foi registrado em Nova Parnamirim, em localização a ser confirmada. Segundo testemunhas, foram ouvidos disparos por volta das 2h da madrugada, mas o corpo foi encontrado por moradores por volta das 6h. Um detalhe intrigante é que os policiais encontraram a carteira da vítima dentro do carro.

Ainda segundo a PM, a área onde o carro com o corpo com marcas de tiros nas regiões da cabeça e pescoço foi encontrado em uma estrada de terra,  com terrenos baldios nas proximidades. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

enviar comentário
Publicidade