Publicidade

Acidente, processos e assédio: o inferno astral do Uber piora

Acidente com carro do Uber no Arizona: a sucessão de problemas da companhia cresce a cada dia (Mark Beach/Reuters)

O inferno astral da empresa de transportes Uber foi parar no banco dos réus. Na segunda-feira 27, o Uber apresentou sua resposta a um processo aberto na Califórnia pela Wayo, a empresa de carros autônomos da Alphabet, dona também do Google. Nesta terça 28, o Uber entrou com um recurso para tentar forçar uma arbitragem o mais rápido possível. Mas a questão continua em aberto. A Waymo alega que um grupo de ex-executivos roubou propriedade intelectual relacionada a seus projetos e depois abriu uma startup, a Otto, comprada pelo Uber no ano passado por 680 milhões de dólares. A companhia pede até que o Uber não tenha acesso à tecnologia enquanto o processo está em andamento.

A questão foi aberta há um mês. A Waymo afirma que um ex-funcionário do Google, Anthony Levandowski, baixou 14.000 arquivos técnicos de seus servidores (cerca de 9,7 gigabytes) antes de se mandar para abrir a Otto, vendida seis meses depois. Hoje, Levandowski lidera a área de robótica do Uber.

Criar sua própria tecnologia para ensinar os carros a se guiar pelos ambientes urbanos de fato exige um investimento pesado. São milhares de sensores a laser sendo disparados a cada segundo para criar um mapa 3D da área, calcular o trajeto e detectar ciclistas, pedestres e qualquer obstáculo que pintar pelo caminho. Com a contratação de Levandowski, alega a Waymo, o Uber “evitou risco e cortou tempo e dinheiro no desenvolvimento de sua tecnologia”. O Uber diz que as acusações não têm sentido e tentam “reduzir a velocidade de um concorrente”. A decisão deve sair no dia 27 de abril.

Uma derrota será avassaladora para o Uber. De qualquer forma, até lá, o caso será mais uma nuvem negra no caminho da empresa que até muito pouco tempo era a mais incensada do Vale do Silício. Travis Kalanick, fundador do Uber, já afirmou reiteradas vezes que veículos autônomos são essenciais para o futuro da companhia. Substituir motoristas por softwares poderia permitir ao Uber cortar custos, oferecer viagens mais seguras e também driblar processos e problemas legais que vêm se avolumando mundo afora.

No Brasil, a empresa sofreu seu primeiro revés na Justiça em fevereiro deste ano, quando um juiz da 33ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte reconheceu vínculo empregatício entre a Uber no Brasil e um motorista, condenando a empresa a pagar cerca de 30.000 reais em horas extras, adicional noturno, restituição dos valores gastos com combustíveis e verbas rescisórias. A empresa vai recorrer da decisão, argumentando que a 37ª Vara da mesma cidade deu uma sentença exatamente oposta, negando vínculo empregatício solicitado por outro motorista.

O Uber sempre alegou que não emprega seus motoristas e que atua apenas como uma empresa de tecnologia que faz a intermediação e a conexão com os passageiros. A atuação da empresa sempre foi motivo de intensos debates no Brasil, e a pauta deve esquentar com a nova lei de terceirização aprovada na semana passada na Câmara e agora à espera do aval presidencial.

A insegurança jurídica vem trazendo problemas em outros países. Em outubro do ano passado, a empresa perdeu um processo em um tribunal de Londres, que determinou que dois motoristas da empresa tinham direito a um salário mínimo e férias.

A maré ruim começou logo no início do ano, quando o Uber conseguiu perder 500.000 usuários em apenas um fim de semana. O boicote que tomou as redes sociais com a hashtag “deleteuber” nasceu de uma reação ao veto do presidente americano Donald Trump contra imigrantes de países de maioria muçulmana. Na ocasião, os taxistas de Nova York organizaram um protesto em solidariedade aos imigrantes e suspenderam seus serviços no aeroporto JFK. Isso provocou um aumento no preço do serviço do Uber, que calcula a tarifa das corridas com base na demanda. A impressão geral foi que a empresa estava se aproveitando da situação.

Foi só o começo de uma série de problemas que prejudicaram a imagem da companhia. Em fevereiro, uma ex-engenheira do Uber, Susan Fowler, afirmou ter sofrido assédio sexual e sexismo durante seu tempo na empresa. Segundo Fowler, o RH ignorou suas denúncias contra o agressor, por ele ser um funcionário de “alto desempenho”.

Em resposta, Kalanick contratou um antigo procurador-geral dos EUA para liderar a investigação urgente. Dias depois, o jornal americano New York Times publicou uma reportagem que sugere que o caso de Fowler não foi isolado, e sim que faz parte da cultura da empresa. Sob a condição de anonimato, funcionários disseram ter presenciado um diretor gritar insultos homofóbicos a um subordinado, outro ameaçar bater na cabeça de um funcionário com um taco de beisebol e cenas de assédio sexual em retiro da empresa em Las Vegas.

Como se não bastasse, no final de fevereiro, o Uber perdeu mais um executivo. Amit Singhal, vice-presidente sênior de engenharia, deixou a empresa depois de ter sido revelado que ele havia saído de seu trabalho anterior no Google por acusações de assédio sexual.

Ainda em fevereiro, um vídeo publicado pela Bloomberg mostrou Kalanick dentro de um carro do Uber tendo uma discussão acalorada com o motorista sobre as tarifas do aplicativo. Em um e-mail para os funcionários, Kalanick pediu “profundas desculpas” e admitiu precisar “mudar como um líder e crescer”.

Os próprios carros autônomos também viraram fonte de problemas, e não só no processo aberto pelo Google. Na sexta-feira um carro autônomo do Uber se envolveu num acidente com outro veículo em Tempe, no Arizona. Ninguém ficou ferido, mas a companhia tirou seus carros autônomos das ruas do Arizona, e de outros dois estados onde estava fazendo testes.

Antes disso, a imagem da companhia ficou ainda pior, quando o New York Times revelou que o Uber não havia sido honesto sobre um incidente com um de seus carros autônomos que furou um farol vermelho quando um pedestre entrava na faixa para cruzar a rua, em dezembro do ano passado, em San Francisco. Na ocasião, a empresa afirmou ter se tratado de um “erro humano”, mas, segundo o jornal americano, a causa real foi uma falha no sistema responsável pela navegação autônoma do carro. O único “erro humano” teria sido do funcionário que falhou em reconhecer o erro do veículo e corrigi-lo a tempo.

São tantos reveses juntos que executivos do Vale do Silício têm dito que nunca viram uma maré ruim como esta. Em oito anos, Kalanick conseguiu captar 12,5 bilhões de dólares e transformar o Uber na maior empresa privada de tecnologia do planeta, com 70 bilhões de dólares de valor de mercado. O faturamento chegou a 5,5 bilhões de dólares, mas o lucro ainda não veio. Agora, Kalanich terá que mostrar que sua empresa pode dar a volta por cima – e finalmente chegar ao azul. Nem que, para isso, ele tenha que sair do caminho.

Exame

Comentários (7) enviar comentário
  1. Renato disse:

    Os motoristas Uber estão tão bem das pernas que precisam rodar pelo menos 10hrs/dia para compensar. Infelizmente é a realidade de hoje em dia, já não tem poucos carros como antes. Sem contar que os 25% em cima de cada viagem é absurda.

  2. Vilanir Gurgel disse:

    É cada figura que vejo dizendo que está no Uber.
    Pra mim, quem ta sem rumo na vida quer ser uber.
    Só pode dar errado.

  3. Jose carlos souto de Freitas disse:

    A uber é uma piada, com tempo perde a graça. Só que vai deixar um prejuízo monstruoso para todos os taxistas do Brasil.

  4. Curioso disse:

    Eu já penso totalmente contrário. A UBER veio para modernizar o atendimento ao cliente e cobrando um preço justo.

    • Ze disse:

      Motorista de uber geralmente é atencioso e não reclama quando a corrida é curta, ao contrário dos taxistas que só faltavam matar o cliente quando a corrida não compensava para eles. Viva a livre concorrência.

  5. TX de verdade disse:

    Interessante se a uber não dá lucro pra empresa imagine pra esses motoriscravo que anda de graça pra essa sociedade hipócrita . Eles tem que voltar pra escola aprender matemática fazer as contas aí depois vão se escraviza . Felizes com pão que diabo amassou.

    • João Amâncio disse:

      Ou o senhor é Taxista, ou tem um familiar ou próximo taxista, pq na normalidade só esse tipo que é contra Uber.

      Taxistas, passaram toda a vida no mesmo modelo de negocio, tratando pessimamente o cliente (salve algumas exceções) se confiando no monopólio do serviço, ai agora pq tem um concorrente de peso, com modelo de negocio moderno e muito bom atendimento a preço justo, ficam revoltados, achando bom pagar uma nota todo mês ao dono da frota e ainda chama os Ubers de escravos… BRASILLLL

Publicidade

Meu Taxi APP, segurança e agilidade para você

INFORME PUBLICITÁRIO

Aproveitando a tecnologia, algumas empresas de táxi se uniram e desenvolveram um aplicativo, Meu Taxi App, que unificou as tradicionais rádios táxis de Natal em um único serviço, aliando tradição, confiança e uma distribuição proporcional de carros por toda a grande Natal, o que diminui o tempo de espera entre a chamada e a chegada do carro. Esta união, ajuda também o bolso do passageiro, pois a proposta é da redução do custo das corridas com descontos de 30% por chamada no aplicativo.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Arthur disse:

    Jáaaaaaa????

Publicidade

Rua Jaguarari será parcialmente interditada nesta quarta-feira

A Rua Jaguarari, no Alecrim – zona Leste da capital –, será interditada para obras de esgotamento sanitário realizadas pela Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) nesta quarta-feira (29). A informação é da Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

De acordo com o inspetor Carlos Eugênio Barbosa, chefe do Setor de Intervenção Vária da pasta, a interdição deve durar 15 dias. “O motorista que puder evitar a Rua Jaguarari, deve fazer. O trânsito vai ficar complicado na área, já que o bloqueio ocorrerá nos dois sentidos”, informou.

Como desvio, os motoristas podem utilizar a Av. Interventor Mário Câmara (Av. 6) ou a Rua São José. Além disso, a conversão à esquerda da Rua Jaguarari para Av. Bernardo Vieira no sentido Alecrim será permitida, de onde o motorista poderá acessar a Av. 6.

TRANSPORTE PÚBLICO

A linha 36 (Cidade da Esperança/Praia do Meio, via Rua Jaguarari) desviará de seu itinerário – no sentido Alecrim – a partir a Rua Jaguarari, entrando na Av. Antônio Basílio, Rua São José e Av. Presidente Bandeira de onde segue normalmente. Já no sentido Cidade da Esperança a mudança ocorre a partir da Av. Presidente Bandeira, onde entra na Rua São José, Av. Nascimento de Castro e na Rua Jaguarari – seguindo o itinerário normal.

Em caso de dúvidas os usuários podem ligar para o Alô STTU – no telefone 156 – ou perguntar pelo Twitter oficial, o @156Natal.

enviar comentário
Publicidade

FOTOS: Bueiro aberto em via movimentada em Neópolis vai fazer “mesversário”; risco iminente de acidente

Fotos: cedidas

Bueiro aberto há quase um mês na rua Minas Gerais, uma das vias de grande circulação de veículos, próximo a Paróquia de Nossa Senhora, oferece riscos de acidente aos motoristas. Moradores improvisaram galhos no local para evitar que carros caiam em buraco. Como não deu certo, agora apelaram para um pneu.

Segundo moradores, já teve dias que buraco esteve totalmente exposto e veículos por pouco não provocaram acidente mais sério, desviando seus automóveis em direção as residências. A reclamação com proliferação de baratas também é um grande incômodo.

“Até o momento a Caern não deu sinal de vida. É um descaso. Aqui passam dezenas ou até mais veículos por dia. Falta de respeito e total irresponsabilidade. E não bastasse, as baratas estão invadindo as casas”, desabafou um morador da rua.

enviar comentário
Publicidade

Coordenador de intervenção em Alcaçuz morre em acidente

Um agente penitenciário federal morreu no início da tarde desta sexta-feira (24) em um acidente de trânsito em uma rodovia estadual do Ceará, nas proximidades da cidade de Pindoretama, na Grande Fortaleza.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal,  o veículo conduzido pelo agente colidiu em um poste. Batista morreu ainda no local. Ele era um dos coordenadores da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária – ação que vem sendo realizada na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. O portal G1-RN conversou na manhã desta sexta com o agente, e confirmou o acidente horas depois. Veja reportagem e fotos aqui

 

enviar comentário
Publicidade

Trecho da Av. Prudente de Morais será fechado no final de semana para obras da Caern; veja desvio do transporte

O trecho da Av. Prudente de Morais, entre a rua Carnaúba dos Dantas e a Arena das Dunas, será interditado para obras da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) neste sábado (25) e domingo (dia 26) A informação é da Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

De acordo com Carlos Eugênio Barbosa, apenas a pista no sentido Cidade Satélite será interditada totalmente. “A pista no sentido Viaduto Estaiado vai ter apenas uma faixa livre, por isso recomendamos que os motoristas evitem a região”, informou.
Os motoristas de veículos de passeio podem utilizar como alternativas a BR-101 e as ruas São José e Jaguarari. Já os que necessitarem seguir na Av. Prudente de Morais podem desviar a partir da Av. Jerônimo Câmara, entrando na Rua São José, Av. Capitão-Mor Gouveia de onde acessam a Av. Prudente de Morais.

DESVIO DO TRANSPORTE

O transporte público também sofrerá desvio durante a obra. As linhas 24 (Planalto/Ribeira), 30 (Felipe Camarão/Pirangi, via Candelária/Campus), 33A (Planalto/Praia do Meio, via Av. Hermes da Fonseca), 33B (Planalto/Lagoa Seca), 35 (Soledade I/Candelária, via Av. Prudente de Morais) e 64A/43 (Nova Natal/Praia do Meio/Candelária, via Alecrim) vão desviar apenas no sentido Cidade Satélite, entrando na Av. Jerônimo Câmara, Rua São José, Rua Raimundo Chaves e voltando para Av. Prudente de Morais – de onde seguem normalmente.

Em caso de dúvidas os usuários podem ligar para o Alô STTU – no telefone 156 – ou pergunta pelo Twitter oficial, o @156Natal.

enviar comentário
Publicidade

PRONTO (FOTOS): Esposas dos detentos de Alcaçuz interditam cruzamento Salgado Filho com Bernardo Vieira

Fotos: Via Certa Natal

Esposas e familiares de detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz interditaram na tarde desta quinta-feira(23) o cruzamento da Avenida Salgado Filho com a Avenida Bernardo Vieira. Até o fim desta tarde, a Polícia apenas acompanhou a manifestação, sem interferência.

Foto: cedida

Em decorrência, grande congestionamento no local. Familiares questionam a transferência de presos de facções rivais para o Pavilhão 5 da unidade prisional, e temem por novos confrontos, apesar da Segurança do Estado garantir não haver risco.

Comentários (41) enviar comentário
  1. PT DO POVO disse:

    ja parou pra pensar q ninguém vive do crime pq quer ? q o crime é mesmo um reflexo da falta d oportunidade pro jovem negro , da favela ou p quem n teve oportunidades reais ?
    ou será q o cara ta na bandidagem pq escolheu morrer mais cedo ? pq o caminho do tráfico e do crime organizado é esse … cadeia ou caixao
    respeito a dor das familias .. e n ''n levo pra casa'' , sei q o crime so se combate c educaçao , jovem na escola d ensino de qualidade , olhar p qm de fato precisa …
    pode ter ctz q enqnt um jovem entra pro crime .. algum deputado engorda uma conta na Suíça !

  2. Luiz disse:

    Respeito, justiça e paz e o que nos cidadãos de bem queremos enquanto essas galadas a maioria apoiam seus maridos bandidos vagabundos para terem vida Boa bancada pelo crime. Vao pra o inferno ruma de vagabunda junto desses maridos cão que vcs tem

  3. Walter disse:

    A solução é porrada nessa gente sem vergonha isso sim
    Temos que voltar a ter moral neste país

  4. Ems disse:

    Nosso país já era !!! Estamos falidos em todos os sentidos !!! Podem vender o Brasil.

  5. Marck disse:

    Era só o que faltava… Com certeza por trás das aparências, há mandantes e interesses públicos escuros.

  6. Izabel disse:

    Que País é esse que vivemos, onde os valores humanos estão totalmente distorcidos, chega a ser patético essas senhoras virem falar em respeito, justiça e paz, porque elas tb não foram com esses cartazes para a frente do shopping qd seus "maridos" estavam plantando terrorismo na cidade, me poupe.

  7. JR disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk isso não é um país, isso é um cabaré !
    Tem que botar essas mulheres é pra trabalhar para indenizar as vítimas dos maridos Bandidos.

  8. Régio disse:

    Justiça????? Quem leva uma vida de crimes, tem que arcar com os efeitos colaterais!!!!!!!!

  9. Junior disse:

    Esse país não tem mais jeito não, amigos.

  10. G disse:

    Obstrução de via pública é crime.
    Prendam logo elas tambem

  11. torcedor disse:

    A solução seria colocar todos no mesmo pavilhão e ofertar uma faca a cada um. O último sobrevivente teria a liberdade concedida e a passagem só de ida para a Síria. enquanto durar a guerra civil.

  12. Sara disse:

    Em João câmara não tem isso, affff

  13. Maria disse:

    Vergonhoso ver essa inversão de valores. Bandidos e seus familiares tem mais respeito e assistência que os viúvas e seus órfãos. Rasgua a constituição tirando de muitos o direito de ir e vir em prol de quê? ??????

  14. Judite disse:

    Paz teríamos se os maridos dessas cidadãs fossem homens de bem!!

  15. Francisco disse:

    Passe por cima de todos quero vê num instante acaba essa palhaçada…

  16. Edu disse:

    Que pow é isso, mulheres e familiares de marginais bloqueando o trânsito e atrapalhando a vida de cidadãos de bem? onde já se viu isso? a Polícia deveria ter tomado conta da situação, imagine uma família que teve o pai trabalhador assassinado por um marginal fruto dessas famílias, e passar no momento dessa aberração.

  17. Andrea disse:

    Esposa de detento falando em.Justica??? Paz e Respeito??? E alterando nosso direito de ir e vir???? Piada

  18. Andrea disse:

    Coloca todos juntos… ai depois de una semana ver os que restaram.

  19. Carlos taxista disse:

    É vejo falar que lá em alcançus. Os presos estam sendo restringidos de beber água. A comida é uma quentinha para dez presos. Fora os castigos.

    • Charles disse:

      Que se lasquem. Quem mandou não andar dentro da lei? Era pra levarem uma surra de hora em hora, igual ao resultado da tele-sena.

  20. Ana Paula disse:

    Kkkkkkkkk
    PALHAÇADA!!
    Rindo horrores com esse nosso "sistema"!

  21. Chico disse:

    Feche a conta o cabaré tá feito

  22. Ermando disse:

    Décadas de esquerdismo dá nisso: total inversão de valores e confusão mental!!!

  23. Guilhermina Alecrim disse:

    Que absurdo!! Como autoridades permitem esse tipo de tumulto na vida de cidadãos que trabalham.e tem direito a ir e vir???

  24. Frasqueirino disse:

    Era só o que faltava. Que país é Esse?

  25. vilanir disse:

    é dar muito cabimento!!!!!! só faltava essa.
    me poupe!!!!!

  26. Silva disse:

    Respeito?

    Justiça?

    Paz?

    Não entendi…

  27. Silva disse:

    Quando eles matam como fica as famílias?

  28. Arthur disse:

    "Diga não a opressão"… ainda temo s que ouvir isso… Mulher que decide viver com bandido, ao meu ver, é cúmplice… bandida tanto quanto o preso.

  29. DUBODE disse:

    Num DESGOVERNO desse,nada é de estranhar!!!

  30. torcedor disse:

    É a tal democracia. Pense num cabaré é esse Brasil. Esses bandidos além de nos roubarem ainda provocam um caos no transito por causa dessas mulheres. E o pior é ver as autoridades assistindo a tudo sem meter o cacete para cima .

    • Jose Roberto Rolim disse:

      O pior é que esses familiares se acham no direito até de tumultuar em nome. Mas tumultuar em nome de que mesmo?

  31. Paulo Roberto disse:

    Vou rir pra não chorar.Que país e´ esse??????Putz!

  32. Charles disse:

    Só faltava essa agora. Vão trabalhar pra pagar a conta dos seus maridos vagabundos ao Estado. Bandido tem que ser tratado como bandido, sem regalias e na peia.

  33. Verys disse:

    Agora pronto. Elas querem que eles estejam num hotel 5 estrelas na via costeira. Vão arrumar uma lavagem de roupa.

  34. Helio Motta disse:

    Quando a vagabundagem não vem, manda as esposas.
    Numa cidade com ordem e com autoridades minimamente corajosas e cientes de suas responsabilidades, isso não aconteceria jamais. Mas aqui parece não existir nem uma coisa nem outra.
    Dez sem futuro interditar a maior e principal avenida de Natal e ficar por isso mesmo.

  35. VENTURA disse:

    Esse país virou piada a tempos

Publicidade

Waze lança sistema de caronas compartilhadas

A Google anunciou o lançamento do Waze Carpool, um novo recurso do aplicativo de navegação que permite oferecer caronas compartilhadas. O Waze Carpool já está disponível em cidades dos EUA e deve chegar em breve ao Brasil.

A intenção do Google é criar uma alternativa real para o transporte das grandes cidades – algo que o Uber, por exemplo, já tenta fazer com o Uber Pool. A diferença é que serão corridas entre usuários, que apenas dividirão o dinheiro da gasolina.

A tecnologia é parecida com a que o aplicativo Blablacar já oferece no Brasil, mas com o potencial de muito mais usuários do Waze.

O recurso já estava sendo testado em Israel, berço do Waze, e na Califórnia, onde fica a sede da gigante Google, que em 2013 adquiriu a startup israelense que revolucionou os serviços de navegação.

“Vamos poupar tempo e dinheiro e teremos menos carros na rua. O que é melhor é que será menos entediante do que viajar sozinho. Basta informar para onde vai que alguém pode te dar uma carona. Isto não é Uber, não é taxi. É para pessoas que usam o Waze todo dia e vão para o mesmo lugar. Imagine metade dos carros a menos na rua”, afirmou Di-Ann Eisnor, diretora global do Waze.

Segundo o chefe do Waze, São Paulo, por exemplo, é a cidade com mais usuários ativos no mundo. Brasil é o segundo país em usuários mensais, atrás apenas dos Estados Unidos. O Rio de Janeiro, por sua vez, foi a primeira cidade parceira no projeto “cidades conectadas”, em que o Waze auxilia com dados para mudar o trânsito da cidade.

Como funciona

Quem quiser pegar uma carona, deverá baixar um app chamado Waze Rider, disponível para iOS e Android, para encontrar um motorista. Já os donos de carros usarão o app padrão do Waze para achar os caronas.

Há algumas regras: o Waze Carpool limita os motoristas a darem duas caronas por dia. As viagens não poderão envolver várias paradas. Além disso, motoristas e caronas deverão dividir o custo do combustível para a viagem. O pagamento é definido com antecedência e o dinheiro é transferido do carona para o motorista automaticamente.

UOL

Comentários (3) enviar comentário
  1. Zezuíno disse:

    Os ladrões de carro vão amar essa facilidade.

  2. joacy disse:

    assim que puder, vou me cadastrar pra dar carona a quem pedir.

  3. @brasil disse:

    E agora taxistas? Caiu a ficha?

Publicidade

FOTO: Colisão de veículos em trecho da Avenida Afonso Pena com a rua Açu, na Zona Leste de Natal

Foto: cedida

Registro na manhã desta quarta-feira(22), em um dos trechos mais movimentados na Zona Leste da capital, deixou o trânsito lento no local.

Comentários (5) enviar comentário
  1. Chico disse:

    Rotatória em Natal é assim, todos querem ser os primeiros, termina nisso.

  2. Eleika Bezerra Guerreiro disse:

    Rotatória mal usada provoca mais um acidente.qdo a STTU e motorista de Natal vão assegurar o uso adequado das rotatórias?
    Educação é tudo!

    • Cidadão disse:

      Estão ocupados faturando! Só o que vemos é gente nos sinais com talonários e papeizinhos nas mãos… O que menos essa secretaria faz é promover educação no trânsito!

    • Jonas disse:

      Quando se fala em trânsito as pessoas sempre querem ser educadas. O brasileiro tem que entender que ele não está respeitando as normas de trânsito. Se o cidadão possui CNH, supõe-se que ele foi avaliado e está apto a conduzir um veículo no trânsito.

      Então a STTU não tem culpa se um condutor resolve desobedecer as normas. A falta de educação é toda do condutor.

      Ou o Estado tem que pegar na mão do cara e ficar educando ele até a velhice?

    • Helio Motta disse:

      Morro de rir quando leio comentários reclamando que a STTU não educa o motorista.
      Até fico espantado com a coragem de escrever algo assim num blog como esse, tão popular e respeitado.
      A STTU não tem como função relativizar condutas que atentem ao CTB em troca de orientação. Isso, orientação, fica para GPS ou bússola. Nesses casos a STTU tem sim que multar e pronto.
      Vamos deixar essa de dar uma de criancinha desavisada e relativamente imbecilizada que a todo momento precisa de alguém que diga que avançar o sinal é errado, que falar ao celular enquanto dirige é errado, que não usar o cinto é errado.
      Quem não quer multado obedece ao CTB. Quem tem CNH está dizendo que conhece o CTB. Então por A+B, quem tem CNH e não obedece ao CTB faz porque quer e deve arcar com a punição.
      A STTU tem vários erros, mas esse não é um deles.

Publicidade

TRAGÉDIA NA ZONA NORTE: Motociclista morre em Natal após ter pescoço cortado por linha de pipa

Um trágico acidente chocou os moradores da Zona Norte da capital na noite dessa terça-feira(21), por volta das 20h. Um motociclista de 47 anos morreu ao ter a garganta cortada por uma linha de pipa com cerol. O caso aconteceu na Avenida Tocantínea, no bairro Pajuçara. De acordo com a Polícia, o motoqueiro trafegava pela pista local, quando a linha com o material cortante atingiu o pescoço e ele caiu da moto.

Informações dão conta que a vítima em desespero ainda pediu socorro e os moradores da região o levaram para a UPA Pajuçara, mas ele não resistiu ao ferimento profundo. A vítima identificada como Antônio Jorge de Lima era auxiliar administrativo de uma escola, e deixa três filhos.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Calixto Silva disse:

    Quem é que estava soltando pipa a uma hora desta? Hs 08:00 da noite! Certamente este individuo que tava soltando pipa tem olhos 👀 de coruja, é um risco muito grande que corremos com estas linhas de pipa, muitas vezes acontece de uma linha se soltar da pipa no caso a própria pipa se solta após a linha ter sido cortada por outra pipa que também tem linha com serol, eu mesmo já passei por esta situação de ter o meu pescoço quase cortado por linha de pipa com serol, certo eu ia passando em uma rua daqui de um bairro da zona norte, quando de repente avistei a linha atravessada de um lado para o outro da rua, a linha estava presa em um poste e nos galhos de uma árvore, quase que eu ia tendo o pescoço cortado, mais graças a Deus consegui enxergar a tempo a linha até porque eu vinha devagar na minha moto pois eu ia subindo a rua por ser uma ladeira. Só que tem um porem, estas anteninhas que a gente usa nas motos, não são seguras eficientes, elas quebram com facilidade, pois com um tempo elas ficam enferrujadas na sua base que fica fixada no guidão da moto, até o vento consegue quebrar as antenas, o material delas não é tão forte assim.

Publicidade

Tribunal de Contas determina suspensão de contrato relativo a obras na avenida Engenheiro Roberto Freire

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou, nesta terça-feira (21), a suspensão cautelar do contrato firmado pelo Governo do Estado com a Galvão Engenharia S/A para obras de reestruturação da avenida Engenheiro Roberto Freire.

A decisão, fruto de voto do conselheiro em substituição, Antonio Ed Souza Santana, acatado pelos demais conselheiros, tem como base relatório produzido pela Inspetoria de Controle Externo da Corte de Contas, que detectou indícios de irregularidades nos procedimentos licitatórios realizados para a contratação da obra.

Segundo os termos do voto, os indícios de irregularidades detectados dizem respeito à não realização do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA); não apresentação de orçamentos detalhados com os quantitativos, composições unitárias e preços de referências; além de a empresa contratada estar em processo de recuperação judicial, o que pode acarretar uma rescisão contratual por justa causa.

Além disso, a equipe da Inspetoria de Controle Externo aponta uma possível violação ao princípio da competitividade, tendo em vista que previa-se, no anteprojeto, um nível de complexidade posteriormente simplificado pela empresa ganhadora do certame. Caso a licitação tivesse sido realizada com o projeto mais simples, poderia haver maior interesse de outras competidores, potencialmente afastadas da licitação pela complexidade da obra.

A contratação da empresa Thenge Engenharia LTDA, por R$ 1,4 milhão, traz, por sua vez, indícios de desperdício de recursos públicos. A Thenge foi contratada para produzir um projeto básico e executivo, contudo o Executivo Estadual concluiu pela falta de viabilidade do projeto apresentado, licitando novamente a elaboração dos estudos, de forma integrada com a execução da obra. Com a vitória da Galvão Engenharia, um novo projeto foi elaborado e o anterior ficou sem utilização.

Além da suspensão, o TCE determinou que a Secretaria de Infraestrutura envie os projetos finalizados e o orçamento detalhado, com quantitativos e composições unitárias e, num prazo de 10 dias, quaisquer ordens bancárias relativas à Galvão Engenharia e o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA), caso tenha sido realizado.

TCE-RN

Comentários (6) enviar comentário
  1. Zezuíno disse:

    Quando eu era menino, diziam que o Brasil era o país do futuro. Passadas décadas, vejo que é um país sem-futuro.

  2. Azevedo disse:

    Esse Brasil não tem jeito mesmo, as quadrilhas lideradas por políticos de todas as esferas sempre arranjam um jeito de levar parte da grana destina para as obras estruturantes. Esse projeto de estruturação da avenida Engenheiro Roberto Freire já era para ter virado caso de polícia, pois tem políticos se lambendo para colocar as mãos no mel e levar o seu, isso é uma vergonha. Atenção MP, antes que a roubalheira comece seria bom já ir fiscalizando desde o projeto até o término da obra.

  3. JCabral disse:

    Como uma vez comentado pelo Diretor Geral do DER/RN, em entrevista numa rádio local, está Avenida se denomina " SAMBA DO CRIOULO DOIDO". Sem nenhum preconceito.

  4. Paulo disse:

    Cabaré grande, tem olho gordo nessa nossa falida Av. O país Chibata.

  5. Oliveira Silva disse:

    O TCE ESTÁ MANDANDO MAIS QUE OS PODERES CONSTITUÍDOS DO ESTADO.

  6. Edu disse:

    Essa obra não sai de jeito nenhum, há muitos interesses em jogo, pois um projeto que vai melhorar o fluxo, melhorar tudo, e nunca anda. Mistério.

Publicidade

Avenida dos Xavantes recebe operação tapa buraco nesta terça-feira

A Avenida dos Xavantes, a principal do bairro de Cidade Satélite, recebe nesta terça-feira (21) os serviços da operação tapa buraco, da Prefeitura do Natal, executados pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov). As equipes da Prefeitura também irão aos bairros do Igapó, Pitimbu, Cidade Alta, Lagoa Seca, Mãe Luíza e Lagoa Nova.

De acordo com o secretário adjunto de Conservação da Semov, Walter Fernandes Neto, o serviço na avenida dos Xavantes será a substituição de paralelepípedos em alguns trechos da via. “Com o serviço, daremos uma maior qualidade de tráfego ao local. Fundamental para a região Sul”, explicou o adjunto da Secretaria de Obras.

Ainda nesta terça-feira, as equipes da Semov estarão na rua Oiti, no Pitimbu (substituição de paralelepípedos). “E também continuamos com os serviços de manutenção da rede de drenagem na Av. João Medeiros Filho, no Igapó, e ruas São José, em Lagoa Seca, e São Tomé, na Cidade Alta”, explicou Walter Fernandes Neto.

Mãe Luíza

Os serviços serão finalizados com a substituição de paralelepípedos na Av. Capitão Mor Gouveia, em Lagoa Nova, e na rua do Ouvidor, no bairro das Quintas. “E também com a substituição de tampas e grelhas de trechos da Av. Amintas Barros, em Lagoa Nova, e rua Camaragibe, no bairro de Mãe Luíza”, finalizou o secretário adjunto de Conservação, Walter Fernandes Neto.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Gustavo disse:

    Em 6 meses estará do mesmo jeito. Já taparam os buracos da xavantes e da rotatória da Av dos Caiapós com a Oiti várias vezes do ano passado pra cá.

Publicidade