Publicidade

Tibau do Sul e Pipa convidam iniciativa privada para principais eventos do turismo nacional e internacional

O município de Tibau do Sul anunciou um planejamento semestral na participação dos eventos nacionais e internacionais para captação de turistas e está convidando todos os segmentos da iniciativa privada envolvidos no turismo da cidade e da Praia da Pipa. O prefeito Antônio Modesto Macêdo destaca que a participação ativa de Tibau e Pipa foi possível graças à parceria firmada com Governo do RN, o RN Sustentável, a Secretaria de Estado do Turismo, Emprotur e ABIH-RN.

“Eles investiram nos estandes e eventos e abriram espaço para nós. A Prefeitura está entrando com trabalho, tratando o turismo de forma profissional. Vamos atuar forte na captação de novos visitantes. E estamos convidando os empresários para participar destes eventos”, destacou Modesto Macedo.

Confira o calendário dos eventos e programa-se.

 

 

Comentários (2) enviar comentário
  1. EDER disse:

    VENHAM , TURISMO COM DROGAS!!!!!!!!!!!

Publicidade

VIDA PIPA: Você conhece a Mata Atlântica? Em Pipa, existe um dos pedaços mais preservados de Mata Atlântica do Brasil.

Você já deve ter ouvido falar que, da Mata Atlântica que encobria a maior parte do território brasileiro, somente uma pequenina parte resistiu ao avanço do homem no Brasil.

Pois saiba que em Pipa você ainda encontra, intacta e preservada, uma das últimas reservas de Mata Atlântica do país, ela que é rica em fauna e flora, e ainda é recortada por trilhas exclusivas, que deixam os visitantes em total contato com a natureza nativa.

Assim é Pipa, um dos destinos mais famosos e procurados do Brasil. Pipa é hoje, além de um dos principais destinos turísticos do país, um lugar onde todos querem ou passar uma temporada, ou até mesmo morar e viver. Seja brasileiro, argentino, português, espanhol ou de qualquer outra nacionalidade, Pipa é sempre Pipa, um dos melhores lugares para se viver a vida.

Se você é uma dessas pessoas, assista ao vídeo desta postagem, agende uma visita pelo site vidapipa.com.br, venha passar um dia com a gente, e se prepare pra viver uma nova vida.

enviar comentário
Publicidade

RN terá voos diários para Europa até 2019

Abrir horizontes para o mercado do turismo potiguar é uma das metas do Governo do Estado; tanto que o RN está presente nas principais feiras e eventos do setor, sejam nacionais ou internacionais. E a cada participação novos avanços são conquistados.

Na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que teve início ontem (15), em Portugal, o secretário de Estado do turismo, Ruy Gaspar esteve reunido com o Engenheiro Mor, vice-presidente da TAP e o vice-presidente de Marketing da companhia aérea, Abílio Martins, e revelou prosperidade nas negociações para ampliação da malha viária que liga Natal a Portugal.

“Ficamos extremamente satisfeitos com o resultado positivo da reunião com a TAP, os vice-presidentes garantiram que até 2019 o RN terá voos diários ligando o nosso Estado a Europa, com entrada via Lisboa. Isso redimensiona completamente o turismo para RN”, comemora o secretário.

Pelo segundo ano consecutivo com estande próprio na BTL, o Governo do Estado, por meio do RN Sustentável, promove os potenciais turísticos do Rio Grande do Norte em Portugal. As equipes da Setur e Emprotur atuam na divulgação dos atrativos dos cinco Polos Turísticos do RN, tanto para o mercado de Portugal, que faz parte do bloco de países considerados estratégicos pela política internacional de promoção turística do Brasil, quanto para os demais países europeus participantes da 29ª edição do evento.

“Portugal está hoje entre os três maiores países emissores de turistas para o Brasil; por isso, investimos de maneira significativa nesse mercado, apresentando todas as potencialidades e atrativos do nosso Estado”, reforça o secretário da Setur RN, Ruy Gaspar.

Somente quatro Estados brasileiros possuem estande próprio na BTL, e o RN é um deles. No espaço montado com imagens gigantes dos principais destinos norte-rio-grandenses, os participantes poderão conferir vídeos, palestras, degustação de iguarias e bebidas típicas, além de levar o material promocional exclusivo, com sacolas, folders, card drive e artesanato.

O estande do RN reserva ainda uma área especial para demonstração do artesanato potiguar, com peças produzidas por artesãos capacitados pela Sethas-Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social.

“Apoiamos e pretendemos fortalecer esse apoio na realização e participação em feiras e exposições. Somente no ano passado os artesãos potiguares faturaram mais de R$ 1,5 milhões nesses eventos. Daí a importância em incentivar cada vez mais”, diz a Julianne Faria, secretária da Sethas, Julianne Faria.

“A Embratur apresenta o Brasil com mais de 31 expositores, entre Estados, companhias aéreas e operadores; mas sabemos que esse é um mercado promissor e interessante economicamente para o RN, por essa razão estamos trazendo o RN de maneira, mais uma vez, diferenciada, em um espaço lindo e super bem estruturado para ampliarmos os negócios em oferta dos nossos destinos, os de sol e mar, já consolidados pelos portugueses, e também termos a chance de mostrar nossos diferenciais no turismo religioso, cultural e de aventura”, ressalta a presidente da Emprotur, Aninha Costa.

Comentários (3) enviar comentário
  1. escritor disse:

    E o aeroporto se Mossoro tambem sera reaberto. Kkkkkkk.

  2. Rui disse:

    Bom mesmo seria haver outra transportadora aéria a concorrer com a TAP. Penso que um pouco de concorrência só beneficiaria o consumidor.

  3. ELTON disse:

    MARAVILHOSA NOTICIA PARA O NOSSO ESTADO E NATAL PRINCIPALMENTE. SO É RUIM PARA OS QUE NÃO GOSTAM DO AEROPORTO DE SÃO GONÇALO. ENGULAM.

Publicidade

VIDA PIPA: As coisas boas da vida ficam melhores nos lugares mais bonitos

Você gosta de música? E de ler um bom livro? Gosta de um passeio numa trilha? E de praticar arvorismo? Pilotar um quadriciclo?

Muitas destas aventuras e sensações poder ser conjugadas num só destino. E estamos falando de um destino mágico, onde o tempo passa mais devagar que nos outros lugares.

Um local que possui uma mística que encanta brasileiros e pessoas do mundo todo. Pipa é um dos destinos mais procurados do Brasil. E não é à toa. A mistura perfeita entre mar, sol, areia, falésias, dunas e natureza a transforma num dos melhores locais pra se visitar e, principalmente hoje em dia, se viver.

Que o digam os brasileiros, argentinos, portugueses, espanhóis e gente do mundo todo, que encontraram em Pipa o seu melhor investimento: qualidade de vida.

Venha passar um dia com a gente. Conhecer a vida em Pipa. Agende uma visita pelo site vidapipa.com.br. Se você gostar, vai ver que ainda tem muita coisa boa pra fazer nessa vida. Investir mais em você, por exemplo.

enviar comentário
Publicidade

Crise reduz voos para o exterior; decolagens para os EUA caem 15%

 

SAO PAULO, SP, BRASIL. 13.01.2016. A movimentacao de aeronves na pista do aeroporto de Congonhas; decisao da ANAC retira restricao de voos de longas distancias para companhias que operam em Congonhas. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress, COTIDIANO). ***EXCLUSIVO***

A recessão, que atingiu o poder de compra do viajante brasileiro, levou a aviação comercia a perder quase 1.500 voos do país para o exterior entre 2013 e 2016.

O Brasil fechou o ano passado com quase 63 mil decolagens depois que as companhias aéreas brasileiras e estrangeiras foram obrigadas a diminuir sua oferta de assentos para se readequar à demanda retraída.

O ajuste, no entanto, não foi uniforme porque nem todos os destinos sofreram com a mesma intensidade.

Uma das viagens preferidas pelos brasileiros, os Estados Unidos tiveram uma redução de cerca de 15% no número de decolagens realizadas no período a partir daqui, para pouco mais de 11 mil voos, segundo levantamento feito pela Folha com base em dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

“A Flórida costuma ser a primeira viagem dos que emergem à classe de consumo de voo internacional. Por isso o mercado americano avançou tanto no passado, durante o boom de crescimento do país”, afirma André Castellini, sócio da Bain & Company.

“Mas, com a desvalorização do real, esse público também foi o primeiro a sair do mercado”, afirma.

Já para a Europa, a redução do número de voos internacionais foi menos drástica, de apenas 2% nos últimos três anos, permanecendo em torno de 12 mil em 2016.

Para Adalberto Febeliano, professor de economia do transporte aéreo, a disparidade das quedas se deve ao perfil de cada mercado.

Enquanto nos EUA é maior a disponibilidade de companhias para disputar os mesmos passageiros em rotas semelhantes, na Europa cada uma das grandes empresas tradicionais tem rotas e públicos muito específicos.

Febeliano afirma que o executivo francês não quer viajar de Paris até São Paulo fazendo escala em Frankfurt, assim como o alemão também prefere fazer um voo direto. Como cada empresa de diferente nacionalidade tem sua própria rota, há menos margem para restringir voos.

“A queda para a Europa foi menor porque essas companhias relutam em tirar o Brasil do mapa. E, para conseguir o tráfego de passageiros de negócios, tem que ter voo diário. O que algumas já fizeram foi deixar de ter dois voos por dia para ter só um”, afirma Febeliano.

Com foco no passageiro de lazer, que é mais sensível a preços baixos, a Air Europa elevou sua presença no Brasil nos últimos anos, a despeito da crise.

FOLHAPRESS

Comentário (1) enviar comentário
  1. Sérgio Nogueira disse:

    Isso dá pista porque a ANAC se empenha tanto em proteger as empresas. Preços caros, serviço meia boca deixam claros que a saída é cobrar pelo lanche, pela mala, pelo assento e pelo uso do banheiro em breve.
    Aqui no Brasil as empresas e os empresários nunca souberam ganhar mercado e gerar lucro sem o guarda chuva do Estado. Adoram o liberalismo mas não desapegam de regras estatais que possam beneficiá-los.

Publicidade

Municípios importantes para o turismo potiguar confirmam presença na 3ª Femptur

A pouco menos de um mês da realização da 3ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN – Femptur, cidades de todas as regiões já confirmaram presença no evento, entre elas Natal, ​Baía Formosa, Tibau do Sul-Pipa, Maxaranguape, Nísia Floresta, Touros, Rio do Fogo, São Miguel do Gostoso, Pedra Grande, Santa Cruz, Jucurutu, Currais Novos, Caicó, Grossos e Guamaré.

A presença de tantos municípios só confirma a importância do turismo como economia rentável. ​”Um dos principais objetivos da Femptur é fomentar a cultura de se viajar dentro do nosso próprio estado. Isso porque ainda viajamos bem menos do que poderíamos, principalmente quando o destino está no interior do RN, e a feira visa apresentar esses atrativos turísticos, incluindo gastronomia local, cultura e artesanato genuinamente potiguar, como pontos fortes para o município”, afirma Gustavo Porpino, diretor da Argus Eventos, um dos organizadores da feira.

Durante a Femptur, também haverá espaço para a arte. “Além dos atrativos turísticos, da gastronomia, do artesanato e dos shows, vamos promover três exposições, todas voltadas ao turismo potiguar. Serão fotos de Fernando Chiriboga, Carla Belke e Canindé Soares, que retratam as nossas belezas naturais, o sertanejo e a nossa caatinga. Teremos também uma exposição sobre o Geoparque Seridó e uma mostra de óleos sobre tela a cargo do artista plástico Eliezer Andrade, que pinta motivos alusivos ao Rio Grande do Norte”, explica Antônio Roberto Rocha, também diretor da Argus Eventos, empresa que promove a Femptur.

A programação completa da Femptur e do Fórum de Turismo do RN está na páginawww.forumdeturismorn.com.br

enviar comentário
Publicidade

RN vai à Alemanha divulgar destinos turísticos para 120 mil pessoas

Por interino

O RN é destaque essa semana, de 8 a 12 de março, na ITB 2017, em Berlim, na Alemanha. A feira dedicada à indústria do turismo recebe nesta edição mais de 120 mil visitantes que terão a oportunidade de interagir com 180 nacionalidades distintas, para realização de negócios e apresentação de potenciais destinos turísticos.

As equipes da Setur RN e Emprotur divulgam o Rio Grande do Norte como co-expositores no estande de 368 metros quadrados da Embratur (Ministério do Turismo).

“Estamos em uma das cidades mais importantes da Europa, compartilhando o RN com o mercado do turismo mundial. Reforçando nosso trabalho voltado para a interiorização do turismo no Estado, indo além do sol e mar, ampliando nossas potencialidades para o turismo de aventura, religioso, de eventos e negócios”, ressalta o secretário da Setur RN, Ruy Gaspar.

A gerente de promoções internacionais da Emprotur, Nayara Santana apresentou, no mini auditório do estande brasileiro (novidade da Embratur para 2017, em termos de estrutura para ambientes de feira), aos participantes os atrativos e encantos dos cinco polos turísticos do RN; os visitantes também receberam material promocional exclusivo sobre o Estado.

“O mercado europeu já é entusiasta dos destinos no RN, como Natal, Pipa, Galinhos e São Miguel do Gostoso; nossa meta é abrir cada vez mais propostas interessantes e atrativas neste sentido”, diz a presidente da Emprotur, Aninha Costa.

Comentários (11) enviar comentário
  1. José rocha Júnior disse:

    Está e a indústria do RN 👏👏👏👏

  2. Luiz Moreira disse:

    Quanto comentário tosco! A promoção do destino turístico RN e Brasil deve ser um trabalho permanente. É claro que, assim como os cidadãos brasileiros, os turistas também ficam sujeitos a algum tipo de violência. Mas os turistas sabem disso e nem por isso deixam de viajar. O Rio de Janeiro é uma das cidades mais violentas do Brasil e é a que mais recebe turistas estrangeiros. É o dinheiro do turismo que ajuda aos governos a melhorarem as cidades, investir em segurança, etc. A Turquia teve vários atentados graves, a França outros tantos e nem por isso as pessoas deixam de visitar. Vamos ser críticos mas sem sermos burros!

    • Antonii disse:

      A vida do ser humano é mais valiosa que esse seu comentário.

    • Romulo Leite disse:

      Qualificar os tais comentários como "toscos" é por demais elegante….Vender nosso destino, uma das únicas oportunidades de projeção de que dispomos para gerar renda, é essencial inclusive para investir em todos os aspectos negativos citados…..que tenha sido coroada de sucesso esta participação!!

  3. Alf disse:

    Vão lá buscar novas vitimas para a bandidagem!!!!
    Primeiro deveriam arrumar a casa para trazer gente de fora aqui. O resultado disso é que o primeiro gringo a ser assaltado vai espalhar para o resto do mundo a atual realidade do Brasil!!!!!

  4. Junior Pinheiro disse:

    É eles passeando….China, Alemanha e etc….e o servidor pagando a conta……. É horrível! !!! Desgoverno tá superando a ROSALBA. Lamentável! !!!

  5. Francisco Mota disse:

    Divulguem a realidade de Natal! A Cidade do Sol tornou-se cidade onde quem manda é bandido! TODO DIA E EM QUALQUER CANTO DA CAPITAL E REGIÃO METROPOLITA TEM ASSALTO.
    A quem devemos recorrem ? pois o executivo não faz nada, o legislativo pior ainda e o judiciário não sai do gabinete ! O jeito é recorrer as autoridades externas porque os donos dos porcos não toma conta de nada !

    #RNPEDESOCORRO!

  6. Ari disse:

    Falta dinheiro pra tudo , pagamento atrasado, mas tem dinheiro pra este tipo de evento( turismo), concordo com o nobre Thiago "precisa apresentar redes sociais a este governo".

  7. Thiago disse:

    Está faltando alguém apresentar a esse Governo as Redes Sociais.

  8. paulo martins disse:

    A 'penosa' travessia do Atlântico… Esse filme é velho.

  9. bueno disse:

    Ter tudo isso e não ter segurança. Os turistas vem pra cá são assaltados e ao invés de levar uma boa imagem levam prejuízos, traumas e hematomas. Façam o básico pra não passarem vergonha.

Publicidade

VIDA PIPA: O que você espera da vida? Vamos viver um pouco mais?

O que você espera da vida? Vamos viver um pouco mais?

O que é a vida? O tempo passa… e às vezes a gente nem vive. O que você quer da vida? Tem gente que trabalha a vida toda pra acumular dinheiro. E depois gasta todo o dinheiro para ter a vida de volta.

Mas o que é mesmo a vida? Nascer, andar, estudar, amar, trabalhar, ganhar…

Viver! E de qual parte da sua vida você gosta mais?

Você conhece um lugar chamado Pipa? A gente não vai falar de Pipa pra você.

A gente não vai falar dos nossos lotes, casas, terrenos, flats, pousadas. Nada disso. Nós queremos convidar você pra viver um pouco mais… a sua vida.

Pisar na areia. Escrever um livro. Plantar uma árvore. Caminhar. Ler. Cantar.

Pintar. Namorar. Viver.

Venha passar um dia com a gente. Conhecer a vida em Pipa. Agende uma visita pelo site vidapipa.com.br. Se você gostar, vai ver que ainda tem muita coisa boa pra fazer nessa vida. Investir mais em você, por exemplo.

enviar comentário
Publicidade

RN divulga destinos turísticos para 1500 agentes de viagem

Mais de 1500 agentes de viagem da maior operadora da América Latina estão reunidos até a próxima segunda-feira (20) na convenção anual da CVC, em Foz do Iguaçu (PR).

O Rio Grande do Norte está presente no evento com sala exclusiva financiada com recursos do RN Sustentável para capacitação de agentes de viagem venderem os destinos potiguares.

“A CVC é a operadora que mais vende nosso destino. É de vital importância nossa participação nesse evento para estreitarmos a relação com esses agentes. E também queremos trazer este evento anual para Natal no próximo ano”, ressaltou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

“Estão presentes os líderes de vendas e gerentes de atendimento da operadora no Brasil todo. É importante mostrar nosso Estado e oferecer esses treinamentos para que estejamos na vitrine da CVC”, comentou a presidente da Emprotur, Aninha Costa.

Também presente ao evento, a subsecretária de Turismo, Solange Portela, enfatiza a campanha promocional exclusiva que a Setur RN já articulou com a operadora para divulgar o RN nos próximos meses.

As equipes da Setur RN e da Emprotur também aproveitaram a presença em Foz do Iguaçu para definirem a participação do RN na Feira de Turismo das Cataratas, no próximo mês de junho.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Peron Souza disse:

    👋👋👋👋👋👋👋👋👋👋

Publicidade

Passeio promovido pelo Sesc passará por região serrana do RN

Engana-se quem pensa que o Rio Grande do Norte é famoso apenas pelo seu extenso litoral. Para desmistificar esse conceito, o Sesc RN, instituição ligada ao Sistema Fecomércio RN, realiza em março o passeio turístico “No Horizonte das Serras” com destino às cidades de Passa e Fica, Serra de São Bento, Monte das Gameleiras e Araruna (PB). As vendas podem ser feitas a partir de 21/02 na Central de Atendimento do Sesc Cidade Alta.

Quem for ao passeio poderá conhecer pontos turísticos famosos do estado, como o Parque Estadual Pedra da Boca, em Passa e Fica, onde se localiza a famosa Pedra da Boca e onde é possível observar pinturas indígenas; a igreja São Sebastião, em Monte das Gameleiras, onde estão relíquias do Papa João Paulo II; e mirantes com vistas de tirar o fôlego na Serra de São Bento.

O passeio Paraíso das Pedras será no formato bate-volta, e incluirá micro-ônibus, seguro de vida, guia acompanhante, almoço e kit lanche no serviço de bordo. Os valores podem ser divididos em até 10X nos cartões Visa, Hiper e Master, com tarifas reduzidas para crianças entre 02 e 10 anos. Bebês entre 0 e 1 ano e 11 meses não pagam. O número de vagas é limitado.

Turismo Social

O Sesc promove passeios pelo RN e outros estados por meio do seu Turismo Social, retomado em 2016. Desde então, já foram realizados oito passeios bate e volta e quatro excursões para estados da Paraíba e Pernambuco.

O Turismo Social visa proporcionar novas oportunidades de lazer, integração e enriquecimento cultural por meio de passeios a custos acessíveis. A missão do Sesc na área é de criar possibilidades para que as pessoas conheçam o Brasil, democratizando o acesso a viagens, passeios e hospedagens.

Serviço:

O quê? Passeio “No Horizonte das Serras” (Passa e Fica, Serra de São Bento, Monte das Gameleiras e Araruna (PB)
Quando? 11/03 (sábado) | Saída do Sesc Potilândia às 6h
Onde comprar? De 21/02 a 09/03 | Central de Atendimento do Sesc Cidade Alta (Rua: Cel. Bezerra, 33) | Segunda a sexta-feira, das 7h às 19h

Valor por pessoa
10x R$ 14 (comerciário)
10x 16 (conveniado)
10x 17 (usuário)

Tarifas para crianças
• 0 a 1 ano e 11 meses não pagam
•2 anos a 5 anos e 11 meses será cobrado 50% do valor de cada categoria
•6 aos 10 anos e 11 meses pagam 70% do valor de cada categoria
•A partir dos 11 anos, o valor cobrado será integral
Mais informações? (84) 3133-0360

VAGAS LIMITADAS

enviar comentário
Publicidade

Turista que visita Natal na alta estação vem do Sudeste e permanece, em média, 10 dias na cidade

Pelo 5º ano consecutivo, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN traçou o perfil do turista que visita Natal na alta estação. A maior parte dos turistas são brasileiros (79,7%; contra 82,4% em 2016); vindos da região Sudeste (35,2% de São Paulo; 11,2% do Rio de Janeiro; e 5,9% vieram de Minas Gerais); viajam com a família (72,8%); são homens (51,5%); e permanecem, em média, 10 dias na cidade.

O percentual de turistas estrangeiros (20,3%), foi maior em relação ao ano passado (17,6%), sendo que 7,7% são provenientes da Argentina. Em 2016, os turistas argentinos eram 6,7%. A Itália é o segundo país que mais envia turistas a Natal na alta estação, com 1,7% dos entrevistados, índice obtido tanto este ano quanto no ano passado. 52,6% das pessoas ouvidas na pesquisa visitavam o estado pela primeira vez. Já na pesquisa de 2016, 70,5% dos visitantes nunca tinham vindo ao RN.

Com relação ao que atraiu o turista ao Rio Grande do Norte, as belezas naturais foram o item mais lembrado, com 66,8% das respostas ao questionário. O índice é um pouco menor do que o obtido em 2016, quando esta foi a motivação para vir ao estado de 87,1% das pessoas que responderam à pesquisa. Visitar a família (6,8%), visitar os amigos (4,7%), e as promoções (1,7%) também serviram de incentivo para que as pessoas passassem uma temporada no estado.

A respeito de quando tomaram a decisão de viajar para o RN, 20,7% decidiram 6 meses antes da viagem; 20,6% decidiram 3 meses antes; 16,9% há 2 meses; e outros 11,2% estavam planejando a viagem há 1 ano. Ao contrário de 2016, quando 52,8% usaram os serviços de uma agência de viagens para organizar o passeio, este ano, 65,8% dos entrevistados informaram que não foi necessário contratar este serviço. O principal meio de transporte usado para chegar ao RN foi o avião (93,1%), e a companhia aérea mais utilizada foi a Gol (46,3%), seguida da Latam (25,7%).

A maioria dos visitantes (53,5%) possuía renda de até R$ 6 mil mensais. De acordo com a pesquisa, cada turista gastou diariamente R$ 235,16, em média, valor 12,8% superior em relação a 2016, quando o gasto individual por dia foi de R$ 208,41. No detalhamento, o gasto médio individual do turista por dia foi de R$ 93,29 com hospedagem (em 2016 foi de R$ 90,98); R$ 46 com alimentação (R$ 52,16 em 2016); R$ 19,42 com transporte (R$ 15,76 no ano passado); R$ 43,52 com diversão (em 2016 foi de R$ 25,07); e R$ 32,93 com compras (R$ 24,44 em 2016).

Praias, restaurantes e bares, centros de artesanatos e shoppings foram os atrativos mais visitados. Entre os restaurantes, por exemplo, o Camarões foi o mais lembrado pelos participantes da pesquisa, com 40,7% das respostas. Além disso, 50,2% deles visitam outras cidades, além de Natal, como é o exemplo de Tibau do Sul, São Miguel do Gostoso e Galinhos.

No geral, a avaliação do destino turístico Natal é boa, e 87,6% dos participantes da pesquisa pretendem voltar ao RN. 96,1% deles avaliam o estado como excelente ou bom; e 97,4% indicariam o RN como destino turístico.

A coleta de dados foi realizada entre os dias 03 e 12 de janeiro, quando foram ouvidas 651 pessoas, nos principais locais de acesso do público à cidade, como o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante e o Terminal Rodoviário, além de pontos de fluxo turístico como hotéis, pousadas, feiras de artesanatos e atrativos turísticos.

enviar comentário
Publicidade

Fórum de Turismo do RN define palestrantes

O 8° Fórum de Turismo do Rio Grande do Norte, que será realizado nos dias 7 e 8 de abril, no Centro de Convenções de Natal, paralelamente à terceira edição da Feira dos Municípios e Produtos Turísricos do RN (Femptur), terá dois painéis internacionais com representantes dos principais polos emissores da Europa e da América do Sul para o turismo potiguar: Pedro Costa Ferreira, presidente da Associaçāo Portuguesa de Agências de Viagem e Turismo (Apavt); e Gabriel Sanchez, diretor da operadora All Seasons, da Argentina.

Já os palestrantes nacionais confirmados no Fórum, que é uma realizaçāo da Argus Eventos, são Rodrigo Cordeiro, presidente do MPI Group no Brasil, que falará sobre o futuro dos eventos; Graziele Vilella, coordenadora nacional de Turismo do Sebraae, que mostrará em primeira mão, no Rio Grande do Norte, o novo conceito de “Turismo Inteligente”; e Diogo Canteras, presidente da Hotelinvest, que abordará o bom momento para a retomada dos investimentos turísticos no Rio Grande do Norte. Exemplo recente foi o anúncio do Vila Galé Touros, previsto para setembro do próximo ano.

Outra novidade do 8º Fórum de Turismo do RN será o debate “O Brasil começou no RN?” Será mediado pela professora, pesquisadora e escritora Tânia Fonseca Teixeira, que tem livros que defendem a tese de que o Brasil foi descoberto na Praia do Marco, a cerca de quilômtetros ao norte de Natal. O painel terá debatedores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN). O jornalista Alexandre Garcia, da Rede Globo, foi convidado mas nāo poderá se ausentar de Brasília no período. Mandará depoimento gravado, já que é um dos maiores defensores da tese de que o Brasil foi descoberto no Rio Grande do Norte.

enviar comentário
Publicidade