Publicidade

Novo destino turístico contemplará três municípios potiguares

Uma iniciativa inédita de desenvolvimento de projeto turístico no Rio Grande do Norte a partir do envolvimento da comunidade e da sustentabilidade da região será iniciado na primeira quinzena de maio. O projeto foi apresentado ontem (26) aos prefeitos e secretários de turismo dos três municípios contemplados: Serra de São Bento, Monte das Gameleiras e Passa e Fica.

A ação tem sido planejada desde março de 2016, quando foi criado um grupo técnico composto por instituições e universidades para discutir o segmento de aventura a ser desenvolvido como novo destino turístico para o interior do Rio Grande do Norte.

Foi considerado o trabalho realizado pelo Sebrae/RN para o fomento da região, que envolveu pequenos empresários locais. A proposta, agora, é realizar novas atividades atreladas às exigências do Governo Cidadão, com foco na integração do turismo de base comunitária e no desenvolvimento sustentável.

“É um projeto alinhado ao nosso propósito de interiorização do turismo. Temos apostado no turismo religioso, sobretudo na promoção da estátua de Santa Rita de Cássia, e agora também no turismo de aventura”. O secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar, ressalta ainda que destinos dos cinco pólos turísticos do Estado têm sido constantemente divulgados em feiras nacionais e internacionais do setor.

Uma empresa especializada no tema já foi definida via processo licitatório. O contrato será publicado amanhã (28) no Diário Oficial e as atividades nos municípios terão início na primeira quinzena de maio. Será uma ação com duração prevista de um ano e meio. Serão identificados os potenciais turísticos e as carências da região, apoio à criação de redes empresariais, valorização de produtos locais, comunicação integrada, etc.

“Já fizemos visitas técnicas nos três municípios. E embora tenhamos diversidade turística, com atrações culturais, artesanais e de charme, o principal destino é o turismo de aventura na Pedra da Boca, que está localizada no município paraibano de Araruna, na divisa com Passa e Fica. Por isso já estamos em contato com o Governo da Paraíba para trabalharmos juntos nessa área”, adiantou a presidente da Emprotur, Aninha Costa.

O investimento total no projeto gira em torno de R$ 900 mil, com recursos do Governo Cidadão. A única contrapartida pedida pela Setur RN aos prefeitos dos três municípios foi de logística para receber as equipes de trabalho e a ajuda no envolvimento da cadeia produtiva da cidade.

enviar comentário
Publicidade

Roteiro Natal Sagrado e Histórico será aprimorado para incrementar turismo religioso

Foto: Alex Régis

A Secretaria Municipal de Turismo (Sectur) da Prefeitura de Natal realizou na manhã desta terça-feira (25), em parceria com a Potiguar Turismo e o Receptivo Luck, um passeio turístico que percorreu sete Igrejas da Zona Leste da capital, com o objetivo de verificar in loco o que precisa ser aperfeiçoado em termos de trânsito e infra-estrutura para o pleno funcionamento do Roteiro Natal Sagrado e Histórico a ser lançado na próxima sexta-feira (28), na ExpoCatólica, uma feira de produtos e serviços para a Igreja e livrarias católicas.

O percurso iniciou na Igreja Nossa Senhora de Lourdes, em Petrópolis, onde estão os restos mortais do Padre João Maria, e culminou na Catedral Metropolitana de Natal, localizada na avenida Deodoro. Foram visitadas, ainda, as Igrejas do Bom Jesus das Dores (Ribeira), Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (Cidade Alta), Nossa Senhora da Apresentação (Cidade Alta), Igreja de Santo Antônio (Cidade Alta) e a Igreja de São Pedro, no Alecrim.

De acordo com a secretária de Turismo, Christiane Alecrim, a avaliação do citytour foi muito positiva, vez que consolida o roteiro histórico-cultural-religioso na cidade, que vem sendo trabalhado há algum tempo. Ela disse ainda que falta apenas alinhavar com as secretarias parceiras a infra-estrutura dos locais de peregrinação. A Sectur conta com a parceria das secretarias de Mobilidade Urbana, Meio Ambiente e Urbanismo, Cultura, Segurança e Defesa Social, Serviços Urbanos, Urbana, Saúde, Políticas para as Mulheres e Comunicação Social. Todas essas secretarias estiveram representadas no passeio turístico ocorrido na manhã de hoje.

“O turismo religioso é um viés que se descortina tanto para o natalense, que vai valorizar mais os templos católicos da cidade, como para os turistas que visitam a capital”, afirmou a secretária. O “Roteiro Natal Sagrado e Histórico” será lançado oficialmente na próxima sexta-feira (28), na abertura da ExpoCatólica. No domingo (30), o citytour será repetido, desta feita com os palestrantes do evento.

Para o secretário do Arcebispado da Arquidiocese de Natal, padre Francisco Fernandes, o ponto central de toda peregrinação religiosa é a Catedral Metropolitana. Segundo o religioso, o sentido teológico da Catedral é a ideia da tenda armada no meio do povo, no coração da cidade. “O turista tem de visitar a cripta da Catedral, um lugar de orações, que foi abençoado pelo Papa João Paulo II. Temos em exposição o cálice usado pelo Papa e um novo elemento que é um tijolo doado pelo Vaticano”, informou o sacerdote.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Márcio Macedo disse:

    Parabéns , excelente iniciativa.

Publicidade

Prefeitura do Natal lança roteiro turístico religioso durante a Expotour Católica

Foto: Argemiro Lima/Arquivo Secom

A Prefeitura do Natal, por meio da secretaria municipal de Turismo (Setur) é um dos patrocinadores da Expotour Católica no período de 28 a 30 corrente na Praça Pedro Velho, em Petrópolis. A abertura do evento será na próxima sexta-feira, às 17h30 e segundo os organizadores a proposta é fomentar o Turismo Religioso.

Segundo a secretária de Turismo de Natal, Christiane Alecrim a Expotour Católica é uma experiência para segmentar o evento no calendário turístico da cidade e evidenciar o potencial do turismo religioso que ainda é pouco explorado na capital. “O evento deverá proporcionar maior incentivo de crescimento profissional a essa nova opção de exploração turística em Natal’.

A secretária confirmou que durante a Expotour serão lançados dois roteiros religiosos pela Setur para visitação pelos turistas que inclui as igrejas Nossa Senhora de Lourdes, Rosário, Bom Jesus das Dores, Santuário dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Nossa Senhora da Apresentação (antiga Catedral), Igreja de Santo Antônio, São Pedro Apóstolo e a Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Apresentação.

Após a abertura da Expotour serão realizadas na tenda principal as palestras “Turismo Religioso e seus desafios” pelo jornalista especializado em turismo religioso Amadeu Castanho; “Igreja Católica e suas práticas Culturais”, professora Maria Lúcia – UFRN; ‘Turismo Religioso e Sustentabilidade”, Otto Walter Schmiedt, consultor em Agronegócios e Turismo e “O Espaço Sagrado para o desenvolvimento do Turismo Religioso”, reverendo Rodson Ricardo, coordenador do curso Ciências das Religiões na UERN.

Uma feira foi montada pelos organizadores com a participação de livrarias, editoras católicas e a realização de workshop voltado para o segmento turismo religioso. Expositores estarão abordando para os participantes pontos turísticos das cidades do Nordeste e Estados do país com exposições, passeios turístico-religiosos (este dentro de cada Estado e cidade quando realizado), praça de alimentação, além de apresentações artísticas e musicais.

Para o coordenador do evento, Manoel Sidnésio a Expotour Católica é uma exposição itinerante exclusiva do Turismo Religioso, para a venda destes destinos e pontuar sua importância motivando o crescimento, foi idealizada e coordenada em Natal sendo a única realizada no Nordeste com esta exclusividade e característica própria.

 

enviar comentário
Publicidade

TURISMO POTIGUAR – (FOTOS): Complexo da Rampa e Centro de Convenções serão entregues este ano

Foto 1: rampa/ foto 2: Centro de Convenções

Os dois maiores projetos estruturais para o setor de turismo dos últimos anos estão com o ritmo de obras dentro do cronograma e serão entregues até o fim deste ano. A ampliação do Centro de Convenções de Natal e a restauração do antigo prédio da Rampa e construção de novos equipamentos na área prometem mudar a fisionomia do turismo no Rio Grande do Norte.

As obras do Centro de Convenções de Natal estão a todo vapor, com as fundações já instaladas e, já no próximo mês de maio, a estimativa de conclusão da laje e início da montagem da estrutura metálica da cobertura. A ampliação acontece com recursos conveniados junto ao Ministério do Turismo, da ordem de R$ 30 milhões.

Já as obras do Complexo da Rampa, reiniciadas há pouco mais de dois meses, está com 32% das obras concluídas. Esta semana deu início à marcação do píer e finalizou a concretagem da primeira laje do Memorial do Aviador.

“Destravamos as burocracias que travavam o início ou reinício das obras porque entendemos que são equipamentos que elevarão o turismo, a economia e, no caso da Rampa, colaborarão para a melhoria social da área”, destaca o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

“Com o prédio da Rampa pronto, tanto a parte antiga restaurada e a construção do Memorial do Aviador e outros equipamentos novos, queremos atrair, sobretudo, o turista norte-americano, cuja história durante o período da Segunda Guerra Mundial está intimamente relacionada ao nosso Estado”, comentou a presidente da Emprotur, Aninha Costa.

A Rampa para hidroaviões no rio Potengi foi ponto obrigatório para aviadores que atravessavam o Atlântico Sul, entre 1920 e 40. A posição estratégica de Natal, no “cotovelo” da América do Sul, também serviu como referência durante a Segunda Guerra Mundial, sendo o ponto para pouso de aterrissagem de aeroplanos e hidroaviões mais movimentado do mundo durante o período, quando abrigou a maior base militar dos EUA fora daquele país.

As obras foram iniciadas em 2013 e se encontravam paradas desde 2014. O motivo foi a alegação da construtora responsável pela execução do projeto de que havia erro de cálculo nas vigas que sustentariam o Memorial do Aviador. Então houve um período para reelaboração da estrutura e toda a burocracia para reavaliação do projeto e liberação dos recursos junto à Secretaria Estadual de Infraestrutura e Caixa Econômica Federal.

Comentários (4) enviar comentário
  1. Edson disse:

    Concordo com você Alf,sem segurança não tem como fazer turismo! Estive por duas vezes na orla de João Pessoa e me surpreedi com a tranquilidade por lá. Muita segurança inclusive com a gurda municipal presente e dando apoio a policia militar!

  2. Alf disse:

    De que adianta entregar obras para o turismo se o governo não garante a integridade física de que visita a cidade? Será que as minhas prioridades estão invertidas, ou manter a segurança é a primeira obra a fomentar o turismo de uma região?

  3. Clayton Martins disse:

    Se o Museu realmente for entregue, será um excelente equipamento para conhecimento e divulgação de nossa história.
    Será útil, principalmente, para que instituições de ensino de nosso estado possam levar seus alunos e, quem sabe reduzir nossa ignorância quanto à formação de nossa região metropolitana.

  4. Brasil disse:

    É muito dinheiro pra nada ….você acha que um paulista vira pra Natal pra ver RAMPA ???🤣🤣🤣
    Somos uma cidade de praias ,turista quer estrutura nas praias ,que porra de rampa ,isso é só pra comer dinheiro,não trará um único turista que vira com o objetivo de ver uma rampa !!!! São muito amadores ,peguem um avião e aprendem com o pessoal de Gramado/Canela como se traz turista !!!

Publicidade

DESCOBRIMENTO: Alexandre Garcia “Marinha confirmou que do mar vê o Pico do Cabugi e não o Monte Pascoal”

O Jornalista Alexandre Garcia usou seu twitter na noite desta sábado para confirmar o que alguns pesquisadores e historiadores vem afirmando há muito tempo como Lenine Pinto e Manoel Cavalcanti. Que o Brasil foi descoberto pelo Rio Grande do Norte, e que o primeiro pico “avistado” pela esquadra de Cabral não teria sido o Monte Pascoal em Porto Seguro na Bahia, e sim o Pico do Cabugi no RN.

A secretaria de turismo do estado resolveu encampar essa luta de defender que a terra onde Cabral pisou pela primeira vez no Brasil foi na praia do Marco.

Com essa informação publicitada por Alexandre Garcia, “que a Marinha confirmou que do mar, vê-se o Cabugi no RN; e não o morrinho do sul da Bahia”, poderemos literalmente ter mudanças na história do Brasil e que seria excelente para as terras de Poti.

 

 

Comentários (15) enviar comentário
  1. Herick disse:

    Até que fim reconheceram o história correta.

  2. Kaio TG disse:

    Quem descobriu o Brasil foi a ODEBRECHT!!!

    • paulo martins disse:

      E quem está "descobrindo" o Rio Grande do Norte é o tirador de onda do Alexandre Garcia.

  3. Manoel de Oliveira Cavalcanti Neto disse:

    Hoje, 23 de abril, é dia de São Jorge. Há 517 anos as naus da Armada de Pedro Álvares Cabral ficaram fundeadas a meia légua da costa potiguar nas proximidades de Zumbi e do Rio Punaú. Daí avistaram ao Sul um cabo que recebeu o nome do santo do dia: São Jorge (hoje Cabo de São Roque). Alguns desceram à terra, constataram a existência da abundância de água e madeira, mas o local era impróprio para fundearem toda a armada com segurança e navegaram por 10 léguas na direção Norte. Essa é a distância para a Praia do Marco, onde permaneceram por mais de uma semana fazendo a aguada e estocando lenha. Ali chantaram um Padrão de Posse com a Cruz de Cristo e as Armas do Rei Dom Manuel – é o Marco de Touros. Vejam a Carta de Pero Vaz de Caminha (01/05/1500), o Mapa de Cantino (1502) e os livros "Descobrimento do Brasil" de Capistrano de Abreu (1929) e "O Mando do Mar" de Lenine Pinto (2015).

  4. Ojuara disse:

    Tem que mudar o nome do Pico do Cabugi para Pico Pascoal

  5. Flávio Tinoco bezerra de melo disse:

    Até que fim a verdade ,isso e muito bom!!!

  6. GB disse:

    Perdermos Fernando de Noronha para Pernambuco e o descobrimento pra Bahia! Kkkkkk

  7. jorjão disse:

    Taí "agora torou dentro"!!
    Foi a Globo que "descobriu" o Brasil!!!!

  8. #ficaadica disse:

    Pelo menos, pesquisa em fontes corretas… Já o deputado Rogério marinho disse no programa roda viva q o Amapá não tinha mar…

  9. #ficaadica disse:

    Vcs ainda duvidam dá força dá Globo?

  10. Henrique disse:

    Se o 1 Marco encontra se no RN, não faz sentindo ser na BA.

  11. paulo martins disse:

    Por sua inestimável contribuição à historiografia do Brasil e, em particular, à norte-rio-grandense, Alexandre Garcia deveria ser aclamado já presidente do Instituto Histório e Geográfico do RN.
    Aliás, arguto como é, Garcia já deve ter percebido claramente o desastre que seria o Brasil caso o terra potiguar não existisse no mapa.

  12. Só olhando disse:

    Lamentável o abandono do marco original.

  13. Luciana Morais Gama disse:

    Eu disse aqui que o jornalista Alexandre Garcia é um defensor dessa tese do descobrimento. Sempre que ele fala daqui diz "onde o Brasil foi descoberto".

  14. Gileno disse:

    Que a tese do Professor Lenine Pinto seja levada em consideração, e que essa parte da história seja recontada, agora, baseada em fontes científicas. Tenho todos os livros do Professor Lenine que trata do assunto.

Publicidade

ÎLE DE PIPA: exuberância de seu paisagismo

Um dos diferenciais do Île de Pipa Resort, o mais novo empreendimento da Vertical Engenharia, é seu projeto paisagístico elaborado pelo arquiteto paisagista Benedito Abbud.

Para tornar o local ainda mais belo e harmônico, Abbud utiliza a água como elemento principal, conectando os espaços externos, desde a chegada, passando pelas áreas comuns de encontro, até os ambientes privativos de cada unidade. É a água a responsável por encantar o cenário, descontrair e acalmar, sempre rodeada por uma vegetação exuberante. Os materiais naturais como a pedra e a madeira, assim como o contraste de cores e texturas dos jardins reforçam a harmonia entre a arquitetura e o paisagismo, com espaços charmosos e aconchegantes.

Uma diversidade de palmeiras e espécies escultóricas ambientam os acessos e circulações, enquanto os coqueiros garantem o clima de praia do conjunto aquático. As áreas de lazer contam com piscina adulto (raia de 25 metros), deck molhado, piscina infantil, spa na água, lago natural com prainha e solário com espreguiçadeiras. Bangalôs e bar de apoio prometem os melhores momentos de descanso e diversão.

Trabalhando na área desde 1970, Benedito Abbud é formado em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), na qual foi professor na disciplina de paisagismo de 1980 a 1985. Ministrou aulas também na Faculdade de Arquitetura da PUC – Campinas de 1977 a 1981. É pós-graduado e mestre pela FAU-USP. Os projetos que ele desenvolve visam a proporcionar lazer, convívio social, esporte, cultura, contemplação e educação ambiental. Segundo o profissional, o paisagismo virou sinônimo de qualidade de vida.

O resort está localizado na Avenida Baía dos Golfinhos, 414, no coração de Pipa. Informações: (84) 3246-2717.

enviar comentário
Publicidade

Aeroporto da Grande Natal fecha trimestre com aumento de movimentação; feriado de Semana Santa deverá ser 7% maior que 2016

O ano de 2017 começou com números positivos no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. O Terminal aéreo fechou o trimestre registrando um movimento de 36.156 mil passageiros, 5,39% maior que o mesmo período de 2016.

A movimentação de aeronaves também cresceu, foram 138 pousos e decolagens, 2,6% a mais que os três primeiros meses de 2016.

Em março, mês fora do período da alta temporada, o fluxo de passageiros cresceu 21,6% em relação ao ano passado e o número de movimentação aérea foi também 19,1% maior.

O Terminal de Cargas do Aeroporto de Natal também cresceu na movimentação de cargas. No trimestre foram importadas e exportadas 85 toneladas, 5% a mais que 2016. Hoje o Terminal é o maior exportador do Nordeste.

Movimentação do feriado da Semana Santa deverá ser 7% maior do que em 2016 no Aeroporto de Natal

No período entre o dia 13 de abril, quinta-feira, e 17 de abril, segunda-feira, são esperados 27.500 mil passageiros no Aeroporto da Grande Natal. O feriado prolongado da Semana Santa deverá atrair turistas para as praias da cidade potiguar, 7% a mais do que o registrado no mesmo feriado de 2016. A expectativa é de 230 pousos e decolagens e são aguardados 12 voos extras durante os cinco dias que abrangem o recesso.

Os dias e horários de maior movimentação de passageiros no Aeroporto da Grande Natal deverão ser 13 de abril, quinta-feira, e 14 de abril, sexta-feira, das 14h às 17h. Para o retorno do feriado, no dia 17 de abril, segunda-feira, são esperados 3.010 passageiros somente na hora pico, de 14h às 17h.

O Aeroporto de Natal recomenda aos passageiros de voos domésticos a chegarem com 1h30 de antecedência ao horário do voo e 2h30 antes para passageiros de voos internacionais, a fim de realizar os processos de embarque com tranquilidade. A administradora também lembra que todos os passageiros passarão por inspeção de raio-x ao embarcar, e que alguns poderão ser selecionados para revistas aleatórias conforme prevê a legislação da Agência Nacional de Aviação Civil.

1º trimestre de 2016 tem movimentação positiva

O ano de 2017 começou com números positivos no Aeroporto da Grande Natal. O Terminal aéreo fechou o trimestre registrando um movimento de 36.156 mil passageiros, 5,39% maior que o mesmo período de 2016.

A movimentação de aeronaves também cresceu. Somente nos três primeiros meses de 2017 o terminal registrou um aumento de 2,6% na quantidade de pousos e decolagens, ou seja, 138 voos a mais do que em 2016.

Em março, mês fora do período da alta temporada, o fluxo de passageiros cresceu 21,6% em relação ao ano passado e o número de movimentação aérea foi também 19,1% maior.

O Terminal de Cargas do Aeroporto da Grande Natal também cresceu na movimentação de cargas. No trimestre foram importadas e exportadas 85 toneladas, 5% a mais que 2016. Hoje o Terminal é o maior exportador do Nordeste.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Aeroporto de Natal e Assessoria de Imprensa do Aeroporto de Brasília

Comentário (1) enviar comentário
  1. Luiz Moreira disse:

    Tem um abaixo assinado circulando pedindo a abertura do ex-aeroporto Augusto Severo. Um verdadeiro desatino sem sentido nenhum a não ser a saudade de ter um aeroporto mais perto da Zona Sul. Puro comodismo desvairado. Pensam que é fácil recuperar um aeroporto que deve estar cheio de problemas, alguns insolúveis agora, de manutenção. Além disso, demonstra um total desconhecimento das implicações de uma mudança maluca dessas para as empresas aéreas, que tem seus sistemas já implementados no ASG. Dividir as operações em dois aeroportos seria prejuízo na certa para todos. Finalmente temos agora um aeroporto decente com potencial de crescimento para um longo futuro, ao contrário do aeroporto Augusto Severo que já estava saturado ao ser desativado.

Publicidade

Sindbuggy parabeniza ação do Governo do Estado para atrair turistas europeus

O presidente do Sindicato dos Bugueiros Profissionais (Sindbuggy), Luiz Thiago Manoel, esteve reunido com alguns bugueiros na noite desta segunda-feira (10) e elogiou as ações do Governo do Estado para captar turistas do mercado europeu, mais especificamente os portugueses.

Neste final de semana as equipes da Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) estiveram na Feira de Viagens Mundo Abreu, em Lisboa, que recebe mais de 120 mil visitantes a cada ano. Uma atitude acertada, segundo Luiz Thiago. “O Governo do Estado acerta ao apostar novamente numa campanha de divulgação e promoção maciça no mercado português. Esses turistas têm visitado cada vez mais com frequência o nosso destino e tem movimentado a economia local. Decisão acertada que merece o nosso reconhecimento”, parabenizou.

A diretora financeira do Sindbuggy, Regina Coele, lembrou que o mercado portugês têm dado um retorno mais que satisfatório e que esses turistas têm ajudado o setor de serviços voltado para o turismo. “Portugal é dos principais emissivos turísticos internacionais ao Rio Grande do Norte há bastante tempo. Se considerarmos o mercado internacional, eles foram um dos grandes responsáveis por nos ajudar a superar essa crise”, destacou.

Representam o Rio Grande do Norte no evento a subsecretária da Setur, Solange Portela e o vice-presidente da Emprotur, Haroldo Azevedo Junior e a chefe de Gabinete da Emprotur, Emanuelle Lima. Os dois representaram também o secretário Ruy Gaspar e a diretora Aninha Costa.

Comentários (3) enviar comentário
  1. Silva disse:

    O governo se esforçar para atraí o turista, mas a violencia e a prefeitura afasta. Com esse reordenamento na praia de ponta negra limitaram o número de sombreros para 15 por quiosques com isso o turista chega e vai embora porque não tem onde sentar, acredite! 15 sombreros é pouco. Já vi várias vezes, repito, dessem do hotel e volta não tem onde sentar. Um absurdo, um negócio desse não podia acontecer.

    • Souza disse:

      Sr. Silva, respeito o seu posicionamento, mas se o problema fosse a limitação de sombreros na praia, estaríamos numa situação ótima. Diria até, invejável.
      Há diversos lugares no mundo, que atraem milhares e milhares de turistas e não se pode sequer levar qualquer alimento para a areia. Tudo para manter a limpeza e organização. E ninguém deixou de ir para esses lugares por causa da proibição de sombreros ou alimentos..
      A diferença é que lá existe estrutura pública nas cidades para receber bem os turistas, existe segurança pública, também.
      Natal tem praias belíssimas e um clima atrativo para os europeus. No entanto, nos falta estrutura básica de transporte público, limpeza, acessibilidade e segurança. Além da desorganização da cidade. Natal não tem, sequer, calçadas decentes pra se caminhar. As paradas de ônibus estão, na maioria das vezes, ao relento e, quando tem algum abrigo, não protege nem do sol nem da chuva. E isso sem falar da falta de informação sobre as linhas de ônibus.
      O nosso principal monumento histórico está completamente abandonado (o Forte dos Reis Magos). E os turistas vão querer visitá-lo. E aí, faz-se o quê?
      Acho que a indústria do turismo deve ser incentivada, com certeza. É algo que pode trazer enormes benefícios pra cidade, mas os governos, tanto Estadual como municipal precisam fazer o seus deveres de casa, porque não há coisa pior do que esses turistas voltarem pra casa falando mal, ou pior, com experiências pessoais de assaltos ou assassinatos, como já ocorreu. E digo mais, reconquistar uma boa imagem é muito difícil.

  2. Só olhando disse:

    Atrai com as feiras e afasta com a criminalidade.

Publicidade

ÎLE de PIPA – VÍDEO: sofisticação, natureza e conforto

O île de pipa resort é experiência que sobrepõe experiência. Sofisticação é a palavra central que assina cada um dos apartamentos em 16 mil m2 deste paraíso tropical reservado. Patrícia anastassiadis e benedito abbud trazem para pipa uma experiência em arquitetura e paisagismo inspirados no que há de mais inspirador, moderno e único, atraindo publico seleto que prima qualidade e investimentos de alto retorno.

O íle de pipa resort é um grande mundo de vida abundante: 4 piscinas sendo 2 piscinas adulto com spa e 2 infantis, lounges com confortáveis futons, praia artificial privativa com plantas e peixes nativos, louge bar, alta gastronomia, fitness, recepção e segurança 24h com garagem e manobrista, tudo isso contando ainda com serviço de hotelaria 5 estrelas para você e sua família desfrutarem deste paraíso.

Acesse: http://www.iledepipa.com.br/

Assistam o vídeo do arrojado e brilhante Île de Pipa com Cláudia Raia:

enviar comentário
Publicidade

Volume de turistas cresce 20% em março no Rio Grande do Norte

O turismo pode ser afetado ou não pela crise financeira conforme o investimento dado ao setor. O período de recessão pode ser encarado como oportunidade para ganhar mercado quando a concorrência demonstra retração ou direcionar a divulgação em mercados estratégicos.

É o que o Governo do RN, através da Setur RN e da Emprotur, tem feito. E o resultado da aposta na estação veraneio foi divulgado pelo Consórcio Inframérica. Os dados mais recentes apontam aumento de 20% no volume de passageiros e 18% no número de voos no mês março, se comparado ao mesmo período de 2016.

“Esse resultado é fruto do nosso trabalho de divulgação e promoção realizado nos últimos anos, acrescido da campanha inédita que fizemos junto à companhia aérea TAP para divulgar nossos destinos no mês de dezembro em suas aeronaves com destinação em cinco continentes. Acredito que esses números demonstram um trabalho continuado desta gestão e que estamos no caminho certo”, aponta o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

A presidente da Emprotur, Aninha Costa, destaca a aposta nos mercados português e argentino, com campanhas promocionais pioneiras nos dois países. “Hoje é nossa maior demanda de turistas estrangeiros. Mas também focamos estratégias no mercado regional e nacional, com road shows e capacitações de agentes e operadores de viagem, sobretudo no Sul e Sudeste do país”, conclui.

Como exemplo, só nas últimas duas semanas, as equipes da Setur e Emprotur participaram de road shows em Foz do Iguaçu (PR), em workshops em Fortaleza (CE), estarão nesta sexta e sábado no Fórum de Turismo do RN e, no sábado e domingo, na Feira de Viagens Mundo Abreu, em Lisboa, Portugal, sendo estes dois últimos com estande próprio, montado com recursos do Governo Cidadão.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Brasil disse:

    Estão vindo conhecer como se perde um voo no caminho do aeroporto,conhecer que para chegar a cidade do sol ,o turista passa por todas as vilas do RN ,??? A única coisa que funcionava nesses estado era o aeroporto de Parnamirim ,aí aparece um FDP e coloca o aeroporto lá na PQP 😤

  2. Brasil disse:

    Os turistas estão vindo conhecer a cidade mais violenta do país ??? Aonde só esse ano já houve mais de 300 homicídios???

Publicidade

Maior evento do turismo potiguar acontece nesta sexta e sábado

O maior evento do turismo potiguar acontece nesta sexta e sábado (7 e 8) no Centro de Convenções de Natal. O Governo do RN será parceiro mais uma vez na realização do Fórum de Turismo do RN. O evento ingressa na oitava edição e reunirá debates importantes para o desenvolvimento do setor e o aperfeiçoamento de quem trabalha com turismo no Rio Grande do Norte.

Também durante as datas acontece a 3ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur), com espaço para cultura, artesanato, gastronomia e atrativos turísticos de 30 municípios potiguares. Também participam com estandes no evento, meios de hospedagem, operadoras, agências de viagem e de receptivo, empresas de passeios, aplicativos e ainda serviços de suporte a feiras e eventos.

“Investiremos num estande próprio, com recursos do Governo Cidadão, por entendermos a importância dos debates promovidos pelo Fórum e pela visibilidade trazida pela Femptur. Parabenizamos a organização pelos temas discutidos e pelo foco também na interiorização do turismo”, enalteceu o secretário estadual da pasta, Ruy Gaspar.

Idealizador e promotor do evento, o jornalista Antônio Roberto Rocha conta que com o sucesso dos debates promovidos nas edições do Fórum em torno das melhorias dos serviços prestados no âmbito do turismo, enxergou viabilidade em uma Feira que mostrasse esse potencial dos atrativos potiguares. Assim surgiu, concomitante ao Fórum, a Femptur.

“O Fórum promove debates de temas oportunos e atuais. Veja que traremos nomes internacionais para debatermos a recepção aos turistas argentino e português, hoje a maior demanda do setor no RN. O Pedro Ferreira, por exemplo, nos trará não só uma visão do mercado em Portugal, mas do Europeu já que é vice-presidente da Confederação Europeia de Agências de Viagem e Operadoras”, ressaltou Rocha.

As inscrições para o Fórum de Turismo do RN podem ser feitas no site do evento (www.forumdeturismorn.com.br), com a garantia do sistema PagSeguro. Custam R$ 60 (estudantes) e R$ 120 (profissionais). Nos dias do evento, custarão R$ 70 (estudantes) e R$ 140 (profissionais). Mais detalhes: 3201-0692 e 99999-30380. Já o acesso à Femptur é totalmente gratuito.

Programação do Fórum de Turismo do RN

(mais…)

Comentários (2) enviar comentário
  1. Marcos Felipe disse:

    Maior evento????
    Evento pífio, isso sim.

  2. Jorge disse:

    Esses amadores do RN tem que aprender com o pessoal de GRAMADO/CANELA como se trás turista ,mas saibam que não é fazendo turismo e trazer turista

Publicidade

VidaPipa apresenta: SIBAÚMA Flats e MATA ATLÂNTICA Residencial

Praias lindas, muito sol e mar calmo. Tranquilidade, natureza, gastronomia e trilhas maravilhosas. Pipa é tudo isso! E um pedaço de Pipa pode ser seu.

Estamos falando de VidaPipa. Excelentes casas, flats e lotes, num projeto bem diferenciado.

SIBAÚMA FLATS. O mar na sua frente e a natureza ao seu redor. Para investir e para curtir. Apartamentos com 96 ou 106 m2. Piscina e acabamento de alta qualidade.

MATA ATLÂNTICA. RESIDENCIAL. Tranquilidade, natureza e o mar pertinho da sua família o dia todo. Lotes de 600 a 5.000 m2. Portaria com segurança. Ruas com calçamento. Acesso à praia através de trilhas. 40 mil m2 de mata preservada.

Agende uma visita pelo ZapPipa +55 84 99955-7987 ou visite vidapipa.com.br. Fale direto com o dono e faça sua proposta.

enviar comentário
Publicidade