Centrais do Cidadão de Natal serão reestruturadas e investimento ultrapassa R$ 4 milhões

O governador Robinson Faria, ao lado da primeira-dama e secretária da Sethas, Julianne Faria, assinou na manhã desta sexta-feira (17), as ordens de serviço para a construção de três novas Centrais do Cidadão em Natal. Serão contempladas as zonas Norte, Sul e Oeste da cidade. Serão investidos nas novas unidades R$ 4,3 milhões de reais e as obras devem durar cerca oito meses.

O pacote de obras contempla a reestruturação das Centrais do Cidadão, coordenadas pela Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). No total, serão investidos cerca de R$ 42 milhões nas 21 unidades da Central do Cidadão do Rio Grande do Norte. Com o novo projeto, todas as unidades do RN passarão a ter sedes próprias, eliminando, assim, despesas com aluguel. Além disso, serão adquiridos novos equipamentos e mobiliários e também está prevista a capacitação de servidores.

Robinson Faria afirmou que durante os 20 anos de existência das Centrais do Cidadão essa é a primeira vez que o governo decide construir prédios próprios. “Estamos investindo em um dos principais programas para a população. A padronização e reestruturação das unidades vão proporcionar melhor qualidade aos serviços. O governo também ganha com essa ação, já que estaremos economizando cerca de R$ 78 mil em aluguel por mês apenas nessas três novas unidades em Natal. Nossa prioridade é atender o povo com um serviço público moderno e eficiente”, explicou o governador.

Uma das novidades para as Centrais do Cidadão é o agendamento eletrônico, que permitirá ao usuário escolher a central, dia e horário do atendimento, evitando filas e facilitando o acesso aos serviços. “O sistema já está pronto e foi desenvolvido sem nenhum custo pelos próprios servidores do governo. Assim que chegarem os novos equipamentos, o agendamento eletrônico será implantado”, afirmou a secretária da Sethas, Julianne Faria.

Natal continuará com o mesmo número de centrais, mas agora em locais adequados e de fácil acesso. A unidade do Alecrim mudará para a rodoviária (Zona Oeste); a Central do Via Direta vai ser transferida para um prédio por trás do antigo Bompreço da Roberto Freire (Zona Sul); e a da Zona Norte, sairá do Shopping Estação para um terreno da cavalaria da PM, na avenida João Medeiros Filho.

“O governador teve o protagonismo de ir ao Banco Mundial, em Brasília, na semana passada para garantir os recursos necessários para modernizar as centrais e oferecer um serviço de qualidade à população e, ao mesmo tempo, trazendo economia ao estado num momento de forte crise nacional”, disse o secretário extraordinário para Gestão de Projetos, Vagner Araújo.

Estiveram na solenidade de assinatura, na governadoria, no Centro Administrativo em Natal, secretários estaduais, coordenadores de programas e servidores.

Publicidade

Comentários: