Crime passional pode ter motivado assassinato de advogado no RN; Polícia encontra R$ 53 mil em carro da esposa

O delegado de Pau dos Ferros, Inácio Rodrigues, confirmou que a principal linha de investigação da polícia sobre a motivação do assassinato do advogado Lafaiete Dantas Júnior é de crime passional a ser esclarecido.

A suspeita do crime é a mulher do advogado, que também é advogada, e foi encontrada ao lado do corpo em estado de choque na manhã desta quarta-feira (18),  na cidade de Pau dos Ferros. A esposa do advogado ainda não passou por depoimento por se encontrar sedada, em estado de choque.

Contudo, na tarde desta quarta-feira(18), a Polícia confirmou o encontro de R$ 53 mil em espécie no carro da mulher. Com mais essa novidade no caso, a possibilidade de crime premeditado, com possibilidade de fuga, entra com mais uma linha de investigação.

O crime

De acordo com a Polícia local, a vítima foi morta com disparos de revólver calibre 38. A acusada do homicídio foi presa em flagrante e foi encaminhada para a delegacia da cidade em estado de choque, inclusive, sob efeito de medicamentos.

    Nenhum Comentário