Delator diz que dinheiro de Malafaia foi de fato uma oferta religiosa, não propina ou lavagem de dinheiro

Por interino

Um advogado investigado na operação Timóteo, que investiga fraudes no Departamento Nacional de Produção Mineral, afirmou na negociação da delação que os R$ 100 mil recebidos por Silas Malafaia foram de fato uma oferta.

Não de propina ou de lavagem de dinheiro, mas religiosa mesmo.

Lauro Jardim – O Globo

Publicidade

Comentários:

  1. paulo martins disse:

    Pense num dinheiro abençoado, jamais vil metal!

  2. Val Lima disse:

    #eu acredito….rsrsrs

  3. Adriano disse:

    Melhor saída, impossível! Extinguiu dois crimes com uma assertiva só.

  4. Cidadão disse:

    Pastor que recebe de ladrão concede 100 anos de perdão?

  5. joacy disse:

    se existir inferno, esse tá de lá pra dentro. graças a "deus"

  6. Ems disse:

    Depois que o estrago foi feito…

  7. José Tavares de Oliveira disse:

    O delator, qualquer que seja, sempre fala a verdade. Vale para todos.Temos que acreditar em todos.

  8. anonimo disse:

    A oração tem poder, transforma propina em doação kkkkkk aleluia. Quem achou ruim taca ocu em mim.

  9. anderson disse:

    serviu para comprar um 'lote' no céu… kkkkkkkkkkkkkk

  10. Gustavo disse:

    eita piula, silas virou honesto, kkkk. sqn

  11. Fonseca disse:

    Os defensores desse pilantra já começaram a se manifestar. É óbvio que quem entregou dinheiro com fins escusos a esse pastor safado irá negar a prática do crime. A mera negativa do agente delituoso, em colidência com outros elementos ou indícios, não descaracteriza a prática do crime.

  12. Thiago disse:

    Olha aí Faladores engulam essa!!! cade os críticos aqui? foi o Delator quem falou viu e não boatos por aí a fora . Valeu Silas ganhou mais uma,Parabéns eles vão ter que te engolir

  13. Jofran disse:

    Aleluia irmão!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk