EXCLUSIVO: Confiram a nota da Vigilância Sanitária referente aos restaurante de Natal

No Brasil,  a categorização dos serviços de alimentação é uma iniciativa pioneira baseada em experiências internacionais bem sucedidas de cidades como Los Angeles, Nova Iorque e Londres.

A Copa do Mundo FIFA 2014 foi o período escolhido para a implantação deste Projeto-piloto,  e sua apresentação aos consumidores brasileiros e turistas.

A proposta consiste em classificar os serviços de alimentação com base em critérios que analisam os aspectos higiênico-sanitários de maior impacto para a saúde dos consumidores.  Essa classificação ficará disponível ao consumidor, dando a oportunidade de que o mesmo saiba com que cuidados e limpeza são preparados os alimentos em seu bar, lanchonete ou restaurante preferidos.

Essa classificação é realizada pela vigilância sanitária da sua cidade com a intenção de ampliar a forma de comunicação do resultado da inspeção ao consumidor e como uma atividade complementar à concessão da licença sanitária.

Para estimular a adesão ao projeto, o Governo destinou aproximadamente R$ 5 milhões, para serem investidos na capacitação dos profissionais das vigilâncias sanitárias municipais e na aquisição de tecnologia. Os recursos foram repartidos entre as cidades-sedes da Copa do Mundo que aderiram ao projeto, de acordo com o número de serviços de alimentação existentes em cada uma delas.

Após avaliação definitiva, cada estabelecimento recebeu uma categoria divulgada também em sua entrada principal. Vejam como ficaram a classificação dos restaurantes, bares e lanchonetes de Natal, alguns nomes famosos decepcionaram. Confiram:

Restaurantes

 

Segue os links da Anvisa com as informações apuradas por esse blog:

http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2013+noticias/servicos+de+alimentacao+na+copa+2014
http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/f6b3e80044431e298c0eed7ad3496059/PPT+Anvisa_Categoriza%C3%A7%C3%A3o.pdf?MOD=AJPERES
http://www.anvisa.gov.br/hotsite/hotsite_categorizacao/documentos/Perfil%20Categoriza%C3%A7%C3%A3o%20CISIS%2029abr14_PAF.pdf
http://www.anvisa.gov.br/hotsite/hotsite_categorizacao/resultados.html

 

Publicidade

Comentários:

  1. Alexandre disse:

    Nada que se faça de melhorias neste país, é pensando na população local.

  2. dircelio disse:

    foi um prazer fazer parte deste quadro de funcionarios, que fizerao do divino fogao a categoria A no quisito higienico sanitario. parabens a todos que trabalharao para isso.

  3. Aldo de Medeiros disse:

    Se as ação do momento, não se tornarem uma AÇÃO CONTINUADA indefinidamente, todo os esforços destes agentes fiscais, tornar-se-ão inúteis. Foi um grande passo dado para as possíveis eliminações dos riscos de agravos a nossa saúde, o despertar para uma nova consciência de proprietários e gestores na área de manipulação e serviços de alimentos na nossa cidade. Agora vamos ver quem vai querer mudar de classificação. Quem vai lutar para subir e alcançar o "A". Que a ANVISA, fique de olho, e nós consumidores também.

  4. RJ disse:

    Precisou ter uma Copa aqui para a Vigilância Sanitária fazer essa classificação? Foi o mesmo que a Semob, que somente agora colocou os itinerários das linhas no Google Maps!
    Se for assim, Então que Natal também se candidate para acolher algum esporte antes das olimpíadas do Rio… só assim se vê alguma coisa andando para frente!

  5. Paulo Jr disse:

    Bando de lesados, é uma pesquisa classificatória da Anvisa. trabalho na área da saúde e por mais que meu trabalho seja bom a Anvisa sempre faz alguma observação quanto a manipulação ou estocarem de produtos, normal. Camarões & cia merece mesmo um C, já vi horrores por lá, assim como o estupendo. Guinza e fogo e Chama é que é de lascar, não esperava.

  6. Othon Bruno Sales disse:

    Gostaria de saber a fonte que o blog tirou esta classificação.

  7. Fabiano disse:

    Eu sei que os consumidores merecem e devem saber o resultado da pesquisa, mas esta deve vir acompanhada de mais informações, pois assim não procedendo há o risco de prejudicar bons comerciantes. No caso, o que significa A, B ou C? a única coisa que ficou clara na matéria foi que estabelecimento classificado como pendente é aquele que, no ato da inspeção, não atingiu a pontuação mínima. A propósito, qual é a pontuação atribuída para cada letra? quem recebeu a letra C foi reprovado?

  8. otavio disse:

    restaurantes

  9. Universitário disse:

    Faltou o bar de mãe!!

  10. Marcus disse:

    impressionante, pesquisa frajuta, pífia, comprada. E este blog publicar? Não sei porque me surpreendo.

    • bruno disse:

      Caro Marcus, quer dizer que uma pesquisa da ANVISA que visitou os estabelecimentos das cidades sede da copa no Brasil todo é fajuta? E o que vc acha é o certo?

  11. Gustavo disse:

    Creio que os classificados com "C" investiram mais em aparência!

  12. Vanessa disse:

    O melhor é que os consumidores se informem, pois, todos classificados estão dentro das exigências da vigilância sanitária, o A sem falhas aparentes, o B com pequenas falhas sem gravidade e o C com mais falhas, porém todos atendem a legislação. Essa classificação foi muito boa para o setor e com isso aumenta o nivel de compromisso e responsabilidades por parte das empresas de alimentação. Qualquer um classificado A, B ou C atendem a legislação, ou seja, podem, funcionar sem riscos a saúde do consumidor, muitas vezes as falhas são estruturais. Existem ainda os que ficaram fora da classificação ou pendentes, esses sim devem ter alerta.

    • Julianny disse:

      Os consumidores devem se informar aonde, Vanessa? Se você está tão por dentro dessa ação e do significado específico de cada letrinha, mande o link.

  13. Gustavo disse:

    Não acredito 100% nesta pesquisa,o habibs já foi fechado por 2 vezes no midway por insetos em suas instalações.O fogo e chama com classificação C,enquanto o bari palessi com classificação A !? Alguma coisa de errado,guinza que tem um nome a zelar devido a servir buffet pra festas de renome na nossa cidade e classificação C. Farol bar com classificação A. Acredito que mais que necessário mostrar os requisitos que foram avaliados pra se chegar até estes resultados,acredito que necessite fazer isso junto a população afinal é quem frequenta.

    • Lafaeite disse:

      Verdade meu amigo um tanto esquisito, o fato do Farol bar ter atingindo essa pontuação!

    • Carlos disse:

      Gente, pra que essa cobrança de que os requisitos da avaliação sejam divulgados? Eles são retirados da legislação e toda lei é pública! Se querem saber os requisitos, pesquisem! Haja gente preguiçosa e desinformada. Principalmente ao fazer comparações baseadas no "olhômetro", chegando a dizer, como o Gustavo em 11 de junho, que quem deve fazer tais avaliações são os frequentadores, como se eles visitassem a cozinha antes de comer, como se fossem treinados em legislação sanitária, etc. Gente, muita demência mesmo, por aqui, a avaliação não é de sabor nem de aparência, é de que as cozinhas estejam de acordo com a legislação de vigilância sanitária, mas como vocês pagam por aparência, achando que empresas famosas obrigatoriamente seguem padrões de higiene mais que aquelas que são menores, continuem sendo enganados.

      Para os preguiçosos de plantão, vejam o formulário de avaliação no link abaixo, dou até página de bandeja (19 em diante), mas não vão clicar, muito menos ler, afinal não estamos falando de fofoca de celebridade ou de novela, não é?

      http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/de113f804fe4bde9957efdece77a031c/categoriza%C3%A7%C3%A3o+baixa.pdf?MOD=AJPERES

    • Thiago disse:

      Minha esposa trabalhou no Guinza e ela disse que concorda com a nota C de lá… Mas ela também achou estranho o Bari Palesi levar um A. Deve ter sido um dia feliz deles!

  14. Rindo muito disse:

    Fogo e Chama: C
    Bari Palesi: A
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Sem mais.

  15. Lilian disse:

    Bari Palesi recebeu "A" …OI???

    • Michelle disse:

      Essa classificação não está correta… O Empório da Pizza no Praia Shopping recebeu pontuação A… acredito que tenham trocado na hora da digitação, o que levou ao equívoco em alguns estabelecimentos.

  16. Francisco disse:

    FRASQUEIRINHO nao deve conhecer o CAMAROES, pois leu uma coisa e entendeu outra! o Camarões Potiguar, recebeu A em todas as unidades, antes de colocar qualquer coisa por aqui, é bom prestar atenção. não se pode misturar alhos com bugalhos!

  17. juliana rocha disse:

    Adorei o post. O consumidor realmente tem que ser tratado com respeito e transparência. No entanto, gostaria de entender mais sobre o assunto. Tipo, critérios, fonte, outro local onde possa analisar os dados. Essa classificação pode comprometer a clientela de muitos restaurantes que onsidero excepcionais em termos de gastronomia. Preciso ter mais dados para saber se devo deixar de frequentá-los. Grata

  18. greg disse:

    Cadê o COBRA CHOCA ?

  19. Comilão disse:

    Locais de renome com a classificação "C".

    Muito bom isso, assim temos mais a noção de onde ir e não se deixar levar pelo nome e preços.

  20. Silvio disse:

    Poucas avaliações dos localizados no "plano Palumbo"…

  21. FRASQUEIRINO disse:

    Para que o consumidor tenha mais informação a VIGILÂNCIA SANITÁRIA precisa divulgar os requisitos para enquadrar os estabelecimentos nos níveis A, B e C. Por exemplo um estabelecimento como o CAMARÕES RESTAURANTE na Av. Roberto Freire, considerado um top no ramo da gastronomia ficou na classe B, o que faltou para atingir a classificação máxima, ou seja a A? O mesmo raciocínio para o Restaurante CAIS DA RIBEIRA do Hotel Pestana na Av. Sen. Dinarte Mariz na Via Costeira. A churrascaria FOGO E CHAMA, a melhor da cidade ficou classificada apenas na posição C!

    • bruno disse:

      Caro Frasqueirino, o Camarões que ficou na classe B não foi Camarões Potiguar. Outra coisa que vc tem que levar em avaliação. "B" não é avaliação RUIM.

    • Comilião disse:

      Exatamente.

      E qual o critério para dizer que a Fogo & Chama é a melhor?

      Subjetiva a sua avaliação.

    • paulo césar disse:

      Imagino que os critérios são quanto a estocagem e manipulação dos alimentos, além das vestimentas do pessoal de trabalho, mesas adequadas, enfim limpeza e cuidados no preparo dos alimentos. Gostaria de uma explicação mais detalhada por parte da ANVISA para entender melhor.
      Real Botequim com B? das duas vezes que fui lá sofri problemas gástricos ao ingerir petiscos e faço notar que tenho estômago tido como de avestruz, como de tudo e nunca sinto problemas. Já a filial do citado botequim em Mossoró nunca me decepcionou, sempre como lá e nada tenho a reclamar.

    • Lara disse:

      Faço minhas suas palavras sobre o Real Boutiquim. A única vez em que estive lá tive problemas digestivos, eu e mais duas amigas que me acompanhavam. E inclusive, na ocasião, fiz denúncia na Covisa.

    • Julianny disse:

      Confio na pesquisa da vigilância sanitária porque, particularmente, não saio por aí visitando cozinhas. O que há de errado o Bari Palesi receber nota A? Só por que não é caríssimo não quer dizer não que atenda a todos os requisitos sanitários. Não adianta questionar a avaliação se você fica deslumbrado só com a arquitetura e com a comida…. E C é sim uma nota péssima quando pagamos muito caro para desfrutar de uma experiência exclusiva em um estabelecimento de excelência, a não ser que o cliente se contente somente com o status social de estar dentro do ambiente e não com o que coloca na boca e sua procedência.

  22. Sarah disse:

    Nessa relação sinto falta dos restaurantes da zona norte, incluse alguns que estão nessa lista tem filiais por lá.

  23. Cristiano disse:

    Otima iniciativa, assim a gente fica sabendo dos restaurantes que maqueiam o salao mais tem uma cozinha sem padrão. Para os que são contra a Copa, ela vai ser otima pra Natal, vamos ganhar muito com ela.