Falso app gera polêmica e levanta discussão sobre privacidade

Um suposto aplicativo para iOS chamou bastante a atenção e gerou protestos de usuários antes mesmo de ser “lançado”. No início da semana, jornais e sites de todo o mundo divulgaram a chegada do “Facezam”, um app que permitiria tirar fotos de estranhos na rua para depois descobrir seus perfis do Facebook.

O “Shazam para rostos” compararia a imagem capturada em um banco de dados com bilhões de perfis para encontrar o dono do rosto.

“O Facezam poderia ser o fim de nossas sociedades anônimas. Os usuários serão capazes de identificar alguém em questão de segundos, o que significa que a privacidade não existirá mais na sociedade pública”, explicou Jack Kenyon, suposto fundador da desenvolvedora do app. Como era de se esperar, a notícia revoltou algumas pessoas e colocou em discussão o direito à privacidade.

Pouco depois, a agência responsável pelo produto afirmou que ele se tratava de um anúncio. A tecnologia, no entanto, pode permitir que no futuro ideias como essa saiam do papel.

Olhar Digital UOL, via BGR

Publicidade

Comentários: