FOTOS: Marinha apreende 730 itens proibidos na Cadeia Pública de Natal; armas artesanais, celulares e objetos

Fotos: cedida

A Marinha do Brasil realizou, nesta sexta-feira (17), vistoria na Cadeia Pública de Natal dando prosseguimento à “Operação Varredura” que visa verificar a existência de materiais proibidos no interior das Unidades Prisionais, como armas, drogas, equipamentos de telefonia móvel e itens ilícitos.

Com militares qualificados e preparados para este tipo de operação, portando equipamentos modernos e cães treinados, a Operação desenvolveu-se conforme planejado.

Como em etapas anteriores, a Marinha do Brasil contou com o apoio dos Órgãos de Segurança Pública (OSP) para o remanejamento dos detentos, uma vez que a inspeção é realizada com os compartimentos vazios.

Na varredura de hoje, na Cadeia Pública de Natal, foram encontrados:

37 celulares

222 armas brancas

27 chips de celulares

125 materiais suspeitos de serem narcóticos

319 outros itens proibidos

Totalizando 730 itens apreendidos.

Devido a localização da unidade prisional ser em área urbana, a Marinha tomou providências que minimizaram os impactos no trânsito da região e agradece a compreensão da população.

A Cadeia Pública de Natal foi a quarta unidade prisional a ser inspecionada no Rio Grande do Norte. Anteriormente, foram vistoriadas a Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), a Penitenciária Agrícola Dr. Mario Negócio e a Cadeia Pública de Mossoró.

Publicidade

Comentários:

  1. Maria Bezerra disse:

    Parabens Marinha! O Brasil esta precisando das Forças Armadas do Brasil para nos dar segurança.

  2. Roberto disse:

    A Marinha está de parabéns! Tem desempenhado um ótimo trabalho realizado nessa operação.