Gerente do Bradesco em Areia Branca é feito de refém por duas horas

Um gerente de um posto de atendimento do Banco Bradesco na cidade de Areia Branca passou pelo menos duas horas de terror na manhã desta quinta-feira (10), ao ser rendido por quatro homens armados. A vítima foi feita de refém por volta das 8h, quando os bandidos perceberam que não seria possível ter acesso ao dinheiro do caixa eletrônico, justamente, pelo local não se tratar de uma agência. Com isso, o funcionário foi levado pela quadrilha em um Siena de cor prata, e foram esses momentos os de grande apreensão.

Segundo a Polícia Militar local, o refém só foi liberado duas horas depois, já na cidade de Serra do Mel, sem nenhum ferimento. Mesmo a vítima saindo ilesa, a experiência, em contrapartida, foi traumática, pois ninguém sabe o que se passa na cabeça de um grupo que teve frustrada a sua ação criminosa.

    Nenhum Comentário