Governos Lula e Dilma fizeram da Fazenda o Ministério da Extorsão, dizem delatores

É o que apontam as informações de delatores da Odebrecht

As informações dos delatores da Odebrecht e as vindouras de outras grandes empreiteiras vão revelar que, a exemplo da maior construtora, que tinha seu setor de propinas, os Governos Lula da Silva e Dilma Rousseff fizeram do Ministério da Fazenda seu Departamento de Extorsão oficial – e não só contra a empreiteira.

Relatos nas mãos dos procuradores e da Polícia Federal dão conta de que os ministros Antonio Palocci e Guido Mantega tocavam o terror, discreta ou diretamente, contra os grandes empresários que se negavam a dar ou ensaiavam protesto contra pagamento de propinas ao PT. Insinuavam que a Receita Federal os cercaria.

Uma grande empresária de Brasília passou por isso na gestão Lula, com Palocci no ministério. Um diretor da empresa se mudou para os EUA para evitar perseguição.

Último Segundo – IG via  Blog Esplanada

Publicidade

Comentários:

  1. Belarmino tx disse:

    Que país é esse! Brasil mostra tu cara, acorda Exército , Marinha e Aeronáutica e povão.

  2. Carlos Bastos disse:

    Porque a justiça não mostra as provas contra Lula, falar e fácil, hoje novamente pesquisa no Ibope, Lula não perde para minguem, todo dia a impressa metendo o pau em Lula mais não tem jeito só prendendo o homem para ele não concorrer nas próxima eleições.

    • Ojuara disse:

      Ainda tem gente que acha isso? Ah,povo desinteligente,merece cadeia também!

    • Walter disse:

      Kkk vc foi bem encantado ou ganha algum para falar essas m….

  3. Abel disse:

    Prenda esses marginais. Esses desonestos me roubaram.

  4. Jonas disse:

    A cada dez posts, uma ou mais sobre Lula e Dilma, num contínuo e ininterrupto bombardeio diário, ignorando todos os outros principais fatos que nos cercam.
    Qual a importância de um helicóptero cheio de COCAÍNA?
    Qual a importância de um presidente que é acusado por ex-diretores da Odebrecht de ter comandado a negociação de 40 milhões de dólares em propina para o PMDB e cujo governo tem oito ministros sob investigação por corrupção?
    O que importa se um acordo judicial envolvendo a estatal Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) pode ter abastecido o caixa dois da campanha presidencial de José Serra à Presidência em 2010 (a estatal paulista pagou R$ 191,6 milhões a uma controlada da Odebrecht entre 2009 e 2011)?
    Não importa que as delações da Odebrecht apontem que Dilma Rousseff foi deposta pelo impeachment "em grande parte porque se opôs a esse esquema?
    ´Pois é, pra ficar só nessas, vemos que as máscaras de honestidade de muitos acusadores estão caindo e revelando a carantonha cínica dos corruptos que, até antes das delações da Odebrecht, posavam de vestais, apontando o dedo sujo para os outros.
    Muita coisa ainda há de ser revelada. É só o começo…

    • Breno Tavares disse:

      Quanto ao inocente LULA temos até agora:
      05 processos com RÉU;
      11 pedidos de investigações abertos;
      13 amigos da mais restrita amizade;
      06 parentes citados em crimes;
      211 acusações de lavagem de dinheiro;
      17 acusações de corrupção passiva;
      04 acusações de tráfego de influência;
      06 imóveis suspeitos de ocultação de bens;
      Receber R$ 50 milhões em propina.
      SEM contabilizar os imóveis em nome de “amigos”.
      SEM falar dos objetos que se apoderou quando saiu do palácio do planalto.
      Assim como, a farra que foram os estádios de futebol a uma copa deficitária e as despesas olímpicas numa olimpíada que deu prejuízo, mas ambos foram vendidos pelo PT como a redenção dos mundos.
      Vem aí as delações da OAS e Palocci.
      Muita coisa ainda há de ser revelada. É só o começo…

    • Jonas disse:

      O senador Aécio Neves foi capa da revista Veja com a acusação do delator Benedicto Junior, da Odebrecht, de que teria recebido propina da empreiteira em uma conta em Nova York?

  5. Chico dos Bode disse:

    A maior Quadrilha da América Latina