Publicidade

Chagas Catarino recebe alta

O vereador Chagas Catarino recebeu alta nesta terça-feira após 23 dias de internamento em dois hospitais. Chagas sofreu acidente automobilístico no início de outubro e passou por duas intervenções cirúrgicas, no Hospital Walfredo Gurgel.

Com o quadro mais estabilizado, ele foi transferido para o Hospital São Lucas, de onde saiu hoje. Vereador pelo PP, Chagas confirmou que deverá se afastar da Câmara Municipal de Vereadores para seguir com o tratamento. A Mesa Diretora deverá convocar o suplente.

Vereador Chagas Catarino recebendo alta - Foto Ver. Albert Dickson
enviar comentário
Publicidade

TJ/RN tem 150 policiais militares disponíveis para segurança dos juízes e desembargadores

Portal BO

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte tem a sua disposição um efetivo que gira em torno de 150 policiais militares que, teoricamente, atuam na proteção do prédio e segurança dos juízes e desembargadores. Apesar dessa quantidade de policiais, nenhum estava de serviço no momento que a sede do Judiciário potiguar foi invadida por assaltantes, na madrugada deste domingo (30).

Apenas dois vigilantes particulares faziam a segurança do local, onde tramitam processos envolvendo quadrilhas e organizações criminosas, bem como processos civis, inclusive, do Juizado Especial. Por sorte, os bandidos não violaram nenhuma das salas e gabinetes.

A atuação dos policiais militares no Tribunal de Justiça faz parte de um convênio firmado entre a presidência do órgão e o Governo do Estado. Na manhã desta segunda-feira (31), a reportagem do Portal BO tentou contato com a assessoria de imprensa do TJRN para saber detalhes do policiamento do órgão, mas sem sucesso.

Isso porque o prédio amanheceu fechado em virtude do feriado do Servido Público, que foi comemorado na última sexta-feira (28), mas transferido para hoje. Com isso, a unidade localizada na Cidade Alta permanecerá de portas fechadas até a próxima quinta-feira (3), tendo em vista que quarta-feira será celebrado o Dia de Finados (2) e os servidores do órgão vão imprensar esta terça-feira (1º).

Comentários (3) enviar comentário
  1. Wjunior Falcao disse:

    esses  policias eram para estar servindo á ordem publica de nossa cidade e não esta dando seguraça áquem pode ter segurança particula.

     

  2. só esqueceu de dizer que o efetivo de 150 policiais à disposição do TJ é para o estado INTEIRO do RN. Faça as contas aí de quantos ficam para cada forum.

  3. Paulo disse:

    Que dizer que o judiciario transforma um dia feriado em dois? que beleza.

Publicidade
Publicidade

Professora de religião casada é condenada após mandar mais de 200 torpedos eróticos para aluno

BBC Brasil

Uma professora de educação religiosa foi condenada, na Grã-Bretanha, por ter enviado mais de 200 mensagens de conteúdo sexual para um aluno de 14 anos.

Katheryn Roach, de 24 anos, admitiu as acusações e foi descrita pelo juiz como uma mulher “egoísta e hipócrita”.

Ela afirmou que começou a seduzir o aluno depois de ter ficado abalada com o fim de um caso com outro homem enquanto estava noiva.

Na época, Roach tinha 23 anos e ainda estava em período probatório como professora na escola católica Thornleigh Salesian College, em Bolton, na Inglaterra.

Em apenas algumas semanas, entre março e abril deste ano, ela enviou 205 mensagens de texto para o adolescente, que não pode ter o nome divulgado por questões legais.

A professora recebeu uma sentença de seis meses de prisão com suspensão condicional, o que significa que ela não terá de cumprir a pena a não ser que cometa outra infração nos próximos dois anos, e foi incluída na lista de agressores sexuais do país por sete anos.

Choro

Roach chorou durante o julgamento, que contou com a presença de seus pais e do marido, que a perdoou e se casou com ela em agosto.

“O que está muito claro, infelizmente, é que naquele momento você só poderia ser vista como uma pessoa egoísta e hipócrita”, disse o juiz Steven Everett ao ler a sentença.

“Por um lado, afirmando ser extremamente religiosa, com base na sua fé católica, e atuando como professora, ensinando educação religiosa para crianças. E por outro, alguém com um longo relacionamento com um homem que ficou ao seu lado, que a pediu em noivado e mais tarde se casou com você, enquanto você tinha um caso escondido e então, pelo que li no relatório, você achou o fim do relacionamento com essa pessoa tão difícil que permitiu que isso, de alguma forma, afetasse seu comportamento com esse jovem menino.”

“Quão egoísta é isso?”, questionou o juiz

enviar comentário
Publicidade

Porto do Mangue tem 3 casos de Nepotismo.

Ministério Público identificou três casos de nepotismo na cidade de Porto do Mangue. A promotora Fernanda Bezerra Guerreiro Lobo determinou ao prefeito da cidade, Francisco Gomes Batista, promover as exonerações no prazo de dez dias.

Os três casos são a Coordenadora da Secretaria de Assistência Social, Frankleide Câmara Ribeiro, sobrinha da Secretária de Assistência Social; Francisco de Assis de Andrade Júnior, assessor técnico patrimonial e filho de Secretária de Saúde; e Maria Crizalda de Andrade, também ocupante do cargo comissionado de Coordenadora, e madrasta do Vice-Prefeito.

Na recomendação, a promotora lembrou que o nepotismo é crime, inclusive já há uma Súmula do Supremo Tribunal Federal sobre essas penalidades.

Blog de Ana Ruth Dantas

enviar comentário
Publicidade

Blog do BG ultrapassa a marca dos 166 mil acessos em Outubro!!!

Em outubro, batemos o nosso recorde.  Foram mais de 166 mil acessos. Números que mostram o caminho certo que esse sítio virtual escolheu, mostrar sempre a verdade e muita acidez.

Esse blog só tem a agradecer ao patrão: você, leitor.

Foram 166.641 visitas. 246.046 visualizações de páginas e 93.093 pessoas que passaram pelas páginas virtuais do blog. Média de mais 5375 acessos dia.

Só para que se tenha uma ideia do que esse número representa, foram mais de 3000 pessoas dia no BlogdoBG

E aqui a gente não faz só o afago. A gente mata a cobra e mostra o pau.

Obrigado a todos os leitores. Vejam o relatório do Google Analytcs de Outubro:

Comentário (1) enviar comentário
  1. Tribunal de Justiça do RN tem 150 policiais militares disponíveis para segurança
    Apesar dessa quantidade de policiais, nenhum estava de serviço no momento que a sede do Judiciário potiguar foi invadida por assaltantes.

    http://portalbo.com/materia/TJRN-tem-150-policiais-militares-disponiveis-para-seguranca

    150 PM´s a disposição? É mais que muitos municípios com mais de 50 000 habitantes. Nada contra o TJ do RN nem os PM`s que lá estão defendendo o seu. Só posso ficar surpreso, tem certeza que são 150 PM´s e nenhum de serviço? Se juntar com Governadoria e Assembléia Legislativa são quase 1000 PM´s recebendo gratificações polpudas e não vão perder tempo em assembléias para reivindicar melhores salários. Tá explicado porque pelo menos uma elite da PM não participa do movimento reivindicatório.

Publicidade

Dirigentes do PCdoB receberam do Ministério do Esporte através consultoria

Dois dirigentes do PCdoB receberam recursos públicos por meio de uma empresa de consultoria, a Casa de Taipa Comunicação Integrada, criada para atuar em projetos ligados ao Ministério do Esporte, comandado pelo partido.

Um dos donos da empresa é Júlio César Filgueira, ex-secretário do ministério e filiado ao PCdoB. Seu sócio, Oswaldo Napoleão Alves, é também do partido e coordenador do núcleo de ensino e pesquisa da Escola Nacional da legenda comunista.

Em agosto, a empresa deles recebeu 825.000 reais da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU) para cuidar da promoção da candidatura de Brasília aos Jogos Mundiais Universitários – conhecidos como “Universíade” – de 2017, dentro de um projeto financiado pelo governo do DF e apoiado oficialmente pelo Esporte.

A engenharia dos repasses e as relações entre os envolvidos indicam a formação de um circuito fechado que começa nos gabinetes apoderados pelo PCdoB na Esplanada e acaba na empresa dirigida pelo quadros do partido.

Em 2009, quando ainda estava no ministério, Filgueira assinou dois convênios que somam pelo menos 1,1 milhão de reais com a mesma CBDU, que viria a contratá-lo dois anos depois, agora com dinheiro do governo do DF, como “consultor” por valor semelhante. Ele abriu a empresa de consultoria em dezembro de 2009, dois meses depois de deixar o ministério, onde era responsável pelo programa Segundo Tempo.

Delegação – Em agosto, o governador do DF, Agnelo Queiroz, e o secretário nacional de Esporte Educacional do Ministério do Esporte, Wadson Ribeiro, estiveram nos Jogos Mundiais Universitários de 2011, na China, para defender a candidatura de Brasília para 2017. O ministério foi quem bancou a participação da delegação CBDU no evento da China com 2 milhões de reais. Desde 2005, pelo menos 13,5 milhões de reais do ministério foram parar na conta da entidade desportiva.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

"Marajás" do Senado entram com processos em massa e ameaçam o site Congresso em Foco

UOL

Servidores do Senado entraram com 43 ações individuais idênticas, e tentam obter na Justiça quase R$ 1 milhão em indenização. Nosso “crime”: publicar a lista de quem recebe acima do teto

Orientados pelo Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo (Sindilegis), funcionários do Senado que em 2009 receberam – segundo auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) – salários acima do teto constitucional abriram 43 ações individuais contra o Congresso em Foco. As ações são uma reação à série de reportagens que o site vem publicando sobre a existência dos supersalários nos três poderes da República.

Clique aqui e veja quem são os 43 servidores do Senado que estão processando o Congresso em Foco

Em uma das reportagens, o Congresso em Foco publicou a lista dos 464 servidores do Senado que, conforme o TCU, recebiam vencimentos que ultrapassavam os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal. A Constituição Federal define que a remuneração dos ministros do STF, hoje fixada em R$ 26.723, é o teto do funcionalismo – ninguém pode receber acima disso.

Em vez de contestar a publicação da lista em uma única ação, o Sindilegis colocou à disposição dos servidores advogados para entrarem com ações individuais idênticas contra o site. Assim, os processos iniciados até agora já somam pedidos de indenização que beiram R$ 1 milhão. As ações estão sendo movidas no Juizado Especial, e todas elas pedem indenização no valor máximo permitido para os chamados tribunais de pequenas causas: R$ 21,8 mil cada uma.

Embora a Constituição brasileira vede expressamente pagamentos acima do teto do funcionalismo, diversas excepcionalidades foram distorcendo essa determinação nos vários poderes. O Ministério Público Federal condena a existência dessas distorções, e move ações para que a Constituição seja cumprida. As ações do MPF visam recuperar R$ 307 milhões  pagos indevidamente nos três poderes. O assunto está próximo de chegar à esfera do Supremo Tribunal Federal.

Interesse público

Antes de decidir publicar a relação com os nomes dos 464 funcionários do Senado cujos vencimentos ultrapassaram o teto em 2009, o Congresso em Foco consultou vários juristas, que defenderam ampla publicidade sobre o tema. “O princípio deve ser o da transparência e da publicidade. Não há por que esconder. Todos deveriam ter os seus salários divulgados”, opina o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante.

Fábio Konder Comparato e outros juristas manifestaram a mesma opinião que Ophir. O advogado trabalhista Roberto Donizetti, também defendendo a divulgação da lista, argumentou: “É uma informação de interesse público, porque visa preservar o patrimônio público, que está sendo indevidamente utilizado”.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

Vem ai mais uma tarifa para quem viaja de Avião

Está no Blog de Sonia Racy no Estadão, mais uma tarifinha para os bestas:

Enquanto as autoridades criam entraves para a construção de um terceiro aeroporto, privado, em SP, a Anac estipulou nova cobrança no edital de concessão de Guarulhos, Viracopos e Brasília.

Trata-se da “tarifa de conexão”, de R$ 7 por cabeça.

Será que o passageiro prefere um novo aeroporto que estimule a concorrência ou pagar mais uma tarifa?

Comentário (1) enviar comentário
  1. Dani disse:

    Apenas para ESCLARECER (este deveria ser o objetivo do Blog):
    – a taxa será paga pela CIA AÉREA e NÃO pelo passageiro.

    Ou seja, este é o ônus apenas da Companhia Aérea, que decide se o voo terá ou não escala.

Publicidade

PCC fornece 95% das drogas consumidas no RN

Reportagem de Fred Carvalho para a Tribuna do Norte:

O Primeiro Comando da Capital (PCC) é responsável pelo envio de pelo menos 95% das drogas ilícitas consumidas no Rio Grande do Norte. A estimativa é do delegado Odilon Teodósio dos Santos, que ontem deixou a Delegacia de Narcóticos de Natal (Denarc) e se transferiu para Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe), com sede em Mossoró.

De acordo com o delegado, a facção criminosa nascida nos presídios de São Paulo mantém contatos com cerca de 15 a 20 traficantes internos das penitenciárias estaduais de Alcaçuz, em Nísia Floresta, e de Parnamirim (PEP).

“Esses traficantes são pessoas de confiança do PCC. É claro que a droga não é entregue a eles, até porque estão presos. Mas são enviadas a prepostos, que ficam encarregados de fracionar o material, distribuí-lo e arrecadar o dinheiro apurado, que é depositado em contas bancárias de ‘laranjas’ do PCC”, explicou Odilon Teodósio.

A preferência do PCC por esses “contatos” dentro dos presídios do Rio Grande do Norte e de todo o país se dá por um motivo simples: como esses traficantes já estão presos, são facilmente localizados caso algo dê errado. “É uma relação de confiança. E se por acaso essa confiança for quebrada, os ‘infratores’ são sumariamente executados, conforme o ‘código’ deles”, resumiu o delegado.

O crack e a maconha percorrem um longo caminho antes de chegar ao consumidor final no Rio Grande do Norte (ver infográfico ao lado). A droga é fabricada/plantada na Bolívia e no Peru e enviada para o Paraguai. Lá, é adquirida por integrantes do PCC, que a levam para São Paulo. Do Estado paulista, os entorpecentes são trazidos para todo o Rio Grande do Norte e para todo o Nordeste, na grande maioria das vezes, por via terrestre.

“Como a Polícia Rodoviária Federal aumentou a fiscalização a ônibus e carros de passeio, o método mais usado atualmente é utilizar grandes carregamentos em caminhões que vêm para cá. Uma coisa é se averiguar o que há em um carro ou em um ônibus. Mas falta pessoal para fiscalizar caminhões que transportam mais de 10 toneladas”, explicou.

Um outro detalhe repassado por Odilon que chama a atenção sobre essa droga enviada pelo PCC ao Rio Grande do Norte é relativo à qualidade. “O crack e a maconha são de péssima qualidade. E a pasta base, ao chegar aqui, é misturada a pó de giz ou de vidro, por exemplo”.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

Justiça Federal do Ceará anula 13 questões do ENEM em todo Brasil

Folha.com

A Justiça Federal do Ceará decidiu nesta segunda-feira anular para todo o país as 13 questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que vazaram para alunos do colégio Christus antes da prova. O MEC (Ministério da Educação) disse que vai analisar a decisão. Cabe recurso.

As questões anuladas são as seguintes:33, 32, 34, 46, 50, 57, 74 e 87 da prova amarela do 1º dia e questões 113, 141, 154, 173 e 180 da prova amarela do 2º dia.

O Ministério Público Federal queria a suspensão do exame nacional em todo o país ou a anulação das 13 questões. Já o MEC (Ministério da Educação) queria nova prova apenas para os 639 concluintes do ensino médio do colégio Christus, de Fortaleza.

Os estudantes tiveram acesso antecipado a questões do Enem em um simulado no colégio. Para o colégio, as questões podem ter entrado em um banco de perguntas da própria instituição por sugestão de alunos que fizeram pré-testes, “sem o conhecimento da escola no que diz respeito à origem desses dados”.

A presidente do Inep (órgão do MEC responsável pelo Enem), Malvina Tuttman, esteve nesta segunda-feira em Fortaleza para se reunir com o juiz federal Luiz Praxedes Vieira da Silva e defender que o exame fosse anulado em todo o país.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, voltou a dizer ontem, em evento político em São Paulo, que “basta aplicar uma nova prova aos alunos que foram, inadvertidamente, beneficiados”.

Um inquérito da Polícia Federal foi aberto para esclarecer como as questões do Enem vazaram.

PRÉ-TESTE

O problema veio a público após alunos escreverem em redes sociais, após a realização do Enem, que colégio havia conseguido antecipar questões.

Inicialmente, o MEC identificou oito questões iguais. Na quinta passada (27), concluiu que o simulado continha 14 questões do Enem.

Elas haviam sido aplicadas no pré-teste realizado por duas turmas da escola em outubro de 2010 –os colégios que fazem o pré-teste são escolhidos por sorteio.

Segundo o MEC, todos os cadernos da pré-testagem foram devolvidos, mas o conteúdo pode ter sido copiado eletronicamente. “O material [o simulado] é o conteúdo de dois cadernos, na íntegra. Está absolutamente comprovado”, disse Haddad à Folha.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Murilo Bernardi disse:

    Acham mesmo que anulando algumas questões resolverá o problema decadente e constante na educação do nosso país?? Quanta hipocrisia. 

Publicidade

Soldado americano reconhece que guardou dedos de mortos afegãos

O sargento americano Calvin Gibbs, acusado de liderar um grupo de soldados que matou civis afegãos, reconheceu nesta segunda-feira que guardou parte dos corpos, mas negou sua culpa no assassinato.

O advogado de Gibbs, Phil Stackhouse, afirmou que o sargento guardou dedos das mãos de três dos mortos, mas não foi responsável pela morte dos civis na província afegã de Kandahar, onde estava localizado o batalhão.

“O que está se vendo neste caso é a traição final de um soldado de infantaria,” disse Stackhouse ao jornal “The News Tribune”.

Na audiência desta segunda-feira, o soldado Jeremy Morlock, que se declarou culpado do assassinato de três pessoas em Kandahar, assegurou que Gibbs cortou vários dedos das vítimas, além de jogar com os corpos como eles fossem “troféus de caça”.

As versões sobre o crime variam desde Gibbs sendo arrastado por um batalhão de soldados entorpecidos por maconha, até um sargento que explorava a fraqueza de seus companheiros para levar a cabo planos perversos.

Por sua parte, o advogado de acusação, Dan Mazzone, disse que não ocorreram assassinatos de civis no batalhão até a chegada de Gibbs, que substituiu um soldado ferido.

Mazzone afirmou que outros militares relataram que o sargento ensinou como cometer assassinatos ilegais, especialmente em zonas controladas pelo Taleban.

O julgamento, que começou na semana passada em Washington, deve durar até sexta-feira. Se for considerado culpado, Gibbs pode ser condenado à prisão perpétua.

EFE

enviar comentário
Publicidade