MACAÍBA: o impressionante crescimento de uma prestadora de serviço da prefeitura em 4 anos

O Blog do BG recebeu uma denúncia séria publicada no blog Diário de Macaíba nesta segunda-feira 17/04. O post do blog(link no final do texto), mostra a transformação, em pouco tempo, de um motorista da Prefeitura de Macaíba em um dos principais empresários da cidade, com contrato firmado de milhões com a própria prefeitura para prestação de serviços de locação de mão-de-obra.

Sem fazer qualquer julgamento, o blog apresenta a seguir os principais fatos que marcam esta transformação praticamente da noite para o dia e que foram publicitadas no Diário de Macaíba.

Edmilson Basílio, hoje proprietário da B&B Locação de Mão-de-Obra era até 2012 motorista da Prefeitura de Macaíba. Em maio daquele ano, conforme seu perfil no facebook viajou a Foz de Iguaçu, no Paraná, na companhia do então procurador geral da Prefeitura, Adaulto Evangelista e do então gerente de licitações e contratos do Setor de Licitações, Francisco de Assis Silva. Evangelista e Assis estavam acompanhados de suas mulheres. A mulher de Assis é a advogada Bianka Maria Pinheiro. Todos se hospedaram no mesmo hotel e frequentaram o mesmo restaurante.

No segundo semestre, durante a campanha que levou Fernando Cunha à Prefeitura de Macaíba, Basílio posou para fotos em eventos da campanha. Numa das fotos está segundo um aparelho de rádio comunicação, o que sugere que ele estava participando da coordenação da campanha.

Em agosto de 2012. Edimilson postou uma foto no seu perfil com o então candidato Fernando Cunha numa movimentação política em Macaíba.

 

Fernando Cunha foi eleito prefeito em 7 de outubro de 2012. Quarenta dias depois, em 16 de novembro, nascia a B&B Locação de Mão-de-Obra, já com capital social de R$ 1,5 milhão.

 

Outra empresa, a Mult Service, já prestava serviço de locação de mão-de-obra à Prefeitura de Macaíba. No entanto, no início de 2013, a Prefeitura instaurou processo administrativo para apurar possíveis irregulares e decide rescindir o contrato com a empresa. Foi feita a recomendação para abertura de novo processo licitatório “urgentemente”.

Aberta a licitação, quem participou do novo certame: a B&B Locação de Mão-de-Obra. Apesar de nova no mercado, a empresa ganhou a licitação. O vencedor foi anunciado em agosto de 2013.

Valor do contrato: R$ 487.400,00. No dia 20 de agosto, Basílio publicou na sua página no facebook carteiras de trabalho que seriam assinadas em seguida.

Depois de contratada pela Prefeitura de Macaíba, a B&B passou a ser beneficiada com diversos aditivos contratuais. Em 2013, já recebeu R$ 1,2 milhão. Em 2014 a Prefeitura de Macaíba já pagou, R$ 4,3 milhões.

Em 2015, passou para R$ 5,2 milhões. Em 2016, o total de pagamentos feitos pela Prefeitura à empresa atingiu 5,9 milhões. Em janeiro de 2017, um novo aditivo aumentou o valor do contrato em R$ 1,09 milhão.

A reportagem do Diário ainda levanta alguns questionamento, quantos funcionários da empresa trabalham para a Prefeitura?

Onde eles trabalham? Quais as secretarias?

Um detalhe importante: A advogada Bianka Maria Pinheira, esposa de Francisco de Assis Silva, que é o atual presidente da Comissão de Licitação da Prefeitura de Macaíba, já atuou como operadora do Direito numa causa judicial em favor da B&B Locação de Mão-de-Obra.

Outro pequeno detalhe: a B&B, logo depois das eleições de 2016, passou a fazer outros serviços para a Prefeitura de Macaíba, incluindo a construção de uma quadra esportiva no assentamento José Coelho.

O contrato cresceu e como cresceu e os serviços aumentaram. E o contrato que começou em menos de R$ 500 mil já chegou a R$ 7 milhões.

Uma trajetória impressionante.

Veja detalhe por detalhe desse caso de crescimento substancial de uma prestadora de serviço: http://diariodemacaiba.blogspot.com.br/2017/04/de-motorista-da-prefeitura-um-rico.html?m=1

 

Publicidade

Comentários:

  1. escritor disse:

    A terceirizacao é ampla e irrestrita é fundamental para o progresso do país. Amanhã serão professores e medicos. Todos trabalhando na tercerizada. Mas indicados pelos políticos de plantao. Fim do concurso publico. Viva a terceirizacao.

  2. Sandro Alves disse:

    Cadê o MP?

  3. Maurício Giovani disse:

    Não há com que se impressionar com tal fato senão vejamos: A empresa é de locação de mão-de-obra? SIM. Essa mão-de-obra inclui diversos serviços de limpeza? SIM Inclui coleta de esgoto? SIM. No esgoto existe bosta? SIM. Estamos no Estado do Rio Grande do Norte? SIM. O Mapa do Rio Grande do Norte se assemelha à figura de um elefante? SIM. Se o cara, dentre suas atividades faz coleta de bosta no elefante, ele tem tudo para ser apenas mais um dos participantes dos treinamentos de COACH empresarial em que se fizeram presentes figuras famosas como o "Lulinha". Cadê os mortadelas para defender o rapaz?

  4. Silvio disse:

    Pra quê MP numa cidade dessa? Bora aí Promotores….vamos chamar esse pessoal pra conversar baixinho !!!

  5. Silvio disse:

    E nessa num tem MP não? Com a palavra os nobres representantes!

  6. Edu disse:

    Sinistro, o MP deveria parar de brigar e investigar essa reportagem.

  7. Atento disse:

    Já encaminharam ao MP?

  8. zedetoim disse:

    Cade o ministério público?????

  9. Charles disse:

    Cadê a justiça?

  10. Paulo disse:

    Essas são as mágicas que só acontece no serviço público, felizmente alguém teve realmente coragem de botar a boca no trombone, esse é apenas um de vários contratos a ser investigado, tem o lixo também e aí por diante. Parabéns ao blog.

  11. Ja disse:

    Cuidado casa vai cair espantalho Porto Mirim

  12. sylvana Silva disse:

    Nem Silvio Santos…