Militares estaduais mantêm acampamento e indicativo de paralisação

Policiais e bombeiros militares continuam acampados em frente à Governadoria. O objetivo é permanecer no local até que o Governo do RN encaminhe as demandas da categoria à Assembleia Legislativa do RN. Caso não haja ações do Executivo, os militares têm um indicativo de paralisação para a próxima terça-feira (4).

Os militares em folga se revezam para manter as instalações. No entanto, de acordo com o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares (ASSPMBMRN), Eliabe Marques, podem participar do acampamento os profissionais em serviço também. “Hoje no acampamento está o
efetivo de folga, caso o Governo não tenha nenhuma atitude prática até esta próxima segunda-feira, então na terça-feira seguinte ingressarão os que estão de folga e os que estão de serviço”, afirma o presidente.

Em destaque, na pauta de reivindicações, estão quatro itens: o encaminhamento da LOB à Assembleia Legislativa do RN; a retirada dos militares estaduais da Mensagem 118/2017 (Reforma da Previdência Estadual); o encaminhamento da majoração da Diária Operacional; e a modificação dos artigos 10 e 11 da Lei de Ingresso. De acordo com Eliabe Marques, são questões insistentemente apresentadas ao Governo do RN, que se comprometeu
a cumprir, mas não tem executado os prazos prometidos.

 

 

Publicidade

Comentários:

  1. Bento disse:

    Todo apoio a causa da PM.

  2. Adriana Medeiros disse:

    É preciso que esse Governo entenda que segurança é prioridade, porque o caos está generalizado e a insegurança por todos os lados. Não sou policial, mas acredito que a classe está precisando urgentemente ser mais protegida, ser melhor aparelhada, ter condições dignas de trabalho, para que assim ela possa ter forças emocionais para proteger a toda nossa sociedade. E, principalmente, que tenha os seus salários mais valorizados,pois é uma profissão de muito risco, e esses políticos ainda não acordaram para essa situação? Policiais valorizados tem como consequência ótimos serviços prestados. Estou do lado deles, mesmo sem ser uma policial ou esposa de um deles.

  3. Primo disse:

    Acabou o dinheiro. Ontem meo o gov divulgou redução orçamentária em face a queda de arrecadação. Vão para as ruas proteger o cidadão e fazer jus aos seus salários.