Morre Tihany, fundador de um dos maiores circos do mundo

Tihany morreu em Las Vegas (Foto: Divulgação/Ateliê da Notícia)Destaque no Portal G1

Morreu nesta quarta-feira (2) em Las Vegas (EUA), aos 99 anos, o ilusionista e empresário Franz Czeisler, conhecido como Tihany, fundador de um dos maiores circos do mundo. O circo está em turnê em Maringá, no norte do Paraná.

O espetáculo desta noite, na cidade paranaense, será em homenagem ao artista, de acordo com os responsáveis. Czeisler nasceu na Hungria e fundou o circo em 1954, em Jacareí, no interior de São Paulo.

Antes de se aposentar, ele criou o AbraKadabra, o espetáculo que será apresentado nesta noite no Paraná. Na atualidade, segundo os responsáveis pelo circo, este é um dos poucos espetáculos que unem técnicas circenses, music hall e atos e mágica.

Veja no vídeo a seguir uma entrevista inédita que o Fantástico fez com o artista em agosto de 2015.

Tihany é, na verdade, o nome de uma cidade da Hungria. Foi dela que Franz Czeisler, nascido em 1916, emprestou o nome com o qual se tornou um dos maiores e mais bem-sucedidos empresários do mundo circense.

“Apenas me envolve o seu exemplo, que sempre irradiou sabedoria. Enche-me de orgulho ter compartilhado tantos anos com ele. O senhor Tihany, meu querido, estará sempre em meu coração. Deus o receba com alegria. Salve, Tihany!”, escreveu Richard Massone, herdeiro artístico de Tihany.

Franz Czeisler
Franz Czeisler começou no mundo artístico em Kephaz, na Hungria – cidade onde nasceu. Com apenas 11 anos pediu para ajudar os funcionários a cuidar dos animais de um circo em troca de ingressos para assistir aos espetáculos.

Depois, passou a acompanhar todos os artistas que iam para a cidade até o dia em que, ao assistir ao espetáculo de um mágico, o faquir calabrês chamado Blackman, decidiu o que queria ser. Foi com Blackman que imigrou para o Uruguai e teve as primeiras lições.

Com 18 anos, voltou para a Hungria e decidiu seguir carreira. Percorreu vários países, estudando mágica. De origem judaica, imigrou para o Brasil com a família nos anos 50, fugindo da perseguição nazista. Virou empresário de circo por necessidade.

Foi pioneiro ao colocar um palco, e não um picadeiro, como parte da estrutura. Além do Circo Tihany, fundou Companhia Tihany Spectacular, um dos três espetáculos itinerantes mais prestigiosos e famosos do mundo.

 

Publicidade

Comentários:

  1. Val Lima disse:

    Qdo criança tive o prazer de assistir duas lendas circense…Orlando Orfei e Tihany…na década de 1970 início da 80 alguns grandes circos eram armados na Rua Ceará Mirim onde hoje funciona uma clínica de olhos….