Publicidade

Renan Calheiros afirma que tem direito de usar Avião da FAB e que não vai pagar por viagem

renanEm entrevista à Folha, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta quinta-feira (3), que não vai ressarcir os cofres públicos por ter utilizado avião oficial da Força Aérea Brasileira (FAB) para ir ao casamento da filha do senador Eduardo Braga (PMDB-AM) em Trancoso, na Bahia.

O Painel da Folha revelou hoje que Renan, a exemplo do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), usou aeronave da FAB para fins particulares. Henrique, porém, admitiu o equívoco e se comprometeu arcar com os custos da sua viagem.

Já Renan disse que participou do “compromisso” como presidente do Senado e, como chefe de Poder, tem direito ao uso da aeronave oficial, ainda que a viagem não seja oficial.

“Fui convidado como presidente do Senado e fui cumprir um compromisso como presidente do Senado. Quem está obrigado a ir a serviço é o ministro de estado. O presidente do Senado, o presidente da República, o presidente do Supremo Tribunal, eles têm transporte de representação porque ele é chefe de poder”, disse Renan Calheiros.

Renan disse ainda que nem todas as viagens da presidente da República em aeronaves oficiais são “a serviço”, mas mesmo assim Dilma Rousseff tem a prerrogativa de utilizar o avião.

Pela legislação em vigor, aviões da FAB podem ser requisitados por autoridades por “motivo de segurança e emergência médica, em viagens a serviço e deslocamentos para o local de residência permanente”.

O presidente do Senado confirmou que ele e sua mulher, Verônica, estavam no avião. Renan prometeu divulgar nota, ainda hoje, para explicar em detalhes o uso da aeronave.

Com informações da Folha

Comentários (5) enviar comentário
  1. sandoval disse:

    O PMDB FEZ UMA BELA DUPLA

  2. Ismael disse:

    E o pior é que ele tem mesmo esse direito.

  3. João Alves de Albuquerque disse:

    É muita CARA DE PAU desse Presidente do Senado Federal – Senador. Renan Calheiros. Esse Indivíduo que há 06 (seis) anos quase era Cassado,envolvido até o Pescoço por envolvimento em várias Corrupções, no Senado Federal e no seu Estado de origem – Alagoas, quando então Presidente do Senado Federal, também, naquela época.
    -Nós (POVÃO), somos uns Verdadeiros e Autênticos OTÁRIOS. Infelizmente, fazemos parte do País dos "BANANAS". Somos obrigados a sermos SURRUPIADOS diariamente, (Via Impostos Tributados) diariamente, pelos Governos Municipal, Estadual e Federal, a fim de Sustentarmos esses Politiqueiros e Autênticos PARASITAS e SANGUESSUGAS .
    Muito Obrigada, amigo e Excepcional Blogueiro – Bruno.

    S

  4. Emanuel disse:

    Não entendo como as pessoas ainda deixam um homem desse no poder…

  5. Dj Manynho disse:

    Ano que vem empurrem votos nesses corruptos, eles estão lá porque algum colocou, fazer o que?

Publicidade

Em nota, prefeitura de Pau dos Ferros/RN esclarece pedido do MP para cancelar seleção

A Prefeitura de Pau dos Ferros emitiu nota oficial à imprensa sobre o pedido do Ministério Público Estadual na Justiça para cancelar o processo seletivo simplificado.

A seleção foi lançada para o preenchimento dos cargos de Agente de Endemias, Auxiliar de Consultório Odontológico, Auxiliar de Patologia Clínica,  Auxiliar de Fiscal de Tributos, Fisioterapeuta, Médico para o Programa de Saúde da Família (PSF), Médico Psiquiatra, Educador Físico, Terapia Ocupacional, Tratorista e Lombador. O MP alegou que o prazo de inscrições de apenas quatro horas, durante o expediente no horário das 8h às 12h.

A comunicação informa que a Prefeitura do município prepara um concurso público, só que áreas como da saúde, por exemplo, não poderia aguardar para contratar profissionais. Anota informa ainda que a prefeitura pediu autorização na Câmara para contratação através do Processo Seletivo Simplificado.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Tendo tomado conhecimento, mediante publicação no site oficial do Ministério Público Estadual (www.mp.rn.gov.br), do ajuizamento de Ação Cautelar objetivando a suspensão do Processo Seletivo Simplificado nº 002/2013, a Prefeitura do Municipal de Pau dos Ferros vem a público esclarecer o seguinte:

01.          O quadro de servidores do Município de Pau dos Ferros apresenta várias necessidades de recompletamento, as quais, por imposição de dispositivo constitucional, devem ser atendidas mediante concurso público.

02.          Já foram iniciados os trabalhos de levantamento preciso de todas essas necessidades, em todas as secretarias municipais, objetivando a deflagração do procedimento adequado para nomeação de servidores efetivos, e, tão logo seja concluída essa etapa, poderá ser iniciada a licitação para contração de empresa idônea que realizará o concurso.

03.          Contudo, algumas situações pontuais exigem ações imediatas, principalmente aquelas referentes à Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento, tendo em vista a relevância do serviço público a ser prestado.

04.          Assim, foi requerida à Câmara Municipal de Pau dos Ferros a autorização legislativa para efetuar um Processo Seletivo Simplificado, objetivando a contração emergencial e temporária de prestadores de serviços para suprir as necessidades mais urgentes, o que foi concedido conforme a Lei Municipal nº 1397/2013.

05.          Com base nesta Lei, foi publicado o Edital de Convocação nº 002/2013, o qual, considerando a urgência das contratações, estabeleceu prazo relativamente curto para as inscrições.

06.          O Excelentíssimo Senhor Promotor da Primeira Promotoria da Comarca de Pau dos Ferros, tendo recebido denúncia “via email”, notificou a Prefeitura do Município de Pau dos Ferros, questionando a fundamentação legal para realização do Processo Seletivo, o motivo do prazo de inscrições, e a pretensão de realização de concurso público.

07.            Todas as informações requeridas pelo Ministério Público, foram encaminhadas àquela Promotoria, conforme Ofício nº 0159/2013.

08.          Saliente-se, ainda, que, o Prefeito do Município de Pau dos Ferros, em reunião com o representante do Ministério Público, antes mesmo de qualquer medida visando contração de pessoal, já havia esclarecido as questões relativas às necessidades de pessoal, bem como a intenção de realização de concurso público no mais breve espaço de tempo possível.

09.          Por fim, na certeza da correção dos procedimentos adotados, mas com o compromisso de manutenção da transparência na Administração Municipal, foi determinada a suspensão dos procedimentos relativos ao Processo Seletivo em questão, ao tempo em que se busca junto ao Ministério Público uma solução para o problema de forma a não deixar desassistida a população do Município de Pau dos Ferros.

Pau dos Ferros, 4 de julho de 2013.

 

Comentário (1) enviar comentário
  1. HUGO disse:

    Nova modalidade de Nepotismo…

Publicidade

Grupos organizam grande protesto para o dia 11 de julho

O movimento #RevoltaDoBusão, além de grupos sociais, centrais sindicais e partidos de esquerda, estão programando para a próxima quinta-feira (dia 11) um novo protesto de grande dimensão pelas ruas de Natal. De acordo com os organizadores do manifesto, a ação vai marcar o “Dia Nacional de Lutas com Greves e Mobilizações”, quando outros movimentos serão realizados em várias capitais do Brasil.

A concentração deste novo ato será a partir das 9h, nas proximidades do shopping Midway Mall. A estimativa dos líderes do movimento é mobilizar em torno de 15 mil pessoas. Nesta sexta-feira (5), os organizadores se reunirão na Sede da CUT para debater sobre o percurso da passeata. A intenção é sair pela Avenida Salgado Filho no sentido praia de Ponta Negra.

As reivindicações do movimento do próximo dia 11 são praticamente as mesmas que levaram manifestantes às ruas nas últimas semanas. A CUT entregou uma lista de propostas à presidenta Dilma Rousseff que pede, entre outras solicitações, o fim do fator previdenciário, redução da jornada de trabalho, reforma agrária e melhoria no transporte público.

Comentários (8) enviar comentário
  1. Manoel Jácome disse:

    O que a cut tem a ver com isso. Ela é braço direito desse governo de ladões. Fora partidos aproveitadores. O protesto é do povo.

    • Isabel Dantas disse:

      Acredito que é hora de pensarmos um pouco mais sobre a rejeição indiscriminada da participação declarada dos partidos políticos, sobretudo os de esquerda, nos protestos. Digo os de esquerda mesmo! A meu ver, a negação da participação de representantes de partidos que sempre estiveram a frente das lutas e movimentos políticos é um grande equívoco e pode ter desdobramentos devastadores no imaginário de muitos cidadãos brasileiros que estão despertando para participação política. Ao negarmos o vínculo entre os trabalhadores e estudantes às organizações partidárias é o mesmo que concordar ou ratificar um discursos social e midiático que argumenta que somente alguns iluminados têm vocação para a política e somente eles sabem fazer isso muito bem; os controladores dos nosso destino social. Este é um momento especial para dizermos para nós mesmos que somos tão capazes de fazermos política quanto os velhos caciques. A diferença é que nosso modo de fazer política é orientado para o coletivo, para o cidadão, e os desses últimos, para eles mesmos. É justo continuarmos assim, reféns e submissos a um discurso ideológico e perverso ?

  2. FatBoyRN disse:

    Galera, vamos pra rua!

    Vejam de perto, bem pertinho, de preferência de dentro, o que acontece nas manifestações, aproveitem para expor suas insatisfações, gritem pelo o que realmente precisamos gritar.

    Faça as manifestações ter mais força do que ela está começando a ter. Façamos cada um a sua parte, que as coisas mudarão.

    As ações mais exageradas podem deixar para a mídia, eles se alimentam disso. Nós, precisamos é nos alimentar de educação, segurança, saúde, menos corrupção e várias outras fontes de alimentação que estão sendo gritadas nas ruas.

    Tudo que está acontecendo é por muito mais que os R$ 0,20 (que já conseguimos) e muito, muito, muito mais que "eles" podem entender.

    Vem pra rua!

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Vandalismo e a CUT juntos , ja nao vai prestar.

  4. João Silva disse:

    vamos aproveitar a greve dos policiais CIVÍS e vamos impedir que os vagabundos mascarados tirem o brilho da manifestação. Vamos ver se esta porcaria de manifestantes conseguem fazer alguma coisa séria, de futuro, que traga algum tipo de fruto!

  5. Titico disse:

    Fica o aviso: Mascarado sem identidade e bancado pelos partidos de direita para fazer baderna, não entra. Trabalhador tem a cara limpa.

  6. Ismael disse:

    E essa mais. Redução de jornada de trabalho quando se para pela revolta do busão, pelos jogos da seleção, pelo inúmeros feriados, isso quando não tem os dias enforcados. Para pelo carnaval, semana santa, finados, santos reis, independência, Tiradentes, carnaval, carnatal, natal, ano novo e coisas mais que não lembro, tudo acrescido de 30 dias de férias. Realmente, a solução é desejar tudo de graça (passe livre, bolsa família, etc),, pois, com essa rotina de "trabalho" ninguém, ninguém tem como pagar nada, eis que o salário deve ser proporcional aa horas produtivas. Concluo com afinco: Comunista quer emprego, não trabalho. E…. VIVA O BRASIL E OS REVOLTOSOS.

  7. primo das primas disse:

    Humm, partidos de esquerda, mst e sindicatos, os oportunistas estao de plantao. Vai ter muita gente paga para ir e fazer com que maria vai com as outras apareçam. Espero que nao dê ninguem, porque vai ser baderna e vandalismo. Quem for civilizado nao vai, porque partidos de esquerda ou qualquer outro, assim como sindicatos, nao me representam. Bando de alienandos e fantoches do PT, só causam prejuizo ao comercio, pequenos empresarios e aos verdadeiros trabalhadores. Essa Revolta do Busao ta mostrando a cara de quem financionou.

Publicidade

Inscrições para casamento comunitário em Parnamirim prosseguem até o dia 20 de julho

A terceira edição do programa Justiça na Praça, que irá acontecer no dia 23 de agosto, vai beneficiar a população de Parnamirim com diversos serviços gratuitos. E um deles será o casamento comunitário. Mas, para participar, os casais precisam estar atentos aos prazos de entrega dos documentos.

Os interessados no casamento coletivo precisam entregar a documentação até o dia 20 de julho na Secretaria de Assistência Social e até 30 de julho no cartório. Veja o que é preciso:

Solteiro maior de 18 anos, é preciso as seguintes providências:

– Registro de Nascimento: original de 2ª via atualizada (atualização de até 3 meses)

– Cópia dos comprovantes de Residência do Casal

– Duas testemunhas conhecidas com identidade (eles devem vir com o casal)

– Identidade do Casal (cópia)

Para divorciados:

– Se a Certidão de Divórcio tiver mais de 6 meses será necessário atualizar, ou seja, tirar uma 2ª via com data recente

– cópia da Sentença do Divórcio e cópia da Petição Inicial do Processo do Divórcio que indique se houve partilha de bens do primeiro casamento, ou que não possuíam bens a partilhar/ se o Divórcio for Extraconjugal, levar cópia da Escritura do Divórcio.

– Cópia da Identidade do Casal

O Justiça na Praça já teve 31 edições em todo o Rio Grande do Norte. totalizando mais de 420 mil atendimentos desde 2007, quando foi iniciado. O projeto é considerado a segunda melhor prática do Judiciário no Brasil, segundo avaliação do Conselho Nacional de Justiça. Para esta edição do evento foram firmadas parcerias com a Prefeitura de Parnamirim, CDL, Comdica, SENAC, SterBom, Igreja Católica, Ministério Público, Base Aérea e Polícia Militar. Mais informações: 3644-8410.

enviar comentário
Publicidade

BNDES diz ter emprestado R$ 10,4 bilhões a empresas de Eike Batista

O valor emprestado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) às empresas do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, soma R$ 10,4 bilhões, informou hoje (3) o banco de fomento. Em nota, o BNDES disse que o montante não chegou a ser totalmente desembolsado por causa do calendário de execução dos projetos financiados.

“Do volume total contratado, nem tudo foi liberado, já que os desembolsos, de acordo com a praxe em projetos apoiados pelo BNDES, ocorrem ao longo do período de execução dos empreendimentos”, destacou o comunicado. A instituição financeira informou também que as participações acionárias nas empresas de Eike Batista representavam apenas 0,6% da carteira da BNDespar, braço do banco que compra ações de empresas, em 31 de março.

Na nota, o banco indicou ter confiança de que o Grupo EBX encontrará uma saída para a crise: “O BNDES está acompanhando o desenrolar dos acontecimentos relacionados ao Grupo EBX, que dispõe de ativos sólidos e valiosos, e confia na capacidade dos atores envolvidos de encontrar a melhor solução para superar os atuais desafios”.

O BNDES informou ainda que cada contrato está amparado em garantias específicas, incluindo fianças bancárias, que podem ser executadas caso as empresas do Grupo EBX não paguem os financiamentos. “Com isso, a exposição direta à EBX representa uma parcela muito pequena do patrimônio líquido de referência do BNDES”, acrescentou o texto.

Nos últimos 30 dias, as ações da OGX, empresa de Eike Batista que explora petróleo, caíram 71,9% na Bolsa de Valores de São Paulo. Somente hoje (3), a queda chegou a 13%. Ontem (2), as agências de classificação de risco Moody’s e Standard & Poor’s rebaixaram a nota das ações da OGX para uma avaliação que indica alto risco de calote – risco de a empresa não conseguir honrar os compromissos. As duas agências citaram a baixa produção de petróleo e o fraco fluxo de caixa para justificarem a decisão.

Da Agência Brasil

Comentários (2) enviar comentário
  1. Ismael disse:

    Ministério Público não bloqueia bens. Não há esse poder para essa instituição.

  2. Carlos Rangel disse:

    O ministério público, deveria bloquear os bens de Eike, pra garantir quem investiu na empresa dele!

Publicidade

Partida de futebol no Maranhão termina com atleta morto e árbitro esquartejado

Um crime chocou a cidade de Pio XII, no Estado do Maranhão, no último domingo (30), durante uma partida de futebol.

Segundo a Polícia da cidade, o jogador de um dos times, Josenir dos Santos Abreu, de 30 anos, se irritou por ter sido expulso e desferiu pontapés no árbitro Otávio Jordão da Silva, de 20 anos.

Após ter sido agredido, Otávio teria retirado uma faca da cintura e a lançou contra o peito de Josenir, que não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

Revoltados, alguns populares que assistiam à partida não se conformaram com a morte de Josenir e partiram para cima do árbitro. Otávio foi amarrado, agredido, apedrejado e depois esquartejado. A cabeça do juiz foi pendurada em uma estaca.

Em nota, o delegado regional de Santa Inês, Valter Costa, que cuida do caso, afirmou que usa de vídeos gravados por celulares de testemunhas para identificar os criminosos.

— Relatos de testemunhas já indicaram algumas pessoas que estavam no local na hora do fato. Vamos identificar e responsabilizar todos envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como essa não colaboram com a legalidade de um estado de direito.

Do R7

Comentários (3) enviar comentário
  1. Sergio Nogueira disse:

    Na próxima chamem Sarney para apitar. Quem sabe ele não expulsa um e …

  2. Paulo disse:

    No youtube já tem o vídeo do juiz que foi esquartejado chegando ao IML. É de chocar, não assisti mais que 30 segundos.

    http://www.youtube.com/watch?v=NRxbG0tLpzY

  3. Ariane disse:

    Chocada!!!

Publicidade

Ministério Público do RN nomeia sete novos Promotores de Justiça

O Ministério Público do Rio Grande do Norte publicou na edição desta quinta-feira, dia 04/07/2013, no Diário Oficial do Estado, a nomeação de sete novos Promotores de Justiça Substitutos. O objetivo é o preenchimento de todos os cargos vagos aproveitando os aprovados no último concurso público para membro da Instituição.

“Hoje nomeamos sete, mas a meta é preenchermos todos os cargos vagos para desafogarmos o trabalho em nossa área finalística e aprimorar assim, os serviços prestados pelo MPRN à sociedade potiguar”, destacou o Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima.

Os novos Promotores de Justiça Substitutos hoje nomeados foram: Janayna de Araujo Francisco; Ernesto Cabral de Medeiros; Renovato Ferreira de Souza Junior; Ana Jovina de Oliveira Ferreira; Thiago Salles Assunção; Josué de Sousa Lima Junior; e Mariana Cândido Silva.

A posse dos novos membros do MP Estadual está agendada para o dia 02 de agosto, e a partir de então eles passarão por um curso de formação, com previsão de que estejam em pleno exercício da função, no início de setembro, atuando nas Comarcas do Estado.

Três cargos de Promotor de Justiça Substituto ainda continuam vagos por força de decisão judicial, mas o objetivo da Administração Superior é manter o MPRN com sua força total de trabalho. “Muitas Comarcas necessitam da chegada de Promotor de Justiça titular, e em diversas outras a demanda de trabalho exige o suporte de outros colegas, e é para contornar esses percalços que estamos empenhados em manter preenchidos todos os cargos de Promotor de Justiça” complementou o Procurador-Geral de Justiça do MPRN.

enviar comentário
Publicidade

Receita Federal aplica multa milionária na Rede Globo, diz jornal

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a Receita Federal aplicou uma multa milionária na Rede Globo por supostas irregularidades na compra dos direitos de transmissão da Copa do Mundo 2002.

A publicação diz que a emissora abriu uma empresa de fachada fora do país para não recolher impostos no Brasil. A Globo diz que seguiu a legislação, mas confirmou que pagou a multa, que foi de R$ 274 milhões, mas com a correção monetária até 2006, o valor chegou a R$ 615 milhões.

enviar comentário
Publicidade

Procuradoria Geral da República pede fim das vaquejadas no Ceará

O ministro Marco Aurélio é o relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4983) em que a Procuradoria Geral da República (PGR) pede ao Supremo Tribunal Federal (STF) que suspenda a eficácia de lei estadual que regulamenta a prática da vaquejada no Ceará.

A ação foi ajuizada pela PGR para contestar a integralidade da Lei estadual nº 15.299/2013, que estabelece as regras para a realização da vaquejada como atividade desportiva e cultural. A norma fixa os critérios para a competição e obriga os organizadores a adotarem medidas de segurança para os vaqueiros, público e animais.

A vaquejada consiste em uma competição onde uma dupla de vaqueiros, montados em cavalos distintos, busca derrubar um touro, puxando-o pelo rabo, de forma a dominar o animal em uma área demarcada. A prática da vaquejada é considerada atividade esportiva e cultural fundada no Nordeste brasileiro e remonta, segundo a ação da PGR, “a uma necessidade antiga de fazendeiros daquela região para reunir o gado”, quando as fazendas não eram cercadas e era preciso reunir os animais. Entretanto, argumenta a PGR, “a prática inicialmente associada a atividades necessárias à produção agrícola passou a ser explorada como esporte e vendida como espetáculo, movimentando hoje cerca de R$ 14 milhões por ano”.

Segundo a ação, com a profissionalização da vaquejada, algumas práticas passaram a ser adotadas, como o enclausuramento dos animais antes de serem lançados à pista, momento em que são açoitados e instigados para que entrem agitados na arena quando da abertura do portão. “Diferentemente do que ocorria no campo, os objetivos do esporte e do espetáculo hoje ditam a maneira como se trata o animal”, argumenta a PGR. Tais práticas, prossegue a PGR, acarretam danos e constituem crueldade contra os animais, o que é vedado pelo artigo 225, parágrafo 1º, inciso VII, da Constituição Federal.

A PGR lembra ainda que, em situações específicas em que houve embate entre as manifestações culturais e o meio ambiente, como em julgamentos de grande repercussão – briga de galo no Rio de Janeiro (ADI 1856) e farra do boi em Santa Catarina (RE 153531) –, a Corte entendeu que “o conflito de normas constitucionais se resolve em favor da preservação do meio ambiente quando as práticas e os esportes condenam animais a situações degradantes”. Assim, a PGR pede a concessão de liminar para suspender a prática da vaquejada no estado do Ceará, “diante do risco de que animais sejam submetidos a tratamento cruel, o que é em si irreversível”. No mérito, requer que a lei estadual seja declarada inconstitucional.

Do STF

Comentários (7) enviar comentário
  1. Breno disse:

    Acho que tá faltando papel na mesa desse pessoal. Antes de tudo, vaquejada é tradição, é cultura, movimenta muitas cidades do interior e gera lucro pra muita gente. Experimentem montar em um bom cavalo, bem treinado e tratado, e botar um boi na faixa. Se acham isso é maltratar o animal, o que falar dos rodeios? Ah, e vcs comem carne de boi? Hipocrisia barata!

  2. Carlos Rangel disse:

    Assistam esse vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=1OZR_uyTzgY

    Se mudarem seus hábitos, e não comer mais carne animal, da pra acreditar nessa pena hipócrita dos animais!

  3. Lincoln disse:

    Acertada a decisão da justiça, o difícil é ser respeitada, agora prestem atenção a covardia como é grande 2 cavalos no geral muito bem tratados, dois camarada contra um boi, que que na grande maioria das vezes não é um boi de porte e sim um garrote, 4 contra um, ainda chamam de esporte?

  4. Carlos Rangel disse:

    Vamos deixar de hipocrisia, em dizer que é maldade com o animal.
    Se for assim, não comam mais carne animal.
    Ja viram como se mata um boi, frango, porco?

  5. marcelo disse:

    Caro Bruno,
    Sei que vou desagradar muita gente com o meu comentário. Mas acho acertadíssima a medida que visa acabar com as vaquejadas. É uma prática estúpida contra o um ser indefeso. Além do mau trato com os cavalos que quase sempre são esporados para correrem mais e dessa forma não deixar o pobre do boi escapar. Sentir prazer em ver o boi ser derrubado é de um masoquismo total. Não vejo diferença entre a farra do boi graças a Deus já proibida e a vaquejada. Aguardo que essa decisão seja estendida a todo o território nacional.

    • Jeremias disse:

      "Sentir prazer em ver o boi ser derrubado é de um masoquismo total." Marcelo, você é o boi por acaso? kkkk. Cavalo mau tratado não existe na vaquejada. Tá certo que as esporas podem até machucar um pouco, mas o cavalo é o maior bem de um vaqueiro. Não é raro vermos cavalos de vaquejada valerem mais de 50mil. Quem é que vai querer lascar um bicho desse? A espora machuca o cavalo tanto quanto as chicotadas que ele recebe numa corrida de jóquei ou numa prova de hipismo. A diferença é que a vaquejada não tem o "glamour" desses outros esportes, só isso.

    • Tom disse:

      Meu amigo, se informe! Ninguém usa esporas em hipismo nem em corrida de jóquei. Pior do q fazem c o cavalo, é o q fazem c o boi… Acho q vc gostaria de ser puxado pelo rabo e jogado no chão…

Publicidade

Telexfree vendeu serviço VoIP sem autorização da Anatel

O Blog do BG recebeu um relatório de fiscalização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que constata que a Telexfree não tem autorização para operar o serviço de VoIP que ela comercializa.

O documento é de quase um mês atrás: 5 de junho de 2013. Ou seja, a Anatel só foi fiscalizar o produto da Telexfree muito tempo depois que a empresa opera no país.

Mas não deixa de ser grave esse documento da Anatel, que já foi encaminhado para a Polícia Federal tomar providências.

doc-telexfree

Para ver o documento completo, acesse o link:
http://www.cidademarketing.com.br/2009/extras/fiscalizacao_voip_telexfree_irregularidade.pdf

Comentários (7) enviar comentário
  1. Danilo disse:

    Homi deixe a Telexefree trabalhar…rsrsr!

  2. ALEX DUBEUX disse:

    VOU TE DAR UMA MATERIA BOA PRA VC POSTAR JA QUE NÃO TEM OUTRO ASSUNTO A NÃO SER FALAR MAL DA TELEXFREE …. FALE DOS CARTOES DE CREDITO QUE COBRÃO 12 % E NINGUEM RECLAMA … FALE DOS BANCOS QUE PG DA POUPANÇA 1% AO MES E TE COBRAM 12 NO CARTÃO E NINGUEM FALA NADA ISTO AI SIM E PIRAMIDE AS LOJAS NÃO TEM INTERESSE EM VENDER MERCADORIA AVISTA E SIM NO CARTÃO PQ ELES GANHÃO E NO JUROS DO CARTÃO E ISTO NINGUEM RECLAMA ….. FAÇA AI UMA MATERIA BOA E INTELIGENTE.

  3. Carlos Rangel disse:

    Skype também não tem autorização da Anatel! Ambas não precisam dessa autorização!
    Não faço parte de nenhuma MMN, mas na minha opinião, quem investe é responsável pelo seus atos. Se a empresa paga impostos e o negócio for legal, não vejo problema.
    O ministério público deveria deixar um pouco as câmeras de lado. Não acho certo "bloquear pra garantir o reembolso de quem investiu".
    Se for assim, eles deveriam bloquear os bens de Eike também, ainda mais que tem dinheiro do BNDES envolvido.
    Nos EUA, o mmn é legalizado!
    MP VÃO ATRÁS DO JOGO DO BICHO… esse existe em toda esquina, é ilegal, todos sabem. E por que não vão atrás? Porque não atrai holofotes. Outra coisa que foge um pouco do assunto, é a assembléia legislativa, pq o MP não investiga? Todos sabem que lá tem empregos fantasmas, troca de favores, todo tipo de esquema…
    Mas os deputados inteligentemente, aprovam todos os pedidos de aumento dos procuradores. Por tanto não precisa bater de frente. "quem quer rir tem que fazer rir."

  4. Thiago disse:

    Anatel não interfere em voip, quem fiscaliza e o conselho gestor de internet. Não publique inverdades, cuidado com eventuais processos.

  5. Sergio Nogueira disse:

    E isso repercute em responsabilidade para os TELEXTUBIES? Afinal quem vendia, ao fim de tudo, eram eles.
    O pior é que o argumento que não é pirâmide porque vendem um produto cai por água a baixo, ou vão defender a venda de um produto ilícito?

    • Diego disse:

      No dia que esse blog nao postar algo do Telexfree, ele fecha

    • Ariane disse:

      Adoro esse blog por ele ser extremamente atualizado e um dos assuntos do momento que atinge milhões de pessoas e o telexfree, matéria essa que tenho grande interesse de acompanhar (apesar de nao ter aderido aos seus "produtos") e entender de fato como essa empresa atua no Brasil.

Publicidade

Bancários de todo país fazem paralisação nesta manhã

Bancários de todo o Brasil fazem uma paralisação durante a manhã desta quinta-feira. A medida, que foi tomada pela Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), é um protesto ao Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que regulamenta a terceirização no país.

Segundo o presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro, “esse projeto é muito danoso e visa tão somente diminuir o custo dos bancos e das empresas e precarizar o emprego e os direitos dos trabalhadores”.

O projeto iria à votação da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados na próxima terça-feira (9), mas foi adiada após uma reunião ontem (3), abrindo espaço para negociação. A nova data de votação não foi definida.

Comentários (2) enviar comentário
  1. xaropinho disse:

    A telexfree coloca comida na mesa da minha família, parem de ir contra um trabalho honesto!!!!!!!!!!!!

  2. Guedes Junior disse:

    To aqui no Banco do Brasil, do centro administrativo e aqui o atendimento ta normal.

Publicidade

Rosalba vai a lançamento do Plano Safra Semiárido nesta quinta-feira

A governadora do estado, Rosalba Ciarlini, e o secretário estadual de Agricultura, Junior Teixeira, participam nesta quinta-feira, às 11h, da solenidade de lançamento do “Plano Safra Semiárido”, que acontecerá em Salvador e terá as presenças da presidente Dilma Roussef e de todos os governadores do nordeste.

Essa é a primeira vez que o governo federal elabora um plano específico para o semiárido, região marcada pela forte presença da agricultura familiar.

O Plano Safra

A principal medida do Plano Safra do Semiárido será a suspensão das execuções das dívidas dos produtores da região até o fim do ano que vem. Também será concedido desconto de até 85% para a liquidação de operações de crédito contratadas até 2006 com recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) ou do Tesouro Nacional.

O plano também terá medidas de estímulo à construção de silos para armazenagem de alimentos para que os pecuaristas possam alimentar seus rebanhos na época da seca. Atualmente, a escassez de milho, principal alimento dos animais, leva o governo a buscar o grão em outros estados e até a importar de países vizinhos, com um alto custo de deslocamento.

Com informações da Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade