Publicidade

Romário diz que na Copa do Brasil "vai acontecer o maior roubo da história", caso hajam obras sem licitações

Rei da grande área, Romário segue pegando pesado como deputado federal na marcação aos colegas políticos. Apesar do passado como um dos maiores jogadores de futebol da história, o Baixinho não está vinculado aos órgãos que estão organizando a Copa do Mundo de 2014, mas nem por isso deixa de acompanhar a questão de perto e de denunciar tudo que acha que está errado.

Desta vez, Romário não gostou nem um pouco do encontro da presidente Dilma com Joseph Blatter na última sexta-feira. O Baixinho questionou fortemente a ausência de pessoas ligadas à elaboração da Lei Geral da Copa, disse que Dilma está sendo enganada e cravou: Brasil vai passar vergonha em 2014. No encontro também estavam presentes o ministro do esporte Aldo Rebello, o embaixador honorário Pelé e o conselheiro Ronaldo.

Romário soltou uma nota oficial sobre o assunto no Facebook. O Baixinho não poupou ninguém nas palavras e até disse que a Copa será o maior rouba da história do Brasil. “Essa palhaçada vai piorar quando tiver a 1 ano e meio da copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Ai vai acontecer o maior roubo da história do Brasil”, disse.

Veja a íntegra da nota oficial de Romário:

Tem coisas que só existem no nosso País, ou melhor, só acontecem no nosso País. O presidente da FIFA vem ao Brasil e se encontra com a presidente Dilma. Até ai perfeito! Nesse encontro estão presentes Aldo Rebello, ministro dos Esportes, ok; Pelé, embaixador honorário do Brasil para a Copa do Mundo de 2014, ok; Ronaldo, conselheiro do Comitê Organizador Local (COL), ok. Só uma pergunta: qual dessas pessoas tem a ver com a Lei Geral da Copa?

Nenhuma. O presidente da comissão da Lei Geral da Copa, Renan Filho, não estava lá. O relator da Lei da Copa, Vicente Cândido, também não. O presidente da Casa onde será votada a lei, Marco Maia, também não estava presente. E muitos outros que tem muito a ver com a Lei Geral da Copa, não estavam presentes. Na minha concepção de político, a política vai de mal a pior. E o povo tem total razão de reivindicar e cobrar principalmente mais seriedade e responsabilidade das pessoas que tem autonomia para decidir coisas importantes como essa (Copa do Mundo).

Não vou me aprofundar muito, mas é uma pena, ouvir nas rádios, ver na TV, abrir os jornais e ler que o governo federal se uniu a FIFA para que a Copa do Mundo seja a maior de todos os tempos. Uma mentira descabida! Não será a melhor e nós vamos passar vergonha. Se continuar acontecendo coisas erradas e estranhas como esse encontro do Blatter com pessoas que não são ligadas a Lei Geral da Copa, ela será uma merda. E o governo federal está enganado o povo. E a presidente Dilma está sendo enganada ou se deixando enganar.

Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a 1 ano e meio da copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Ai vai acontecer o maior roubo da história do Brasil. Ai eu quero ver se as pessoas que apareceram sorrindo na foto durante a reunião de ontem vão querer aparecer. Esse Brasil é um circo e os palhaços vocês sabem bem quem são.

Fonte: ESPN

enviar comentário
Publicidade

Pajero cai do chapadão de Pipa e uma pessoa morre

Foto Thiago Farias / Via Certa - Mais informações em instantes

Uma tragédia marcou esse domingo em Pipa, uma das praias mais conhecidas do país.

Segundo informações, uma Pajero com placa de Fortaleza, despencou de uma falésia de uma altura equivalente a de um prédio de dez andares.

Uma mulher e um homem estavam no veículo e o motorista, José Djalmir de Azevedo, veio a óbito no local. Ele era cadeirante.

Viviane Rodrigues Eli, a acompanhante, 25 anos, teve fraturas múltiplas, mas passa bem, internada no pronto-socorro Clóvis Sarinho. Sobreviveu porque estava de cinto de segurança.

Dentro do carro não havia vestígio de bebida alcoólica.

A PM trabalha com a hipótese de que Djalmir se aproximou, com o veículo, do barranco para tirar fotos, e em vez de frear, acelerou caindo de bico no penhasco.

No local não há nenhum tipo de sinalização.


Comentários (3) enviar comentário
  1. Paulo Murce Junior disse:

    Não acredito nesta possibilidade do motorista ter acelerado ao invés de frear. Por ser cadeirante e provavelmente já ter experiencia com o comando do veículo, acho improvável esta possibilidade. A causa mais provável do acidente é de que o motorista tenha se aproximado da borda da falésia e esta ter desmoronado com o peso do veículo.

  2. Jose carlos Souto disse:

    só corrigindo não foi do chapadão ,foi da praia de cacibinhas,o motorista era cadeirante,o carro era adaptado onde nos levar a pensar que o condutor devia ter atenção dobrada,e nunca se aproxima de tal luar tão peigoso.

  3. abrantes disse:

    Sinalizaçao era o minino, a praia da pipa tem um fluxo de turistas muito grande, mais ainda é precario o trabalho te Turismogolos no logal, evitando varios acidentes.
    exemplo numero de pessoas voando de parapentes  etc……………

Publicidade

Tentativa de homicídio fere três pessoas em Morro Branco

Uma tentativa de homicídio feriu três pessoas na Rua Amaro Mesquita, já próximo a Bernardo Vieira, em Morro Branco, Zona Sul de Natal.

Segundo informações da PM, a vítima estava em uma parada de ônibus quando um homem teria efetuado alguns disparos que acabaram atingindo mais duas pessoas.

As vítimas foram encaminhadas para o pronto-socorro Clóvis Sarinho, mas, segundo a polícia, não correm risco de vida.

A polícia já tem um suspeito do crime.

enviar comentário
Publicidade

Sem projeto, corredores do Walfredo voltam a ficar lotados

Corredores lotados, macas “presas”, pacientes reclamando e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) aguardando no estacionamento.

A realidade comum ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) voltou a incomodar a população nos últimos dias.

A situação atual contrasta com aquela vivida durante o curto período em que vigorou o projeto de Regulação Ativa das Emergências Médicas.

O projeto, implantado na última quinzena de fevereiro, foi encerrado no início desse mês. A ação, considerada simples, consistia em organizar quem entrava e ficava na unidade. A regulação era feita pelo Samu Metropolitano, em parceria com a direção do Hospital e da Coordenadoria de Hospitais (Cohur). Durante alguns dias, os corredores do Walfredo ficaram vazios e causavam espanto a quem sempre viu o local cheio. Com o fim da Regulação Ativa, o problema da superlotação retornou.

Na semana passada, a secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reuniu representantes do Samu Metropolitana e direção do hospital. O recado foi direto: a regulação teria que ser tocada apenas pelo pessoal do HMWG. “O Samu não tem condições de prosseguir com essa ação. A demanda é grande. A direção do Walfredo é quem tem que se responsabilizar”, disse Domício Arruda, titular da Sesap.

O trabalho de regulação, segundo o coordenador Estadual das Urgências e Emergências, Luiz Roberto Fonseca, consistia na classificação de risco, após anamnese (entrevista e avaliação de sintomas) feita por dois médicos do Samu Metropolitano, bem como no referenciamento dos pacientes para os locais adequados, de acordo com a gravidade do caso. Somente os casos graves de urgência e emergência eram atendidos no Hospital.

Fonte : Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade

Sem cerveja nos estádios, Fifa perderia R$ 100 milhões com Copa no Brasil

A meta da Fifa é faturar US$ 3 bilhões com a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, por isso questões como meia-entrada e venda de bebidas alcoólicas são tão sensíveis para a entidade.

Joseph Blatter só desistiu do veto à meia-entrada depois de fazer contas e concluir que a perda de receita será de US$ 100 milhões, valor considerado suportável pela entidade.

Fonte: Coluna Cláudio Humberto

enviar comentário
Publicidade

Por falta de infra-estrutura, RN está deixando de atrair investimentos

O Rio Grande do Norte perdeu espaço na geração de emprego, nas exportações, na produção industrial e também na captação de investimentos estrangeiros de pessoas físicas – aquelas que investem acima de R$ 150 mil, segundo o Ministério de Trabalho e Emprego (MTE).

O estado, que já foi líder na atração de pequenos investidores estrangeiros dentro do Brasil, foi ultrapassado por São Paulo e Ceará, caindo para a terceira posição, no último ano. Hoje, está bem atrás do segundo colocado.

A falta de investimento em infraestrutura, mais uma vez, é apontada como vilã.

Na avaliação da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (Adit Brasil), o estado precisa se mexer, se quiser  frear a desaceleração. Apesar do crescimento do PIB nacional ter ficado abaixo do esperado, o Brasil vive um bom momento. Com a crise, se tornou um dos poucos países seguros para se investir. Caberá ao estado aproveitar esta chance.

O Rio Grande do Norte registrou queda nos investimentos estrangeiros ‘pessoa física’ nos últimos três anos, seguindo na contramão do país e da região e protagonizando um cenário “preocupante”, de perda de competitividade, de acordo com analistas. De acordo com levantamento recente do Conselho Nacional de Imigração (CNIg), ligado ao Ministério do Trabalho e Emprego, enquanto o valor subiu 40,9% no Brasil e 8,6% no Nordeste, no RN, recuou 6,8%, entre 2009 e 2011. O estado – que chegou a ser o maior alvo dos investidores em 2007 – perdeu a liderança para São Paulo, mas também a segunda colocação, desbancado pelo Ceará, que só no ano passado avançou 56% na captação de recursos. Enquanto isso, o RN  cresceu 0,7% no período.

Fonte: Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade

Confira a previsão astrológica do seu signo para este domingo

Áries (21/03 a 20/04)

Uma de suas grandes qualidades será trazer à tona o melhor de cada um e demonstrar reconhecimento pelo seu valor. Atividades em grupo devem ser privilegiadas.

Touro (21/04 a 20/05)

No que diz respeito a relacionamentos, não espere um resultado tão bom quanto o de ontem. Diferenças de opiniões podem resultar em discussão e tensão.

Gêmeos (21/05 a 20/06)

Você hoje terá dificuldade para aceitar imposições. Faça o possível para evitar confrontos. Concentre-se em interesses comerciais, pois seu tino estará aguçado e preciso.

Câncer (21/06 a 22/07)

Ao participar de evento social, causará boa impressão nas pessoas. Mas é importante saber administrar seu sucesso de modo que ninguém se sinta deixado de lado.

Leão (23/07 a 22/08)

Uma grande mágoa pode surgir caso tente fugir de compromisso combinado. Mesmo que na hora não ache nada demais, em pouco tempo a culpa tirarão a graça do dia.

Virgem (23/08 a 22/09)

Você pode se sentir intimidado a mudar de ideia por alguém com quem trabalha. Não faça nada sob pressão, pois quem terá que viver com o resultado é você mesmo.

Libra (23/09 a 22/10)

Caso não imponha limite aos seus gastos, o custo de suas atividades sociais hoje podem exceder bastante ao seu orçamento. Seja cauteloso e saiba quando fechar a carteira.

Escorpião (23/10 a 21/11)

Uma ideia pode surgir em conversa com amigos. Mas não deixe de pesquisar o assunto antes de firmar qualquer compromisso, pois pode estragar negócio com perspectiva.

Sagitário (22/11 a 21/12)

Não deixe que seus desejos o levem a assumir postura otimista demais. Um assunto que o preocupa pode até ter final feliz, mas só se você se empenhar muito.

Capricórnio (22/12 a 20/01)

Um contato social feito hoje pode se revelar bastante produtivo para os negócios ou carreira, num futuro próximo. Relacionamentos continuam sendo o seu maior prazer.

Aquário (21/01 a 19/02)

Mesmo que esse seja um fim de semana em que passaria com família ou amigos, não tenha receio de misturar prazer com negócios. A combinação deve render resultados.

Peixes (20/02 a 20/03)

Você é muito generosa por natureza. Mas às vezes exagera e acaba criando problemas para si mesmo. Aprenda a dizer não, pois quem gosta de você saberá compreender.

enviar comentário
Publicidade

Secretário diz que chance de Natal ficar fora da copa 2014 é zero

Demétrio Torres, titular da Secopa, no Esportes em Debate da Rádio Globo, respondendo sobre o risco de Natal ficar sem a Copa de 14: “Posso afirmar que é zero, não existe essa possibilidade. Alias, antes da demolição do Machadão e do Machadinho eu já havia dito isso aqui numa entrevista anterior. Existe aqueles que não querem entender ou que fazem questão de não entender esse processo justamente porque são contra. Mas são poucos, o número de descrentes está diminuindo, a cada dia as pessoas estão entendendo mais como funciona tudo isso.O último relatório, feito no dia 29 de fevereiro, nós já temos 20,56% do projeto realizado. Esse número faz com que a gente possa afirmar que nos encontramos a frente daquele cronograma que acertamos com a Fifa.”

Fonte: Blog Marcos Dantas

enviar comentário
Publicidade

Filho de Eike Batista se envolve em acidente com morte

O filho mais velho do empresário Eike Batista, Thor, é suspeito de atropelar e matar o ajudante de caminhoneiro Wanderson Pereira dos Santos, que estava em uma bicicleta na pista sentido Rio da Rodovia Washington Luís, altura de Xerém, em Caxias.

De acordo com a polícia, Thor estava na direção de um superesportivo Mercedes SLR MacLaren prata acompanhado de um amigo no momento do acidente, por volta das 19h de sábado. O caso foi registrado como homicídio culposo pela Polícia Civil na 61ª DP (Xerém), e o herdeiro do controlador da EBX responde ao crime em liberdade.

De acordo com inspetores que fizeram o registro de ocorrência, Thor foi representado na delegacia por um advogado. Os policiais contaram também que, no momento em que agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegaram ao local do atropelamento, no km 101 da rodovia, Thor havia abandonado o carro. Mas o jovem de 20 anos teria retornado em seguida para fazer o teste do bafômetro, que não atestou consumo de álcool nele nem no carona. Na delegacia de Xerém foram conferidas também as habilitações de Thor e do amigo, que estavam em dia assim como a documentação do MacLaren, placa EIK-0063.

Fonte: O Globo

enviar comentário
Publicidade

Confirmado: Reitora diz que UFRN vai adotar ENEM para 50% das vagas no Vestibular em 2013

Durante o Seminário de Avaliação do Vestibular, realizado na manhã de sábado (17), a reitora Ângela Maria Paiva Cruz anunciou que a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) deverá adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de seleção para 50% das vagas do Vestibular 2013.

A proposta ainda precisa ser aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) que se reúne em abril.

A reitora lembrou que a UFRN já vem usando o Enem gradativamente há alguma tempo, mas ainda muito timidamente. A proposta é que o percentual aumente para 50% ainda neste ano e, no Vestibular 2014, todas as vagas sejam pelo Enem/Sisu.

Classificação

Além da questão do Enem, o seminário serviu para analisar os dados do Vestibular 2012 e a classificação das escolas potiguares, com base no desempenho médio dos alunos que fizeram o exame.

Como critério de classificação, foi usado o argumento parcial dos candidatos, considerado o mais fiel por não levar em conta o argumento de inclusão (espécie de bônus de 10% para alunos da rede pública de ensino).

Entre as escolas públicas, a melhor colocação ficou com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), campus central de Natal. Já entre as escolas particulares, o primeiro lugar ficou com o Colégio Ciências Aplicadas, também de Natal.

Fonte: Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade

Você acha que dirige bem? Quem dirige bem no RN são as mulheres!!!

O que já se dizia popularmente por aí foi comprovado com dados estatísticos divulgados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN). As mulheres conduzem melhor seus veículos do que os homens. Apenas 10% das infrações são cometidas por mulheres ao volante, e do total de condutores envolvidos em acidentes de trânsito no Estado somente 18% são mulheres.

Contudo, elas representam menor número do total de condutores habilitados, conforme consta na Coordenadoria de Habilitação. Enquanto são 435.629 os homens habilitados, representando um total de 72,8% dos motoristas, as mulheres totalizam 162.997 condutoras, ou 27,2% dos condutores. Os dados se referem a um levantamento feito pelo Setor de Estatísticas da Subcoordenadoria de Informática do Detran, a pedido de O Poti/Diário de Natal.

Pois bem, do total de apenas 10% das infrações, as mais comuns cometidas pelas mulheres ao volante são: “Transitar pela contramão de direção em vias de sentido único”, com 25,4% do total; “Dirigir utilizando-se de fone nos ouvidos ou telefone celular” responde por 24,9% das infrações cometidas pelas mulheres, seguido de “Executar conversão à direita/esquerda em locais impróprios”, com 13%.

A maior parte das mulheres do sexo forte ao volante se dá bem nos testes médicos e psicológicos obrigatórios para se retirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em 2011, foram 3.480 mulheres reprovadas no exame prático, o primeiro teste para obter a carteira, um total de 34% dos reprovados.

Perfil das condutoras

Outro aspecto interessante dos dados divulgados pelo Setor de Estatísticas do Detran-RN diz respeito ao perfil das condutoras por categorias. A maior parte utiliza carros e motos. A maior concentração é do tipo “B” (carro), com 113.197 condutoras habilitadas, ou 69,4% do total. Já a habilitação “AB” (carro e moto), contam 44.502 carteiras emitidas, ou 27,3% do total, enquanto que a “A” (moto), somam 3.225 condutoras, ou 2% do total.

Por fim, há menos mulheres conduzindo caminhões, ônibus ou veículos mais pesados. Com carteira “C” (caminhões), são 647 condutoras (apenas 0,4% do total), conduzindo passageiros, categoria “D” (ônibus), são 1.374 mulheres habilitadas (ou 0,8%) e “E” (carretas), com 52 habilitadas no Rio Grande do Norte, um percentual que não passa de 0,01%.

O mercado reconhece que as mulheres oferecem menos riscos ao volante. Até mesmo fazer seguro do carro é mais barato para as mulheres. “As seguradoras tratam as mulheres como diferenciais. Como o seguro tem franquias e como as mulheres são menos atiradas no trânsito, podem até bater o carro como o homem. Estatisticamente sai mais barato. A taxa de risco da mulher é mais barata”, explicou Roberto Máximo, que tem uma seguradora de carros. “A mulher é mais prevenida. Claro que existem as loucas de plantão, mas felizmente não são todas”.

Fonte: Diário de Natal

enviar comentário
Publicidade

Corredores do Walfredo voltam a ficar lotados

Corredores lotados, macas “presas”, pacientes reclamando e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) aguardando no estacionamento. A realidade comum ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) voltou a incomodar a população nos últimos dias. O cenário descrito acima foi constatado pela equipe da TRIBUNA DO NORTE na tarde de hoje. A situação atual contrasta com aquela vivida durante o curto período em que vigorou o projeto de Regulação Ativa das Emergências Médicas.

O projeto, implantado na última quinzena de fevereiro, foi encerrado no início desse mês. A ação, considerada simples, consistia em organizar quem entrava e ficava na unidade. A regulação era feita pelo Samu Metropolitano, em parceria com a direção do Hospital e da Coordenadoria de Hospitais (Cohur). Durante alguns dias, os corredores do Walfredo ficaram vazios e causavam espanto a quem sempre viu o local cheio. Com o fim da Regulação Ativa, o problema da superlotação retornou.

Na semana passada, a secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reuniu representantes do Samu Metropolitana e direção do hospital. O recado foi direto: a regulação teria que ser tocada apenas pelo pessoal do HMWG. “O Samu não tem condições de prosseguir com essa ação. A demanda é grande. A direção do Walfredo é quem tem que se responsabilizar”, disse Domício Arruda, titular da Sesap.

O trabalho de regulação, segundo o coordenador Estadual das Urgências e Emergências, Luiz Roberto Fonseca, consistia na classificação de risco, após anamnese (entrevista e avaliação de sintomas) feita por dois médicos do Samu Metropolitano, bem como no referenciamento dos pacientes para os locais adequados, de acordo com a gravidade do caso. Somente os casos graves de urgência e emergência eram atendidos no Hospital.

Na tarde de hoje, pelo menos uma maca do Samu Metropolitano estava presa. Uma ambulância do Samu Natal também teve que esperar pela liberação de um equipamento. Não havia médicos realizando entrevistas com pacientes. No corredor principal do setor de emergência do HMWG havia pelo menos 15 pacientes em cima das macas. “O secretário disse que não existia mais essas macas nos corredores. Não é isso que estou vendo aqui. A bagunça está a mesma de sempre”, reclamou Silvana Ferreira, acompanhante de um paciente que aguardava atendimento no hospital.

Enquanto estava funcionando, o serviço de Regulação Ativa encaminhou de 90 a 120 casos de baixa e média complexidade para a rede básica ou pronto-atendimentos do Município. A liberação dos corredores contou ainda com a antecipação de exames clínicos e de imagem.

Hoje à tarde, não havia ninguém da direção que pudesse falar com a reportagem.

Samu Natal não fazia parte do Programa

O Samu Natal não integrava o projeto da Regulação Ativa das Emergências Médicas no Walfredo Gurgel. À época da implantação do programa, o coordenador geral do Samu Natal, Edilson Pinto, afirmou que “não há recusa ao projeto, só aguardamos que as condições para participação sejam cumpridas”. Ele explicou que dois pontos essenciais para “continuidade do processo e moralização das escalas médicas” permaneciam indefinidas pela Sesap.

Fonte: Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade