Portal Ciosp: Sesed busca reduzir o tempo resposta das ocorrências com o maior controle operacional da Segurança

Lançamento do Portal CIOSP (2) Lançamento do Portal CIOSP (1) Lançamento do Portal CIOSP (4)A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), amplia, a partir desta sexta-feira (4), a utilização da tecnologia como aliada na otimização da atuação policial. Agora, entra em ação um novo programa, denominado Portal Ciosp, que disponibiliza aos comandantes de batalhões e companhias da Polícia Militar o acompanhamento em tempo real, por meio de tabletes, das ocorrências em andamento, da distribuição das viaturas no território, do tempo de acionamento de uma chamada e sua resposta, as rotas de tráfego mais rápidas, entre outras opções, que permitirão um maior controle, fiscalização e planejamento do emprego operacional visando um atendimento mais rápido e eficaz à população.

“Estamos inaugurando uma nova fase para Segurança Pública do RN com o maior aproveitamento da utilização tecnológica e o aperfeiçoamento dos procedimentos de policiamento. Queremos tornar o Ciosp do nosso estado o mais moderno do país e para isso contamos com o conhecimento intelectual dos nossos profissionais que estão empenhados em ativar todas as ferramentas “legado da copa” que ainda se encontravam sem funcionamento e agora estão sendo ativadas. O reflexo disso é um atendimento maior de ocorrências, uma atuação preventiva mais eficiente e a ampliação da segurança para a população”, destaca a secretária de segurança, Kalina leite.

De acordo com o Comandante Geral da Polícia Militar do RN, Coronel Dancleiton Pereira, o novo aplicativo está em fase de implantação e funcionando inicialmente na região Metropolitana e interligará os sistemas de rastreamento de GPS, implantando em todas as viaturas, com o sistema de despacho do Ciosp. A ação contemplará, inicialmente, uma média 250 viaturas.

“A partir dos resultados na Grande Natal é que será avaliada a possibilidade de expansão para os demais municípios do Estado. Os dados do programa estão acessíveis a todos os comandantes de unidades da região Metropolitana e vem otimizar os recursos policiais para oferecer um melhor atendimento dos nossos serviços à população. Esperamos diminuir significativamente o tempo de resposta das ocorrências e com isso reduzir os índices de violência!”, disse o comandante da PMRN, Coronel Dancleiton Pereira.

A secretária Kalina Leite, avalia que o principal benefício do sistema é a precisão que o programa permite na identificação e uso da estrutura operacional da Segurança Pública.

“Cada vez mais o posicionamento e uso das viaturas está sendo de forma direcionada. Agora a Sesed sabe, em tempo real, se a viatura fez o policiamento no local, onde passou, onde parou, quanto tempo demorou para atender a ocorrência e assim por diante”, concluiu.

Publicidade

Comentários:

  1. haroldo disse:

    Enquanto não houver uma punição aos que passam trotes para a policia, bombeiros e Samu, vamos desperdiçar muito tempo e dinheiro.

  2. Rodrigo disse:

    A Barbie já se faz presente, só falta a xuxa…

  3. Ângelo Júnior disse:

    Ver se eu entendi. Quer dizer que uma ferramenta desse aplicativo vai reduzir a criminalidade e reduzir o tempo de resposta das ocorrências? O que melhora o policiamento é a sua dinâmica, proporcionada com a presença física da PM nas ruas, para isso é necessario o aumento do efetivo. Sem efetivo suficiente, a população não será assistida pela polícia, conforme esse aplicativo propõe e, assim áreas despoliciadas continuarão a sofrer com a violência com perdas de vidas, como a que ocorreu, recentemente, na zona Norte, quando um jovem foi morto por bala perdida, oriunda de brigas entre facções criminosas. Urge, a necessidade de aumento de efetivo para as polícias Militar e Civil e planos de emprego e otimização destes efetivos, de acordo com as experiências adquiridas pelo Governador na Colômbia, cujo ônus assumiu e, que agora é o responsável direto pelo sucesso ou insucesso pelos resultados da segurança pública. Oxalá dê tudo certo.

  4. Luciana Morais Gama disse:

    O dinheiro que os fantasmas levam também faz falta na segurança pública.

  5. Zé Bobão disse:

    Pega uns fantasminhas da AL, entrega um colete e um 38 enferrujado e manda pra rua.

  6. charles disse:

    Se não tiver efetivo ficará na muganga governamental. Mais uma.