PT pressiona Lula para virar um tutor e tentar salvar Dilma

Por JOSIAS DE SOUZA

Sob o impacto da maior manifestação de rua da história do país, cresceu nas últimas horas a pressão do PT para que Lula ocupe um ministério no que restou do governo de Dilma Rousseff. Disseminou-se na cúpula do partido o entendimento segundo o qual a presença de Lula no primeiro escalão pode ser a única cartada capaz de deter o avanço do impeachment. Deseja-se que o criador de Dilma atue como uma espécie de tutor de sua criatura, articulando uma reação.

Desde que a plataforma eleitoral de Dilma se converteu em estelionato político, já nos primeiros meses depois do início do segundo mandato, o país esperava pelo sinal de que o fim estivesse próximo. Os protestos deste domingo justificaram o uso do ponto de exclamação que costuma soar quando as pessoas dizem “tudo tem limite!” O asfalto emitiu um sinal eloquente.

Nesta segunda-feira, 14 de março de 2016, restam 1.021 dias de mandato para Dilma. Foram transformados pelas ruas em epílogo. Longe dos refletores, não se ouve nenhuma voz capaz de apostar uma pataca na permanência de Dilma no cargo por tanto tempo sem um milagre. Para o petismo, o milagre se chama Lula.

Na noite passada, o repórter perguntou a um dos devotos de Lula que mágica ele faria para conseguir tirar uma cartola de dentro do coelho. Eis a resposta: “O Lula é, a essa altura, a única lideranças capaz de virar o governo do avesso, dando a ele um rumo.” A afirmação baseia-se num tipo de fé que parece mais cristã do que política. A esse ponto chegou o governo Dilma.

É improvável que Lula, cuja santidade encontra-se sub judice em vários inquéritos, consiga soerguer o governo Dilma. Mas sua conversão em ministro seria um castigo do destino proporcional aos seus pecados. Primeiro porque parte do desgaste de Dilma se deve a ele, já que o petrolão, assim como o mensalão, foi idealizado e implementado na sua gestão. Segundo porque a fábula do talento gerencial de Dilma é de sua autoria.

São três os mecanismos legais que podem ser usados para encurtar o mandato de Dilma: a renúncia, que ela rejeita; a cassação da chapa presidencial pela Justiça Eleitoral, que depende de um processo demorado; e o impeachment, que o eventual desembarque do PMDB pode apressar no Congresso. Nas próximas semanas, não se falará noutra coisa em Brasília.

O epílogo de Dilma pode ser longo ou curto. Por ora, a única certeza é que, com Lula no ministério, o ocaso seria mais divertido. De saída, seria hilário observar a ginástica verbal que o personagem faria para negar que sua nomeação tivesse o objetivo de lhe escondê-lo do juiz Sérgio Moro, atrás do biombo do foro privilegiado.

Publicidade

Comentários:

  1. Rodrigues disse:

    É! Deve ter sido a Globo que quebrou o país.

    • Não vai ter Golpe vai ter Justiça disse:

      Não é Culpa do PSDB, eles faz a roubalheira e bota a culpa em FHC nunca assume a Culpa mais a colocam nos outros

  2. Silva disse:

    Tenho dito, esses dois vão morrer politicamente abraçados. Não tem mais jeito. Ninguém mais acredita nesse povo do PT, só eles mesmos.

  3. Ponto Final disse:

    Como nunca antes na história desse país um partido político e seus líderes foram tão reprovados pela opinião pública, nunca se viu um grito de BASTA, CHEGA, FORA tão alto, significativo e representativo quanto o dado pelo povo no dia 13/03/2016.

    Foi uma manifestação do cidadão que trabalha, recolhe impostos e produz contra a corrupção sem limites, sistematizada a partir de 2003 por aqueles que estão no seio do poder e dominada por um partido.
    A manifestação foi do povo pelo povo, sem favorecimento ou participação política.

    O que se quer é claro, cristalino, evidente, não tem o que duvidar, não há espaço para explicação, é FORA DILMA, FORA LULA, FORA PT, CHEGA DE CORRUPÇÃO E IMPUNIDADE.
    Foi a presença de 3 MILHÕES de brasileiro representando 90% dos anseios da população.

    • Ôlôco, Óxente disse:

      É meu amigo vc só pode ser telespectador de carteirinha da rede bobo. dos que adoram bbb. Vai ler livro pra melhorar sua visão de mundo.

    • Realismo disse:

      Fala Ôlôco, Óxente, necessitado funcional do PT. Que saiba a Globo não escolheu os diretores da petrobras, não selecionou as empresas, a Globo não propiciou os meios para os desvios dos recursos públicos, a globo não incentivo as manifestações, a Globo não quebrou a economia brasileira, a Globo não é acusada de corrupção e muito menos a Globo apoia as ditaduras de Cuba e demais países com ditadores mundo afora. Então qual a razão de culpar a globo?? Seria hipnose, desvio proposital de visão, escapismo, disfunção mental?

    • Não vai ter Golpe vai ter Justiça disse:

      Não adianta reclamar acabou acabou o povo não quer mais ouvir falar de Cabeça de Jararaca e Mandioca

  4. Paulo André disse:

    CADEIA NELES!!!

  5. Hipócrita disse:

    1 milhão de pessoas? Não foram 53 milhões os que votaram na Presidente eleita e 51 milhões que votaram contra? Qual a novidade? A Rede Globo manipulando os fatos e criando uma narrativa para dar um motivo para o que não tem motivo jurídico?
    "Apesar do crescimento do tamanho do protesto contra a presidente Dilma Rousseff, o perfil dos manifestantes que foram à avenida Paulista neste domingo (13) se manteve elitizado."
    É a ELITE pirando porque as oportunidades estão sendo canalizadas para os sem voz e os sem vez?

    Blog do BG: http://blogdobg.com.br/#ixzz42rvK35XD

    • CORRUPTO BOM É CORRUPTO MORTO disse:

      Você não é HIPÓCRITA, vc é doido mesmo!

    • Incrédulo disse:

      Desculpe fascista de esquerda, culpar a globo não vai moralizar o país, não vai trazer de volta os bilhões desviados da petrobras, não vai afastar a corrupção do PT. Culpar a globo não vai desviar a atenção, pois as provas existentes são todas contra o PT e sua cúpula. Culpar a globo não vai calar a voz das redes sociais, não vai manipular os fatos, não vai trazer de volta os empregos que atingem mais de 15 milhões de brasileiros. O PT começou a responder por todas sua ilegalidades, imoralidade e manipulações e afirmo, está só começando!

  6. Flávio Rezende disse:

    Ministro do Livramento. Que situação…