Serra “além de dinheiro no exterior também recebia vinhos caros de presente da Odebrecht”

Resultado de imagem para almaviva vinhoO Estado de S.Paulo

O ex-presidente da Odebrecht Pedro Novis disse em depoimento de delação premiada que além das supostas transferências de dinheiro para contas no exterior e de pagamentos de caixa 2 para campanhas eleitorais, a empreiteira presenteou o senador José Serra (PSDB) com caixas de vinhos caros em seu aniversário entre os anos de 2007 e 2010, quando o tucano foi governador de São Paulo.

“O Serra faz aniversário no dia de São José, 19 de março. Eu tinha o hábito de mandar para ele, todo ano, uma caixa de vinho”, relatou Novis aos procuradores da Lava Jato em depoimento dado em dezembro. Ao todo, foram 30 garrafas de vinho, cujos preços variam entre R$ 500 e R$ 1,5 mil a unidade, como o chileno Alma Viva.

Questionado por um dos procuradores sobre a relevância dos presentes na relação da Odebrecht com Serra, Novis disse que era ‘só uma lembrança’, mas confirmou que os vinhos eram pagos pela empreiteira.

Publicidade

Comentários:

  1. LUCY disse:

    E NÃO ERA O LULA QUE RECEBIA ESSES PRESENTINHOS. KKKKKKK. A MÁSCARA CAIU.

  2. Calixto Silva disse:

    Eu desconfiei que este peixe também gostava de pegar a isca.

  3. Impertinente disse:

    Esperando os comentários do Ceará Mundão…

    • BOTELHO O PINTO NO MEQUINHA disse:

      Serra ladrão, faz do marginal do Lula, um homem de bem?

    • Victor Hugo Lima disse:

      Isso é mentira. Essas coisas só valem fazer estardalhaço quando é político do PT.

    • Jonas disse:

      FICOU NERVOSINHO BOTELHO?
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
      Pimenta nos olhos dos outros é refresco, nê mesmo?
      Ninguém disse nada demais.
      Ou aguardar os comentários dos guardiões da Moral e dos bons costumes e anticorrupção é algo demais?
      Somente a corrupção de alguns importa?
      E a de outros não?