Servidores do estado reclamam que governo pagou a fornecedores e não quitou a folha de dezembro

Na tarde de ontem (10), o SINSP e as demais entidades sindicais que fazem parte do Fórum Estadual de servidores se reuniram com o Governo do Estado. Participaram da reunião o SINSP, SINPOL, SINDIFERN, Adepol, Associação dos Policiais Militares, Sinai, Sinte. Representando o Governo; os secretários Cristiano Feitosa (Administração), André Horta (Tributação), Gustavo Nogueira (Planejamento), Juliska Azevedo (Comunicação) e Alexandre Varela (Procurador Geral do Estado) e Tatiana Mendes Cunha (Casa Civil).

Os sindicatos iniciaram a reunião apresentando ao Governo os dados sobre as arrecadações do Estado em 2016 que mesmo diante de quadro de crise econômica, superou o ano de 2015. Questionaram também o grande volume de pagamentos à fornecedores, efetuados no mês de dezembro que foram muito superiores à média mensal de janeiro a novembro de 2016. O valor de pagamento à fornecedores apenas no mês de dezembro, além da média dos primeiros 11 meses do ano passado ultrapassa 135 milhões de reais.

Entretanto o 13º salário dos servidores foi parcelado, e concluído apenas no dia 10 de janeiro. E o pagamento da folha do mês de dezembro está sendo parcelado. Aqueles servidores que recebem até 3 mil reais receberam seus salários, hoje (11). Mas aqueles que estão acima desta faixa salarial ainda não sabem quando irão receber. Isso gera uma série de problemas aos trabalhadores, endividamento, depressão, angustia, insatisfação, revolta.

Outro assunto cobrado pelos sindicatos foi com relação às sobras orçamentárias dos Poderes Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas. Os secretários confirmaram que o Poder Executivo está tomando providências para receber as sobras orçamentárias dos demais poderes e aguardam respostas das ações judiciais que já foram iniciadas pelo Governo.

Sobre os números apresentados, o Governo não deu respostas concretas, apenas falou que precisa analisar os dados apresentados e saber quais fontes foram utilizadas para efetuar estes pagamentos aos fornecedores. Ficou acertado uma nova reunião, próxima terça (17) com o secretário de Planejamento para que o Governo apresente explicações sobre as finanças do Estado e os números apresentados pelas entidades sindicais.

Janeayre Souto (presidente do SINSP) cobrou a realização de concurso público, no sentido de suprir as vagas existentes na administração direta do estado por aposentadorias, falecimentos e exonerações. Denunciou ainda o grande número de bolsistas, terceirizados e comissionados existentes que sobrecarregam a folha de pagamento do Estado. Falou também sobre a necessidade de melhorar o portal da transparência para facilitar o acesso às informações para que as entidades e a própria sociedade possam fiscalizar melhor o que é feito com o dinheiro que pertence ao povo, e portanto deve ser investido em prol da melhoria dos serviços públicos.

Os sindicatos não obtiveram respostas sobre uma data precisa para a conclusão da folha de dezembro, mas o Secretário Cristiano Feitosa (Adm) garantiu que seria até o fim do mês de Janeiro.

Publicidade

Comentários:

  1. zelotes disse:

    Em 1983, quando eu estava prestava meu serviço obrigatório no Exercito Brasileiro, na passagem do Comando da 7ª Brigada o então general Almério José Ferreira Diniz, disse as seguintes palavras: Este Estado do RN só será melhor quando acabarem as DINASTIAS dos Alves e dos Maias. Nunca esqueci….estou esperando.

  2. Ceará Mundão disse:

    Ninguém quer q os fornecedores não recebam. O q causa espécie é o grande acréscimo nos seus pagamentos, enquanto os servidores continuam com atrasos em seus salários, q são verbas alimentares. Por outra, medidas concretas como as já mencionadas noutro comentário por aqui mesmo não são tomadas. E aos q criticam os governos anteriores, provavelmente petistas, lembro q asndificuldades financeiras estão ocorrendo em todo o país (União, estados e municípios) e sãondecorrência do legado tenebroso de mais de 13 anos de governos do PT. Agora, não tem outro jeito: medidas amargas precisam ser tomadas prá coibir os excessos, desperdícios e roubos na adm. públicca. Mãos à obra, governador, ou se prepare prás consequências nas urnas.

  3. Sandro Alves disse:

    Se não pagar aos fornecedores, como é que a máquina funciona? Não adianta esperniar, tá achando ruim, procura outro emprego. A mamata acabou, os petralhas estão fora. Enfim os fornecedores estão conseguindo pagar seus funcionarios e credores.

    • Tania disse:

      Quem mandou o povo votar uma eternidade em Alves e Maias?????
      Agora aguentem.
      Eles quebraram o estado.
      Simples assim.
      Agora não dá pra fazer milagres!!!!

  4. Ja disse:

    Mais uma vez o governador paga aos fornecedores e deixa o funcionários do estado sem pagamento de dezembro parabéns governador cento e oito mil famílias vão da à resposta em 2018 governador do paradigmas o prefeito já concluiu a folha de dezembro

    • Tania disse:

      Vota no prefeito que ele é maravilhoso!!!!!!!
      Kkkkkkkkk
      Bacurau!
      Vc não engana ninguém!

  5. Henrique disse:

    Só espero que em 2018 não seja Alves, Maia ou Rosado, todos eles passaram pelo governo e o RN continua na merda.

    • Potyguar disse:

      Concordo em gênero, número e grau. Chega de sustentar parasitas oligarcas !!!

    • Sandro Alves disse:

      Vai continuar sim, Rosalba acabou com o estado e foi eleita pelos troços de Mossoró. Carlos Eduardovai ser o próximo governador. O RN e o Brasil não tem solução. MILITARES NO PODER JÁ!

    • Tania disse:

      Eu se fosse vc não me iludia porque o povo ainda elegeu Carlos Eduardo para a prefeitura com aprovação de mais de 60 por cento dos votos. Já disse tudo.

  6. Almir Dionisio disse:

    E o melhor: Na Secretaria da Saúde se os terceirizados não recebem até o 5º dia util do mês seguinte entram em greve por acordo firmado com o Sindicato, enquanto os servidores efetivos amargam atrasos de salários sem data para receber e são obrigados a trabalhar normalmente – dinheiro para pagar contas, alimentação, deslocamento nada – juros em cima de juros.
    Sindicato da Saúde vejam isto urgente – precisamos de uma posição do governo – dinheiro tem sim – arrecadação cresce – não falta dinheiro para o judiciário e o legislativo – o executivo sempre sofre.

    • Tania disse:

      Quem mandou não estudar????
      Quem manda nesse país é legislativo e judiciário.
      Ou vc não sabe disse?????
      Ah, coitado!

  7. Madson disse:

    Parece que o governo ainda não se deu conta que os números e as ações hoje são divulgadas e publicadas em redes sociais, para conhecimento da maioria da população. As informações e situações não ficam mais restritas as 4 paredes da reunião, nem são propriedade da conveniência daqueles que divulgam.
    O governo tem se esforçado para manter os pagamentos, mas falha quando não fiscaliza os gastos de custeio (aluguel de carros por exemplo), não diminui o quantitativo de cargos comissionados, deixam órgãos trabalharem desenvolvendo atividades correlatas. Erra ainda mais quando não toma nenhuma medida para afastar os fantasmas da folha de pagamento.
    Robinson recebeu o aval do povo para governar nosso estado, isso vem mudando, vai depender de como ele administrará para dar continuidade ou emplacar seu substituto. Rosalba e Micarla tiveram essa chance e estragaram, por favor, não repita o erro governador.

    • Tania disse:

      O governador está fazendo o que pode.
      Agora o povo votou a vida inteira em oligarquias que quebraram esse estado e agora querem que Robinson faça milagres pra deixar tudo bonitinho pra todo mundo.
      Se pluguem!!!!

    • Tania disse:

      O povo ainda tem a cara de pau de votar em Carlos Eduardo.
      O povo potiguar merece realmente penar pra aprender a votar!

  8. Edivaneide disse:

    Lamentável o governador de nosso estado não está vendo os servidores com bons olhos em relação ao nosso pagamento de Dezembro que não recebemos, os secretários ainda se acha no direito de dizer que até o final do mês saí se, na verdade no final do mês já é para está saindo o pagamento referente à janeiro, esse governador junto com seus secretários tem que ter consciência que são vários servidores e principalmente aposentados que são pais de família que estão sem ter como se manter com seus salários atrasados, muitos sem ter até como se alimentar. Não acredito que esse governo seja humilde com os servidores. Pois para ele quem está em primeiro lugar são os fornecedores e não servidores.

  9. JUNIOR PINHEIRO disse:

    É PORQUE TEM DINHEIRO E OS FORNECEDORES IRAO BANCAR PARTE DA CAMPANHA, OCORRE QUE OS SERVIDORES NAO VOTARAO MAIS NESSE SR. QUE SÓ MENTIU, POIS TODOS SABEM QUE DINHEIRO TEM E ISSO QUE ESTÁ ACONTECENDO É SÓ UMA CARONA COM OS ESTADOS DO SUL!!!!! TODA HORA É CARAS E BOCAS!!!! NINGUÉM AGUENTA MAIS….DECEPCIONADO !!!!! ONDE ANDA O MP ???? HÁ ESQUECI DE RECESSO, FÉRIAS ALGO ASSIM….. NADA FUNCIONA PARA O POVO !! A NAO SER PAA FUDE-LO!!!

  10. Observador disse:

    Placar : Fornecedores amigos do rei 10 x 0 funcionários de Poty.

  11. Potyguar disse:

    A melhor parte deste texto é o seu final : " Os sindicatos não obtiveram respostas sobre uma data precisa para a conclusão da folha de dezembro, mas o Secretário Cristiano Feitosa (Adm) GARANTIU QUE SERIA ATÉ O FIM DO MÊS DE JANEIRO. "
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, é muita cara de pau !!!!!!!
    2018 está logo ali, na esquina…………

  12. M. D. R. disse:

    Esse Governador deveria parcelar o JUDICIÁRIO, MPRN, ASSEMBLEIA LEGISLATIVA e TRIBUNAL DE CONTAS. Gente vamos termos paciência que 2018, o POVO da resposta que ELE merece. Nada que este GOVERNADOR, está fazendo ñ é surpresa – fazendo políticas PÚBLICAS, com orçamento do funcionalismo, isto é claro e vidente. Cadê PCCR, apenas ñ vai concluir até por que ELE tem interesse de sua Reeleição.

    • Tania disse:

      M.D.R ao invés de publicar um monte de bobagens vá fazer um curso de português pra deixar de escrever tão errado.