Publicidade

Sejuc anuncia construção de presídio em Mossoró com 600 vagas

O secretário de Justiça e Cidadania (Sejuc), Wallber Virgolino, anunciou a construção de um presídio no município de Mossoró, na região Oeste potiguar.

A Sejuc espera que com a construção do presídio em Mossoró, e mais duas unidades prisionais, como a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, e um presídio estadual em Afonso Bezerra, o sistema prisional do Estado saia do colapso.

Atualmente, o sistema prisional do Rio Grande do Norte tem um déficit de 4,5 mil vagas.

Comentários (5) enviar comentário
  1. JOAO CABRAL disse:

    Cada municipio deveria ter sua cadeia publica para os presos provisórios. Cada Comarca deveria ter seu Presidio para os condenados em definitivo. O Estado deveria ter um ou dois Presidios de segurança máxima, nos moldes do presidio federal, para os casos excepcionais. Enquanto perdurar essa idéia de concentrar centenas de pessoas em um só local, a tendencia é cada vez piorar o sistema penitenciario,

  2. Rafael disse:

    Mossoró já dispõe de uma penitenciária, um presídio federal, uma cadeia pública e vai ser brindada com mais um presídio estadual. Com certeza só atrairá mais problemas para uma cidade tão castigada pelos problemas sociais e econômicos dos últimos anos.

    • Sandro Alves disse:

      Verdade Rafael, e a criminalidade da cidade de Mossoró, aumenta a cada dia.

  3. Júnior disse:

    Gostaria de sugerir que construa em área rural sem possibilidade de construção de casas num raio de 1km e façam levantamento tipográfico e análise do solo

Publicidade

Inscrições do concurso com 600 vagas para a PM e CBM da Paraíba reabertas

Devido a um acordo firmado com o Ministério Público da Paraíba, o concurso que oferta 600 vagas para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do estado teve as inscrições reabertas aqui neste sábado (5/7). O motivo foi a dúvida de alguns candidatos quanto a data de matrícula no curso de formação, que deverá ter início até dezembro deste ano. “Vamos reabrir o prazo das inscrições para que os interessados que completam ou já completaram 30 anos de idade em 2014, e ficaram na dúvida, possam se inscrever e concorrer, já que uma das exigências é que no ano da matrícula do curso o candidato tenha 18 anos, no mínimo, e 30 anos, no máximo”, afirmou o coronel Marcos Alexandre Sobreira, presidente da comissão do certame.

A data das provas, marcadas para o dia 10 de agosto, está mantida.

Até o momento o concurso registrou 55.123 candidaturas. As inscrições poderão ser realizadas no (www.ibfc.org.br) site da banca organizadora, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). O valor da taxa é de R$ 70.

O concurso

Para participar, é exigido nível médio dos candidatos. Do total de oportunidades, 520 são para a PMPB e as outras 80 chances são para o CBM/PB.

O salário inicial é de R$ 2.548,16, podendo ainda receber adicional por plantão extra remunerado, que chega a R$ 1.025,46 de complemento.

O concurso será dividido nas seguintes etapas: exame intelectual, exame psicológico, exame de saúde, exame de aptidão física e avaliação social. Para participar é preciso ter entre 18 e 30 anos de idade e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres, além de ensino médio completo.

Para o exame intelectual, os participantes deverão demonstrar conhecimentos em língua portuguesa, raciocínio lógico, geografia e história da Paraíba e noções de direito e sociologia. O concurso é válido por um ano, contados a partir da homologação, mas pode ser prorrogado por mais um ano.

CorreioWeb

enviar comentário
Publicidade