Hospital Walfredo Gurgel registra mais de 1500 atendimentos a vítimas de trânsito

Os dados de acidentes de trânsito continuam a preocupar os profissionais que atuam no atendimento de urgência do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). Neste primeiro trimestre, um relatório do Núcleo de Vigilância em Saúde (Nuvisa) notificou 1502 ocorrências atendidas no Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS). Uma média de mais de 500 atendimentos/mês. Do total registrado, 1087 acidentes envolveram motos.

Os números ainda apontam para os motivos que possivelmente causaram as colisões e quedas, como a ingestão de bebidas alcoólicas e a falta de uso dos itens de segurança. O documento também destaca o crescimento dos casos registrados mês a mês. Em janeiro, foram computadas 394 ocorrências de trânsito. Em fevereiro, foram 453 e em março o número subiu para 655.

Quanto aos municípios de residência dos condutores, Natal lidera com 53,74% do total de vítimas de trânsito. Em segundo lugar, estão as cidades que compõem o cinturão da Grande Natal, registrando 18,78% das ocorrências. Os demais municípios do RN somam outros 25,80%.

Se comparados com os números de 2012, houve uma modesta redução na média diária de acidentes. De janeiro a março de 2012, a média diária de acidentes com moto chegou a 17 vítimas. Este ano, no mesmo período, a média corresponde a 16 ocorrências.

Para a diretora geral do Walfredo Gurgel, Maria de Fátima Pinheiro, grande parte dos acidentes de trânsito poderiam ser evitados caso houvesse um rigor maior tanto na fiscalização nas rodovias, quanto no acesso à habilitação de novos pilotos e motoristas. “O acesso à carteira nacional de habilitação deve ser mais rigoroso e as blitz da Polícia Rodoviária Federal mais constantes. Quanto mais o condutor sentir o peso e a responsabilidade de possuir esse documento, mais ele pensará antes de cometer alguma irresponsabilidade no trânsito”, afirmou.

    Nenhum Comentário

    Galã global revela: “Passei por uma experiência de quase morte”

    271405-970x600-1

                                                                                                                                                                                                            Thiago Fragoso, 31, contou que ainda sente dores por causa do acidente ocorrido durante uma apresentação do musical “Xanadu”, em 2012.

    Na ocasião, o ator despencou em cima da plateia quando os cabos que o suspendiam em uma cena se romperam.

    “Eu ainda não consegui me recuperar totalmente”, afirmou ao jornal “O Globo”. “Ainda existe uma limitação física.”

    “Passei por uma experiência de quase morte”, avaliou. “Sofri ferimento de guerra. Foi quase como se tivesse sido atingido por uma granada.”

    Thiago teve de colocar três próteses de titânio para reconstruir as costelas.

    “Fiquei dois meses sem pegar o meu filho no colo”, disse sobre o menino Benjamin, de dois anos. Ele fez 1 ano no dia da minha cirurgia. Foi tudo traumático demais.”

    Com apenas dois meses de férias depois de “Lado a Lado”, ele agora volta ao ar como um homossexual em “Amor à Vida”, novela das 21h da Globo que estreia na segunda-feira (20).

    “Estou num momento em que poderia olhar e falar: ‘Não quero fazer’. Mas como ator sou seduzido pelos personagens”, disse. “Se eu não estivesse trabalhando, estaria muito deprimido.”

    Da Folha

      Nenhum Comentário

      Engavetamento entre sete veículos é registrado na BR-101, próximo ao Carrefour

      IMG00599-20130520-1459

      Foto: Nilton Santos Junior

      Mais um acidente foi registrado próximo ao Carrefour da Zona Sul, na BR-101.  E mais uma vez, um engavetamento. Na ocasião, na tarde desta segunda-feira (20), sete veículos se envolveram em colisões em consequência de uma freada brusca de um caminhão.

      Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o local do sentido foi no sentido Natal – Parnamirim, e apesar do número de veículos envolvidos, nenhuma ocupante saiu ferido. Com o acidente, o trânsito na área voltou a ficar completamente congestionado.

        Nenhum Comentário

        Carros descem barranco na Roberto Freire após acidente

        Por volta das 5h da manhã, foi registrado um acidente na Avenida Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra. Dois carros, um Renault Clio branco e um Chevrolet Vectra preto, desceram um barranco que fica na lateral da avenida.

        119853
        Foto Rafael Barbosa

        Apenas um dos condutores , Paulo Henrique Souza,  se feriu. No teste do bafômetro, ficou comprovado que o outro motorista, Mateus Veríssimo Trindade, estava sob efeito de álcool.

        Ainda há poucas informações sobre como o acidente aconteceu. Sabe-se apenas que os dois carros seguiam no sentido Ponta Negra – Centro.

        Paulo Henrique, mesmo ferido, foi abandonado no locais pelos três amigos que estavam em seu carro. Todos fugiram.

        Foto: Rafael Barbosa/Tribuna do Norte