Publicidade

Após entregar chave de cidade a Jesus, prefeito baiano pede desculpa

Depois de entregar a chave da cidade de Ganambi/BA a Jesus Cristo e cancelar “todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais”, Jairo Magalhães, novo prefeito do município, resolveu pedir desculpas.

Em nota, o político disse que respeita “todos os credos” e que “não teve como intenção causar nenhuma dissensão ou debate de cunho religioso”. Alegou que “não estará na contramão da sociedade brasileira” e que “a pluralidade e a diversidade religiosa será respeitada em toda a gestão”.

“A real intenção da publicação, diante do ambiente de intolerância e assustadora violência que atormenta as famílias e a sociedade, foi de apelar a todas as crenças, suplicando a mesma proteção de Deus, que é rogado na nossa Constituição.”

Decreto

O polêmico decreto, que gerou toda a celeuma, foi publicado no início desta semana. Nele, o prefeito recém-empossado declara que a cidade pertence a Deus e que todos os setores da prefeitura municipal estarão sobre a cobertura do “altíssimo”.

“Cancelo em o nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais. E a minha palavra é irrevogável!”

Confira abaixo a íntegra do decreto.

Migalhas

Comentários (3) enviar comentário
  1. luca disse:

    malditas religiões pelo mundo, tenho nojo dessa raça

  2. Junior disse:

    Não o conheço, mas parece ser um canalha esse prefeito. Toma uma atitude infantil com esse decreto e na desculpa mente descaradamente. Tenta desmentir o que está escrito e publicado pra todos verem. Absurdo. Respeite a laicidade do estado. Sua religião é da porta da sua casa para dentro.

  3. Caio Emanuel disse:

    Tem q pedir mesmo, entregar a um delinquente imaginário ninguém merece.

Publicidade