Publicidade

Bando é detido pela PRF após assalto em microônibus em Natal

Um homem identificado como Paulo Henrique da Silva foi preso e três adolescentes (duas meninas) foram detidos na noite dessa quinta-feira (29), após um arrastão em um microonibus que faz a linha Natal/São José de Mipibu.

De acordo com o órgão, o veículo seguia de Natal para São José quando os suspeitos entraram em uma parada. Minutos depois, o acusado anunciou o assalto, enquanto os adolescentes recolheram pertences e dinheiro de pelo menos 22 passageiros do transporte.

Segundo a PRF, após descerem do veículo, na comunidade Tobarda, em São José do Mipibu, o bando foi surpreendido pelos policiais, que já tinham as informações de como eles estavam vestidos. Logo após, eles foram conduzidos para a Delegacia de Plantão Zona Sul, onde foram autuados. Com o homem ainda foi apreendida uma arma.

enviar comentário
Publicidade

RN foi o Estado do país que teve o maior aumento percentual de ataques a bancos neste ano

O Rio Grande do Norte foi o Estado do país que teve o maior aumento percentual de ataques a bancos, segundo dados de uma pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf). De acordo com os números, a variação de ataques a bancos no estado no primeiro semestre deste ano em comparação aos mesmo período do ano passado chega a 225%. Somente em 2013, já foram registrados 39 ações do tipo no Rio Grande do Norte, contra 12 em 2012.

Com este aumento significativo, o Rio Grande do Norte subiu sete posições no ranking nacional de estados onde houve mais ataques, passando da 19ª colocação para a 12ª. No estado, este ano foram registrados sete assaltos e 32 arrombamentos. Na região nordeste, o estado ficou na sexta colocação. A Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) vão encaminhar ao governo pedido de audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir os ataques a bancos e medidas para melhorar a segurança dos clientes e funcionários nas instituições bancárias de todo o país.

“Queremos cobrar do governo, especialmente do ministro da Justiça, respostas para essa situação que, para nós, parece estar fugindo do controle”, disse o presidente da CNTV, José Boaventura Santos, em entrevista coletiva em São Paulo. A pesquisa mostra que no primeiro semestre deste ano houve 1.484 casos de arrombamento e assalto a banco em todo país, o que representa aumento de 17,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados levam em conta notícias divulgadas na imprensa, estatísticas de secretarias de Segurança Pública e informações de sindicatos e federações de vigilantes e bancários. Por isso, as duas entidades entendem que pode ter havido mais ataques a bancos do que os apontados pela pesquisa, pois há dificuldade para levantar informações em vários estados e porque muitos casos não são noticiados.

Do total de ocorrências, 431 foram assaltos, consumados ou não, e 1.053, arrombamentos de agências, postos de atendimento e caixas eletrônicos. Pesquisa divulgada anteriormente pelas duas entidades apontou que 30 pessoas morreram em assaltos a bancos no primeiro semestre deste ano em todo o país, aumento de 11,1% em comparação com o mesmo período de 2012. Entre as vítimas, 21 eram clientes do banco, quatro eram vigilantes, uma era policial, uma era bancário e as demais não foram identificadas. A maior parte das mortes (18) ocorreu nas chamadas saidinhas de banco, ou seja, logo após o cliente deixar a agência. Uma cópia das duas pesquisas foi, foi encaminhada ao ministro da Justiça.

Para as confederações, os bancos brasileiros investem muito pouco em segurança no país. Segundo a pesquisa, este ano, os seis maiores bancos do país lucraram R$ 29,6 bilhões no primeiro semestre, mas só investiram R$ 1,6 bilhão em despesas com segurança e vigilância. “Estamos muito preocupados com a economia que os bancos vêm fazendo na área de segurança para que possam conquistar ainda mais lucros”, disse o presidente da Contraf, Carlos Cordeiro. “Os assaltos e ataques que estamos vendo é porque não tem nenhum item de segurança eficiente”, afirmou.

O diretor da Contraf e coordenador do Coletivo Nacional de Segurança Bancária, Ademir Wiederkehr, disse que as confederações também pretendem pedir uma atualização da Lei 7.102, de 1983. Por meio dessa lei, os bancos são obrigados a submeter à Polícia Federal um plano de segurança para que possam funcionar. Esse plano é elaborado por equipes técnicas e profissionais, que analisam todas as características de cada ponto de atendimento. “Queremos atualizar a lei federal para que traga avanços e possamos combater esses assaltos”, ressaltou Wiederkehr.

Entre as propostas que serão encaminhadas pelas entidades aos bancos para melhorar a segurança nas agências e postos de atendimento estão a instalação de vidros blindados nas fachadas e de câmeras de vídeo em todos os espaços de circulação de clientes, além das calçadas e áreas de estacionamento, colocação de biombos ou tapumes entre a fila de espera e a bateria de caixas para impedir a visualização das operações que estão sendo feitas pelos clientes e divisórias individualizadas entre os caixas.

Outras sugestões são a aumento do número de vigilantes, o fim da guarda das chaves dos cofres e das unidades por bancários ou vigilantes, atendimento médico e psicológico para trabalhadores e clientes vítimas de assaltos, sequestros ou extorsões e isenção das tarifas de transferência de recursos para reduzir a circulação de dinheiro vivo, combatendo assim o crime da saidinha de banco.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou à Agência Brasil que a segurança dos funcionários e clientes dos bancos é uma preocupação de seus associados. “Tanto que os investimentos em segurança avançaram de forma significativa nos últimos anos: de 2002 (R$ 3 bilhões ao ano) até 2011 (R$ 8,3 bilhões) aumentaram 62,4% em termos reais”, informou, em nota, a Febraban. Conforme os dados da Febraban, o número de assaltos a bancos vem caindo – no ano passado, foram 440 ocorrências (incluindo as tentativas de assaltos). Porém, os números divulgados pelas confederações são diferentes: 377 assaltos a bancos somente no primeiro semestre do ano passado.

Segundo a Febraban, o aprimoramento da segurança bancária levou à migração dos criminosos para assaltos fora das agência. “Preocupados em contribuir para a redução da criminalidade em outras frentes, os bancos brasileiros vem atuando em estreita parceria com governos, polícias (Civil, Militar e Federal) e com o Poder Judiciário, para combatê-los, propondo novos padrões de proteção”, diz a nota da federação.

Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

Empresário é vítima de saidinha de banco e bandidos levam R$ 14 mil em Petrópolis

Um empresário de identidade preservada foi vítima de saidinha de banco na tarde desta quarta-feira (14), no bairro de Petrópolis, Zona Leste de Natal. De acordo com a vítima, ele havia sacado R$ 14.000,00(quatorze mil reais) no Banco do Brasil da Avenida Afonso Pena e se dirigiu até uma agência de turismo na rua Cláudio Machado.

Provalvemente seguido, a vítima disse que assim que foi se aproximando da entrada do estabelecimento, um homem armado o rendeu e levou a quantia. Na sequência, o comparsa, que estava em uma motocicleta, fugiu com ele com destino ignorado.

Comentários (3) enviar comentário
  1. Luciana Morais Gama disse:

    Esse banco cumpre a lei municipal que proibe que pessoas na fila fiquem vendo quem retira dinheiro nos caixas???

    • Marcelo Carvalho disse:

      Caro Bruno este empresário foi para agencia de turismo quando colocou todos nos em risco, eu estava dentro da agencia e presenciei tudo, este empresário tem loja vizinha a agencia…… Estive frente a frente com o bandido, espero que este senhor da próxima vez vá para sua loja e não coloque ninguém mais em risco!

    • primo das primas disse:

      O empresario nao tem culpa de haver impunidade e insegurança. Ele é vitima de morar neste país que protege os bandidos-políticos, o que reflete também na impunidade de outros crimes como este. Aqui é mais violento que certos países africanos. E ainda fazem campanha para o desarmamento da sociedade, esquecem que a bandidagem nao está preocupada em andar na linha.

Publicidade

Quadrilha assalta agência dos Correios em Felipe Guerra

A agência dos Correios do município de Felipe Guerra foi assaltada por 4 homens nesta terça-feira(13). Segundo a Polícia Militar, a quadrilha chegou ao local armada rendendo os clientes.

Na ocasião, os bandidos roubaram o dinheiro e fugiram em um carro Cruze de cor verde, com placas do estado de Maranhão, na direção BR 405. Antes da fuga, os bandidos ainda destruíram as câmeras de circuito interno.

enviar comentário
Publicidade

Ônibus é assaltado no Planalto

Uma prática que já é recorrente em Natal aconteceu mais uma vez no início da manhã deste domingo, no bairro Planalto. Por volta das 5h40, um homem aparentando ter entre 20 e 25 anos assaltou um ônibus da linha 38 (Planalto/Praia do Meio), da empresa Santa Maria.

Segundo o motorista do ônibus, o homem entrou no veículo na avenida Miramangue com uma faca em punho e anunciou o assalto antes mesmo de passar da roleta. Na ação, o acusado levou todo o dinheiro do caixa, cerca de R$ 20, mas não conseguiu assaltar os oito passageiros que estavam no momento, embora tenha ordenado que eles entregassem seus pertences.

Depois disso, o assaltante pediu que o motorista parasse o ônibus e desceu. A polícia foi acionada, mas ainda não localizou o criminoso.

Com informações da Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade

Idoso morre com quatro tiros após reagir a assalto em Potilândia

Uma reação a assalto terminou em tragédia na tarde desta sexta-feira (2), no bairro de Potilândia, Zona Sul de Natal. Na ocasião, um senhor de 74 anos foi surpreendido por uma dupla, enquanto um serviço no portão de sua residência era realizado. De acordo com a Polícia Militar, o idoso reagiu a ação dos bandidos e foi baleado por quatro vezes.

Segundo a PM, os bandidos fugiram com destino ignorado. Diligências estão sendo realizadas por toda a região em busca de suspeitos.

Comentários (4) enviar comentário
  1. Rosangela Maria disse:

    Potilândia tem se transformado em um dos bairros mais perigosos de Natal. Depois de um crime covarde como o da última sexta feira surgem autoridades e declaram na imprensa que o bairro tem uma base da PM, bastante eficiente!!!!!!!!!!
    Nem seu Damásio reagiu, nunca presenciei rondas policiais, já tive a casa arrombada e os comerciantes, pedestres e demais moradores desconhecem essa situação de " Tranquilidade"
    Acorda Governadora!!! Invista em segurança!!!!!!!!!!! CHEGA DE INCOMPETÊNCIA!

  2. Vava Neto disse:

    A CIDADE DE NATAL, MORADORES DE BAIRROS, PRINCIPALMENTE POTILÂNDIA E ADJACÊNCENTES, ESTÃO ACUADOS E SEM PAZ EM SUAS PRÓPRIAS CASAS… REALMENTE QUANDO COMEÇA A APARECER BANDIDOS MORTOS, LOGO QUEREM INVESTIGAR E PUNIR… AGORA, CIDADÃOS DE BEM NÃO. NDA SE FAZ. OS BANDIDOS AINDA ENCONTRAM HÁLIBES E ADVOGADOS QUE OS DEFENDEM. ESSE DINHEIRO DE PAGAMENTO DE BANDIDOS VEM DE ONDE? A POPUPALÇÃO VAI ACABAR SE ARMANDO. NÃO HÁ OUTRO JEITO… VAI VIRAR GUERRA…. TAMBÉM FUI VÍTIMA DE UMA DESSAS QUADRILHAS… PRECISAMOS REAGIR.

  3. Fabiano Abreu disse:

    Se fosse o idoso que tivesse matado um "fela da puta" desses, logo o MP e todos os defensores dos diretos humanos se manifestariam alegando covardia ou coisas do tipo. Enquanto isso, ficamos reféns da própria sorte (ou azar), de moramos numa cidade sem segurança.

  4. Laura disse:

    Mais um q ficará impune, agora fosse um policial q matasse um bandido, já estava na corregedoria e o Ministerio Publico o acusando de excesso de uso de força.

Publicidade

Bandidos roubam casa de Cipriano Maia, secretário de Saúde de Natal

A casa do secretário de Saúde de Natal, Cipriano Maia, foi assaltada nesta sexta-feira por três homens armados, que levaram um carro, uma bolsa e dois televisores. O imóvel fica localizado em Capim Macio, na zona sul da cidade.

No momento do crime, nem o secretário nem sua esposa estavam na residência. Os assaltantes abordaram a filha de Cipriano, no momento em que ela se preparava para sair com o carro, às 15h30, aproxidamente.

Segundo a polícia, os bandidos fugiram em motos e em um carro modelo Celta. Não está descartada a participação de outras pessoas no assalto. Ninguém foi preso até agora.

enviar comentário
Publicidade

Dupla faz arrastão em livraria na Zona Sul de Natal

A livraria Nobel, situada no bairro de Lagoa Nova, zona sul de Natal, foi alvo de ação de bandidos na tarde desta quarta-feira (24). Na ocasião, dois homens armados fizeram um arrastão no local levando jóias, celulares e dinheiro das vítimas, cerca de 25 clientes, ao todo.

Após a ação no estabelecimento, a dupla fugiu com destino ignorado. Não se tem informação se algum veículo dava apoio aos bandidos. Diligências foram realizadas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Marcelo disse:

    Desculpe informar, mas o Brasil ja era ! O ciclo econômico de ilusões ja passou , e as consequências estão se agravando , pouco a pouco! Afinal , que pais , e cidade e essa, que não se tem segurança nem para ir na esquina ? Prestem atenção , em qq bairro de Natal , ok ? Pior que estagnação !

  2. Lauro disse:

    Vixeee, então foram dois assaltos pertinho um do outro, pois eu estava no estacionamento do midway para pegar meu carro quando presencie dois caras em uma cb300 dourada roubando dois cidadaos, inclusive fui ameaçado com um tiro caso nao virasse o rosto… #cuidado com o estacionamento do midway pessoal

Publicidade

Correios no interior: mais dois assaltos e farra dos bandidos

As agências dos Correios no interior do Rio Grande do Norte continuam sendo umas “mães” para os bandidos, principalmente, pelo efetivo mínimo da Polícia Militar nos municípios. Desta vez, duas cidades foram vítimas dos marginais. Na tarde desta terça-feira(23), os estabelecimentos em Caraúbas e Marcelino Vieira, na região Oeste do Estado, foram violados em circunstâncias semelhantes.

Na ocasião, duplas armadas renderam clientes e funcionários e fugiram em motocicletas. A diferença dos casos fica na ousadia dos bandidos. Em Marcelino Vieira, os acusados invadiram o local vestidos de carteiros e realizaram a ação, levando as câmeras de circuito interno, inclusive. Já em Caraúbas, os bandidos entraram de rostos cobertos com capacetes e fugiram com o dinheiro do caixa.

Nos dois casos, diligências foram realizadas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Zé Ninguém disse:

    O PREÇO DA SEGURANÇA E DA PAZ É A ETERNA VIGILÂNCIA!
    Vigilância perdida cada dia mais, uma vez que o Estado não disponibiliza policiamento ostensivo e nem equipa as delegacias dos interiores. Nem as da capital ela mantém a contento, uma vez que devolve dinheiro para equipar a policia e construir estruturas: delegacias, presidios; por completa e absoluta INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA.
    O que nós podemos esperar de um estado desses?
    Onde até a Secretaria de SEGURANÇA, dentro do Centro Adinistrativo do Estado, foi arrombada e ninguém tem nem pista de quem foram os responsáveis…
    Sem falar, que depois de disparar "A BALA DE PRATA" no coração da SEGURANÇA do Estado, os ladrões ainda não se contentaram e invadiram pela terceira ou quarta vez, a Secretaria de Educação ao lado da Sec. de Segurança….
    Essa só pode ser uma piada sem graça…
    Até quando vamos tolerar tanta incompetência, incapacidade, falta de Planejamento e Gestão?

Publicidade

Homens se fingem de funcionários dos Correios e assaltam agência em cidade do RN

A agência dos Correios da cidade de Grossos foi assaltada na tarde desta sexta-feira (19) por quatro homens em um veículo de cor escura. Segundo relatos, dois dos bandidos estavam usando um fardamento semelhante a dos funcionários dos Correios, enquanto outros dois ficaram no carro dando apoio a ação criminosa.

Segundo informações repassadas a Polícia Militar, cerca de cinco clientes estavam no estabelecimento. Ainda não se sabe quanto em dinheiro foi levado da agência.

enviar comentário
Publicidade

Assaltantes são presos pela Polícia logo após roubar alternativo na Zona Sul

Policiais civis da delegacia de Plantão da Zona Sul e da Defur prenderam na manhã desta sexta-feira (19) um menor e dois homens identificados como Isaías Chagas Souza, 22 anos, e Juciê Valdevino da Cruz, 19 anos, acusados de assaltar um alternativo da linha 301 nas proximidades da Avenida Lima e Silva.

A prisão aconteceu quando os agentes estavam retornando de uma diligência e foram chamados pelo cobrador do alternativo. Ele os informou que os passageiros tinham acabado de ser roubados por três homens armados com revólver e faca.

Após sair em diligência, os policiais prenderam os três assaltantes no local conhecido como “Beco da Vaca”. Com eles foram apreendidos três celulares e uma moto Traxx de cor preta que, de acordo com populares, era utilizada pelo trio para a prática de assaltos.

Apesar de negarem ter cometido o crime, os três elementos já foram reconhecidos pelas vítimas.

enviar comentário
Publicidade

Dupla rende clientes e faz arrastão em lotérica na Zona Leste de Natal

Uma dupla armada assaltou uma casa lotérica localizada no bairro de Cidade Alta, Zona Leste de Natal, no início da tarde desta terça-feira (16). De acordo com a Polícia Militar, o local, que fica próximo a Assembleia Legislativa, foi invadido por homens não identificados, que, em uma rápida ação, anunciaram o assalto e levaram dinheiro e celulares das vítimas que buscavam o serviço do estabelecimento.

Após o assalto, a Polícia foi acionada, realizou diligências pela área, mas nenhum suspeito foi encontrado.

enviar comentário
Publicidade