Publicidade

Governo do Estado confirma construção de Parque Urbano na Via Costeira, no antigo Vale das Cascatas

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), construirá um Parque Urbano onde atualmente estão localizados os pinheiros da Via Costeira, local que abrigou durante muitos anos o Camping Club Vale das Cascatas.

A área que pertencia à Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Norte (Datanorte), foi cedida ao IDEMA, por determinação do Governador Robinson Faria, no último mês de fevereiro e o órgão ambiental com o apoio de arquitetos da Secretaria Estadual de Turismo e Secretaria de Infraestrutura trabalham no projeto e viabilização da construção do Parque.

O terreno conta com aproximadamente 30.000m² de área. A sociedade civil também foi ouvida em relação à construção do novo parque. Serão utilizados os recursos previstos no orçamento do próprio Instituto para a criação e manutenção de Parques e Unidades de Conservação. “O projeto principal foi desenvolvido pela arquiteta e ex-aluna da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Érica Mendes, durante o seu trabalho de conclusão de curso em 2014. A nossa equipe, cuja a autora do projeto também faz parte, está trabalhando na elaboração dos projetos complementares de acessibilidade, elétrico, estrutural e de drenagem. Após essa conclusão, será aberto o processo de licitação”, afirmou o Diretor-Geral do IDEMA, Rondinelle Oliveira.

O Parque Urbano que será construído na Via Costeira será mais uma opção de lazer para a população de Natal e também para turistas e contará com quatro quadras de areia, sendo três delas de menor área, destinadas a esportes com rede, como voleibol, futevôlei, e uma com maior área, para esportes como futebol, handebol, entre outros. Haverá espaço para pic nic, pista para prática de skate e patins, academia pública para idosos, área com equipamentos esportivos (barras verticais, horizontais, paralelas), além de uma pista de cooper por todo o terreno e um espaçoso estacionamento.

“Seguindo as diretrizes do projeto, preservaremos as áreas arborizadas que inclusive são utilizadas para confraternizações, programação de família e até para a prática de esportes”, ressaltou Rondinelle.

A Avenida Senador Dinarte Mariz, conhecida como Via Costeira, é uma via expressa e litorânea com aproximadamente 10km de extensão, muito utilizada para caminhadas e prática de esportes. O local também é ponto de grande visitação turística uma vez que abriga os maiores hotéis da cidade. Por ser considerada “Área Especial de Interesse Turístico”, a via é monitorada 24 horas por dia por algumas das câmeras instaladas ao longo do litoral potiguar.

Comentários (16) enviar comentário
  1. sergio vittorino disse:

    deveriam leiloar e assim devolver aos antigos sócios o dinheiro que pagamos durante anos de sociedade com esse empreendimento. isso seria o justo.! existem também grande numero de empresas multinacionais esperando para construir um grande resort e tarzer mais turistas para nata. adoro parques e vias costeiras, mas se for administrado pela prefeitura, vai virar ponto de assaltos e pegações noturnas.

  2. Tiago Galego disse:

    Souza, realmente a forma de gerenciar esse projeto é o ponto a ser questionado. Todas as outras capitais tem infra estrutura. Natal e o RN parecem parar no tempo. Tudo aqui é complicado, travado. Parece que as pessoas querem morar numa eterna provincia. Hotel Reis Magos tá um lixo. Querem demolir e fazer algo de uso da populacao e tem orgaos e gente contra. Querem da outra cara a Roberto Freire e ja vetaram. Há quem diga q o entorno do arena foi desnecessario. Natal vai crescer como?? Sempre haverá perdas e ganhos em varios segmentos.

  3. Tiago Galego disse:

    Realmente o grande problema do nosso povo é a ignorancia. A via costeira é a nossa orla, já está pronta. Precisamos de infra instrutura e projetos como este para usufruto da população. Lazer e entretenimento fazem parte de todo cidadão que se preza. O recurso é para este fim e ponto final. Saude, educação, segurança..etc são outras áreas e com os recursos que lhe cabem. Bola dentro.

    • Souza disse:

      Concordo com você, Tiago. O problema é o modelo adotado.
      Poderia ser feito um amplo estacionamento (que já está quase pronto) com quiosques arrendados e mirantes e sob a fiscalização do estado. Seria um área de lazer da população e um ponto turístico e que geraria, inclusive, renda ao Estado.
      Uma área com segurança que pudesse ser usada pra quem quer ir à praia ou simplesmente parar e apreciar a vista.
      Esses equipamentos que estão querendo colocar, como quadras e academias serão mantidos por quem? Tudo isso demanda recursos, um bom planejamento e vontade de fazer a coisa certa, que o Estado não tem.
      O interesse é só fazer uma obra e inaugurar. E só!

  4. Souza disse:

    Não vai dar certo. Vai ser mais uma área sem manutenção. Quadras de esportes precisam de manutenção constante e, como sabemos, os nossos pseudo administradores não administram nada. Só querem saber de inaugurar. Vai ficar pronto e depois vai ser deixado de lado até se acabar e precisar fazer outro projeto, gastando muito mais dinheiro.
    E durante o período de degradação, como acontece com qualquer praça da capital potiguar, vai ser o paraíso dos drogados e criminosos.

  5. Rubinho barros. disse:

    Showww

  6. Carla disse:

    Deveria fazer um parque da pegacao onde todos iriam afim de se pegarem é algo mais

  7. joacy disse:

    Melhor deixar como está, assim a beira mar fica mais limpa.

  8. Luciana Morais Gama disse:

    Pq não faz um leilão desse terreno, garanto que uma grande rede hoteleira vai querer participar e empreender. O dinheiro vai reforçar o caixa. Há ia esquecendo, tem pessoas contra, para não prejudicar o seu negócio, ou melhor o seu hotel.

    • Almeida disse:

      Olá BG , esse terreno já se encontrar em Leilão, desde 2009. O mesmo está penhorado judicialmente, Não se pode construir nada até que seja resolvida a questão da penhora.

  9. Jacyra disse:

    Deveria colocar o pagamento dos salários do funcionalismo em dia, pra depois fazer parque. INVESTIR NA SEGURANÇA PÚBLICA. POIS ESTAMOS SENDO RENDIDOS POR BANDIDOS EM TODAS AS PARTES DA CIDADE. CADÊ O GOVERNADOR DA SEGURANÇA???????????

  10. Edu disse:

    Excelente idéia, vai ser um dos parques mais bonitos do País, servindo não só a turistas, com também, para nossa população.

  11. paulo disse:

    BG
    O governo Garibaldi desapropriou uma coisa que funcionava plenamente para lazer dos sócios e não fez NADA, estava servindo ultimamente para criminosos e drogados. São os "políticos" Brasileiros que de 04 em 04 ou de 08 em 08-anos aparecem com a maior cara de pau para pedir votos, começam e não terminam suas promessas. Vamos ver se em 2018 o povo vai mandar para aposentadorias esses "políticos".

  12. EDER disse:

    PENSAMENTA DE JUMENTO ; VAI SER TRANSFORMADO EM PARQUE DE FAROFEIROS!!!
    É MELHOR DESTINAR PARA OUTRO HOTEL 6 ESTRELAS.
    ALÉM DE REDER DINHEIRO NO PREGÃO TRARÁ RENDA AO ESTADO

  13. M. D. R. disse:

    Tanto recursos para investimento e ñ tem recursos para o pagamento do funcionalismo.
    Dinheiro para esse Governo é buraco sem FUNDO.

Publicidade