Publicidade

Escola Agrícola de Jundiaí inscreve para vagas remanescentes do PRONATEC

A Escola Agrícola de Jundiaí está com inscrições abertas para as vagas remanescentes nos cursos técnicos em Agronegócio, Edificações, Logística e Meio Ambiente ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC).

O requisito para inscrições nas vagas disponíveis é apenas ter concluído o ensino médio. As inscrições on-line se encerram no dia 2 de agosto e as aulas estão previstas para começar no dia 24 de agosto. Não é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Os alunos interessados devem fazer a inscrição pelo site: http://sisutecinscricaoonline.mec.gov.br/inscricao-online/pesquisar-vagas e realizar a pesquisa no filtro ‘localidade’, digitando ‘Macaíba’.

A confirmação da matrícula na Escola Agrícola de Jundiaí deve ser realizada dentro de dois dias úteis. As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de inscrição.

Para confirmar a matrícula, os candidatos devem comparecer à Secretaria do PRONATEC/EAJ, localizada no Campus Macaíba, RN-160, Km 03, Distrito de Jundiaí, das 8h às 17h, munidos dos documentos (original e cópia).

Os documentos são os seguintes: Carteira de Identidade, preferencialmente, ou Carteira de Trabalho ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ou Passaporte, ou Carteira Profissional; Certificado militar, para candidatos maiores de 18 anos e do sexo masculino; título de eleitor e comprovante de votação (1º e 2º turnos), ou documento oficial de justificativa por não ter votado, para candidatos maiores de 18 anos; Certidão de Nascimento ou de Casamento; histórico Escolar do Ensino Médio; Certificado de conclusão do Ensino Médio; cadastro de Pessoa Física (CPF) do próprio candidato; Uma foto (1) foto 3×4 recente e comprovante de residência.

Mais informações: 3342-4842.

Com informações da UFRN

enviar comentário
Publicidade

Com problema no Orçamento, Dilma adia início das aulas do Pronatec

Depois de atrasar pagamentos de mensalidades, o governo federal decidiu adiar em mais de um mês o início das aulas de novas turmas do Pronatec -programa que oferece cursos técnicos gratuitos, custeados pela União.

Na terça-feira (3), o Ministério da Educação informou que a previsão para o início das aulas passaria do dia 7 de maio para 17 de junho.

Ainda na terça, as instituições de ensino saberiam quantas vagas teriam a oferecer no Pronatec. O anúncio foi postergado para 13 de abril.

Para a Abmes (associação que representa instituições privadas de ensino), o adiamento das aulas indica que haverá redução de vagas oferecidas neste ano no Pronatec -uma das principais bandeiras eleitorais da presidente Dilma Rousseff (PT).

Tradicionalmente, são abertas duas turmas por ano no programa. “Se as aulas do primeiro semestre começarão em junho, é improvável que haja uma segunda chamada”, disse o diretor executivo da entidade, Sólon Caldas.

Segundo o setor, em cada semestre cerca de 200 mil estudantes começam a estudar por meio do Pronatec.

Diretores de escola afirmam que membros do governo alegam que tem faltado recursos para o programa.

Em nota, o Ministério da Educação afirmou que “está finalizando a pactuação de vagas com os ofertantes e em breve divulgará mais informações”. Disse ainda que aguarda a aprovação no Congresso do Orçamento 2015.

DIFICULDADES

Desde o fim do ano passado, há dificuldades orçamentárias no programa.

O governo chegou a atrasar as mensalidades de três meses, que deveriam ser repassadas às instituições privadas que oferecem as vagas.

Após a Folha de S.Paulo divulgar o problema, o Ministério da Educação afirmou que havia quitado a dívida. O pagamento, porém, se referia apenas a uma das parcelas atrasadas.

Segundo representantes de escolas, a previsão agora é que os pagamentos sejam quitados apenas em abril.

SÃO PAULO

Escolas que oferecem cursos técnicos em São Paulo enfrentam dificuldade adicional. Programa semelhante ao Pronatec da gestão Geraldo Alckmin (PSDB) reduziu à metade o número de vagas oferecidas neste semestre.

Além disso, dirigentes de instituições afirmam que as aulas deveriam ter começado em fevereiro, mas até agora o governo não autorizou o começo das atividades.

O site oficial do programa diz que o ano letivo começaria em 2 de fevereiro. A Secretaria Estadual de Educação afirmou que a informação está errada e que, desde o início do processo, as aulas estavam previstas para começarem em março.

Sobre o corte de vagas, a pasta diz que outras chamadas podem ocorrer ainda durante este ano.

Como o governo Dilma, a gestão Alckmin tem anunciado redução de gastos para este ano, devido ao desaquecimento da economia e queda na arrecadação.

Folha Press

Comentários (2) enviar comentário
  1. pedro eneas disse:

    Não sou petista, por isso fico bem à vontade para falar:
    BG você devia mudar de vez seu blog para blogdoantipt.com.br.
    Certamente ganharia mais visualizações e seria um dos mais lidos do Brasil!
    Se o objetivo é ter mais acessos está aí o caminho, porque a imparcialidade aqui já foi embora faz tempo!

  2. diego disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    BORA DILMA!

Publicidade

Pronatec: Governo repassou menos da metade da verba prevista

 O governo pagou, no ano passado, R$ 43 milhões (39,2%) dos R$ 120 milhões que deveriam ser repassados a prefeituras de todo o país para que ajudassem beneficiários do programa Bolsa Família a frequentar cursos do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico). Os documentos constam da execução orçamentária de 2014 do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), responsável pelo Bolsa Família.

A verba de R$ 120 milhões foi prevista no Orçamento da União de 2014. Pertence à rubrica do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas/Trabalho), que, segundo a SNAS (Secretaria Nacional de Assistência Social), “busca a autonomia das famílias usuárias da Política de Assistência Social, por meio da articulação e da mobilização à integração ao mundo do trabalho”.

A SNAS esclareceu que o programa se refere a articulação, mobilização, encaminhamento e monitoramento dos usuários aos cursos de formação inicial e continuada em parceria com o Pronatec. A participação da Assistência Social no Pronatec limita-se à mobilização de pessoas inscritas no Cadastro Único (usado para o Bolsa Família, em convênio com prefeituras), pessoas portadoras de necessidades especiais, jovens egressos do serviço de convivência para a juventude e dos sistemas socioeducativos.

De acordo com a assessoria do MDS, com o dinheiro previsto no orçamento o ministério faz convênios com prefeituras para que elas divulguem às famílias do Cadastro Único e outros casos previstos a existência de cursos profissionalizantes. Ainda conforme a assessoria do MDS, não é possível dizer se o repasse de apenas 39,2% do total da verba prevista para os beneficiários do Bolsa Família se deveu a corte de gastos ou à falta de prefeituras interessadas no programa.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Via UOL

Comentário (1) enviar comentário
  1. mauricio disse:

    mais uma bandeira de campanha saindo pelo ralo, e confirmando o calote eleitoral

Publicidade

Prefeitura do Natal vai disponibilizar 10 mil vagas para cursos do Pronatec

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Semtas) lança nesta terça-feira, dia 21, às 16h, no Centro de Referência de Qualificação Profissional para o Trabalho, no bairro Lagoa Azul, na Zona Norte, dez mil vagas para cursos de qualificação profissional em parceria com o Ministério do Trabalho (MTE) e Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). A expectativa é que se mobilize este ano, no mínimo, 20 mil pessoas.

Na oportunidade, 153 alunos receberão certificados de conclusão dos cursos de auxiliar de cozinha, cabeleireiro assistente, camareira e recepcionista em meios de hospedagem, manicure e recepcionista de gestão.

Em 2013, a Semtas pactuou cinco mil vagas. “Realizamos mais que o previsto no ano passado. Ao todo, foram 5.190 vagas em função de uma das ofertantes ter repactuado suas vagas com a Semtas. Dessa forma elevamos para 103,8% a realização de nossas metas”, afirma a titular da Semtas, Ilzamar Pereira.

Ela lembra que em 2013 a cidade do Natal se destacou com êxito de 75% na execução do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Essa é a prova que estamos no caminho certo nas ações do trabalho, sobretudo, oferecendo oportunidade a quem mais precisa”, acrescenta a secretária.

enviar comentário
Publicidade

Pronatec: Semtas oferece 355 vagas para cursos no Senai/CTGás

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência Social de Natal (Semtas) está com inscrições abertas para preenchimento de vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Ao todo, estão sendo ofertadas 355 vagas em 12 cursos distintos: Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Eletricista Industrial, Reparador de Eletrodoméstico, Instalador Predial de Tubulações de Gás Combustível, Desenhista Mecânico, Lubrificador Industrial, Ajustador Mecânico, Soldador no Processo Eletrodo Revestido Aço Carbono e Aço Baixa Liga, Eletricista de Automóveis, Assistente de Controle de Qualidade, Assistente de Planejamento e Controle de Produção e Almoxarife.

Os interessados em fazer a pré-matrícula devem procurar a Semtas (Avenida Bernardo Vieira – ao lado da Yamaha Motos) de 8h às 15 horas, munidos com a seguinte documentação: CPF e RG (original e Xerox), comprovante de residência, número do NIS, número do PIS, número da conta bancária (conta fácil ou poupança da Caixa Econômica Federal) e comprovante de escolaridade.

A expectativa é que o início das aulas seja no dia 3 de fevereiro, no Centro de Tecnologia do Gás e Energias Renováveis (CTGás), localizado na avenida Capitão-Mor Gouveia, 1480, Lagoa Nova.

Comentário (1) enviar comentário
Publicidade

Vereador denuncia favorecimentos no Pronatec em São João do Sabugi

168113_187529191270719_320678_nA gestão do Pronatec em São João do Sabugi está sob suspeita de diversas irregularidades. Segundo o vereador Braz Brito (PSB), o presidente da Câmara, Didi Fernandes (PMDB), poderá esta usando a estrutura pública como cabide de empregos para familiares. E isso é um dever do vereador  fiscalizar.

“Sobre os olhos da Justiça não sei, mas pela sociedade podemos até chamar de imoral. O presidente da Câmara, quando foi oposição na gestão passada, criticou o nepotismo. Hoje, ele faz justamente o que criticava. Se beneficiando do poder conseguiu nomear seu irmão como secretário de Administração e agora pode estar aparelhando o Pronatec”, criticou

De acordo com Braz, além de Rafael Fernandes, irmão de Didi e Secretário de Administração, acumular o cargo com o de supervisor pedagógico do Pronatec, “coincidentemente” contratou a própria esposa e outras duas irmãs para serem professoras dos cursos no município.

“É preciso que as autoridades olhem para isso. O povo precisa de uma resposta. A estrutura pública existe para servir ao povo. Mas, o que estamos observando é uma família se servindo da máquina”, concluiu o parlamentar.

Além disso, Braz observou que em São João do Sabugi, diferente do modo como é realizado pelo IFRN de Caicó, não há seleção para os professores do Pronatec. “Recentemente, o IFRN fez uma seleção séria de docentes para o Pronatec em Caicó. Em São João, estão usando as vagas para empregar a família e correligionários políticos do presidente da Câmara e do prefeito”, criticou.

Braz pediu, em requerimento aprovado ontem pela Câmara Municipal de São João do Sabugi, a relação de todos os cargos existentes do Pronatec, carga horária e das quantias pagas a cada um. O parlamentar recebeu denúncias de populares de que haveria supostas irregularidades nos pagamentos e nos preenchimentos de vagas para os cursos.

Assessoria

Comentário (1) enviar comentário
  1. Franklin disse:

    Salta aos meus olhos que o edil não está adequadamente vestido para usar a tribuna. Será que tá faltando o auxilio paletó?

Publicidade

Serturde e Senac iniciam treinamento do Pronatec para Copa

A Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), na qualidade de demandante adjunta do Ministério do Turismo iniciou na manhã desta segunda-feira, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), as cinco primeiras turmas profissionalizantes do Pronatec Copa nas seguintes modalidades: Garçom, Camareira, Meios de Hospedagem, Recepcionista em Meios de Hospedagem e Turma de Auxiliar de Cozinha.

Segundo o coordenador de projetos da Seturde, Daniel Marinho, em setembro, os alunos já inscritos devem ingressar em novas turmas. “As turmas que estão iniciando agora e as previstas para setembro são apenas para os alunos já inscritos que totalizaram 310 vagas. Estes alunos devem ficar atentos, pois o Senac está entrando em contato de acordo com ordem de inscrição de cada um para iniciar as turmas”, explica Daniel. Os cursos serão todos ministrados na Unidade do Senac Centro, na Cidade Alta, mais informações no número 4005-1643.

enviar comentário
Publicidade

Pronatec oferece 450 vagas; confira oportunidades

Estarão abertas entre os dias 12 e 16 de agosto, as pré-inscrições para 450 vagas de cursos ofertados pelo Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Os cursos são oferecidos de forma totalmente gratuita pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), em parceria com a Escola de Enfermagem de Natal/UFRN.

Os interessados precisam ter entre 16 a 59 anos, morar em Natal e não possuir vínculo empregatício. Para se inscrever, o interessado deve procurar o Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda da Cidade Alta, Praça Padre João Maria, 78 – Cidade Alta, com cópia do RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de escolaridade, número da conta bancária da Caixa Econômica (Conta Fácil) e o Número de Inscrição Social – NIS (caso não tenha informe-se na (Semtas/Pronatec).

A confirmação das matrículas será realizada na Escola de Enfermagem de Natal, no período de 26 a 30 de agosto, conforme horário dos cursos.

Cursos Oferecidos:

Cuidador de idoso (40 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horario: Noturno (18:00 às 22:00)

Cuidador de Infantil (80 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horario: Vespertino (13:30 às 17:30)

Higienista de serviços de saúde (45 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II Incompleto
Horário: Noturno (18:00 às 22:00)

Massagista (40 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horário: (turno a definir pela coordenação)

Balconista de Farmácia (40 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horário: Noturno (18:00 às 22:00)

Recreador (40 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horário: Matutino (07:30 às 11:30)

Auxiliar de Secretaria Escolar (80 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horário: Vespertino (13:30 às 17:30)

Operador de computador (70 vagas, sendo duas turmas com 35 alunos)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II Incompleto
Horários: Matutino (07:30 às 11:30)
Vespertino (13:30 às 17:30)

Agente de Combate às Endemias (40 vagas)
Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental Completo
Horário: Noturno (18:00 às 22:00)

Introdução à Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS – PORTUGUÊS) (25 vagas)
Escolaridade Mínima: Completo ou estar cursando o 3° ano do Ensino Médio
Horário: Noturno (18h00 às 22h00)

enviar comentário
Publicidade

Audiência Pública discute expansão do ensino técnico em Natal

A Câmara Municipal de Natal vai realizar nesta segunda-feira (20) uma Audiência Pública com o tema “A Expansão do Ensino Técnico e o PRONATEC no Âmbito da Cidade do Natal”. A Audiência acontece às 10h, no Plenário Vereador Érico Hackradt, localizado no Palácio Padre Miguelinho – Rua Jundiaí, 546, Tirol, Natal-RN.

O Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – é um projeto do Governo Federal que tem o objetivo de aumentar a oferta de cursos técnicos no Brasil.

Fonte: IFRN

enviar comentário
Publicidade

Inscrições para o Pronatec continuam abertas

Continuam abertas até o dia 11 de julho as inscrições para os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) do Pronatec 2012.2. Estudantes da rede estadual de ensino, que estejam cursando o Ensino Médio ou a Educação de Jovens e Adultos (EJA), a partir do 5º período, podem se inscrever no site da Secretaria de Estado da Educação: www.educacao.rn.gov.br. Estão sendo disponibilizadas vagas para qualificação nas mais diversas áreas, em cursos oferecidos pelo SENAC, SENAI, IFRN e UFRN, através da Escola Agrícola Jundiaí, Escola de Enfermagem e Escola de Música.

Neste segundo semestre estão sendo oferecidas 11.675 vagas para cursos profissionalizantes, distribuídas em 16 municípios pólos. São 411 vagas para os cursos Técnicos (TEC), com carga horária entre 800 e 1.200 horas, e 11.264 vagas para os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária entre 160 e 360 horas. As inscrições para os cursos técnicos foram encerradas na última sexta-feira (22), nas escolas selecionadas pela Secretaria de Educação, de acordo com as características do curso oferecido e as potencialidades da região onde se encontra a escola.

Os resultados da 1ª chamada serão divulgados no dia 6 de julho, para os cursos técnicos; e no dia 16 de julho para os cursos de formação inicial e continuada.  Após selecionado, o aluno deve ficar atento ao período de matrícula, que começa no dia 16 de julho. Os alunos que não forem selecionados farão parte de um cadastro de reserva e serão convocados quando existirem vagas.

enviar comentário
Publicidade

Pronatec vai oferecer 40 mil vagas em cursos na área de turismo

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (25) que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) vai oferecer 40 mil vagas em cursos para áreas ligadas ao turismo. Até a Copa do Mundo de 2014, o governo federal terá oferecido 240 mil cursos em 30 áreas como agentes de viagem, camareira, garçom, recepcionista de eventos. Em entrevista ao programa de rádio Café com a Presidenta, Dilma disse que o governo promete abrir também 32 mil vagas em cursos de línguas estrangeiras.

Os cursos serão gratuitos e terão oferta em 116 cidades, entre elas, as 12 que sediarão jogos da Copa do Mundo, os municípios em torno dessas cidades e outras localidades que são destinos turísticos reconhecidos internacionalmente. “Quem tiver interesse em um desses cursos deve fazer sua inscrição na página doMinistério do Turismo na internet, desta sexta-feira [29/6] até o dia 16 de julho”, orientou a presidenta durante programa.

Segundo Dilma Rousseff, o setor de turismo no Brasil cresceu 6% em 2011, o dobro da média mundial; e hoje o setor emprega formalmente 2,8 milhões de trabalhadores em todo o país.

A presidenta atribui esse crescimento não só ao aumento de estrangeiros visitando o Brasil, mas também ao turismo interno. “Em 2011, desembarcaram no Brasil 5,43 milhões de estrangeiros. Já os desembarques domésticos, de avião, aqui dentro do país somaram 79 milhões no ano”, contabilizou Dilma. “Isso é o resultado do grande número de visitantes estrangeiros no Brasil, mas principalmente é graças ao grande número de brasileiros que estão viajando, alguns pela primeira vez, e descobrindo as belezas do nosso país”, ponderou.

De acordo com o Dilma, além da capacitação de pessoal, há investimentos em infraestrutura (rodovias, portos e aeroportos ) por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “O governo está fazendo obras para que a gente possa receber melhor o turista em todo o nosso país. E que também beneficiam a população no dia a dia, porque a cidade, para ser boa para o turista, tem que ser boa para quem vive nela.”

Fonte: Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade