Publicidade

Matrículas 2017: Rede Estadual de Educação conta com 293 mil vagas disponíveis

A Rede Estadual de Educação segue com o calendário de Matrículas 2017. No total, estão sendo oferecidas 293 mil vagas para todas as 604 escolas estaduais. Dentro do cronograma de ações, as escolas estão realizando, até o dia 6 de janeiro, as transferências de estudantes entre modalidades de ensino e a renovação de matrículas dos alunos veteranos. O ano letivo de 2017 será iniciado em 13 de fevereiro.

Pelo quinto ano consecutivo, o processo de matrículas vem sendo realizado pelo Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), totalmente informatizado, em todo o RN. A partir do dia 16 de janeiro, os estudantes novatos poderão solicitar uma vaga na Rede Estadual de Educação.

Para solicitação de matrícula, alunos novatos deverão acessar o SIGEduc, preencher os dados do aluno e comparecer a escola, no prazo de três dias, portando documentos pessoais do aluno (RG e CPF), comprovante de residência, histórico escolar, documentos pessoais dos responsáveis, foto 3×4 e comprovante de solicitação de matrícula emitido pelo SIGEduc. Caso a vaga não seja confirmada dentro deste período, ela é cancelada e o responsável deve realizar uma nova inscrição. Os estudantes da rede municipal que pediram à transferência que não tiveram sua matrícula confirmada devem solicitar a vaga como estudante novato e os estudantes estaduais que pediram transferência e não confirmaram a matrícula devem voltar a escola que estudaram no ano letivo de 2016 e pedir uma nova transferência.

Para esclarecer dúvidas e auxiliar nesse processo, a Secretaria de Educação do RN disponibiliza, na sede do órgão, a Central de Matrícula que funciona das 8h às 13h. O atendimento também pode ser feito pelos telefones 3232-1315 e 3232-1333.

enviar comentário
Publicidade

FOTO(REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO): Obras na Zona Norte e São Gonçalo do Amarante são visitadas por Rosalba

IMG000000000042770Foto: Demis Roussos

A Governadora Rosalba Ciarlini visitou, na manhã desta terça-feira (07), obras que estão sendo realizadas para beneficiar a rede estadual de educação em Natal e São Gonçalo do Amarante. A Chefe do Executivo foi acompanhada da Secretária Estadual de Infraestrutura, Kátia Pinto, e do Secretário Estadual Adjunto da Educação, Joaquim Oliveira.

A primeira obra visitada foi a de construção de uma quadra poliesportiva na Escola Estadual Myrian Coeli, em Nova Natal, Zona Norte da capital. A obra está com 65% do serviço concluído. As arquibancadas e a cobertura estão prontas. Restam ainda o piso e toda a parte de acabamento. O projeto inclui também banheiros, vestiários e área de circulação.  O investimento é de R$ 482.711,14.

A Escola tem 30 anos de inauguração e atende 1400 alunos, entre o ensino fundamental e médio. De acordo com a Diretora, Ana Andrade, o fim da obra, previsto para dezembro, está sendo aguardado com muita expectativa. “Com a quadra poderemos desenvolver as atividades esportivas de maneira significativa, o que será motivador para os nossos estudantes, que esse ano participaram pela primeira vez dos Jern’s”, disse.

São Gonçalo do Amarante

Em São Gonçalo do Amarante, a Governadora visitou a obra do Centro Estadual Educacional Profissional e Tecnológico (CEEPT). O serviço está com 50% de todo o previsto concluído. No momento os trabalhos se concentram na fase de alvenaria, esquadrias, piso, acabamento e cobertura da quadra.

O Centro faz parte de um convênio com o Ministério da Educação e a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC), e a fiscalização da obra está sendo realizada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN). Investimento total de R$ 6,3 milhões.

O CEEPT vai dispor de 12 salas de aulas, auditório com capacidade para 200 pessoas, laboratórios, ginásio poliesportivo (com vestiários e arquibancadas para 500 pessoas), bibliotecas, setor administrativo, refeitório e estacionamento.

Toda a estrutura estará voltada para a oferta do ensino médio associado ao ensino profissionalizante, com cursos que serão definidos pela SEEC, levando-se em consideração a potencialidade econômica da região. “Com os Centros Tecnológicos queremos oferecer educação e qualificação voltadas para a potencialidade de cada região onde estamos construindo as unidades como turismo, meio-ambiente, agricultura, petróleo, confecção; os recursos estão assegurados, portanto logo as obras serão concluídas e o funcionamento será iniciado”, comentou a Governadora.

No total serão construídos 10 CEEPTs em todo RN. Até o final do ano o Governo do Estado deve fazer a entrega de quatro: Extremoz, Ceará-Mirim, Parnamirim, Natal (Pitimbú).

enviar comentário
  1. ze Cabral disse:

    uma coisa é certa, o povo sentirá falta de rosalba nos próximos 4 anos

Publicidade