Publicidade

Site mostra tudo que o Facebook sabe sobre você; confira

Stalkscan (stalkscan.com) promete revelar tudo o que o Facebook sabe sobre você: o que já curtiu, publicou ou foi marcado, além de dados pessoais e interesses. A ferramenta utiliza um recurso antigo e pouco conhecido da rede social para fazer as buscas e, apesar de ser assustadora — pela quantidade de informações que consegue rastrear —, não viola nenhum dos termos de uso e políticas da plataforma de Mark Zuckerberg.

Ao colar o link de um perfil no Stalkscan, o site permite escolher qual detalhe específico quer ver sobre aquela página. Após selecionar a pesquisa, o usuário é encaminhado para o resultado da busca dentro do próprio Facebook. É possível, por exemplo, ver todas as fotos que seu namorado curtiu ou eventos que foram confirmados, mas não apareceram no feed de notícias. Um verdadeiro escavador de dados.

Criado por Inti De Ceukelaire, desenvolvedor belga que se auto-intitula um “hacker ético”, o Stalkscan usa o Graph Search, recurso do Facebook lançado em 2013 para permitir o acesso a diversos dados.

Após a suspensão do serviço por um tempo, a Pesquisa de Gráfico ainda funciona em inglês e com usabilidade complexa, mas agora com a mesma preocupação de privacidade exposta no scanner — veja oito dicas para usar o Graph Search e descobrir tudo o que você quiser no seu Facebook.

Apesar de revelar informações muitas vezes escondidas, o Stalkscan só permite ver os resultados liberados através da configuração de segurança dos posts. Em outras palavras, se você ajustou todas as suas publicações para apenas amigos visualizarem, a ferramenta de busca do Stalkscan não vai mostrar as fotos, os posts ou os vídeos para quem não tem vínculo direto com você na rede social.

Ao site Motherboard, o desenvolvedor da ferramenta afirma que o objetivo do scanner é ajudar pessoas leigas a entenderem quais dos seus dados estão compartilhando na rede social. Como o Stalkscan não viola os termos de uso do Facebook, a plataforma torna mais fácil encontrar informações escondidas nos perfis.

“A Graph Search e as questões de privacidade não são novas, mas eu sinto que isso nunca realmente alcançou as pessoas. Com minhas ações e ferramentas fáceis de usar eu quero chegar até as pessoas sem experiência tecnológica. A maioria delas não têm idéia do que compartilham com o público”, disse De Ceukelaire.

Globo – Techtudo – Via Motherboard

enviar comentário
Publicidade

Saiba como ver (e apagar) tudo que a Microsoft sabe sobre você

Se você usa Windows, a Microsoft já sabe bastante coisa sobre você. Mas se você usa outras soluções da empresa, como a Cortana e o navegador Edge, ela sabe ainda mais. Felizmente, porém, a empresa lançou recentemente uma ferramenta online de privacidade que facilita o controle sobre os dados que a Microsoft coleta.

Trata-se de um site de privacidade que se conecta à sua conta da Microsoft. Nele, a empresa permite que você verifique quais informações já compartilhou com seus serviços. Os serviços que aparecem na plataforma são o histórico de navegação no Edge, histórico de buscas do Bing, histórico de localização com dispositivos que possuem GPS (desde notebooks até celulares com Windows) e o “Cortana’s Notebook”.

Esse último é uma espécie de registro que a Cortana faz sobre as preferências do usuário. Isso inclui dados de agenda, contatos, interesses, locais visitados com frequência e daí por diante. O site também inclui links para as configurações de privacidade de outras contas da Microsoft, como as do Skype, do Office e do Xbox. Ela é semelhante ao portal “Minha Conta” do Google.

Esqueça tudo que você sabe sobre mim

Cada uma das categorias possui um botão separado por meio do qual é possível ver tudo que a Microsoft sabe de você por aquele canal. E, em cada canal, há a opção de “limpar” todos os dados coletados. Também é possível acessar links para mudar as configurações de coleta de dados. Assim, você não precisará voltar a essa página para fazer outra limpeza.

A empresa avisa, contudo, que isso só apaga os dados armazenados na nuvem da Microsoft. Para apagar os dados gravados no seu computador ou smartphone com Windows 10, é necessário acessar as configurações do próprio dispositivo.

Olhar Digital, UOL

 

enviar comentário
Publicidade