Publicidade

Secretária é convocada para explicar reajuste na tarifa de transporte público em Natal

Em virtude do reajuste de 15,52% na tarifa do transporte público de Natal, aprovado ontem (18) pelo Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, a Comissão de Transportes da Câmara Municipal convocou a secretária de mobilidade urbana, Elequicina Santos, para prestar esclarecimentos em plenário sobre o novo valor da tarifa, que passará dos atuais R$ 2,90 para R$ 3,35 assim que for publicado no Diário Oficial do Município.

A convocação foi anunciada durante reunião da comissão nesta manhã. “Precisamos que a secretária preste os devidos esclarecimentos à população, visto que o transporte público está ligado a vida de toda a cidade e das atividades econômicas. O sistema é defasado, não se justificando o valor aprovado. Solicitamos a presença da secretária para que apresente as planilhas detalhadas de custos que embasaram o aumento da passagem”, disse o presidente da comissão, vereador Eriko Jácome (PTN).

Elequicina Santos deverá comparecer à Câmara na próxima terça-feira (25), às 15h30min durante sessão ordinária para ser ouvida pelos parlamentares que lhe farão questionamentos. Na reunião da comissão de transportes também foram designados à relatorias quatro projetos de lei referentes ao setor, cujos pareceres devem ser deliberados na próxima reunião.

Comentários (4) enviar comentário
  1. LL disse:

    A explicação é simples: A prefeitura já fez duas sessões para a licitação dos transportes públicos, em nenhuma delas apareceram empresas interessadas. A PMN aumenta a tarifa, beneficiando os empresários e na próxima chamada da licitação BUM! Vai chover interessados! Infelizmente o a população é quem paga o preço.

  2. JUNIOR PINHEIRO disse:

    ATÉ QUE ENFIM PERCEBERAM A MANOBRA, A INFLAÇAO ACUMULADA DE 4 POR CENTO E UM AUMENTO DESSE TAMANHO???????!!!! O PAÍS ATOLADO NESSA LAMA E A POPULAÇAO SENDO CASTIGADA COM UMA SÉRIE INTERMINAVEL DE AUMENTOS !!!!

  3. Frasqueirino disse:

    Esse vereador ERIKO JACOME quer jogar para a mídia. O reajuste das tarifas é necessário para recompor os custos da tarifa e devido ao aumento dos salários dos rodoviarios agora em maio. É assim que funciona no Brasil, sem subsídios e redução da carga tributária os empresários repassam os custos para o cidadão. A COSERN já anunciou um reajuste na tarifa de energia a partir de abril e ninguém da Câmara de Vereadores questionou.

  4. Ricardo Tavares Moura disse:

    O sistema é defasado, o serviço é ruim, a competitividade é pequena, o preço do diesel tem ficado estável com pequenas reduções no preço, os ônibus a cada dia tem mais privilégios com as faixas exclusivas onde os veículos ficam imprensado no espaço que sobra e ainda querem aumento? Que danado é isso? Qual o rela motivo desse aumento? Não justifica uma acréscimo de R$ 0,45 na passagem, onerando demais os usuários dos ônibus? Só nisso vem uma despesa por pessoa na ordem de R$ 21,00 a mais por mês, absurdo!

Publicidade