Temer discute criação de pasta para Segurança

POR JOSIAS DE SOUZA

Alcançado pelo telefone celular em Lisboa, onde participou do funeral do ex-presidente português Mario Soares, Michel Temer marcou para a manhã desta quarta-feira (11) um encontro com deputados da “Bancada da Bala”. O grupo levará ao presidente ideias para reduzir as labaredas do inferno penitenciário. A principal proposta é a criação do Ministério da Segurança Pública.

Numa prévia da conversa com Temer, os parlamentares estiveram no Planalto nesta terça-feira, para expor a sugestão ao presidente em exercício Rodrigo Maia (DEM-RJ), que se declarou simpático à causa. Recordou-se que o próprio Temer, ex-secretário de Segurança de São Paulo, já defendeu no passado a criação de um ministério específico para o setor.

Criar ministérios é coisa simples. Bastam caneta, tinta e papel. Mas não resolve o problema. É como enfrentar incêndio com um conta-gotas. Antes de cair em tentação, Temer deveria perguntar ao ministro Alexandre de Moraes (Justiça) qual é a serventia de um órgão pendurado no organograma de sua pasta. Chama-se Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Participarão da conversa com Temer os deputados Alberto Fraga (DEM-DF), Aluísio Mendes (PTN-MA), Capitão Augusto (PR-SP), Major Rocha (PSDB-AC), Laudivio Carvalho (SD-MG), Éder Mauro (PSD-PA) e Cabo Sabino (PR-CE). Reze-se para que o custo da reunião se resuma a uma rodada de água e cafezinho. Delírios do gênero costumam resultar em estruturas que ocupam pelo menos quatro andares de um edifício na Esplanada e não produzem senão cabides de emprego e déficit público.

Publicidade

Comentários:

  1. zedetoim disse:

    Mais um cabide de emprego,pra sustentar um magote de vagabundo com dinheiro do contribunte!!!!

  2. Blue disse:

    Mais um ministério sem necessidade. Já há o da justiça e da defesa. Burocracia não resolve o problema. Haja enrolação!

  3. escritor disse:

    Lula chegou a fazer isso. Quando viu q tava trazendo para a uniao, um problema q a populacao ve como sendo dos estados, esqueceu a ideia. A populacao cobra do governador seguranca, nao do presidente da republica. Isso, claro, numa visao meramente politiqueira. Presidentes estadistas olhariam para isso.

  4. Sandoval Freitas disse:

    Criar ministério? Isso deve ser uma saída para acomodar Renan Calheiros que vem fazendo pressão para não sair do poder. Então o governo começa a falar em criar um novo ministério – vergonha! Renan está com muito poder, entra governo, sai governo ele continua por cima, sempre dando as cartas. Alguém sabe de onde vem tanto poder de um senador de Alagoas, o menor Estado brasileiro? A classe política deve saber, pois todos dão apoio ao senador irrestritamente.

  5. JUNIOR PINHEIRO disse:

    Isso só demonstra a incompetência do outro ministério e do MÁSKARA!!!!!

  6. Frank disse:

    Criar mas ministério não é a Solução.

  7. paulo martins disse:

    Taí a austeridade da reforma administrativa de Temer: criar mais pastas para esfolar ainda mais o bolso do contribuinte.