Ataque aéreo no Afeganistão mata comandantes do Estado Islâmico

Vários altos membros de um grupo afiliado ao Estado Islâmico na Ásia Central foram mortos em um ataque aéreo das forças dos Estados Unidos no Afeganistão, disseram autoridades neste domingo.

O ataque realizado na quinta-feira matou Abdul Rahman, identificado pelas forças militares norte-americanas como o emir provincial do Iraque e Síria-Khorasan para o Estado Islâmico, de acordo com uma declaração do comando em Cabul.

“A morte de Abdul Rahman traz mais um golpe para a alta liderança do grupo”, disse o general John Nicholson, comandante dos EUA no Afeganistão.

Três outros altos membros do grupo estavam entre os mortos no ataque na província oriental de Kunar.

 

TERRA

Publicidade

Comentários:

  1. Braga disse:

    O que o Afeganistão, o Iraque, a Síria e a Venezuela tem em comum?
    Se vc responder corretamente, poderá, preenchendo as lacunas ou ligando os potinhos, entender porque tanto interesse e atenção a esses países e para centenas de outros em situações até piores e vulneráveis, não.
    Pensar sobre o que nos apresentam é bom para entender que a imprensa não é neutra e nunca foi.

  2. Netto disse:

    Tomara que enfiem uns Tomahawks nas cabeças do Prof. Girafales de Venezuela e do Nhonho da Best Korea.