Decepcionado, ex- ‘Cabeção’ vira caixa de restaurante em NY

Esta semana, Sérgio Hondjakoff completou 33 anos. Mas não houve comemoração nem textão nas redes sociais. Aliás, o eterno Cabeção de “Malhação” sumiu dos perfis que ainda mantém na web. “Ele decidiu dar um tempo de internet, de tudo, do Brasil. Estava muito decepcionado com a carreira, com o país”, conta a mãe do ator, Carmem Hondjakoff: “Ele está em Nova York trabalhando como caixa no restaurante de um amigo e de vez em quando faz uns extras que aparecem”.

O exílio voluntário aconteceu, segundo Carmem, em março deste ano. Serginho tinha acabado de fazer dois curtas, estava sem emprego e voltou para a cidade onde nasceu. “Ele foi em março, logo depois do carnaval. Terminou um namoro e decidiu morar fora.”, diz.

Segundo a mãe do ator, Sérgio não pensa em ficar de vez nos EUA. “Ele foi também para aprender o inglês. Apesar de ser americano, não é fluente no idioma. O Sergio não tem uma data para voltar, mas se pintar algum trabalho aqui na área artística ou qualquer outra coisa, dependendo da proposta, ele volta”, justifica. A ausência do ator é sentida pelos amigos, que questionam o sumiço dele em seus canais na internet. “Falço com ele uma vez por mês, quando ele aparece na casa da madrinha e me liga. Eles moram perto e assim fico sabendo como ele está. Nem WhatsApp ele tem”, conforma-se a mãe: “Ele está melhor lá do que aqui. O Rio de Janeiro anda muito perigoso”.

 

Publicidade

Comentários: