Hotel 5 Estrelas

Um seleto grupo de comparsas de Fernandinho Beira-Mar quer permanecer no Presídio Federal de Mossoró.

Alguns dos seus principais ‘colaboradores’ do primeiro escalão solicitaram a permanência de sua estadia na terra de Santa Luzia. É mole?

O Juiz Federal Mário Jambo publicou hoje o pedido de informações da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro à defesa dos bandidos. Ninguém quer eles. Nem no Rio, claro, no Paraná …

A lista é seleta, de bandidos perigosos, claro. E todos do Comando Vermelho.

Luís Carlos Gomes Jardim, o Luís Queimado, bandido das antigas no Rio de Janeiro, ex-chefe do tráfico por 30 anos em São Gonçalo e Niterói, acusado de assassinar policiais.

O outro é Ederson Leite, o Sam, dono do comércio de drogas na Cidade de Deus. E fechando a seleção está Bruno Coutinho, o Brunaldo, traficante.

No Presídio Federal de Mossoró está a elite do Comando Vermelho, a lista é longa.

Estão por lá Juliano de Oliveira, o Juca Bomba, braço direito de Beira-Mar, José Benemário, o Mandela, acusado de liderar a ação que derrubou um helicóptero da PM no Rio e Thiago Rangel, o TH, traficante.

E para terminar a maravilha, estão alguns líderes da facção rival Amigos dos Amigos (ADA) e do Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo.

Ou seja: hóspedes VIP.

Publicidade

Comentários:

  1. Ricardo disse:

    E a coincidencia do diretor do presidio do Paraná, aonde Fernandinho Beira-Mar estava, ter vindo tambem para o de Mossoró…

  2. Carlos disse:

    So inocente aí na lista