Publicidade

Temer sanciona lei que possibilita descontos para compras feitas em dinheiro

O presidente Michel Temer sancionou a lei que possibilita descontos para os consumidores caso o pagamento seja feito em espécie, e não em cartão de crédito ou débito. A lei que regulamenta a diferenciação de preços tem como origem a Medida Provisória (MP) 764/2016. A cerimônia de assinatura da sanção presidencial ocorreu no fim da manhã de hoje (26), no Palácio do Planalto.

Além de permitir que os comerciantes cobrem preços diferenciados para um mesmo produto em função da forma de pagamento, a medida possibilita a variação do valor em função do prazo de pagamento.

Entre as mudanças feitas pelo Congresso ao texto original está a obrigação do fornecedor de informar, em lugar visível, os descontos que são oferecidos, tanto com relação ao meio de pagamento quanto em relação ao prazo. O comerciante que não cumprir essa regra estará sujeito a multas previstas no Código de Defesa do Consumidor.

A diferenciação de preços já estava valendo, uma vez que ela foi apresentada por meio de MP. No entanto, como sofreu alterações durante a tramitação no Legislativo, precisa ser sancionada pela Presidência da República para virar lei.

A MP foi apresentada pelo Executivo, em meio a um pacote de medidas macroeconômicas que foram publicadas sob a justificativa de possibilitar o aumento da produtividade no país.

A expectativa é de que, ao permitir a diferenciação de preços, ela estimule a queda do valor médio cobrado pelos produtos, de forma a evitar que consumidores que não usam o cartão como forma de pagamento paguem as taxas dos cartões, quando embutidas nos preços dos produtos.

Reunião

Nesse domingo (25) à noite, o presidente Temer se reuniu com parlamentares e ministros no Palácio do Alvorada. Oficialmente, a reunião foi feita com o objetivo de “discutir a pauta de votações no Congresso”. Participaram dela o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os líderes do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), e na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Também estiveram presentes os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, da Casa Civil, Eliseu Padilha, da Secretaria de Governo da Presidência, Antônio Imbassahy, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, e das Relações Exteriores, Aloysio Nunes.

Agência Brasil

 

enviar comentário
Publicidade

Avião com 500 quilos de cocaína decolou de fazenda da família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi

Blairo Maggi. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou por meio de nota que o avião interceptado com 500 Kg de cocaína, no domingo, 25, decolou de uma fazenda em Mato Grosso pertencente a família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi. A informação foi veiculada pelo site MidiaNews, de Mato Grosso.

Segundo a FAB, o avião bimotor, matrícula PT-IIJ, decolou da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Parecis (MT) com destino a Santo Antonio Leverger (MT). A Itamarati Norte está registrada em nome do Grupo Amaggi, empresa da família de Blairo.

A assessoria de imprensa do ministro afirma que divulgará uma nota sobre o tema nas próximas horas.

A interceptação da aeronave se deu na Operação Ostium. A investigação é coordenada pelo Comando de Operações Aeroespaciais (Comae), da Aeronáutica, em conjunto com a Polícia Federal e outros órgãos de segurança e mira voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico.

COM A PALAVRA, A AMAGGI

A respeito das informações divulgadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) no último domingo (25) dando conta da interceptação de uma aeronave carregada de entorpecentes que teria decolado de uma pista localizada na fazenda Itamarati, arrendada pela AMAGGI, a companhia vem a público informar que:

a) Tomou conhecimento do caso por meio da imprensa e aguarda o desenrolar das investigações sobre a propriedade da aeronave e as circunstâncias exatas em que ela – conforme afirma a FAB – teria pousado na Fazenda Itamarati e decolado a partir de uma de suas pistas;

b) A empresa não tem qualquer ligação com a aeronave descrita pela FAB e não emitiu autorização para pouso/decolagem da mesma em qualquer uma de suas pistas;

c) Localizada em Campo Novo do Parecis, a parte arrendada pela AMAGGI na Fazenda Itamarati conta com 11 pistas autorizadas para pouso eventual (apropriadas para a operação de aviões agrícolas, o que não demanda vigilância permanente) localizadas em pontos esparsos de 54,3 mil hectares de extensão;

d) A região de Campo Novo do Parecis tem sido vulnerável à ação de grupos do tráfico internacional de drogas, dada a sua proximidade com a fronteira do Estado de Mato Grosso com a Bolívia;

e) Tal vulnerabilidade acomete também as fazendas localizadas na região. Em abril deste ano a AMAGGI chegou a prestar apoio a uma operação da Polícia Federal (PF), quando a mesma foi informada de que uma aeronave clandestina pousaria com cerca de 400 kg de entorpecentes (conforme noticiado à época) em uma das pistas auxiliares da fazenda.

Na ocasião, a PF realizou ação de interceptação com total apoio da AMAGGI, a qual resultou bem-sucedida. A AMAGGI se coloca à disposição das autoridades para prestar todo apoio possível às investigações do caso.

NOTA DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA

“O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica comunica que neste domingo (25/06) um avião A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira interceptou o avião bimotor, matrícula PT-IIJ, na região de Aragarças (GO), resultando na apreensão de cerca de 500kg de cocaína. A ação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira, a Polícia Federal e órgãos de segurança pública.

O avião decolou da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Parecis (MT) com destino a Santo Antonio Leverger (MT).

A interceptação, feita pela aeronave de defesa aérea A-29 Super Tucano da FAB, iniciou-se às 13h17 da tarde deste domingo. O piloto de defesa aérea seguiu o protocolo das medidas de policiamento do espaço aéreo, conforme estabelece a Lei 7565/1986 e o Decreto 5.144/2004, interrogando o piloto do bimotor e comandando, na sequência, a mudança de rota e o pouso obrigatório no aeródromo de Aragarças (GO).

Inicialmente, a aeronave interceptada seguiu as instruções da defesa aérea, mas ao invés de pousar no aeródromo indicado, arremeteu. O piloto da FAB novamente comandou a mudança de rota e solicitou o pouso, porém o avião não respondeu. A partir desse momento, foi classificado como hostil. O A-29 da FAB executou o tiro de aviso – uma medida de persuasão para forçar o piloto da aeronave interceptada a cumprir as determinações da defesa aérea – e voltou a comandar o pouso obrigatório.

O avião interceptado novamente não respondeu e pousou na zona rural do município de Jussara, interior de Goiás.

Um helicóptero da Polícia Militar de Goiás foi acionado e faz buscas no local. O avião será removido para o quartel da Polícia Militar de Goiás em Jussara. A droga apreendida será encaminhada para a Polícia Federal em Goiânia”.

Fausto Macedo – Estadão

 

Comentários (2) enviar comentário
  1. Nogueira disse:

    Narcocracia.

  2. Rodrigo Morais disse:

    Por esse motivo ninguém foi preso. Brasil!!!!!!!!!!

Publicidade

Temer defende reformas e diz que “não há plano B”

Em discurso no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer disse que a agenda de reformas proposta pelo governo é a “mais ambiciosa” dos últimos tempos e sem elas não existe outra caminho para retomada do crescimento do país. “Não há plano B. Há que seguir adiante. Portanto nada nos destruirá. Nem a mim nem a nossos ministros”, disse. Sobre a criação de um teto para os gastos públicos, Temer afirmou que o “empate” entre as receitas e os gastos não será rápida.

“Talvez daqui a 10 anos a arrecadação esteja coincidindo com aquilo que se gasta”, disse durante a cerimônia de assinatura em que sancionou a lei que permite aos comerciantes cobrarem preços diferenciados para compras em dinheiro.

Segundo o presidente, a responsabilidade fiscal é “pilar fundamental” da economia brasileira, e que o teto para os gastos públicos foi o primeiro passo. “Fizemos no teto dos gastos uma coisa que pouca gente entendeu. Ele tem um prazo previsto de 20 anos, podendo ser revisável depois de 10 anos. Se fez isso porque se tem um déficit muito acentuado nas contas públicas no Brasil, e precisa de um tempo para poder chegar ao objetivo que se tem o teto de gastos públicos”, afirmou.

O presidente Michel Temer sanciona lei que possibilita descontos para pagamentos feitos em dinheiro José Cruz/Agência Brasil

“Ou seja, você reduz o déficit no ano passado, nesse ano, no ano que vem, e daqui a 10 anos, talvez, esteja a arrecadação coincidindo com aquilo que se gasta. Foi uma medida séria e não populista. Vamos trabalhando ao longo do tempo para desempatar a arrecadação com aquilo que se gasta. Para tanto é necessário avançar na reforma da Previdência. Houve uma pequena parada agora, mas ela vai ser retomada”, acrescentou o presidente.

Temer disse que seu governo tem o objetivo de fazer aquilo que muitas vezes as questões eleitorais impedem de ser feito. “Estamos fazendo uma transição para que quem venha depois possa encontrar o Brasil nos trilhos”, disse. “E que ninguém duvide: nossa agenda de modernização do Brasil é a mais ambiciosa de muito tempo. Tem sido implementada com disciplina, com tenacidade e com sentido de missão”, completou.

MP 764/16

Mais cedo, o presidente sancionou a lei que possibilita descontos para compras feita em dinheiro, em vez de cartão de débito ou crédito. A lei que regulamenta a diferenciação de preços tem como origem a Medida Provisória 764/2016. Além de permitir que os comerciantes cobrem preços diferenciados para um mesmo produto em função da forma de pagamento, possibilita também a variação do valor em função do prazo de pagamento.

Entre as mudanças feitas pelo Congresso ao texto original está a obrigação do fornecedor em informar, em lugar visível, os descontos que são oferecidos, tanto com relação ao meio de pagamento como em relação ao prazo. O comerciante que não cumprir essa regra estará sujeito a multas previstas no Código de Defesa do Consumidor.

A expectativa é de que, ao permitir a diferenciação de preços, estimule a queda do valor médio cobrado pelos produtos, de forma a evitar que consumidores que não usam o cartão como forma de pagamento paguem as taxas dos cartões, quando embutidas nos preços dos produtos.

De acordo com o presidente, a MP terá como frutos a promoção de justiça social, a garantia de transparência e a proteção dos consumidores, além de estimular a concorrência também entre operadoras de cartão.

“Muitos dos menos favorecidos não têm cartão de crédito e pagavam, portanto, mais do que deveriam ou que precisavam. Pagavam a mais para que aqueles que têm cartão de crédito pudessem usar em suas compras”, disse o presidente ao citar estudos de 2011 que confirmaram que preços iguais resultavam em prejuízo daqueles que menos têm. “Apesar do diagnóstico à época, nada foi feito”, complementou.

Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a medida representa mais um avanço para a modernização do sistema de pagamentos e do sistema financeiro em geral, aumentando a eficiência econômica do meio de pagamento e tornando o ambiente regulatório mais transparente e competitivo.

“A medida tem efeito positivo para a distribuição de renda porque havia transferência de recursos para quem paga com cartão de crédito. Isso ore poque os custos por intermédio do cartão são maiores, uma vez que o logista só recebe depois esses valores”, disse o ministro.

Meirelles acrescentou que a nova lei minimizará também a insegurança jurídica, uma vez que nãio haverá mais questionamentos sobre o desconto estar ou não em acordo com a lei.

De acordo com o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Logistas (CNDL), Onório Pinheiro, 74% dos brasileiros têm o hábito de pedir descontos ao fazerem compras, e 38% já perceberam que as empresas já estão fazendo descontos para pagamentos em espécies. “Além, disso, 77% dos empresários veem a medida como vantajosa para o comércio brasileiro”.

Agência Brasil

 

Comentários (3) enviar comentário
  1. Cláudio disse:

    É emocionante ver o quanto a esquerda doentia e necessitada dos recursos públicos odeiam Temer por ele ter assumido o lugar de Dilma destruidora do país.
    O PT institucionalizou a corrupção e os esquerdopatas agora dizem que foi Temer kkkkkkkkkkkkkkkk
    Isso não vai tirar as condenações da turma do PT, nem vai salvar juridicamente Lula.
    O problema da esquerda não é com Temer e sim com a falta da distribuição dos recursos públicos que foi feito com o aparelhamento estatal sistematizado pelo PT que acabou com a saída do partido do poder. Petista não produz trabalho, não sabe fazer economia, não tem capacidade de gerar emprego, não tem ideia de como ser trabalhador, digno e eficiente, então precisa ter seus cargos para poder viver bem, numa boa, sem produzir e mesmo assim "prosperar".

  2. Flávio disse:

    Qual a autoridade que este sujeitinho tem? Cercado de investigados que pintaram e bordaram com o dinheiro da nação lascando os mais humildes! Mentiu descaradamente sobre a autenticidade da fita com a JBS. Arrume as malas e parta viu. Seu tempo acabou!

  3. Zeca disse:

    Além de golpista, chantagista!

Publicidade

Docentes da UFRN paralisam dia 30 contra a Reforma da Previdência e a precarização do trabalho

No próximo dia 30, os docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte estão chamados a paralisar as atividades. Professores, sindicalistas e profissionais ligados à área da educação seguem a agenda de mobilizações para a data que pretende parar o Brasil contra a violação dos direitos trabalhistas e o processo de desmonte do Estado Social e das políticas públicas educacionais preteridos pelo Governo Temer (PMDB).

Em Natal, um ato de rua marcará o dia de paralisação com concentração às 15h, no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira. A manifestação seguirá em caminhada até a Praça da Árvore, em Mirassol.

Convocada unitariamente pelas centrais sindicais (CTB, CUT, UGT, Força Sindical, Nova Central, CSP-Conlutas e Intersindical), com o apoio da Frente Brasil Popular, Frente Povo Sem Medo e movimentos sociais, a paralisação é um movimento de resistência e enfrentamento à ideia, amplamente disseminada pelo governo de Michel Temer, de que os direitos previstos na Constituição não cabem no orçamento e, portanto, precisam ser revistos.

A expectativa é de que a paralisação seja um contraponto ao conjunto de medidas e projetos em tramitação no Congresso Nacional que visam retirar direitos dos trabalhadores e pôr fim à Previdência Social.

Com informações da Adurn

Comentários (7) enviar comentário
  1. Oraculo disse:

    Quero que digam agora que os docentes da UFRN são ignorantes….rsrsrsrsr esses coxinhas são uma piada mesmo..

    • Tentáculo disse:

      Vamos ver oráculo: Ignorante é uma pessoa sem instrução ou quem desconhece certo assunto, ser grosseiro; pessoa rude, estúpida. Professor e docente da UFRN, pressupõe que tenham instrução, então, provavelmente, poderão ser classificados dentre as demais definições. Principalmente quando se mostram cegos funcionais e políticos. Os docentes da UFRN NUNCA foram exemplo de segmento político, sempre foram serviçais da esquerda radical.

  2. Sandro Alves disse:

    Estão achando ruim o emprego na UFRN, pede pra sair. coloca pessoas interessadas em lecionar e não querer mais dinheiros do que se propuseram quando fizeram o concurso. Bando de VAGABUNDOS PETISTAS!

  3. Operário disse:

    Vcs professores da UFRN se homem, se aposentam com 30 anos, se mulher, com 25 anos. Nessa toada, com a ajuda dos políticos corruptos, o Brasil vai quebrar ligeirinho.

  4. Alexandre Novaes Carneiro disse:

    LAMENTÁVEL, LASTIMÁVEL ver o quanto está DOUTRINADA a UFRN.
    A reforma trabalhista vem para legalizar situações que na prática existem e não são aceitas pela obsoleta CLT, caduca. Mas a esquerda é assim, NADA que o governo proponha pode ser visto positivamente, TEM QUE SER REPROVADO PELA ESQUERDA, mesmo SENDO O MELHOR PARA O PAÍS. A reforma trabalhista não atinge nada, nem ninguém dentro da UFRN, salvo a ideologia fascistas de alguns professores e servidores.
    Por qual razão o PT não fez as reformas? Para ficar repetindo as promessas, campanha após campanha e ter mais ilusões para vender, sem realizar.

  5. Adauto Mangabeira disse:

    Novidade grande essa. É pra fingir surpresa?
    Professor da UFRN só quer uma desculpa pra não trabalhar.
    Isso sem dizer que de universidade passou pra berçário de petralha.
    Uma lástima que tenha sido reduzido a tão pouco.

Publicidade

Carreira internacional: Anitta vai gravar com Justin Bieber

Anitta continua acelerando muito forte rumo à carreira internacional. Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Agora, segundo fontes do mercado da música, já existe um trabalho em campo para que a brasileira venha a fazer uma parceria com, ninguém menos, que o astro pop canadense Justin Bieber.

Aliás, um lance já em estágio bem avançado, restando apenas alinhavar pequenos pormenores.

Anitta lançou há pouco tempo o single “Paradinha”, que é o seu primeiro em espanhol e teve cenas captadas no metrô de Nova York. Também gravou com o colombiano Maluma e fez uma parceria com Iggy Azalea em “Switch” e na música “Sua cara”, com Pablo Vittar e o trio de DJs Major Lazer.

E surge, portanto, essa informação que haverá uma gravação com Justin Bieber para deixar os fãs da artista ainda mais enlouquecidos.

UOL- Coluna Flávio Ricco

enviar comentário
Publicidade

FOTOS: Defensora pública recebe título de cidadã norte-rio-grandense

A defensora pública Ana Lucia Raymundo agora é oficialmente uma cidadã norte-rio-grandense. O título honorífico foi concedido pela Assembleia Legislativa e entregue na manhã desta segunda-feira (26), em Sessão Solene no plenário Clóvis Motta.

A deputada Cristiane Dantas (PCdoB), propositora da homenagem, presidiu a Sessão Solene e apresentou os motivos que a levaram a apresentar o título. “A defensora é mulher empoderada, que não foge da luta e que bem representa a força do nosso Rio Grande do Norte”, registrou em seu discurso. Cercada de amigos, familiares e defensores públicos, a nova potiguar agradeceu. “Ser cidadã norte-rio-grandense é um sonho que sonhei viver e agora se torna realidade”, disse.

Atuante na área de defesa da mulher e no combate a violência doméstica, a defensora pública já participou de mais de 300 audiências da área. “O que me move é saber que existem muitas mulheres com almas atormentadas no Rio Grande do Norte e que têm na nossa ação e trabalho um socorro e esperança”, registrou. “Tenho um compromisso com o povo potiguar assistido pela Defensoria e pelos que não são assistidos, mas que podemos ajudar a aliviar as dores e tormentas”, declarou a homenageada.

Advogada e defensora pública do estado do Rio Grande do Norte, Ana Lúcia Raymundo nasceu no município de São Sebastião do Caí, Rio Grande do Sul. Residiu em vários estados do País por causa das transferências da carreira do pai, militar da Aeronáutica. Ana Lúcia se fixou em terras potiguares em 1983. No RN, concluiu o curso de Direito na UFRN no ano de 1986. Na Defensoria Pública do RN, atuou como coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nudem).

Comentário (1) enviar comentário
  1. JUNI0R PINHEIRO disse:

    PARABÉNS!! HISTÓRIA DE GARRA E PERSEVERANÇA!!!

Publicidade

Cientistas criam barulho inaudível que pode impedir grampos

Os microfones vêm de fábrica com um limite de frequência sonora que conseguem captar. A boa notícia é que, mesmo nos modelos mais comuns, esse valor é alto – ficando na casa dos 24 kHz. Como somos incapazes de ouvir frequências além de 20 kHz, dá e sobra. Isso nos permite gravar tudo que importa com um microfone simples.

Um trabalho desenvolvido na Universidade de Illinois, no entanto, encontrou uma forma de driblar o uso dessas ferramentas de gravação. O sistema desenvolvido pelos pesquisadores, chamado “BlackDoor”, transforma sons cotidianos, que poderiam ser gravados com gravadores comuns, em barulhos completamente inaudíveis para os humanos – mas ainda assim identificáveis por qualquer microfone.

“O segredo da técnica está em combinar vários tons que, ao interagirem com a mecânica do microfone, criam uma espécie de sombra sonora”, explica Nirupam Roy, um dos autores do estudo. A nova frequência criada, de 40 kHz, é transmitida por alto-falantes ultrassônicos – que entregam um “barulho branco” para os gravadores.

Os pesquisadores explicam que maquiar o som dessa forma pode ter várias aplicações práticas. Uma delas, por exemplo, seria impedir gravações indesejadas em concertos musicais ou salas de cinema. Assim, um espectador espertinho que tentasse registrar com o celular o que estava ouvindo para fazer uma cópia não autorizada, não conseguiria concluir a façanha.

O mesmo vale para conversas confidenciais. Se algum gravador espião tentasse registrar o papo privado, o registro seria atrapalhado por esse barulho de 40 kHz. Ao invés de aparecerem na forma original, as vozes ficariam gravadas como se fossem um barulho inaudível. Você pode ouvir um exemplo de “barulho branco”, que é como soaria uma gravação desse tipo, clicando neste link.

Tão interessante quanto impedir gravações piratas ou segredos de Estado de serem vazados é uma terceira aplicação tecnológica que os cientistas pretendem dar. Com a internet das coisas, estamos cada vez mais em contato com as máquinas por meio do som. Os comandos de voz que damos, e as respostas que recebemos dos eletrônicos, no entanto, muitas vezes estão carregadas de informações pessoais – que, no geral, é melhor que fiquem apenas entre nós e os robôs. Usando o “BlackDoor”, estaríamos completamente blindados dessa interferência de terceiros – pelo menos enquanto estamos trocando uma ideia com aquele site de compra ou com o GPS.

Exame

 

enviar comentário
Publicidade

I Simpósio de Previdenciário – IAPE/RN acontece nesta quarta em Natal

O INSTITUTO DOS ADVOGADOS PREVIDENCIÁRIOS – IAPE, promoverá, no dia 28 de junho de 2017, das 09h às 15h, no Plenário Cortez Pereira da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, o I SIMPÓSIO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO – IAPE/RN, com o tema: “Reformar hoje para garantir o amanhã: de quem?”

O evento contará com a participação de juristas previdenciaristas e trabalhistas renomados em todo o Brasil que discutirão temas atuais, sensíveis e controversos relativos ao Direito Previdenciário.

Totalmente gratuito, solicitando-se apenas a doação de um brinquedo novo de qualquer valor, o qual será revertido em favor da Instituição Ensinaprev.

* A inscrição deverá ser realizada no site: www.iape.com.br. VAGAS LIMITADAS.

* Emissão de certificados com carga horária 06 horas aula.

enviar comentário
Publicidade

FOTOS: DHPP indicia 14 detentos da facção Sindicato do RN por morte em presídio

Homicídio foi cometido na Penitenciária João Chaves
Uma investigação da Delegacia de Homicídio da Zona Norte (DHZN) da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) indiciou 14 detentos da Penitenciária João Chaves por terem matado o preso Luiz Clebson de Araújo, conhecido por “Mossoró”, 26 anos, no dia 26 de setembro de 2016. A investigação descobriu que o grupo, formado por integrantes da facção Sindicato do RN, matou a vítima e simulou que a mesma tivesse cometido um suicídio. Na tarde do dia 26, o corpo de Luiz foi encontrado dependurado na entrada da cela 10, do Pavilhão 2. Ele havia cometido crimes como roubo e tráfico de drogas.

Foram indiciados por homicídio qualificado e associação criminosa: Adriano Machado, vulgo “Goianinha”, 30 anos; David Lopes da Silva, vulgo “Riú”, 30 anos; Wellington Fernandes de Lima, vulgo “Espanta”, 32 anos; Hegleiber Silva dos Santos, vulgo “Ceará”, 34 anos; Israel Nascimento de Oliveira, 27 anos; Moab Cristiano de Araújo Pinheiro, 31 anos; Edson Luiz de Oliveira, vulgo ” Shampoo”, 30 anos; Pedro Caetano da Silva, vulgo “Pedro Boy” ou “Coroa Pedro”, 35 anos; José Ederfran Rodrigues Pessoa, 37 anos; José Wellington Costa de Souza Junior, vulgo “Aranha”, brasileiro, 27 anos; Jubiranilson de Araújo Barbosa, vulgo “Jubi”, 28 anos; Maciel Cavalcanti Odilon, vulgo “Badibi”, 27 anos; Marcelo Moreira de Oliveira, vulgo “Marcelo Boy ou Marcelo de Cleuza”, 42 anos; Marcos dos Santos Aguiar, vulgo “Cara de Pulga Maruim”, 35 anos. A DHPP já representou à Justiça a prisão preventiva dos 13 indiciados.
De acordo com as investigações, a motivação para que Luiz Clebson fosse morto pelos integrantes do Sindicato do RN seria porque o mesmo estava montando uma falsa fuga para os presos do Sindicato do RN que estavam detidos no Pavilhão 2, com o intuito de serem executados logo após a fuga. Luiz Clebson estava arquitetando para que os detentos do Sindicato do RN fossem mortos por integrantes do Primeiro Comando da Capital.

O plano arquitetado por Luiz Clebson estava sendo combinado por celular e um dos presos do Sindicato do RN conseguiu pegar o celular da vítima e descobriu todo o plano. Após a descoberta, os presos do Sindicato do RN decidiram matar Luiz Clebson. Para elucidar o homicídio da vítima, a equipe da DHPP ouviu 46 presos que estavam detidos no Pavilhão 2.

 

enviar comentário
Publicidade

VÍDEO: Polícia prende três homens acusados de roubarem pessoas e veículos na zona Sul de Natal

Uma perseguição efetuada por policiais militares lotados na 3ª Companhia do 5º Batalhão de Polícia Militar resultou na prisão em flagrante de Francisco Jonas Guimarães Costa Bandeira Mota, vulgo “Jonas”, 23 anos; Eric Dias do Nascimento, 26 anos e Rafael Bruno Medeiros da Costa, 22 anos. O trio foi preso logo após terem roubado veículos e pessoas no bairro de Lagoa Nova, na última sexta-feira (26). Os suspeitos foram conduzidos para a Central de Flagrantes da Polícia Civil e autuados em flagrante, na 1ª Delegacia de Plantão Zona Sul 2ª equipe, pelo crime de roubo. De acordo com a investigação, que está sendo conduzida pela Delegacia Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), os suspeitos cometeram crimes contra outras vítimas, algumas das quais já reconheceram os criminosos.
De acordo com a investigação, no começo da tarde do dia 23, o trio que estava em um veículo modelo Corolla de cor branco abordou uma vítima quando a mesma chegava em uma residência, no conjunto Potilândia. Dois homens teriam descido do veículo, um deles armado e conseguido roubar celulares, joias, cartões e dinheiro. A Polícia Militar foi acionada e começou a fazer as buscas. Logo após o primeiro crime, os policiais militares descobriram que o trio havia seguido em direção as imediações da Rua São José e que teriam roubado um veículo modelo Toyota Etios. Diante de tal informação, os policiais militares continuaram as buscas e localizaram os suspeitos próximo à rua deputado Marcílio Furtado, no bairro de Lagoa Nova.

Os homens foram abordados e presos logo após terem abandonado o veículo Etios. Com o trio, os policiais militares apreenderam dois revólveres e munições. Após a prisão, a Polícia localizou o veículo modelo Corolla, abandonado na avenida São José, e dentro do veículo haviam várias bolsas com pertences roubados de outras vítimas. Devido a prisão dos suspeitos e a realização das investigações, a Polícia Civil conseguiu localizar mais um carro, modelo Pick up da Toyota, roubado por um dos integrantes do trio juntamente com uma outra pessoa conhecida como “Playboy”.

Comentários (4) enviar comentário
  1. JUNI0R PINHEIRO disse:

    TUDO VERDADE : POLICIA PRENDE, JUSTIÇA SOLTA COM A ALEGAÇAO DE QUE NAO TEM COMO DEIXAR PRESO DEVIDO A SUPER LOTAÇAO NAS CADEIAS E PRESIDIOS!!!!!! POPULAÇAO NAO TEM CULPA E MUITO MENOS AS POLICIAS QUE RECEBEM AMEAÇAS TODOS OS DIAS !!!!POLICIA ENXUGA GELO E RECEBE SALARIOS COM SUPER ATRASOS, JUSTIÇA RECEBE EM DIA E FAZ MERDA!!! QUEM TÁ MENTINDO????!???

  2. paulo disse:

    BG
    E a policia enxugando gelo e os BANDIDOS soltos nas ruas voltando a assaltar e MATAR. Esse País está sem jeito. Se pudesse ia embora dessa zorra sem comando, nem LEI, Nem punição.

  3. David32 disse:

    Já estou até vendo : serão soltos na audiência de custódia!
    Parabéns PM vcs sim são verdadeiros heróis da sociedade!

    • semesperança disse:

      Certeza! A maravilhosa e complacente audiência de custódia. Logo, logo eles estarão livres para continuar atuando na nossa cidade do sol.

Publicidade

EX-PRESIDENTE À BEIRA DO ABISMO: Em condenação de Palocci, Sérgio Moro cita Lula 68 vezes

Lula: ex-presidente é acusado pelo Ministério Público Federal de ter recebido 3,7 milhões de reais em propina (Paulo Pinto/Agência PT/Divulgação)

O juiz federal Sérgio Moro citou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva 68 vezes na sentença em que condenou nesta segunda-feira a 12 anos de prisão o ex-ministro petista Antonio Palocci por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Nos próximos dias, Moro deverá decidir se condena ou absolve Lula também pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no episódio da compra do tríplex no Guarujá, o mais adiantado das cinco ações penais a que ele responde na Justiça Federal.

O ex-presidente é acusado pelo Ministério Público Federal de ter recebido 3,7 milhões de reais em propina, de forma dissimulada, da empreiteira OAS. O tríplex seria parte dessas supostas vantagens pagas a Lula que, em troca, beneficiaria a construtora em contratos na Petrobras.

Embora não haja qualquer referência ao tríplex supostamente de Lula na sentença de 311 páginas de Palocci, o juiz cita o envolvimento do ex-presidente em tratativas de irregularidades, na maioria dos casos a partir de depoimentos de testemunhas e acusados.

Em um dos trechos, Moro menciona o fato de que havia uma “conta corrente geral” mantida entre a Odebrecht e petistas que foi utilizada, entre outras maneiras, para a “aquisição de um prédio destinado ao Instituto Lula e depois recusado, no valor de 12 milhões, quatrocentos e vinte e dois mil reais”.

O juiz também cita um depoimento de um executivo da Odebrecht, Pedro Novis, que afirmou que em 2002 o então candidato a presidente Lula indicou Palocci para ser a pessoa que conduziria pelo partido as tratativas com a empresa referente às negociações de apoio à campanha.

O próprio Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo disse ter tratado do pagamento de caixa 2 para a primeira campanha vitoriosa de Lula.

“Eu tratei de recursos financeiros com o ministro Palocci por duas vezes: na campanha de 2002, primeiro semestre de 2002, e 2006, primeiro semestre de 2006. Sobretudo na campanha de 2002 onde nós estávamos nos conhecendo e era o primeiro governo do presidente Lula e havia da nossa parte, como empresa, uma preocupação muito grande da ordem da ideologia, como o projeto seria conduzido”, disse Marcelo, em um dos interrogatórios.

O ex-diretor da Petrobras Renato Duque também acusou no processo o repasses de recursos desviados da estatal para o PT. Segundo ele, os valores seriam destinados ao ex-ministro José Dirceu e Lula, sendo que a parte administrada do último era feita por Palocci.

O marqueteiro João Santana também admitiu, em depoimento na ação, ter feito a campanha de Mauricio Funes a presidente em El Salvador, no ano de 2010, a pedido de Lula. A Odebrecht, disse, bancou parte dessa campanha via caixa 2 por ordem de petistas.

Na condenação de Palocci, Moro citou a abrangência do esquema –embora não mencione a suposta ou eventual influência de Lula nessas tratativas.

“O que se tem, portanto, são provas de macrocorrupção, praticada de forma serial pelo condenado, com graves consequências, não só enriquecimento ilícito, mas também afetando a integridade de processos eleitorais no Brasil e no exterior por sucessivos anos”, criticou.

Exame

 

Comentários (7) enviar comentário
  1. EMILSON disse:

    Palanque do Lula 2018, está sendo preparado por Moro em Curitiba.

  2. Joesley disse:

    TÁ CHEGANDO A HORA PAPAI LULA, PROVISIONANDO OS FOGOS DE ARTIFICIO PARA COMEMORAÇÃO EM 3,2,1.. #CADEIANELEMORO #LULA2017 #PRESO

  3. Sandro Alves disse:

    Que maravilha, irão prender este CACHORRO, NOJENTO, BANDIDO, SEM VERGONHA, BESTA FERA, ALOPRADO, VAGABUNDO e demais adjetivos. kkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. JUNI0R PINHEIRO disse:

    SE ALGUÉM CITAR OUTRO MELHOR QUE DIVIDIU E DEIXOU ROUBAR, NAO SE NEGA, POIS SE ALGUM POLITICO DE DIREITA OU DE ESQUERDA OU OUTRA VERTENTE ESTIVER POBRE??CITE, POR FAVOR??!!?? OU AINDA ME MOSTREM AI UM CANDIDATO????? TAO QUERENDO COLOCAR LUCIANO HUCK PRA FAZER UM CALDEIRAO NO PLANALTO??? SÓ PODE SER BRINCADEIRA OU DESESPERO!!!!! VCS AMIGOS DOS PARTIDOS DA SITUAÇAO HJ APRESENTEM UM CANDIDATO!!!É SERIO NAO ACREDITO EM MAIS NINGUÉM !!! FIQUEM COM RAIVA NAO !!! FAVOR!!!!TODO SUJOS, FEDENDO!!! TENHO UM COLEGA QUE CATA RECICLÁVEIS QUE CHEIRA MELHOR E É MAIS DIGNO DE QUE QUALQUER POLITICO, E HONESTO VIU!!!???!!

  5. Alexandre Novaes Carneiro disse:

    Palocci foi condenado e ainda não vi 01 pronunciamento dos PeTistas em favor dele, o que houve?
    Santo e inocente só José Dirceu e Lula? Onde estão os militontos? Cadê os defensores da corruPTos?
    Não vai ter coro dizendo: "Palocci é inocente, herói brasileiro, homem puro e honrado"?
    A perseguição do PT é tão acirrada que até Palocci já foi abandonado? Olha que ele poupou o chefe o máximo que pôde, praticamente se ferrou sozinho sem entregar os chefões do partido.

  6. Albert Einstein disse:

    LULA 2018, 2019,2020,2021, PARA SEMPRE!!!…NA PRISÃO!!

  7. Ems disse:

    Tá chegando a hora !!!

Publicidade

Google deixará de ler os e-mails que você manda

Google não lê mais seus e-mails—não pelo motivo que você gostaria

O Google anunciou que irá deixar de “ler” e-mails trocados pelas 1,2 bilhão de contas do Gmail. A técnica era usada para que fosse possível oferecer anúncios bastante direcionados dentro do serviço.

Se a atitude parece nobre inicialmente, o objetivo não é assim tão bacana para o usuário. A demanda partiu de sua divisão de nuvem, que quer vender mais contas corporativas a empresas. O G Suite, nome desses pacotes, é concorrente da Microsoft, que comercializa o Office 365, também em modelo de assinatura.

Diferente das contas grátis, as contas de e-mail pagas dentro do G Suite não analisavam as mensagens trocadas. Mesmo assim, havia uma espécie de confusão e não, para empresas, totalmente claro que as contas pagas não tinham mensagens analisadas. Com isso, o Google espera que as empresas tenham menos medo de possíveis problemas de privacidade e passem a pagar pelo G Suite.

Mas isso não significa que usuários não verão mais anúncios dentro do Gmail. As propagandas continuarão sendo expostas, mas a fonte de informação será outra.

Agora, dados registrados manualmente (como sexo, idade, etc) e outros externos (como buscas no Google) servirão como fonte de informações para anúncios. “Essa decisão deixa os anúncios no Gmail alinhados com como nós personalizamos anúncios para outros produtos do Google”, afirma no texto de anúncio a chefe de Google Cloud Diane Greene.

O pacote corporativo já tem mais de 3 milhões de empresas como clientes, de acordo com o Google.

Exame

Comentários (2) enviar comentário
  1. Tiago disse:

    Pesquisem sobre os ILUMINATIS que voçes irão saber o por que de tudo isso…

  2. Jenner Azevedo disse:

    Que posta foto do próprio filho cagando ou foto do prato de cuscuz que está comendo não pode reclamar que o Google lê os e-mails

Publicidade