Publicidade

Documentos informam que Maluf recebeu “comissões” em Jersey

Informação exclusiva que vem do blog do jornalista Jamil Chade, Direto da Europa do Estadão, que o BG aqui reproduz:

Saint Helier, Jersey – Verdades absolutas no Hemisfério Norte podem ser diferentes quando se cruza o Equador. Tomamos por exemplo o caso do céu, numa noite estrelada. De fato, o que se vê no Sul e no Norte são cenários diferentes, por conta da posição do planeta. Mas parece que há uma nova constatação das diferenças entre o Norte e o Sul: nem tudo que se diz a um juiz no Norte é o que se diz no Sul para a Justiça.

Terminado o julgamento das contas de Paulo Maluf em Jersey, publico abaixo as cópias dos documentos que advogados da empresa Durant, acusada de enriquecimento ilícito pela prefeitura de São Paulo, apresentaram aos juizes. Neles, os advogados da empresa apontam o envolvimento direto da família Maluf no caso.

Esses são os primeiros documentos a se tornarem públicos indicando de forma escancarada que a familia Maluf gerenciava a Durant International, e reconhecendo que Maluf recebeu pagamentos de “comissões” no exterior, usando uma conta em Nova Iorque para transferir os recursos para Jersey, no Hemisfério Norte. A alegação é de que o dinheiro não vem de pagamentos de subornos ou propinas. Mas os advogados insistem em confirmar que os pagamentos existem sim.

No Brasil, na parcela Sul do Hemisfério, mesmo diante dessas evidências, os advogados de Maluf fazem questão de dizer que os advogados em Jersey não falam em nome do ex-prefeito.

Apresento abaixo os documentos dados pelo escritório Walker, que representa a Durant no caso, ao juiz Howard Page:

1. No primeiro deles, datado de novembro de 2010 e entregue à Corte de Jersey, o advogado afirma que Maluf tinha “interesses diretos ou indiretos” na Durant, empresa offshore que tem seus ativos bloqueados.

 

2. Menos de um ano depois, o escritório enviaria ao mesmo juiz de Jersey, em março do ano passado, uma correção importante. Pela nova versão, Maluf não tinha qualquer interesse na empresa offshore. Mas seu filho, Flávio, era seu “diretor”. A companhia tem sua sede nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal.

 

 

3. Para concluir, os advogados apontam que Paulo Maluf de fato recebeu dinheiro na conta da Durant em Jersey. Mas o dinheiro seria fruto de “negocios legítimos”. Por apresentar executivos de duas empresas que depois fechariam negócios entre Brasil e Argentina, Maluf recebeu “comissões”. Se não bastasse, os advogados apontam que Maluf não sabia que o dinheiro chegaria a Jersey usando uma conta nos Estados Unidos, a Chanani.

 

Ou seja, Paulo Maluf recebeu dinheiro de comissões na conta de uma empresa em Jersey que, por coincidência, tinha como diretor seu próprio filho.

Esclareço ainda que esses documentos foram passado à reportagem de foma oficial pela Corte de Jersey, que cobrou 10 libras esterlinas pelas cópias feitas. Dei uma nota de 20 libras e os funcionários me devolveram o troco, junto com um recibo oficial do serviços que prestaram por compilar a documentação e fazer o xerox…(peço perdão ao leitor pela qualidade do recibo. Ficou no bolso)

 

Um último detalhe: advogados brasileiros ligados à Maluf passaram uma semana acompanhando o julgamento na Corte Real de Jersey. Imagino que deve ter sido por curiosidade apenas…

enviar comentário
Publicidade

'Avenida Brasil': 100º capítulo confirma Adriana Esteves como grande estrela da Novela

por João Luiz Vieira para o E+

 

TV Globo / Divulgação
TV Globo / Divulgação

 

“É você!” Fãs da novela Avenida Brasil, da TV Globo, esperaram meses e, especialmente, a noite de quinta-feira (19), para ouvir da boca de Adriana Esteves apenas um verbo e um pronome. A trama chegou ao capítulo 100 e, como prometido pelo autor João Emanuel Carneiro, foi o momento da reviravolta, quando a suposta vilã (Carminha, personagem de Adriana) descobre que a dissimulada mocinha (Nina, vivida por Débora Falabella) não é aquilo que parece ser. Não é quem diz que é, para ser mais preciso. Nina é Rita, a enteada que foi jogada no lixão pela madrasta e jurou para si vingança, infiltrando-se na casa da mulher que odeia e conquistando a família com a sedução mais nobre que existe: alimentando um a um com requintes de alta gastronomia.

Só se falou nisso o dia inteiro nas redes sociais e o “oi oi oi” – refrão da música de abertura – virou trend topics no Twitter. Sem contar as dezenas de internautas que se congelaram em preto e branco – efeito similar ao que acontece no fim de cada capítulo da novela. Houve quem desmarcasse compromissos, quem não atendesse telefones, sequer o cara da pizza. Mais: soube de gente que tomou champanhe durante a exibição do programa. Aliás, a novela já pegou de um jeito que muita gente tem marcado jantares “depois de Carminha”. Isso não acontecia há um par de anos com uma novela e, para ficar no exemplo recente, Fina Estampa – anterior à Avenida Brasil – conseguiu maior audiência, mas repercussão ínfima comparada a esta obra em exibição.

Uma parte do Brasil simplesmente parou para conferir o desmonte da farsa de Nina e, especialmente, como seria a reação de Carminha ao saber que foi enganada dentro da própria mansão. Parecia final de campeonato de futebol ou mesmo último capítulo de novela. O mais impressionante é que foi apenas um episódio de “virada”, a narrativa ainda tem muito texto para queimar. E, como praxe, a cena que interessava só aconteceu no último bloco. Sinto informar, mas o capítulo que vale mesmo é o desta sexta-feira (20), com a repercussão da descoberta.

O que falar de Adriana Esteves? É muito interessante conferir uma profissional que soube aproveitar inteligentemente a oportunidade que a empresa onde trabalha ofereceu. A atriz é funcionária antiga da TV Globo, mas nunca foi considerada pela audiência uma mulher do porte de Glória Pires, Renata Sorrah ou, dentre as colegas de geração, Claudia Abreu. Estamos presenciando a virada não de Carminha, mas de Adriana, que deve ter mudado de patamar na TV Globo e, sim, consolidou-se como ícone para um fã-clube que não tinha até então. As cenas de hoje só vieram corroborar o que todos vinham testemunhando: o assombroso controle de uma atriz sobre seu corpo e voz. Quase incorporada, transbordou ira, frustração e pavor em detalhes mínimos como ranger de dentes, distensão dos músculos faciais e uma impaciência no gestual e no andar que uma atriz com menor domínio sobre o que faz transformaria a performance em show de patetice.

O capítulo não foi só dela, claro. Para conter a audiência até o fim, o autor mostrou Suelen (Ísis Valverde) como uma lúcida mulher de marketing, a família de Tufão (Murilo Benício) tranquilizada com a volta de Jorginho (Cauã Reymond) para casa depois de um coma, o incômodo de Alexia (Carolina Ferraz) com a presença espaçosa da mãe em casa (Betty Faria), e as sempre risíveis situações do núcleo “rico/cômico” de Cadinho (Alexandre Borges). Nada disso, realmente, interessava neste 100º capítulo. Quando os próprios atores comentam em entrevistas que assistem à novela que fazem enquanto o outro está em cena é sinal que a coisa anda muito bem em Avenida Brasil.

enviar comentário
Publicidade

Brasileiros têm as relações sexuais mais longas, diz pesquisa

Para quem reclama das rapidinhas, saiba que sexo no Brasil dura mais que no resto do mundo. De acordo com uma pesquisa, os brasileiros praticam em média 20,8 minutos de preliminares, perdendo apenas para Grécia, e demoram 27,2 minutos durante a penetração, logo atrás de Hong Kong. Essa relação média de 48 minutos é recorde entre todos os países. As informações são do The Sun.

Apesar disso, o Brasil não aparece no ranking de países em que o sexo é praticado com mais frequência. Mulheres do mundo todo foram questionadas se tinham relações sexuais pelo menos uma vez por semana. Neste quesito, Colômbia está em primeiro lugar, já que 89% das mulheres afirmaram que sim, seguida de Indonésia e Rússia, empatadas com 88%.

Entre as que mais prevenidas estão China (77%), Hong Kong (73%) e Índia (71%). O Brasil fica em sexto lugar, com 67% das mulheres que usam contraceptivos durante as relações.

O levantamento mostrou ainda que as mulheres que mais têm orgasmo são as húngaras, com 75%, seguidas de gregas (71%) e espanholas (70%). Já os países em que elas menos atingem o orgasmo são Malásia, com 28%, Coréia do Sul, com 25%, e China com apenas 23%.

Fonte: Terra

enviar comentário
  1. Edilson Melo disse:

    Manda fazer essa pesquisa com os homens pra ver o resultado. Rsrs

Publicidade

Polícia Militar autoriza pagamento de diárias operacionais

O Comando da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte enviou, nesta sexta-feira (20), a ordem de pagamento das Diárias Operacionais relativas às festividades juninas.

O pagamento foi autorizado pela Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, o qual remunerará os Policiais Militares que desenvolveram atividades de policiamento nas festividades juninas em todo o Estado.

A ordem de pagamento já foi enviada ao Banco do Brasil para o repasse aos Policiais Militares que trabalharam no serviço extraordinário.

Durante as festividades juninas no Estado, a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte reforçou o efetivo para garantir a maior segurança à população que prestigiou os eventos.

enviar comentário
Publicidade

Demóstenes reassume cargo oficialmente hoje em Promotoria de Goiás

O senador cassado Demóstenes Torres reassumiu nesta sexta-feira (20) oficialmente o cargo de procurador criminal no Ministério Público de Goiás. O ex-senador havia retomado a função no dia 13 de julho, mas pediu um abono de cinco dias para interesses pessoais –e só efetivamente recomeçou a atuar como procurador hoje.

O trabalho de Demóstenes no Ministério Público é questionado pela Corregedoria-Geral do órgão, que instaurou reclamação disciplinar para apurar eventual falta funcional decorrente dos áudios divulgados da Operação Monte Carlo – pela qual foi flagrado em sucessivas conversas com o empresário Carlinhos Cachoeira.

Ao final da apuração da corregedoria, ele pode vir a ser expulso do órgão. Segundo o Ministério Público, o procedimento tem caráter sigiloso e “visa a coleta criteriosa de elementos seguros para delimitar o objeto da apuração”.

Foram solicitados documentos ao Senado Federal e à Procuradoria-Geral da República para apurar se Demóstenes agiu em favor da organização criminosa comandada por Cachoeira.

O ex-líder do DEM no Senado chegou à sede do Ministério Público sem dar declarações à imprensa e seguiu para 27ª Procuradoria de Justiça em Goiás, onde permanece isolado trabalhando. Demóstenes estava licenciado da procuradoria desde 1999, no início de sua carreira política.

Ele dará expediente em uma sala no terceiro andar do edifício-sede do Ministério Público e terá à sua disposição dois assessores diretos.

O salário base de um procurador do Estado é de R$ 24,1 mil, o que lhe renderá mensalmente cerca de R$ 22 mil brutos mensais.

O ex-líder da bancada do DEM perdeu o mandato por 56 votos contra 19. Mesmo voltando ao cargo de procurador e tendo tido o mandato cassado, ele continuará a ter um plano de saúde vitalício do Senado.

O benefício é pago a todos ex-congressistas que ocuparam o cargo por ao menos 180 dias –Demóstenes esteve na Casa por nove anos.

O plano cobre despesas médicas, odontológicas, psicológicas e de fisioterapia. Seu limite é de cerca de R$ 32 mil por ano.

 

GABRIELA GUERREIRO, da Folha de São Paulo

 

enviar comentário
Publicidade

Licitação do Governo faz bastidores da publicidade potiguar ferverem

Os bastidores da publicidade no RN pegam fogo nesse momento. A indefinição, os boatos e as pressões politicas deixam a licitação para a escolha das cinco agências que vão atender a conta do governo anualmente até 2015 em um Inferno de Dante. Se fala até na possibilidade da licitação ser cancelada, o que, cá para nós, abriria guerras jurídicas sem fim na justiça comum.

Desde o dia 10 de Maio, quando foi divulgado o resultado da primeira parte da concorrência o alvoroço é grande. Também não seria por menos.  A verba publicitária anual distribuída entre as agências vencedoras anualmente pode  chegar ao montante de R$ 30 milhões.

As agências vencedores na parte técnica foram:

1 – ART & C

2.- RAF
3.- DOIS A
4.- FAZ
5.- BASE

Quatro agências entraram com recurso administrativo: Criola, Faz, Marca e Staff. As três últimas pediram reavaliação de suas próprias notas, nas perspectiva de ganharem posições. Enquanto isso, a Criola pediu, além da reanálise das suas notas, a desclassificação das agências Base e Executiva.

Em resposta, a Base entrou com um pedido de impugnação ao recurso da Criola.

Informações dão conta de que o ministro Garibaldi Alves teria entrado fortemente na questão em favor da Criola, já que é parente de um dos sócios da agência. Isso é público e comentado fortemente nos bastidores da publicidade. Não sendo, portanto, surpresa pra ninguém.

A comissão julgadora que deu este primeiro resultado é formada pelos jornalistas Heverton de Freitas, Edwin Carvalho e  Ana Luíza Cardoso. Eles terão até a próximo segunda-feira para dar o resultado final.

Veja quadro completo e notas da parte técnica:

  1. ART & C – NOTA 94.8
  2. RAF – 92.01
  3. DOIS A – 89.66
  4. FAZ – 86.62
  5. BASE – 85.79
  6. EXECUTIVA – 83.52
  7. STAFF – 79.43
  8. CRIOLA – 76.23
  9. FIELDS – 76.13
  10. PUBLIC – 66.93
  11. MARCA – 64.66
  12. GESTTIONE – 41.86
  13. ARMAÇÃO – 28.96

Observações:

A Armação foi desclassificada desde o início por identificar o envelope com a proposta técnica, o que é proibido pelo edital.

As agências que não obtiveram 80 pontos na proposta técnica são automaticamente desclassificadas do certame.

Também é previsto no edital que agências que tirem nota zero em qualquer ítem da proposta técnica  também ficam automaticamente desclassificadas. Nesse caso, Armação e Gesttione,  que tiraram nota zero em um ou mais pontos, estão fora da disputa.

enviar comentário
Publicidade

Centrais do Cidadão de Natal terão novo horário de atendimento

A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), por meio da Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão (Codaci), informa que, a partir do dia 1º de agosto, adotará novos horários de atendimento ao público nas Centrais do Cidadão de Natal.

A Central do Via direta funcionará das 9 às 20h, de terça a sábado. Já a Central da Zona Norte funcionará das 9 às 20h, de segunda a sexta. As demais unidades, Centro e alecrim, funcionaram das 7 às 18h, de segunda a sexta.

De acordo com o coordenador da Codaci, Nelson Mendonça, a mudança de horário atende a necessidade dos usuários das Centrais. “A mudança ocorrerá em virtude da grande  demanda  de usuários  que  buscam  atendimento às segundas-feiras. Para atender melhor ao público a Central do Via Direta funcionará aos sábados, por se tratar de uma unidade de fácil acesso e alberga todos os serviços”, informa o coordenador.

 

 Centrais do Cidadão

Via Direta

Av. Sen. Salgado Filho, 2233, Lagoa Nova – Natal/RN

Horário de funcionamento: Terça a sábado, das 9h às 20h.

Zona Norte

Av. João Medeiros Filho, 2300, Potengí – Shopping Estação – Natal/RN

Horário de funcionamento: Segunda a sexta, das 9h às 20h.

Centro

Av. Rio Branco, 778, Centro – Natal/RN

Horário de funcionamento: Segunda a sexta, das 7h às 18h.

 Alecrim

Av. Cel. Estevam, 1233, Alecrim – Natal/RN

Horário de funcionamento: Segunda a sexta, das 7h às 18h.

enviar comentário
Publicidade

Time do ABC praticamente definido para o jogo com o Bragantino

O técnico Ademir Fonseca pretende fazer novas modificações na equipe do ABC para o compromisso deste sábado (21), contra o Bragantino, às 21h, no estádio Nabi Abi Chedid, em jogo válido pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Afastado do elenco, Washington sai do time para a entrada de Éderson, que deve formar a dupla de ataque ao lado de Adriano Pardal.

Apesar do retorno do zagueiro Flávio Boaventura, que cumpriu suspensão na última rodada, o treinador treinou a zaga titular com Vinícius e Leandro Cardoso. Renatinho Potiguar e Léo Gamalho ficam fora por conta de suspensão, enquanto Alison e Bombinha seguem no DM.

Com isso, o ABC deve entrar em campo com Andrey; Pedro Silva, Vinícius, Leandro Cardoso e Airton; Guto, Bileu, Jérson e Raul, Éderson e Adriano Pardal.

enviar comentário
Publicidade

Judiciário suspende Decisão do TCE e vereador de cruzeta pode se candidatar a prefeito

O juiz Cícero Martins de Macedo Filho, 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou a suspensão dos efeitos do acórdão nº 1021/2009-TC de lavra do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, até o julgamento final da ação judicial movida pelo Ex-Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Cruzeta.

A decisão do TCE que foi suspensa pelo judiciário julgou irregulares a prestação de contas do Vereador, quando este exercia a Presidência da Câmara no ano de 2005. O montante não aprovado pelo TCE/RN foi de R$ 123.938,82.

O Magistrado ainda determinou a intimação do Estado do Rio Grande do Norte, através do Procurador Geral, e do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, através do seu Presidente, para dar imediato cumprimento à decisão judicial.

Na ação o Autor requereu tutela de urgência e fundamentou o seu pedido na existência dos requisitos legais da verossimilhança das alegações e do receio de dano irreparável, destacando que é candidato à eleição e disputará o cargo de Prefeito de Cruzeta/RN, e que possível decisão contrária do Juízo traria prejuízos de cerceamento aos seus direitos políticos. A não aprovação das contas impede a sua candidatura ao cargo de prefeito nas próximas eleições em razão da lei da Ficha Limpa (LC n. 135/2010).

Ao analisar o caso o Juiz considerou ser pertinente o requerimento cautelar do autor, considerando que o montante não aprovado referia-se a serviços que foram efetivamente prestados, sem configuração de enriquecimento ilícito ou prejuízo ao erário.

O magistrado observou também que o autor apresentou pedido de revisão da decisão proferida pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, conforme os termos dos artigos 132 e 133, inciso II, da Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado, podendo ainda haver modificação do acórdão nº 1021/2009-TC pelo próprio TCE/RN.

Fonte: TJRN

enviar comentário
Publicidade

Homem de 71 anos reage a assalto e provoca prisão de ladrões; veja

Um homem de 71 anos de idade teve uma reação inesperada a uma tentativa de assalto na Flórida.

Quando dois homens armados invadiram um internet café, Samuel Williams os surpreendeu abrindo fogo.

BBC
Homem de 71 anos reage a assalto e provoca prisão de ladrões
Homem de 71 anos reage a assalto e provoca prisão de ladrões

Williams fez vários disparos e perseguiu os dois ladrões até que deixassem o estabelecimento.

BBC
Homem de 71 anos reage a assalto e provoca prisão de ladrões
Homem de 71 anos reage a assalto e provoca prisão de ladrões

Duwayne Henderson e Davis Dawkins ficaram feridos e acabaram presos. Mas depois foram liberados ao pagarem fiança.

DA BBC BRASIL

enviar comentário
Publicidade

MEC divulga segunda lista de chamada do ProUni

O MEC divulgou nesta hoje a 2ª chamada de candidatos pré-selecionados ao ProUni (Programa Universidade para Todos). A lista de selecionados pode ser consultada no site do programa.

Os selecionados terão até 26 de julho para comprovar a documentação e fazer a matrícula na instituição de ensino indicada. Em alguns casos ainda, os candidatos deverão participar de processo seletivo próprio da instituição. O critério de exigir ou não um novo processo de seleção cabe a cada instituição de ensino.

Ao todo, mais de 450 mil candidatos se inscreveram para receber uma das 90.311 bolsas de estudos de graduação em 1.316 instituições particulares de educação superior de todo o país. O número de cursos chega a 322.

Os Estados com maior número de inscritos foram São Paulo (132.220), Minas Gerais (117.175), Bahia (72.233), Rio de Janeiro (64.776) e Rio Grande do Sul (62.585). Os candidatos não selecionados na primeira chamada devem ficar atentos a segunda chamada, que será divulgada no dia 20.

Os candidatos não pré-selecionados ou aqueles que foram pré-selecionados em cursos sem formação de turma podem pedir inclusão na lista de espera, que será usada pelas instituições participantes do programa para a ocupação das bolsas eventualmente ainda não preenchidas.

O período para manifestação de interesse na lista irá de 2 a 4 de agosto. Ao fim desse prazo, a partir de 7 de agosto, serão feitas as chamadas.

Puderam se candidatar às 52.487 bolsas integrais estudantes com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 933). As 37.824 bolsas parciais (50% da mensalidade) foram destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários (R$ 1.866).

Criado em 2004, o ProUni já ofereceu mais de 1 milhão de bolsas de estudos em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Fonte: Folha

enviar comentário
Publicidade

MP pede impugnação da candidatura de Mozaniel Rodrigues a Prefeitura de Guamaré

O Ministério Público Eleitoral de Macau deu entrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (RN) em um pedido de impugnação da candidatura de Mozaniel Rodrigues à Prefeitura de Guamaré. A ação de impugnação ao registro de candidatura é de autoria do promotor Wilmar Carlos de Paiva Leite Filho e foi protocolada na 30º Zona Eleitoral do RN.

Na petição, o Ministério Público descreve que, ao tomar conhecimento do registro de candidaturas, o órgão passou a realizar uma pesquisa junto aos meios eletrônicos para buscar informações existentes em nome dos interessados. O MP analisou as informações existentes a respeito do candidato Mozaniel Rodrigues, que foi julgado e condenado por crime praticado contra a Administração Pública. O Ministério Público denunciou o candidato Mozaniel de Melo nos autos da Ação Penal n° 0002172-83.205.8.2005.8.20.0105.

Após toda tramitação processual, o Juízo de Direito da Vara Criminal de Macau proferiu sentença de mérito, condenando Mozaniel de Melo Rodrigues. O candidato, que é ex-prefeito de Guamaré, foi nomeado para exercer um cargo em comissão de coordenador de Infraestrutura, da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, em 28 de Janeiro de 2011. O MP não identificou, até o prazo legal da Justiça Eleitoral, informações comprovantes ou documento que ateste a exoneração do candidato para fins de concorrer à Prefeitura de Guamaré.

Com base nas informações apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral à Justiça, acabou pesando em desfavor de Mozaniel Rodrigues a hipótese de inelegibilidade, uma vez que, segundo a Promotoria, o candidato não se afastou do seu cargo público no período mínimo de três meses antes do  pleito, como estabelece a alínea “1” do inc. II do art. 1° da Lei Complementar n° 64/90.

enviar comentário
Publicidade