Justiça do Trabalho pode ser extinta

Por Cláudio Humberto

A Câmara vai reagir duramente à articulação de entidades de juízes do Trabalho para boicotar a reforma trabalhista, que entra em vigor no dia 11. A ideia é votar projeto que extingue a Justiça do Trabalho, “justiça jabuticaba” que só existe no Brasil. A reação à desobediência de juízes recebeu o apoio do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em reunião com deputados que atuaram na Comissão da Reforma Trabalhista.

Rodrigo Maia havia defendido a extinção da Justiça do Trabalho em março: chegou a afirmar em Brasília que “não deveria nem existir”.

O projeto prevê, com a extinção, que magistrados do Trabalho de todos os níveis, inclusive ministros, serão realocados na Justiça Federal.

Estudos mostram que a modernização das leis trabalhistas tornará inócua a Justiça do Trabalho, o que motiva mais a defesa da extinção.

Entidades de “profissionais do Trabalho” têm feito seminários com sugestões de pretextos para que eles boicotem a reforma trabalhista.

 

Publicidade

Comentários:

  1. Fernando Gedeon de Sousa disse:

    a maioria destes comentários são de empresários e a extinção da justiça do trabalho, beneficiam eles. o que eles dizem não pode ser levado a serio.

  2. Antonio Umberto, professor universitário e juiz do trabalho disse:

    A “jabuticaba” existe na Alemanha e, com algumas diferenças estruturais, na França, Inglaterra e outros países.
    Portanto, esse fundamento não resiste a um esforço mínimo de investigação jornalística séria que suponho permear a atividade informativa do colunista.

  3. Roberto Silva disse:

    Quando foi criada por Getúlio Vargas tinha um objetivo, agora ela não protege o trabalhador, é morosa, ineficiente, nepotista e cara, são bilhões de reais para manter um justiça preguiçosa, acumulam processos ano após ano, principalmente quando se trata de litígio contra o estado, ai a coisa vira precatório e o litigante se não morrer vai ter seus direitos respeitados.
    As metas estabelecidas pelo TST não são respeitadas, sempre divulgam que tal meta não foi cumprida, mas que importa, não são os juízes que aguardam uma decisão final sobre seus processos, querem saber de ganhar um bom salário, benefícios, tirar férias, etc…, não deve acabar, mas é preciso mais responsabilidade com o jurisdicionado.

    • Antonio Umberto, professor universitário e juiz do trabalho disse:

      O Relatório CNJ Justiça em Números revela o oposto: a Justiça mais eficiente do país, ainda que possa e deva melhorar

  4. Adão Tadeu Santiago disse:

    Se essa anomalia se confirmar, quando o patrão "surrupiar" o trabalhador, ele terá que reclamar para o Bispo!

  5. E. V. disse:

    Fim da justiça do trabalho?!….Viva o trabalhador, viva o emprego, viva a liberdade de poder ganhar mais, viva o fim desta justiça trabalhista medonha que só acaba com o trabalhador e esfola o empresário….

  6. Roger disse:

    Só justiça do trabalho não. Pode acabar com todo o judiciário. Aí, bota a polícia para "resolver" conflito: não pagou, tiro na cara. Simples e mais fácil. Acaba com juiz, promotor, defensor público, advogado, etc.

  7. Clovis Luiz Schuster disse:

    Quem faz as lei trabalhistas, os mesmos que querem que todos trabalhem até morrer, terminem com um órgão de proteção ao trabalhador, vão trabalhar pelo que as empresas quiserem pagar, sem férias, sem folgas. que mude as lei, que diminuam os impostos sobre os trabalhadores, as empresas que paguem menos impostos sobre quem trabalha…mas não, quem vai pagar as mamatas dos deputados, senadores e ministros, quem!! estão querendo nivelar dos os trabalhadores por baixo. que termine com o congresso fixo, que terminem com o senado, que terminem com o STF, ou reduzam o congresso e senado pela medade, e sem regalias, gabinetes só com três funcionários. sem auxílio carro, casa, terno….e outros. errado é quem vota nós mesmos sempre..

  8. paulo disse:

    BG
    Quem estiver preocupado com atualização das Leis trabalhista é muito fácil, vai pra Cuba que lá está excelente para esse comunistas que vivem aqui de PELEGAGEM e VAGABUNDAGEM, lá o governo vai sustentar esses camaradas sem trabalhar. KKKKKKK.

  9. Netto disse:

    Comparar a reforma da CLT com a volta da escravidão é delìriio histérico. Procurem ajuda profissional.

  10. Sandra disse:

    A justiça mais cara do Brasil

    • Antonio Umberto, professor universitário e juiz do trabalho disse:

      A mais cara – realmente, a mais querida… Ao menos por aqueles que buscam justiça nas relações de trabalho

  11. Waldemir disse:

    Isso nunca deveria existir

  12. Renato disse:

    Essa é a Jabuticaba,so existe no Brasil,já deveria ter sido extinta!!!!

  13. Iz Fer disse:

    Primeiro erro é dizer que a Justiça do Trabalho só existe no Brasil. Existe em muitos outros países como: Alemanha, Bélgica, Espanha etc. Outro erro é achar q a modernização da legislação trabalhista irá extinguir os litígios. Na verdade, o que vai facilitar é o trabalho análogo ao de escravo. Funcionários sem direito ao mínimo de dignidade, sem direito de ir ao banheiro, de ter uma alimentação adequada, exposto a agentes e insalubres, e em situação de periculosidade sem nenhuma compensação. A ideia é: a reforma precariza o trabalho, e o trabalhador não tem a quem recorrer.

    • Humilde Iconoclasta disse:

      Melhor não trabalhar, vamos mobilizar a sua turma de vagabundos é eleger o Larápio Mor em 2018. Depois disso é só aguardar que o Estado vai te sustentar. Não é mesmo, espalhador de boatos?

    • Pato Amarelo disse:

      Exatamente. O povo brasileiro está completamente anestesiado, mas em breve vai sentir o peso das obras maquiavélicas dos políticos profissionais muito mais do que imagina.
      Povo marcado, povo feliz.

    • Brasil Desmoralizado disse:

      Se o trabalhador sofre tanto é porque o formato de hoje não funciona. Extinção já! Ninguém sofre nos países desenvolvidos sem este modelo brasileiro, que é viciado.

  14. Fábio disse:

    Tem que extinguir e colocar sal grosso em cima!

  15. Tarantino disse:

    Já legalizaram o trabalho escravo mesmo! O proximo passo é extinguir qualquer orgão de fiscalização. Viva o Brasil pós GOLPE dos patos amarelos! Estamos avançando mais rapido que o mundo no processo de regressão ao século 19!

  16. Marcelo disse:

    Graças a Deus uma atitude sensata… que prospere

  17. Sylvia disse:

    Aproveita e extingue tbm a justiça eleitoral, outro grande cabide de emprego oneroso e desnecessário.

  18. Maysa Rodrigues Arruda disse:

    Só mesmo num país como este para se acabarem com os direitos trabalhistas e se extinguir sua justiça. Os parlamentares já deixaram bem claro que representam os interesses dos empresários, e não dos trabalhadores ao aprovarem a reforma. Agora vão só dar o “tiro de misericórdia". O Brasil realmente não tem mais jeito.

    • paulo disse:

      Vá para Cuba ou Venezuela que lá tem "injustiça" do trabalho, tá fazendo o que aqui ainda.

    • Antonio Umberto, professor universitário e juiz do trabalho disse:

      Triste país em que toda divergência de pensamento vai para o ralo pobre do maniqueísmo. E até onde sei Cuba não tem Justiça do Trabalho. Alemanha, França, Inglaterra e outros países têm…

  19. Luciana Morais Gama disse:

    É, e exatamente nesse momento os TRT estão abrindo concursos públicos para juízes e servidores, ou seja querem inchar a máquina pública, já que a tendência é diminuir.

    • Vovô disse:

      Minha filha o estamento burocrático tem essa característica. Ele se retroalimenta, procura se tornar cada vez mais gigante, para dessa forma justificar sua existência. Veja o caso da UERN, cresceu tanto que hoje se tornou um fardo para o estado. Ninguém vê um burocrata da Uern falar em extinguir pelos menos os cursos que tem pouquíssimos interessados e com sala de aula com 5 alunos. Ao contrário, o que se vê são estudos para algum tipo de ampliação e reforma para atender "mais alunos".

    • Vovô disse:

      Defensoria Pública começou a crescer agora. Após a autonomias financeira consolidada, a primeira coisa que fez foi aumentar absurdamente salário dos DP. Pode esperar, daqui a alguns anos vai se tornar um gigante, com centenas de funcionários, prédios, carros, terceirizados e por aí vai, tudo isso para atender os pobres, até chegar o momento que será melhor o Estado doar o dinheiro aos pobres para contratar um advogado particular.

  20. Chico disse:

    Agora é que as ações trabalhistas vão demorar a se concretizar.

    Hoje leva-se nó mínimo 2 anos e meio para efetivação de uma ação, se passar para a Justiça Federal, pode esperar sentado.

  21. Luciano Flávio Ferraz Porpino disse:

    Nesta semana, o senhor presidente atendendo reivindicação da bancada ruralista através do seu ministro da Agricultura, Blairo Maggi, concordou em afrouxar as regras de fiscalização da justiça sobre o trabalho em condições de exploração escrava, que ocorre notadamente no meio rural. A medida foi contestada por procuradores da justiça do trabalho e denunciada a organismos internacionais. Isso, com uma Justiça de Trabalho atuando. Sem ela, vai ser uma festa de porteira aberta para os patrões. Que a lei trabalhista no Brasil está defasada e carece de uma atualização aos novos tempos e formas de relacionamento patrão-empregado, isto é um fato, mas tal reforma não pode ser imposta sem diálogo e consenso, empurrando-a goela abaixo da parte mais fraca.

    • Jailson disse:

      O ORÇAMENTO ANUAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO É MUITO MAIOR QUE A SOMA DOS VALORES RECEBIDOS PELOS RECLAMANTES. DE OUTRA FORMA, SE PEGARMOS O DINHEIRO GASTO COM A JT E ENTREGARMOS AOS RECLAMANTES DE ACORDO COM SUAS DEMANDAS, OS TRABALHADORES SAIRIAM SATISFEITOS E O ESTADO ECONOMIZARIA MUITO DINHEIRO. SÓ NO BRASIL MESMO.

  22. joao disse:

    Uma economia de algumas dezenas de bilhoes ao ano em alguns anos.. nem precisaria de reforma de previdencia tao assustadora com uma economia dessas.

  23. Eli disse:

    Espero que vc que bateu panelas e foi às ruas fantasiado com a camisa da seleção e dançando ao redor de um pato amarelo não trabalhe na justiça do trabalho…kkkkkkkkkkkkkkk
    Eu quero é mais…mais, mais…bote pra torar Temer……kkkkkk

    • Antônio disse:

      Muito bem companheiro. Aprendeu a cartilha que lhe mandamos direitinho. Pato amarelo, camisa da seleção brasileira. Não sei mais nem quem prepara as cartilhas depois que João Santana foi preso. Passe lá no sindicato para pegar o pão com mortadela e sua camisa de Che Guevara…
      A seita agradece seus préstimos…

  24. paulo disse:

    BG
    Devia nem ter sido criada.

  25. LULADRÃO disse:

    Finalmente uma boa notícia para o Brasil. Essa justiça do trabalho só serve para pagar salários altíssimos aos seus integrantes e quebrar empresas. É um atraso para qualquer crescimento econômico. Espero que seja verdade.

    • Antonio Umberto, professor universitário e juiz do trabalho disse:

      Os salários dos servidores e juízes da Justiça do Trabalho são idênticos aos pagos pela Justiça Federal. E nunca soube que uma Justiça deve decidir por outro critério que não dar razão a quem tem razão

  26. Edu disse:

    Só a economia já valeria muito a pena, Justiça milionária e sem motivo para existir.

  27. Silvai disse:

    A justiça eleitoral também é outro cabide de empregos caros, deveria também não existir. É outro desperdício.

  28. Observador disse:

    E com a reforma trabalhista, a mudança da classificação do trabalho escravo e futura extinção da justiça do trabalho voltaremos ao tempo da escravidão, só q legalizado e sem a proteção da justiça. A precarização da mão de obra e a volta do aumento expressivo dos acidentes de trabalho. Parabéns ao Congresso Nacional e aquelas q apoiaram e apoiam essas mudanças.

    • Antônio disse:

      Exatamente, como em todos os outros países do mundo, especialmente cuba é Venezuela onde os direitos dos trabalhadores são garantidos, inclusive o salário de 180 reais dos médicos… É o direito de greve e de voltar ao seu país quando o contrato terminar…

  29. Minha Opinião disse:

    Até que enfim o legislativo tá tendo peito pra atingir os que se acham Deuses a justiça tem de se manter no lugar que lhes cabem e tb acho que deviam fazer o mesmo com MP que tá desestabilizando o Brasil!

  30. Paulo Roberto disse:

    Bom dia!Que excelente notícia para começar a quarta-feira.

  31. anderson disse:

    Podem mudar o que quiserem nas legislações. Será tudo revogado em 2019.

    • Antônio disse:

      Igual Lula fez em 2003, quando enfiou reforma da previdência goela abaixo dos servidores públicos, e como fez com as reformas administrativas das EC 19 e 20. Quem ainda acredita nas lorotas do coronel populista de Garanhuns, uma vergonha para o nordeste?

    • Romualdo disse:

      Vergonha para o Nordeste que foi a região que mais progrediu e prosperou no período do governo de Lula e Dilma.
      Vergonha para o Nordeste é ter impedido que o Rei do Pó tenha chegado a ser Presidente do País.