Luciano Huck se inspira em Emmanuel Macron

Cogitado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como um nome “novo” para o cenário político, Luciano Huck participou na semana passada de um evento da Fundação Estudar, mantida pelo empresário Jorge Paulo Lemann.

Nos bastidores, o apresentador surpreendeu seus interlocutores pela desenvoltura com que falava sobre o assunto.

Huck estava particularmente bem informado sobre as condições que elegeram Emmanuel Macron na França, chegando a sugerir que  o Brasil adotasse um cronograma eleitoral semelhante ao francês.

Por lá, o presidente é escolhido antes, num pleito à parte. Uma semana depois, os eleitores votam nos parlamentares. Foi assim que, mesmo sendo independente, Macron conseguiu maioria no Congresso.

“Poderíamos deixar somente a escolha de presidente e governadores no primeiro turno. No segundo turno, entrariam os parlamentares e os dois candidatos ao executivo. Com isso, teríamos ao menos um  Congresso mais afinado com as duas forças que se enfrentariam”, disse Huck. A ideia foi muito bem recebida nos bastidores do evento.

 

VEJA

Publicidade

Comentários:

  1. Rolandolero disse:

    SP situa-se em quais das regiões do Brasil,candidato?…………Se souber eu grele……rsssssssssssss