Marco Polo Del Nero procura FNF em busca de apoio contra seu afastamento da CBF por esquema de propinas

por Dinarte Assunção

Banido por 90 dias pela Fifa, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, tem feito contatos com dirigentes de federações estaduais para assegurar não existir qualquer prova contra ele e que tem “100% de certeza” de que vai voltar ao cargo na Confederação Brasileira de Futebol.

Del Nero é acusado na Justiça dos EUA de participar de um esquema de recebimento de propina na venda de direitos de TV de campeonatos de futebol na América do Sul junto com outros cartolas.

Com o banimento, Del Nero fica impedido de desenvolver qualquer atividade, incluindo os contatos que têm feito juntos aos dirigentes estaduais para garantir apoio e permanecer como presidente da CBF.

Os presidentes das federações de Roraima, Sergipe, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte e Bahia confirmaram contatos com Del Nero.

“Não tive acesso ao processo. Foi uma decisão política da Fifa e o Marco Polo me passou tranquilidade há alguns dias. Disse que a Fifa está tentando dar satisfação para a Justiça dos Estados Unidos. Ele tem certeza de que vai voltar [ao cargo]”, confirma o presidente da Federação Norte-Riograndense de Futebol, José Vanildo da Silva.

As informações são da Folha de S.Paulo.

Publicidade

Comentários:

  1. Jonas disse:

    Veio no lugar certo.vai se sentir em casa