MP dará meios para AGU cortar pensão de marido que mata mulher

Raquel Dodge assinará daqui a pouco um acordo com a AGU para o Conselho Nacional do Ministério Público compartilhar informações do Cadastro Nacional de Violência Doméstica.

Com o acesso aos dados, entre outras medidas, o governo terá meios para cortar imediatamente a pensão que é paga ao marido que mata a mulher.

Os assassinos, muitas vezes, são beneficiado pelo fato de o Executivo federal não ser informado sobre as causas da morte.

O acordo será formalizado durante uma conferência sobre violência doméstica, em Brasília, com a presença de representantes de ministérios públicos de diferentes países.

Radar On-Line, Veja

Publicidade

Comentários:

  1. JCabral disse:

    O CÔNJUGE QUE ASSINAR O PARCEIRO, DEVERÁ PERDER DE IMEDIATO O DIREITO A PENSÃO…

  2. Luciano disse:

    Concordo mais quamdo a mulher mata o marido